Céu astrológico para Quarta-feira 8 de Maio

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol foi às 6.37): Uma mulher segurando um saco fora da janela

Mercúrio funde-se com Urano em Touro… quer dizer, faz a conjunção exacta. A Lua entra em Caranguejo e faz sextil a Mercúrio e a Urano. O Sol em Touro faz sextil a Neptuno em Peixes.

As experiências da véspera, Terça-feira, foram a preparação para o que nos aguarda neste dia. O mais relevante é a inovação mental, induzida com bastante probabilidade pela quadratura de Vénus a Saturno, que pediu ajustes na forma como valorizamos a nossa afirmação pessoal, como agimos, como marcamos posição. Hoje é dia de arejar o “saco”, deixar ir embora valores e formas de pensar empoeiradas. Mercúrio em Touro é a mente focada na necessidade de gerir e gerar recursos que tornem a vida mais estável, segura, confortável e prazerosa, sem artifícios, com sentido prático mas com ideias, planos e estratégias rigorosamente descondicionadas das normas a que nos sujeitámos relativamente a esta área de vida. É exactamente o que o Sol quer, é exactamente para onde devem estar virados os nossos objectivos de curto prazo. A Lua entretanto entra em Caranguejo, assegura-nos que é cuidando da nossa vida privada que encontramos mais estabilidade emocional. Pode até acrescentar-se que o “arejamento do saco” implica igualmente deixar ir embora padrões emocionais que continuam ligados à excessiva importância com a imagem pública em detrimento da imagem privada e do plano emocional. É o que simbolizam as ligações a Mercúrio e a Urano. Alinharmo-nos com as energias tal como elas se apresentam, não só nos proporciona maior bem estar, como podemos estar neste exacto momento a dar passos seguros em direcção à vida que idealizamos.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 7 de Maio

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol foi às 6.37): Uma batalha entre espadas e tochas

A Lua em Gémeos faz sextil a Vénus em Carneiro, conjunção a Marte, oposição a Júpiter em Sagitário. Mercúrio entrou em Touro e aproxima-se de Urano… “revolução mental já” poderia ser um slogan apropriado!. Vénus faz quadratura a Saturno em Capricórnio.

Podemos ter bem presente a importância de sermos livres e independentes o suficiente para podermos levar os nossos projectos em frente, mas também é possível esbarramos em impedimentos que afinal nos mostram não estarmos ainda nesse patamar de liberdade. A realidade e todos os seus impedimentos, não vai desaparecer num estalar de dedos, e por outro lados os nossos valores são também responsáveis por a termos permitido instalar-se. É natural portanto que tenhamos que ajustá-los relativamente a como estamos a agir na procura de independência. Esta circunstância está a preparar o terreno para a conjunção de Mercúrio a Urano, que só vai terminar na Quarta-feira, mas está já em plena activação. É porque associado ao que valorizamos, está a interpretação que fazemos do que nos acontece, do que vemos acontecer ao nosso redor, da forma como o nosso raciocínio se organiza para entender os acontecimentos. Os desajustes de valores, implicam desajustes no pensamento. E é aí que entra Urano e traz com ele a imperiosa revolução mental de que necessitamos, para navegarmos seguros em tempos de queda do “Império arcaico” patriarcal, desadequado. Dependendo das nossas circunstâncias, e dos ajustes necessários, assim vamos reagir em estreita ligação à nossa verdade actual. A conjunção da Lua a Marte deixa antever a possibilidade de agitação emocional. Vamos desembainhar as espadas e lutar contra os “moinhos de vento”, ou vamos nos deixar inundar pela luz eléctrica e libertadora das novas ideias que querem trazer a revolução da paz? O sextil do Sol em Touro a Neptuno em Peixes promete isso mesmo, paz e sossego, amor e tranquilidade que são os precursores da estabilidade emocional apontado pelo nodo norte em Caranguejo (Sol faz sextil ao nodo norte, Neptuno faz trígono). Escolher é fácil, implementar de facto, depende do quanto já nos alinhámos com o futuro.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 6 de Maio

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol foi às 6.38): Um velho homem tentando em vão revelar os mistérios 

Pois é natural! Quem quer saber de mistérios com o Sol em Touro, a Lua e Marte em Gémeos, Vénus e Mercúrio em Carneiro? Com os cinco planetas pessoais nos três primeiros signos a nossa atenção está toda direccionada para a realidade concreta, visível, palpável. Queremos dinheiro, conforto, estabilidade, qualidade de vida, podemos ter novas ideias para colocar em prática, procuramos informação, contactos, comunicamos, divulgamos, valorizamos a liberdade para fazermos o que entendemos ser melhor. Mas as nossas melhores práticas estão em sintonia com o passado ou com o futuro? Vénus vai fazer quadratura ao nodo norte em Caranguejo, logo ao nodo sul em Capricórnio também. O nodo sul em Capricórnio é a realidade concreta, visível, palpável, construída à boa velha maneira, seguindo as práticas correntes e tradicionais, a importância da aparência predomina, em público aparecem as virtudes! Não há nada que nos obrigue a alterar os nossos valores em sintonia com este passado que ainda é presente. É uma escolha, que terá as suas consequências. Quem quiser ouvir os saberes dos “mistérios” opta pelo futuro apontado pelo nodo norte em Caranguejo: valorizar como não tem sido comum a estabilidade emocional, o cuidar da vida privada, dos espaços e das pessoas que dela fazem parte, cuidar da Terra também, a nossa grande casa. É uma escolha, que terá as suas consequências.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Lua Nova de Touro, Maio 2019

Lua nova no grau 14º10´ de Touro, 4 de Maio, 23.45h

Símbolo Sabiano: Um homem agasalhado com um arrojado chapéu de seda

Touro está relacionado com sobrevivência mas sendo regido por Vénus, que incorpora os atributos da deusa do amor e da beleza, nunca se poderia restringir à mera sobrevivência. Amor próprio e qualidade na existência fazem parte do embrulho. O essencial à sobrevivência de cada indivíduo é o ar que respira, a água e o alimento. O ar é a única coisa pela qual não se paga, logo dinheiro é essencial para sobrevivermos e adquirimos qualidade de vida material. Na esmagadora maioria dos casos, vamos consegui-lo a partir dos nossos talentos naturais, do que sabemos e do que sabemos fazer, do que aprendemos. Gerindo tudo isto, geramos recursos. Todos temos o que é necessário para sermos auto suficientes, mas nem sempre reconhecemos o valor das nossas competências, às vezes falta-nos confiança talvez! E no entanto, são estes recursos pessoais inesgotáveis, que acarinhados, valorizados, reconhecidos, postos “a render” nos permitem gerar os recursos financeiros que necessitamos.

O símbolo espelha bem a minha visão de Touro. O homem agasalhado simboliza o necessário para sobreviver, mas o chapéu de seda já nos remete para algo mais! A seda é cara e um chapéu arrojado pode indicar alguém que se valoriza pela diferença, estima-se e não faz disso segredo, revela. Então temos que nesta Lua nova de Touro há uma sugestão de que podemos chegar ao fim do ciclo com mais capacidade de enfrentarmos o “frio”, talvez surja uma oportunidade para mais abundância financeira, ou mais consciência do nosso valor, da grandiosidade dos nossos “pequenos” feitos que se reverte em maior auto estima, um assumir claro dos nossos talentos individuais, ou finalmente descobrir que talento particular é o nosso. Isto é a promessa. Como a vamos conquistar?

A Lua nova faz trígono a Saturno e a Plutão retrógrados em Capricórnio, sextil a Neptuno. Não há aspectos tensos, o que parece simpático mas pode não ser. As tensões obrigam-nos a saltar no sofá e fazer qualquer coisa, fazer o que está na nossa mão, o que é preciso. Com aspectos suaves, é mais fácil deixarmo-nos ficar confortavelmente instalados, atacados de preguicite taurina…. sim, ela existe e pode ser perigosa… esquecidos das tarefas, ou dos comportamentos, das atitudes a adoptar para conseguirmos mais dinheiro, conforto, qualidade de vida, auto valorização. O uso consciente da energia de Touro deve ser o grande objectivo enquanto o Sol transitar neste signo. Sentido prático, gestão do que possuímos, persistência, paciência, auto suficiência (os outros não têm que fazer nada por nós) noção da importância de algumas tarefas “menores”  podem ser cruciais para conquistarmos o que nos é prometido. A ligação a Neptuno indica que podemos dar passos seguros em direcção aos nossos sonhos, mas podemos com a mesma naturalidade afastarmo-nos deles. Podemos optar por uma passividade improdutiva, podemos ter objectivos desalinhados dum Bem Maior, podemos querer o que é prometido a qualquer custo sem termos feito um trabalho prévio. Se a terra não estiver preparada, se não houverem os nutrientes necessários como vão as sementes que germinam crescer saudáveis?

Se vamos na direcção de maior amor próprio, de mais capacidade para usarmos os nossos recursos pessoais e com eles gerarmos mais dinheiro, ou mais conforto ou mais qualidade de vida vai depender de Saturno e Plutão retrógrados. Dependendo da nossa realidade interna, um misto das nossas crenças com os nossos padrões emocionais/comportamentais habituais, assim vamos ter o poder suficiente de nos sintonizarmos na direcção pretendida. A retrogradação implica estarmos em revisão das funções destes dois planetas. Pois então vamos lá rever o que já sabemos pôr em prática!

Vénus, regente de Touro, está em Carneiro, aproveitando ao milímetro tudo o que conseguirmos relacionado com Touro, para nos tornarmos mais livres, independentes, donos do nosso nariz! A importância que damos a esta postura de independência, liga-se em harmonia com as nossas acções (Vénus faz sextil a Marte em Gémeos) que devem estar abertas aos outros, à diversidade de opiniões, à procura de contactos e informações, ao uso da lógica e racionalidade. Duas quadraturas a Saturno e Plutão indicam a necessidade de ajustarmos valores, e o ajuste fundamental é apontado por outra quadratura ao nodo norte em Caranguejo. O futuro sorridente que todos procuramos, os “agasalhos e os chapéus de seda” que nos permitem viver com mais prazer em estar aqui neste belo planeta azul que está tão carente de verde… e verde é a cor do chakra do coração, significativo hein?… está na capacidade de darmos primazia à segurança e estabilidade emocional. O resto vem por acréscimo, sem esforço, desde que tenhamos a paciência associada à energia de Touro. Já é a ciência que nos vai demonstrando que assim é (ver aqui), se bem que não esperem ver estes temas nos media… não convém ao sistema… 

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 3 de Maio

Símbolo Sabiano do dia: Um homem tratando de bagagem

Acordámos ao som duma quadratura da Lua em Carneiro a Plutão retrógrado em Capricórnio e de um trígono da Lua a Júpiter retrógrado em Sagitário. Pesou? Uns carregamos bagagem menos pesada…. talvez porque andamos a largar o “peso” em excesso que se paga caro como nos aviões… outros ainda andam cheios de tralha para todo o lado. Pior mesmo é quando nem se percebe onde nos situamos, julgamo-nos leves que nem penas, e estamos mais pesados que chumbo! Entretanto, estes aspectos já foram embora com a aragem matinal, o Sol de Maio brilha, mas a eventual realidade que pesa não conseguiu a aragem matinal levar para longe! E agora seria fantástico enfrentarmos o mais objectivamente possível o que fazer de tantas malas! Marte em Gémeos faz oposição a Júpiter em Sagitário. O equilíbrio entre a racionalidade e uma capacidade mental mais abstracta de vermos todo o cenário a que pertencemos, pode fazer milagres, pode levar-nos a perceber como podemos encontrar soluções para tratar da bagagem. Enterrar a cabeça na areia perante a forma como a nossa realidade se apresenta não é uma boa opção, mas o sextil de Saturno a Neptuno lembra que há quem o vá fazer. Realidades pesadas têm que ser transcendidas mas não dessa forma.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Como criamos a nossa realidade

Lei da atracção, criação da nossa própria realidade, atrair a realidade ou sintonizarmo-nos com a realidade que nos corresponde são termos que vão sendo conhecidos de forma mais generalizada. Fui verificando que sim, e cada vez mais … sim mesmo! Para além da astrologia e de outras áreas que podem nos religar ao lado de lá da “ilusão”,  tenho sido uma seguidora fiel do Gregg Braden, quer através de vídeos no youtube, quer através dos livros que vai publicando, alguns até estão editados em português! Recomendo muito! O vídeo que vou partilhar, já tinha sido partilhado na página do facebook mas sem legendas. Como nem toda a gente sabe inglês, este agora legendado é precioso! Por um lado percebemos como interagimos com o meio, como criamos as condições da nossa realidade e o papel que a qualidade das nossas emoções tem na qualidade da nossa interacção com o tecido quântico onde tudo é criado. Se emitimos “radioactividade”, não admira portanto que de quando em vez expludam “bombas atómicas” no quintal! Depois dizemos que a culpa foi do vizinho…

 

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 2 de Maio

Símbolo Sabiano do dia: Olhando as montras

A Lua em Carneiro faz conjunção a Vénus e a Mercúrio, quadratura a Saturno em Capricórnio e trígono a Júpiter em Sagitário. Sol em Touro. Marte em Gémeos.

Marte em Gémeos combina na perfeição com uma voltinha pelas redondezas enquanto vamos olhando as montras. Já os planetas em Carneiro e Touro combinam com sermos suficientemente donos do nosso nariz para irmos ver as montras que entendermos sem prestar contas a ninguém. Podemos ver inúmeras coisas sem interesse, outras que ficam nas listas dos desejos, talvez quando o bolso estiver menos ocupado com oxigénio… as “preocupações” do Sol em Touro… ehhehehe…. mas também podemos nos deparar com algo tão especial que tem o poder de nos ajudar a dar corpo no exterior à realidade que somos agora no interior! Pode ser um objecto material especificamente, podemos apenas ter uma ideia que surge por olharmos um objecto, ou outra coisa qualquer. Às vezes estamos tão focados nos nossos problemas individuais e até planetários, que não nos damos conta das toneladas de oportunidades que temos para criarmos realidades diferentes. A internet não existe por acaso, existe porque serve a evolução de todos nós, humanos, não humanos, a Terra inteira, liga-nos uns aos outros de forma semelhante à ligação invisível que nos une, mas da qual temos pouca consciência. É uma espécie de réplica do campo quântico de todas as possibilidades, do mar energético onde nos movemos. Não podem ir ver as montras “a sério” ou não há pachorra? Vejam-nas no mundo virtual. Já encontrei duas coisas preciosas antes de começar a escrever o céu astrológico. Uma terá interesse para uma pessoa em particular, a outra merece ser tornada pública…. mais logo!

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 1 de Maio

Símbolo Sabiano do dia: Uma mulher a borrifar flores

A Lua vai estar em Peixes até ao meio dia, depois entra em Carneiro. O Sol está em Touro. Mercúrio em Carneiro faz quadratura a Saturno em Capricórnio.

O Sol faz preparativos para se juntar a Saturno retrógrado através de um trígono… ou seja, os nossos propósitos estão a criar por fora a realidade que somos por dentro. No movimento directo as experiências exteriores induziram alterações na nossa percepção dos acontecimentos. Agora vamos “construir” externamente segundo regras interiores actualizadas. Os resultados palpáveis irão mostrar o que foi “construído” de novo, ou “reconstruído” e também que velhas estruturas pedem “desmantelamento” urgente.  Por isso a tal noção associada aos planetas retrógrados de revisão. Novas ideias estão já aí, prontas para participarem do processo. A quadratura de Mercúrio a Saturno é o sinal de partida, temos que colocá-las em marcha. De manhã podemos estar ainda um pouco sonolentos, dormentes… não faz mal, estamos a poupar energia para quando a Lua entrar em Carneiro, e a necessidade de acção fizer parte do jogo, partirmos em direcção às nossas metas. Por hoje não parecem ser metas exigentes, temos apenas que “borrifar as flores”, cuidar do visível, dar pequenos toques na realidade de forma a que se torne mais confortável, pequenos mimos que fazem toda a diferença. Entretanto é bom não esquecermos que sem raízes saudáveis, nada sobrevive, por mais borrifos que procurem manter “as aparências”.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 30 de Abril

Símbolo Sabiano do dia: Uma enfermeira da cruz vermelha

A Lua em Peixes faz conjunção a Neptuno, sextil a Saturno em Capricórnio … que já está retrógrado, quadratura a Marte em Gémeos e a Júpiter em Sagitário, também retrógrado.

Há na realidade global e individual, elementos que têm capacidade de nos tirar a paz e a tranquilidade, deixam-nos à beira de um ataque de nervos. Mesmo elementos aparentemente inofensivos podem ter um impacto negativo se encontrarem as condições particulares, e uma vez que Júpiter e Saturno estão retrógrados, essas condições particulares instalaram-se de pedra e cal na nossa realidade interior simplesmente porque são a nossa verdade actual (=crenças conscientes+inconscientes+reacções habituais). Como Saturno acabou de ficar retrógrado, sermos capazes de dar um fim aqueles padrões que se manifestaram desde o fim de semana, significa ficarmos mais perto daquilo que para nós é o Céu na Terra. Isto faz-se vivendo aquilo que nos tira do sério, mas da forma mais impávida e serena possível. Eu sei por experiência própria o quanto não é fácil, mas…. é literalmente assim! Ao deixarem de fazer parte da nossa realidade interna, deixarão de se apresentar no exterior, embora haja um período de adaptação. É preciso paciência para construirmos uma nova realidade que substitui a existente! Exactamente o processo que está a acontecer globalmente! 

Temos duas quadraturas a impelirem-nos a agir. A ligação a Marte inquieta e agita, pede mesmo acção, movimento, precisamos nos mexer, há qualquer coisa a fazer. É Júpiter quem vai determinar as acções! As nossas crenças, apoiadas ou contrariadas pelas nossa reacções emocionais vão determinar se temos capacidade para exercer enfermagem ou se somos nós a precisar de curativos. Alguém imagina uma enfermeira num cenário catastrófico a perder as estribeiras? Ela sabe enfrentar a realidade sem perder a capacidade de agir, fazendo o que lhe compete. Ela sabe que não vai acudir ninguém se deixar que a instabilidade emocional se instale. Ninguém faz nada por si próprio, nem pelo mundo que nos rodeia, se deixarmos que a instabilidade interna dite as regras. Saturno continua a fazer oposição ao nodo norte em Caranguejo. A solidez da realidade é uma moeda. Uma face é a solidez material, a outra é solidez emocional.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 29 de Abril

Símbolo Sabiano do dia: Uma árvore de Natal decorada

A Lua entrou em Peixes e faz sextil ao Sol em Touro. Saturno vai ficar retrógrado na próxima madrugada.

Com a Lua em Peixes aumenta a sensibilidade, a receptividade ao que é do domínio do invisível, também ao que é designado “inconsciente colectivo”, uma amálgama de crenças, ideias, emoções e sentimentos partilhados colectivamente por toda a humanidade. Se nos vamos conectar ao lado mais luminoso ou mais sombrio, depende inteiramente das nossas condições particulares. Um devolve qualidade, o amor próprio ganha um brilho reconfortante, surge a sensação de que a Vida nos valoriza até ao mais ínfimo detalhe. O outro lado tira tudo isso, diz-nos que a vida é uma luta constante pela sobrevivência onde ser vítima de alguma coisa é a norma. Às vezes apetece baixar os braços, desistir. A condição de Saturno pode acentuar sentirmos que nos estamos a deparar com as mesmas barreiras de sempre! Aliás isto já no fim de semana acontecia, hoje é apenas a continuação. Há uma “intenção”, uma oportunidade para identificarmos que limites nos estão a impedir de nos conectarmos ao lado luminoso do Todo, do campo quântico de todas as possibilidades. Não vamos derrubar esses limites enquanto o diabo esfrega um olho, porque se os limites existem, mostram-nos que ainda não temos mais poder do que os diabretes endiabrados que nos tiram a alegria de vivermos a vida segundo as nossas medidas. Mas podemos começar a fazer preparativos para ganharmos esse poder! Os limites criam padrões repetitivos, apontar esse padrão pode ser equivalente a nos preparamos para agir no sentido de o eliminar. Podemos nos deixar invadir por uma nova esperança. A esperança de que a Luz vai regressar, que é a mesma essência do que se celebra no Natal e do que representa a árvore enfeitada. Melhores dias estão a chegar!. Mas há trabalho a fazer!!! Saturno mostra os limites enquanto está a fazer conjunção ao nodo sul da Lua!! A civilização ensinou-nos a dar ênfase ao exterior, à casca, às aparências, sabemos criar beleza e grandiosidade que todos podem admirar. Falta fazer florescer a beleza e a grandiosidade por dentro, bastando em muitos casos apenas arrancar as ervas daninhas… os diabretes…. A nossa civilização está a ruir e para que as nossa vidas não sigam o mesmo caminho temos que nos acertar com o nodo norte em Caranguejo. A estabilidade emocional é a argamassa para a construção de uma nova realidade global e individual.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button