Saturno reentra em Escorpião

Saturno

A nossa vida é feita de um número incomensurável de experiências. A todas elas corresponde uma resposta emocional, mais ou menos intensa, mais positiva ou mais negativa. Em patamares de consciência a que não temos acesso facilmente tudo fica registado. Tivemos boas experiências e outras nem tanto, algumas traumáticas, outras de que nos envergonhamos, umas que aceitámos, outras que reprimimos, algumas que nos amedrontaram… Evoluir é mudar, é passar de um estado para outro, é actualizar a percepção que temos do mundo e da realidade. Mas a verdade é que por várias razões muitas vezes ficamos emocionalmente presos a determinadas circunstâncias que não nos permitem essa passagem, que não deixam por isso evoluir. É em Escorpião que as motivações e questões mais profundas do Eu, são purificadas. Ciclicamente uma “purga” é necessária para que a alma possa prosseguir caminho, livre de pesos desnecessários à procura de novos horizontes, à procura da verdade simbolizada por Sagitário, signo que se segue a Escorpião.

A 5 de Outubro de 2012 o planeta Saturno entrou em Escorpião e por lá se manteve até ao final de Dezembro de 2014. Saturno tem a função de concretizar, materializar, estruturar, trazer às três dimensões o que seja mantido energeticamente em algum nível do nosso ser. Em Escorpião como foi registado, as limitações ao evoluir da alma precisam ser transformadas ou eliminadas e quando em contacto com Saturno ganham corpo e entram na nossa vida de forma tal que não podemos fingir que não sabemos, ou que não vemos, ou que não sentimos na pele. Se analisar a sua vida durante este período compreenderá. Tudo o que de menos bom aconteceu foi na realidade uma bênção! Estava a mais, pesava, não deixava avançar.

Do final de Dezembro até agora Saturno tem estado em Sagitário; a 15 de Março ficou retrógrado e vai reentrar em Escorpião a 15 de Junho. Por lá ficará até 17 de Setembro, até que finalmente sai definitivamente. A intenção, porque tudo isto tem uma intenção por detrás, é termos a oportunidade de fazermos uma última revisão para haver a certeza que não fica esquecido nada que seja inútil, prejudicial. Que fique só o essencial, o benéfico, o que precisamos para prosseguir a jornada.

A retrogradação de um planeta indica tempo de análise interior. Com Saturno em Escorpião está feita a proposta para usar tempo e disponibilidade dedicados a descobrir o que ainda poderá restar pelos cantos esquecidos e escondidos do seu Eu, aqueles mais distantes da luz da consciência. A limpeza dá-se sempre, com a nossa colaboração ou não. Colaborar ajuda, resistir pode fazer doer! Com sorte, a passagem anterior deixou tudo limpo e a brilhar, mas pelo sim pelo não dê uma olhada!

Para relembrar Saturno em Sagitário: aqui

Share Button