Céu astrológico para Quinta-feira 15 de Dezembro

ceuA Lua vai por Caranguejo e faz sucessivamente oposição a Mercúrio, a Plutão, quadratura a Júpiter e a Urano. Isto é dose!! Seria bem agradável um dia suave, aconchegante, em que as horas fluem enquanto cuidamos dos nossos afazeres calmamente. Que as horas vão fluir e que há afazeres que precisam de ser cuidados, é verdade, mas talvez não consigamos descortinar por onde anda a suavidade… fazer o quê? Alinhar no que o céu nos pede parece ser boa ideia! Vamos então ter que nos dispor a pensar em termos práticos e lógicos, frios até, como conciliar tudo o que queremos, ou precisamos cumprir; as dificuldades emocionais que possamos sentir devem ser encaradas como fonte de informação relativamente ao que temos que transformar em nós, que alterações de percepção das circunstâncias nos poderiam beneficiar? Como não permitir que o que sentimos nos bloqueie as intenções? O que sentimos é altamente pessoal, individual mas há indicações que os relacionamentos podem representar desafios a superar, que precisamos ter atitudes radicalmente diferentes na forma como nos afirmamos perante os outros, como agimos para concretizar as nossas vontades, mas que tomar estas atitudes originais é em si mesmo outro desafio! Mas os desafios existem para serem superados e ponto final! Estou a ser fria, lógica e pragmática… e faz sentido, não faz?

O sextil do Sol a Marte em Aquário ajuda como pode, porque facilmente manifestamos a  vontade de agir de forma diferente daquela que nos tem condicionado. Vale muito a pena ir observando o decorrer do dia, como vamos reagindo, como vamos ultrapassando os obstáculos; é que em quatro dias Mercúrio vai ficar retrógrado e todas as questões de como lidamos com a realidade material, de como a procuramos adaptar aos nossos desejos vão ser objecto de reavaliações. Hoje, com os aspectos astrológicos da Lua a proporcionarem tensões, é o dia perfeito para deixar a dica: as emoções jogam um papel preponderante que deve ser cada vez mais compreendido. Mercúrio em conjunção a Plutão dá-nos perspicácia suficiente; também podemos estar mais obcecados com determinadas ideias e pensamentos… haverão por aqui pistas a seguir, é segui-las.

Imagem: “Que dia este”! 🙂  🙂

Boa Quinta-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Lua Cheia em Gémeos, Dezembro 2016

ceuLua cheia, Sol em Sagitário, Lua em Gémeos, 14 de Dezembro, 00.05 h

Chegámos agora a meio do desenvolvimento da Lua nova de Sagitário cuja missão é ajudar-nos a fazer contacto com outras realidades, diferentes daquela que conhecemos para já. Podemos sempre viver mais alinhados com a nossa própria verdade, com a nossa própria versão do que consideramos correcto e apropriado, e quando assim acontece, um estado de ser mais positivo, optimista e expansivo instala-se e abre-nos o caminho a infinitas possibilidades.

Depois do encontro do Sol com a Lua, esta segue mais veloz, e para nos ajudar a chegar ao destino, vai proporcionando as condições para que possamos reagir no sentido das escolhas mais acertadas. Se o conseguimos fazer ou não, é assunto nosso, mas que “há quem conspire a nosso favor”, isso é seguro! Observando as nossas circunstâncias retiramos indicações de como se está a manifestar a nossa vida, se os esboços que fizemos começam a ganhar colorido, o que queremos realçar, o que precisamos apagar; e talvez o que há para apagar seja até o mais fundamental, porque frequentemente se dermos autorização para que se mantenha, simplesmente não nos deixa prosseguir!

Depois desta observação podemos atender às sugestões da Lua em Gémeos que passam por comunicar, talvez sorrir aos vizinhos… mesmo aos menos simpáticos… recolher a informação necessária, fazer algum tipo de aprendizagem mais básica, sermos menos rígidos, mais adaptáveis. Tudo isto tem o poder de eventualmente alterar alguns conceitos mentais que possamos manter. Sendo as nossas crenças responsáveis pelas escolhas que fazemos, elas precisam ser reajustadas sempre que queremos experimentar novas versões de realidade.

Marte é um parceiro solícito desta Lua cheia; está em Aquário e faz sextil ao Sol e trígono à Lua. Nisto de novas realidades, novos horizontes dá sempre jeito algum tipo de ligação mais directa a Aquário já que é o protótipo de “o passado já se foi, o futuro constrói-se agora mesmo”. E a verdade é que, se já andamos ocupados em querer fazer aquilo que nos traz mais felicidade, estaremos já familiarizados com o estabelecer de objectivos originais cuja concretização nos assegurará mais liberdade, mais possibilidade de nos afirmarmos perante os outros sem constrangimentos nem obediência a hierarquias ultrapassadas. É que em Aquário todos somos igualmente importantes, igualmente responsáveis pelos nossos actos, pelo bem-estar geral, a nossa força está na nossa união enquanto participantes de uma comunidade seja grande ou pequena. E mesmo que ainda não consigamos objectivamente querer viver isto… podemos andar distraídos, sabe-se lá… provavelmente sentimos o apelo, e ainda vamos a tempo de dar um passo.

A Lua nova deu-se em Sagitário, que fala de novas realidades mais sintonizadas com as Leis Universais, mais éticas e verdadeiras; no momento actual da Vida no planeta Terra, estas são simultaneamente realidades aquarianas, onde só fazem sentido relações humanas iguais, onde o progresso vise apenas o bem-estar de todos, humanos, não humanos, a Terra no seu todo. E portanto todos os aspectos ligados a Aquário e a Urano são especialmente importantes. Já se viu que a Lua cheia está conectada a Marte em Aquário; quanto a Urano, faz trígono a Saturno, oposição a Júpiter. Sem dúvida, estes aspectos falam da possibilidade de trazer à matéria, uma realidade completamente inovadora e que exige relacionamentos equilibrados. No entanto, Urano está numa condição particular, em que se prepara para passar do movimento retrógrado para o directo; e nestes períodos é particularmente urgente e fundamental largar o que nos caracterizou no passado, e adoptar novos comportamentos. A ligação a Júpiter obriga-nos a dar especial relevo à forma como nos relacionamos com os outros, e usando o truque de largar o que nos tem caracterizado, até fica simples e claro saber o que fazer!

Mas temos Mercúrio em Capricórnio, a forma de pensar, os tais conceitos intelectuais ainda relativamente conservadores, agarrados ao que sempre nos trouxe segurança e autoridade, reconhecimento. No entanto há também uma perspicácia apurada, um poder de ver mais abaixo da superfície e que pode facilitar a transformação de crenças arreigadas mas completamente obsoletas, e que no fundo acabamos por compreender que nos estão a ser prejudicais. Faz também quadratura a Urano e a Júpiter; vê-se aqui como de facto, está a ser difícil e desafiador deixarmos entrar novas formas de pensamento e de comunicação, que nos facilitem a experiência de relacionamentos equilibrados, correctos e gratificantes portanto. A questão é: mesmo que seja difícil e desafiador é também obrigatório não virar as costas e fazermos acertos e ajustes à altura. Tudo o que conseguirmos ou não, neste sector dos relacionamentos está também a construir directamente a realidade do presente e do futuro (Júpiter sextil exacto a Saturno); é uma razão mais do que válida para nos aplicarmos e fazermos mesmo o nosso melhor.

Espreitando os símbolos Sabianos envolvidos:

Lua – Três aves jovens num ninho alto, já preparadas para voar

Sol- Imigrantes a entrar

A ênfase no novo, no futuro que nos aguarda continua. Os imigrantes que entram num novo país, num novo mundo, fazem-nos com o propósito de deixar o passado lá longe, no lugar dele, e começar de novo; olham sempre as novas possibilidades com olhos de quem quer viver mais plenamente. Sentem-se talvez como aves que mesmo sem experiência se preparam para o seu primeiro voo. Assim chega este momento, que fala do que nos está a acontecer interiormente. Vamos aceitar a aventura, partir à descoberta e saltar para o próximo voo? Mas… e se cairmos? Ahhhhhh, mas e se voarmos?

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 12 de Dezembro

ceuA Lua vai-se despedindo de Touro e perto da hora do almoço entra em Gémeos; mais agilidade mental, o que até pode implicar mais necessidade de acção, circular pelas imediações, dar uma volta, trocar dois dedos de conversa… com Gémeos dois dedos até é pouco… muitos dedos de conversa é o ideal. Mesmo porque conversar é uma forma de informação, mais comum ou mais erudita, consoante os casos, mas sempre um impulso importante relacionado com esta energia, que também facilita sermos flexíveis e adaptáveis às várias situações pelas quais vamos passando. Faz trígono a Vénus em Aquário o que vai incrementar a necessidade e capacidade de sociabilização, sobretudo com aqueles que partilham connosco os mesmos pontos de vista, as mesmas visões. Também se aplica uma quadratura a Neptuno, e podemos contar com dificuldades de concentração, dispersão por vários assuntos, imaginação exacerbada, sobretudo a partir do meio da tarde. Por isso, se há alguma tarefa que exija especial atenção, temos que aproveitar a manhã.

Urano anda em modo “tropelias”, isto é, depois de ter entrado em movimento retrógrado em finais de Julho, prepara-se para regressar ao movimento directo a 29 de Dezembro. Traduzindo: Urano representa uma energia que nos ajuda a libertar do “que já era”, de padrões do passado que não devem ser mantidos porque ficamos com “excesso de peso”, o que é bem desagradável, e pode mesmo manter-nos presos ao passado, pior até que o excesso de peso. As tropelias são situações inesperadas, estranhas, disparatadas mesmo, que nos deixam de cabelos em pé, à beira de um ataque de nervos. São situações que se relacionam com os outros, e a oposição de Júpiter em Balança a Urano em Carneiro, que vai apertando, dá-nos mais pistas e diz-nos: precisamos de relações correctas e para isso todos necessitamos tomar novas atitudes, agir de forma diferente daquilo que nos tem definido, desistir de querer “dominar” ou desistir de querer ser “submisso”, estabelecer os próprios limites, afirmar-se como um ser independente e livre de fazer as próprias escolhas, a liberdade de uns acaba onde começa a liberdade dos outros. A Lua cheia não demora, alguns de nós estaremos a sentir mais, outros menos estas circunstâncias. A mensagem geral para todos é: virem costas ao passado, libertem-se dele, tomem atitudes ao contrário do que tem sido habitual! Marte está em Aquário e ajuda-nos exactamente a agir de formas inovadoras.

Duração dos aspectos mencionados nesta publicação (excepto os da Lua): Júpiter oposição a Urano até 26 de Dezembro

Imagem veio daqui

Boa Segunda-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para o fim de semana de 10 e 11 de Dezembro

ceuA Lua vai entrar em Touro ao final da manhã e chama-nos para os assuntos bem terrenos e materiais, de como lidar com os nossos recursos, sejam talentos e saberes, seja dinheiro e outros bens, e de como os podemos aproveitar para nos proporcionarem mais segurança, estabilidade, conforto e prazer. A quadratura a Vénus pode introduzir um elemento de insatisfação, carência, mas também pode ser a força motriz para darmos a volta ao que não permite maior satisfação. Podemos por exemplo, tirar partido do trígono a Mercúrio em Capricórnio, que dirige de forma objectiva os nossos pensamentos para questões relacionadas com a concretização dos nossos objectivos, e isso muito provavelmente requer trabalho, planificação, reflexão, maturidade. Ficarmos agarrados às insatisfações suga-nos a energia necessária, para precisamente, ultrapassar os obstáculos que temos pela frente.

No Domingo temos a Lua e Plutão ligados por um trígono até meio do dia e depois o que sobressai é uma quadratura a Marte. Aproveitar o melhor destas ligações passa por na primeira parte do dia nos recuperarmos, renascermos das possíveis dores e mazelas emocionais, e depois fazer uso construtivo da força e energia que vem da ligação a Marte. Sem a plena recuperação, podemos ficar intratáveis, agressivos, mal dispostos… uiiiii não parece nada agradável!

… não parece agradável nem está de acordo com o Sol em Sagitário que prefere optimismo e boa disposição. No Sábado atinge a conjunção a Saturno e Domingo o trígono a Urano. A ligação a Saturno fala de um optimismo e boa disposição sem exagero, o que não é mau, porque excesso destes atributos tem também a capacidade de nos tornar irrealistas. A conjunção inicia um novo ciclo de materialização dos nossos objectivos, e ser irrealista não dá em nada! Simultaneamente, o trígono a Urano, mostra-nos como deste ciclo novo fazem parte as inovações que possamos ter incluído nas nossas preferências desde o início de Abril. Desde que as escolhas tenham sido as correctas, estamos a concretizar o futuro que queremos. E basta prestar um bocadinho de atenção ao que se está a passar agora mesmo, ao que se sente, para perceber se estamos perto ou longe. Correcções estão sempre a tempo!

Outro aspecto que atinge o culminar é o sextil de Mercúrio a Neptuno; este aspecto mostra como dos nossos conceitos intelectuais, donde se geram pensamentos, ideias e crenças, estão a ser “evaporados” detalhes que não servem mais o propósito da evolução. Uma nota para Neptuno em Peixes pode ser a dissolução de tudo aquilo que nos mantenha em separação, e que por isso, não permita a sensação de que estamos de factos todos interconectados com Tudo e com Todos.

Imagem: uma coisa que deixa a Lua em Touro feliz? Comidinha! 🙂  Veio daqui

Bom fim de semana!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 9 de Dezembro

 

ceuA Lua em Carneiro hoje faz quadratura a Plutão, trígono ao Sol, oposição a Júpiter, trígono a Saturno e conjunção a Urano. Misturando e baralhando, começamos por saber que emoções e propósitos estão de acordo, força para levar os nossos intentos para a frente não falta, mas temos que ter atenção para não excluir os outros, os seus interesses, os seus pontos de vista, em suma temos que nos lembrar que não somos seres isolados, mesmo que os nossos objectivos aparentemente nos digam respeito apenas a nós. Estamos constantemente a interagir com a nossa própria realidade, constantemente a criar mais realidade, umas vezes sob tensão, outras vezes mais suavemente, umas vezes mais acentuadamente, outras mais subtilmente; hoje fazemo-lo suave mas acentuadamente, por isso temos que prestar especial atenção às nossas emoções, opções, pensamentos. É também um dia perfeito para introduzirmos alguma novidade, alguma originalidade na forma como procuramos ser independentes e autónomos.

O tema “independência, autonomia, liberdade, igualdade, respeito pela individualidade de cada um” está acentuado pela presença de Marte em Aquário mas também pela recente entrada de Vénus no mesmo signo. Tendemos a valorizar estes assuntos e também a agir em conformidade. Júpiter que está em Balança acolhe de braços abertos estas escolhas, porque sem elas simplesmente não há paz nem harmonia nas relações humanas. E hoje Sol e Júpiter fazem sextil exacto; objectivos de seguirmos rumo a um estilo de vida mais ético, verdadeiro com as leis que regem o Universo colocam-nos necessariamente no caminho de maior equilíbrio e harmonia com os outros, connosco mesmo e com o Todo onde estamos mergulhados.

Boa Sexta-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 8 de Dezembro

ceuA Lua acabou de entrar em Carneiro, e com esta mudança vem uma maior necessidade de acção, de agitação, de começar de novo, de novos objectivos. Faz quadratura a Mercúrio em Capricórnio e sextil a Vénus, que entrou ontem em Aquário; o pensamento diz-nos que há trabalho e responsabilidades, se queremos ver os nossos objectivos materializados temos que nos esforçar e concentrar. Mas o que sentimos pode ser contraditório, e a ligação a Vénus acentua o apelo por liberdade, por agirmos sim, mas sem o peso do que é ou não obrigatório. A isto junta-se Marte, também em Aquário, a dirigir-nos exactamente para aquelas acções que nos prometem um futuro onde possamos manifestar a nossa individualidade livremente. Mas a questão é que haverão tarefas que parecem nos limitar, restringir aquilo que desejamos e no fundo são vias de libertação duma realidade actual da qual queremos nos afastar. Portanto temos que acertar a nossa percepção do que efectivamente pode contribuir para manifestarmos os nossos desejos mais queridos.

A entrada de Vénus em Aquário marca um período de tempo para valorizarmos não só a nossa liberdade, como tudo o que seja inovação, originalidade em todos os sectores da nossa vida, nomeadamente em como assumimos as nossas responsabilidades. Se é verdade que podemos nos sentir presos muitas vezes pelo peso das obrigações, também é certo que elas fazem parte da vida e o truque é muitas vezes encontrar uma forma diferente de fazer o que é necessário. Podemos muito bem aproveitar o sextil de Mercúrio a Neptuno em Peixes e abrirmo-nos às ideias inspiradas que “circulam” disponíveis para todos, e podem nos ajudar a encontrar soluções inusitadas e eficazes para fazermos frente ao que menos gostamos de cumprir. Por outro lado se é verdade que há um certo conservadorismo nas ideias de Mercúrio em Capricórnio, não é menos real que se aproxima agora uma conjunção a Plutão e este aspecto traz consigo uma poderosa capacidade de transformação dos nossos conceitos mentais que se mostram ultrapassados. Mercúrio vai aproximar-se de Plutão até quase à conjunção exacta, que não vai acontecer porque entretanto vai entrar no período de movimento retrógrado. Mas ficamos já a saber que estes processos pelos quais a mente está a passar vão ser tema das revisões que se aproximam. Nada como estar preparado! 🙂

Duração dos aspectos mencionados nesta publicação (excepto os da Lua): Mercúrio sextil a Neptuno até 10 de Dezembro – Mercúrio conjunção a Plutão até 19 de Dezembro

Com a Lua em Carneiro só há uma coisa a fazer: Acção! Imagem veio daqui

Boa Quinta-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 7 de Dezembro

ceuA Lua em Peixes, fez há pouco quadratura ao Sol e sextil a Plutão; entrámos em quarto crescente com a oportunidade de transformação emocional, de como reagimos aos acontecimentos, de como nos vemos a nós próprios. Se agarrarmos esta proposta podemos começar a treinar desde já, e fazermos o melhor da quadratura a Saturno; este é um aspecto que com facilidade nos devolve emoções difíceis, falta de segurança, melancolia, incapacidade de lidar com a realidade de forma confortável. Mas é possível simplesmente aceitar que nem sempre nos “podemos sentir em estado de graça” e que é fundamental compreendermos o que nos está a ser pedido, que realidade temos concretizada e como ela se mostra contrária aquilo que necessitamos. Fomos nós que a criámos, é a nós que compete alterá-la que for caso disso.

O Sol em conjunção a Saturno, ambos em Sagitário, mostra um período em que precisamente a vontade em estruturar uma realidade mais alinhada com as nossas próprias convicções se aproxima de um novo ciclo. Saturno em sextil a Júpiter, indica que um dos vectores importantes desta nova realidade é a forma como nos relacionamos com os outros, e como é imperioso introduzir novas atitudes de independência e liberdade pessoal (Saturno trígono a Urano). E nós com estes dados podemos seguir durante o dia e observar como eles fazem sentido na nossa própria experiência da vida… e preparar os acertos necessários.

Duração dos aspectos mencionados nesta publicação (excepto os da Lua): Sol conjunção a Saturno até 10 de Dezembro – Saturno sextil a Júpiter até 28 de Dezembro – Saturno trígono a Urano até 25 de Dezembro

Imagem veio daqui

Boa Quarta-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 6 de Dezembro

ceuA Lua segue agora em Peixes, dá-nos maior sensibilidade e intuição, mais apetência por actividades que necessitam de inspiração e imaginação para se desenvolverem, atributos acentuados pela conjunção a Neptuno, que também traz uma maior capacidade de nos ajudar a simplesmente entregar ao Universo aqueles sectores da nossa vida que manifestamente não temos condições para controlar ou compreender. “Lá por cima” sabem o que fazem, há uma razão para tudo, e o que for soará! Um sextil a Mercúrio em Capricórnio, conecta a mente a este estado de espiríto; se não resistirmos a estas propostas, seremos talvez surpreendidos por ideias e pensamentos verdadeiramente inspiradores, acerca de como podemos projectar a concretização dos objectivos que nos vão mobilizando. Mas há também uma oposição ao nodo norte em Virgem, e mesmo com a cabeça “nas nuvens” não podemos esquecer de manter os pés no chão e as mãos nas tarefas essenciais do dia-a-dia.

Mercúrio faz sextil a Neptuno e trígono ao nodo norte; há aqui uma indicação extra de que a procura de eficácia e atitudes saudáveis devem ser promovidas, e em grande medida é também para esta área de vida que estamos a receber inspiração. Nada disto é para descartar, sobretudo se quisermos fazer valer a janela de oportunidades que se abriu na última Lua nova de Sagitário, um período em que podemos dar passos na criação de estilos de vida que ambicionamos, mas que ainda estão fora do nosso alcance. Um dos desafios era, e continua a ser, a conciliação com o nodo norte em Virgem.

O sextil de Marte a Urano aproxima-se do fim, e vem contribuir positivamente com acções completamente descondicionadas do passado. Conseguir deixar fluir as propostas do céu actual, depende de agirmos de forma radicalmente diferente, pelo que é de deduzir que a inspiração recebida via Neptuno vai ajudar a que optemos por acções originais, inventivas, inovadoras… as tais com capacidade de nos fazer virar as costas ao lado menos bom das nossas presentes circunstâncias.

Duração dos aspectos mencionados nesta publicação (excepto os da Lua): Mercúrio sextil a Neptuno até 10 de Dezembro – Mercúrio trígono ao nodo norte até 8 de Dezembro

Imagem veio daqui

Boa Terça-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira dia 5 de Dezembro

 

Businesswoman throwing papers in office --- Image by © SuperStock/Corbis

A Lua segue por Aquário e faz sextil a Urano até sensivelmente meio da manhã; algum atributo de novo podemos acrescentar à forma como reagimos, como nos vemos a nós próprios, sobretudo que nos permita uma maior liberdade de movimentos, de opiniões, de atitudes, a liberdade de criarmos a vida como muito bem entendemos sem nos limitarmos ao que um dia nos disseram que era correcto. Porque… e se o que é considerado correcto por muitos, for errado para nós? Quem se lixa?

O Sol em Sagitário está na mesma onda, quer espaço amplo, não vê sentido em estar confinado, enclausurado dentro de crenças antigas, que nos prendem a nós a estilos de vida arcaicos; convida-nos a procurar outras formas de viver, mais autênticas, mais naturais, mais regida pelas Leis Universais, porque as leis humanas escrevem-se com letra minúscula, e são tantas vezes míopes! Faz sextil a Júpiter e a Marte, conjunção a Saturno e trígono a Urano; temos a oportunidade de construir estilos de vida semelhantes, onde os relacionamentos sejam cada vez mais fonte de verdadeiro crescimento para as partes envolvidas. Precisamos no entanto de agir de forma diferente daquilo que tem sido a norma, inovar radicalmente a forma como escolhemos os nossos objectivos, como procuramos ser independentes e autónomos.

Talvez nos apeteça mesmo atirar alguns “papeis” ao ar, mas Vénus e Mercúrio em Capricórnio compensam tal excentricidade, dotam-nos de alguma dose de maturidade e senso de responsabilidade. Mais vale manter a compostura e fazer uso do sextil de Mercúrio a Neptuno, que nos inspira a planear as próximas jogadas tendo em vista fazer xeque-mate a tudo o que nos bloqueie os sonhos e ideais de vida.

Duração dos aspectos mencionados nesta publicação (excepto os da Lua): Sol sextil a Marte até 25 de Dezembro – Sol sextil a Júpiter até 9 de Dezembro – Sol conjunção a Saturno até 10 de Dezembro – Sol trígono a Urano até 12 de Dezembro – Mercúrio sextil a Neptuno até 10 de Dezembro

Imagem veio daqui

Boa Segunda-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para o fim de semana de 3 e 4 de Dezembro

ceuA Lua estará ainda por Capricórnio até um pouco antes das 20.00 altura em entra para Aquário; a necessidade de encararmos a vida com doses importantes de responsabilidade e capacidade de trabalho continua… pelo menos se queremos ver concretizados os nossos objectivos mais queridos. A Capricórnio também é associada uma imagem conservadora, perpetuadora do passado, formal e tradicional. Mas no início da noite um estado de espírito mais informal, livre e futurista faz-se sentir. Não só a Lua entra em Aquário como Marte que já por lá anda, impele-nos a agir deste modo… livremente e até com alguma excentricidade! No Domingo a conjunção a Marte vai acentuar esta necessidade de liberdade, de igualdade também entre pares; como há um trígono a Júpiter em Balança, ficamos a saber que a forma como nos relacionamos, como procuramos paz e harmonia vai directamente ser bafejada por esta influência.

Entretanto Marte em Aquário faz sextil exacto a Saturno em Sagitário, hoje, Sábado. Novamente os céus nos falam de futuro, que a sua concretização se constrói com novas atitudes, novas formas de agir; as nossas acções precisam estar de acordo com as nossas crenças, se a realidade que vivemos não nos agrada temos que actualizar a nossa “verdade interna”, mas de todas as maneiras é dando passos em novas direcções que nos podemos posicionar no sentido de criar uma realidade que seja mais do nosso agrado. Marte faz também sextil a Urano, o que é um tremendo empurrão no sentido dum futuro aquariano, isto é, um futuro mais livre e igual para todos os seres humanos e não humanos, para toda a Terra! Este, é por enquanto um cenário longe da nossa experiência actual, é verdade! Mas quando Marte se “encontrou” com Saturno em Sagitário, a 24 de Agosto, o que “combinaram” foi isto mesmo, ir dando passos que pudessem estruturar o caminho até esse futuro.

Mercúrio entrou ontem em Capricórnio. A mente não está assim tão disponível para futurismos… pois não! Primeiro temos que nos concentrar em como fazer para chegarmos ao fim dos nosso projectos, caso contrário ficam pelo caminho… não chegam ao que Capricórnio representa, a conquista do pico da montanha! E de qualquer maneira estamos no mês do Natal, goste-se ou não a tradição aqui tem um peso danado! 🙂 Temos tempo, vamos dando uns passos mais virados ao futuro, vamos estruturando ideias no presente, observando os resultados, acertando, ajustando… e encaixando na tradição como pudermos… 🙂

Duração dos aspectos mencionados nesta publicação (excepto os da Lua): Marte sextil a Urano até 7 de Dezembro

Imagem veio daqui

Bom fim de semana!

 

Consultas e análises aqui

 

Share Button