Lua cheia de Caranguejo, Eclipse lunar, Janeiro de 2020

Lua em Caranguejo, Sol em Capricórnio, graus 20º00´, eclipse lunar, 10 de Janeiro, 19.21 h

Símbolos Sabianos:

Sol – Uma corrida de estafetas

Lua – Uma primma donna cantando

A Lua cheia faz oposição a Saturno e Plutão em Capricórnio. Saturno e Plutão estão em conjunção.

Chegámos a meio do ciclo que começou na Lua nova de Capricórnio, onde o lugar que ocupamos no mundo, ou que queremos ocupar, ganha destaque. Uma imagem tradicionalmente associada a Capricórnio é o cume da montanha simbolizando o atingir dos nossos objectivos mais desejados, para os quais precisamos despender muito esforço e dedicação. Não é só esforço e dedicação relativamente às tarefas envolvidas, é também muito esforço e dedicação para nos trabalharmos a nós mesmos de forma a adquirirmos o poder de escalar a nossa montanha. E francamente, “alpinismo” não será o desporto mais fácil! Para começar, nestas duas semanas, tivemos eventualmente que nos confrontar com vivências padronizadas, com circunstâncias que cheiram ao passado que herdámos e depois desenvolvemos pelos nossos próprios meios, circunstâncias que preferiríamos riscar de vez dos nossos cenários porque emocionalmente não se relacionam com bem estar, felicidade, satisfação. “Teve mesmo que ser assim”, senão como saberíamos qual o caminho daqui para frente!? Vou só repescar um pedacinho do que registei na Lua nova… que trazia eclipse, ou seja, um aflorar de padrões inconscientes mais enfatizados do que habitualmente:

“O eclipse dá-se no nodo sul da Lua e portanto o passado (associado a Capricórnio) pode apresentar-se muito sublinhado. (…) Se a nossa vida se pautar por uma postura rigidamente tradicional e conservadora, dificilmente vamos subir a “montanha” que nos satisfaz. O nodo norte está em Caranguejo, o “caminho da felicidade” passa pelo esforço e pela ambição de tornarmos a nossa vida privada e familiar um espaço de qualidade, pelo esforço e ambição de elevarmos a qualidade de sentimentos e emoções. É a qualidade interna que nos garante a qualidade exterior da nossa vida.”

A postura rigidamente tradicional e conservadora, pode ser apenas referente à nossa própria tradição pessoal. Somos “conservadores” quando sistematicamente reagimos da mesma forma a determinados eventos. A nossa “tradição individual” está repleta da repetição das mesmas posturas, pensamentos, crenças, padrões emocionais, comportamentos, que sabemos não resolverem rigorosamente nada sempre que alguma dificuldade se apresenta. O facto do eclipse solar ter marcado a Lua nova, simboliza uma incapacidade de fazermos valer a vontade de mudar, a menos que anteriormente este processo de mudança tenha sido posto em marcha. Aí sim, olhámos o passado muito ao longe, não nos causou qualquer perturbação emocional, foi talvez a despedida. Se ainda deixámos que as ondas emocionais se levantassem num redemoinho agitado, agora é a altura perfeita para começar a optar por paradigmas diferentes. Agora é a Lua que se eclipsa, são os antigos padrões emocionais que perdem poder face à vontade de chegarmos ao cume da nossa montanha. Essa é a intenção que o Sol em Capricórnio pode simbolizar. Claro que não vamos conseguir nada se não nos mexermos, se não fizermos nada para começarmos a entender e a modificar os padrões inconscientes que determinam a forma como a nossa vida se desenrola. Temos que elevar a qualidade de sentimentos e emoções, são eles que determinam se vamos concretizar os nossos objectivos, os nossos sonhos mais ambicionados.

Esta Lua cheia acontece em paralelo com duas circunstâncias relevantes. Por um lado Urano vai passar ao movimento directo apenas algumas horas depois da oposição entre o Sol e a Lua, por outro a conjunção entre Saturno e Plutão estreita-se para terminar no dia 12. De Urano podemos esperar o inesperado, seja bom ou nem tanto assim. É possível generalizar e dizer que se já nos libertámos internamente das nossas tradições mais arcaicas, resta-nos ver essa libertação no exterior. Se a tradição ainda é o que era, pode acontecer alguma coisa no exterior que nos vai mostrar a necessidade de deixarmos que a inovação entre nas nossas vidas… ou pode já ter acontecido.

Quanto à conjunção entre Saturno e Plutão, é o primeiro grande acontecimento astrológico da década! A probabilidade de tudo o que ficou registado anteriormente se referir ao fecho do ciclo entre estes dois planetas é altíssima! Sempre que um ciclo se encerra, há uma necessidade de revermos os temas que estão em causa, para podermos concluir o que deve terminar e o que pode transitar para o próximo ciclo. O ciclo entre Saturno e Plutão começou em 1982 em Balança. Ou seja, foram as relações com os outros o tema em desenvolvimento. Quanto aos acontecimentos desde a última Lua nova vejam se estão ou não relacionados com “os outros”. Nas corridas de estafetas (símbolo do Sol) há uma passagem de testemunho. Só a correcta interacção dos atletas permite a vitória, ou pelo menos a finalização da prova. Só as correctas relações uns com os outros nos permitirá chegar ao cume da nossa montanha. E então podemos cantar para celebrar… mesmo que seja apenas no duche!

Portanto, atendendo a que ainda temos mais duas semanas para chegarmos ao fim da lunação de Capricórnio, temos o “copo meio cheio”, temos tempo para nos responsabilizarmos pela qualidade das nossas relações com os outros, porque de uma forma ou de outra eles são indispensáveis para que os nossos objectivos se concretizem! A conjunção da Lua com o seu próprio nodo norte (daí o eclipse ser lunar) aponta para a grande solução estar bem dentro de nós. A grande solução para a qualidade das relações, é a qualidade emocional. De resto, a qualidade emocional é literalmente a solução para todos os males! Porque quando nos sentimos verdadeira e profundamente bem, tudo na nossa vida se encaixa no sítio exacto, à hora exacta!

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de DarkWorkX no Pixabay

 

Share Button

Astrologia do dia – Quinta-feira 9 de Janeiro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 8.00 h: Uma criança de cerca de 5 anos com um grande saco de compras

A Lua vai entrar em Caranguejo, fazer oposição a Júpiter em Capricórnio, sextil a Urano em Touro.

Apesar das solicitações do mundo exterior, do trabalho e das responsabilidades públicas, das exigências a que estamos sujeitos, muitas vezes sem grande satisfação mas assumindo as obrigações, temos que manter disponível a via para o porto de abrigo que podemos encontrar apenas na vida privada enquanto a Lua transitar por Caranguejo. Cuidar é a palavra mágica, cuidar da família, da casa, da “casa interna”, da nossa “criança lunar” que procura um colo seguro… e só nós mesmos o podemos prover… cuidar da grande casa Terra e de todos os seus habitantes …  lembro o cuidado necessário neste momento a todos os australianos humanos e não humanos que sofreram a devastação dos incêndios. Talvez este “cuidar” retire um pouco de atenção ao tal mundo do trabalho, das obrigações e responsabilidades mas curiosamente é esta postura que pode transformar o mundo tal como existe num mundo melhor. Está em causa uma inovação dos nossos valores, uma nova perspectiva sobre o que é segurança, algo que não se pode estruturar apenas por fora porque os pilares fortes só podem existir por dentro. Todos sabemos como as estruturas materiais têm sempre um prazo de validade, e quando chega a hora da derrocada é um plano emocional  limpo e saudável, sem sentimentos tóxicos que minam a qualidade da nossa existência, que nos pode suportar. Só assim podemos fazer frente aos acontecimentos mais desafiadores sem vacilar, sem vergar, e com capacidade de os ultrapassar com danos mínimos.

Urano está prestes a passar do movimento retrógrado para o directo, tempo de possíveis imprevistos com o poder suficiente para abalos significativos. Será um teste aos nossos pilares emocionais. Na verdade, esta circunstância já dura desde há uns dias, mas com a Lua cheia em Caranguejo a aproximar-se, em época de eclipses, a probabilidade de choques aumenta.

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Jordan Whitt no Unsplash

 

 

Share Button

Astrologia do dia – Quarta-feira 8 de Janeiro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 8.00 h: A Bandeira da União

A Lua em Gémeos faz trígono a Vénus em Aquário, quadratura a Neptuno em Peixes. Mercúrio em Capricórnio faz sextil a Neptuno. Saturno e Plutão fazem conjunção em Capricórnio.

Vamos acordar ao som dos sonhos, sejam aqueles que nos acompanharam ao longo das horas de sono, sejam ou outros, os sonhos que sonhamos acordados. A concretização de alguns pode estar ainda muito distante, outros porém estão já a tomar forma. Em qualquer dos casos, a lógica, a razão, a capacidade de comunicar, de estabelecer contactos, de procurar informação abrem o futuro, a curto ou a longo prazo. A qualidade emocional é “absorvida” por Mercúrio, o que sentimos e o que pensamos estão em estreita ligação, e isto é a matéria prima que pode nos aproximar ou afastar da realidade que idealizamos. Com a nossa intervenção consciente, ou simplesmente fruto do “acaso”, a realidade actual é a consequência de grandes transformações que têm vindo a acontecer na nossa vida pessoal e em termos globais também. Saturno já está em conjunção a Plutão, embora como se trata de um planeta “lento” a conjunção exacta só daqui a alguns dias. Por curiosidade, Saturno está no momento em que escrevo a 22º 12′ , Plutão a 22º36´. Saturno vai materializar para todos nós daqui para a frente uma realidade profundamente diferente da actual. Faz sentido repetir novamente, estamos a nos aproximar ou a nos afastar dos nossos ideais, e tudo depende do que pensamos e sentimos. Um dia para estarmos bem atentos a esta dupla pensamentos/sentimentos e emoções.

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Jeroen Bosch no Unsplash

Share Button

Astrologia do dia – Terça-feira 7 de Janeiro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 8.00 h: Uma rapariga tomando banho nua sub-repticiamente (ou dito de outra forma: uma facadinha no politicamente correcto)

O dia vai despontar com a Lua em Gémeos, e dessa forma estaremos mais curiosos, conversadores/comunicativos, sociais, mas também com uma maior tendência a nos dispersarmos. Apesar do Sol e de Mercúrio em Capricórnio apontarem para objectivos intimamente ligados ao trabalho e responsabilidades, à nossa imagem social/pública, objectivos que eventualmente nos exigem esforço e dedicação a “uma causa”, o “perigo” de nos desviarmos por mil e um atalhos é real. Claro que o truque é estarmos atentos e usarmos os atributos de Gémeos para chegarmos ao próximo capítulo do livro da nossa Vida. Estamos numa lunação de Capricórnio, há uma montanha para conquistar, se queremos escrever uma história empolgante! Apesar das palavras “pomposas” a nossa montanha pode simplesmente ser uma vida mais tranquila, divertida, onde fazemos maioritariamente aquilo que nos faz feliz e entendemos os nossos desafios, por mais difíceis que se apresentem.

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Daniel Schludi no Unsplash

Share Button

Astrologia do dia – Segunda-feira 6 de Janeiro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 8.00 h: Rapazes e raparigas em fatos de ginástica

Lua em Touro faz quadratura a Vénus em Aquário, trígono a Saturno e a Plutão em Capricórnio.

A química corporal do rejuvenescimento e da cura liberta-se quando nos sentimos emocionalmente seguros. Esta é uma razão mais do que válida para seguirmos sempre as indicações da Lua astrológica, uma vez que ela se relaciona com segurança emocional. Todos temos a nossa própria Lua natal mas para além disso podemos nos alinhar igualmente com a Lua em trânsito. Quando transita por Touro, qualquer tarefa simples que se relacione com sobrevivência e com o aumento de qualidade de vida, permitem esse “milagre”. Claro que, muito depende do que consideramos qualidade de vida, mas Urano em Touro vem ajudar nos raciocínios. É que Urano é revolucionário, vira tudo do avesso e se tradicionalmente qualidade de vida, amor próprio, gerar recursos foi feito de uma determinada forma, esta “forma” pode estar a perder validade. Portanto quem estiver determinado a permitir que esta revolução aconteça, estará atento a actualizações na maneira como expressa a energia de Touro, está simultaneamente a criar condições para a estruturação de novas realidades pessoais, novas formas de vida profundamente diferentes do que tem sido habitual. Diferentes para melhor, vale a pena referir! O que não augura nada de bom é mantermo-nos teimosamente agarrados aquilo que conhecemos, que sempre nos definiu, que se tornou a nossa tradição individual.

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Matt Heaton no Unsplash

Share Button

Astrologia do dia – Sábado 4 de Janeiro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 8.00 h: Um antigo baixo-relevo cravado em granito

A Lua vai manter-se em Carneiro até às primeiras horas da tarde. Passa depois para Touro, faz conjunção a Urano e trígono a Júpiter.

O fim de semana começa com energia, necessidade de agir, de fazer “coisas”, talvez começar algo de novo. Mas depois, nas primeiras horas da tarde com a passagem da Lua para Touro, o que vai prevalecer é uma maior apetência pela tranquilidade das tarefas que pedem paciência na execução, persistência para as concluir. Tudo o que é palpável e domínio do tacto ganha destaque… talvez um abraço saiba melhor do que noutras alturas mais apressadas. Tudo o que é comestível, activador do paladar, também ganha um lugar privilegiado. São dias assim, em que a coragem e a determinação em acabar com a minha aversão aos tachos me sugere ir fazer … sei lá… um arroz doce na bimby…. coisa fácil, porque esta aversão tem que definhar aos poucos, não vai desaparecer tão rapidamente quanto gostaria! Mas a conjunção a Urano deixa-me esperançosa de que pouco a pouco, com calma e persistência, conseguirei fazer uma revolução a contento de Urano. É que um dia descobri que a embirração com cozinhar estava relacionada com questões de auto estima. Isto dava um post suculento, e quando me apetecer falo do assunto, até porque todos temos que actualizar a maneira como alimentamos o amor próprio. A verdade é que sentirmo-nos bem na nossa pele, fazendo seja o que for que se mostre necessário, pode ter implicações positivas bastante mais abrangentes do que poderíamos pensar. Pode determinar a qualidade de toda a nossa vida, senão no imediato, pelo menos a prazo!

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Daria-Yakovleva no Pixabay

Share Button

Astrologia do dia – Sexta-feira 3 de Janeiro de 2020

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 8.00 h: Um adorador de fogo

Ano novo, vida nova, costuma-se dizer. Podem ser apenas palavras, mas também pode acontecer que uma vida nova comece de facto a despontar, sobretudo se nos meses que ficam para trás houveram objectivos para os quais trabalhamos afincadamente, quer no exterior, quer no interior de nós mesmos. Afinal de contas, estamos numa lunação de Capricórnio, onde a materialização de projectos é suposto acontecer. Como é óbvio, a primeira condição é termos projectos! Mercúrio entrou em Capricórnio há poucos dias, foi juntar-se ao Sol, a Júpiter, a Saturno e a Plutão. Acabaram-se as festividades próprias da época, está na hora de assumirmos as nossas aspirações, o trabalho e as responsabilidades que podem implicar. É tempo de agir, e hoje, a entrada da Lua em Carneiro veio ajudar-nos a acordar de uma certa letargia de final de ciclo/ano civil. Mas amanhã, com quadraturas ao Sol, a Saturno e a Plutão uma dose importante de energia vai percorrer os nossos corpinhos. Ano novo e Lua em Carneiro = façam o favor de fazer alguma coisa diferente. Tenham a determinação, a ambição de construir um futuro mais livre (a Lua faz sextil a Vénus em Aquário), de serem os donos do vosso nariz, da vossa vontade, o céu é sempre o limite quando nos deixamos de mimimis. E sim…. há mimimis pelo ar! Marte está despedir-se de Escorpião, certifica-se que percebemos muito bem a sombra que carregamos para que a possamos encarar, cuidar, curar, sarar. Amanhã entra em Sagitário e gradualmente conseguiremos uma postura mais optimista, entusiasta, aventureira. Aproveite-se a melhoria de disposição para colocarmos os pés a caminho de novas formas de vida, menos condicionada pelos nossos próprios limites, pelos limites impostos de fora, mais determinada pelos nossos sonhos.

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de congerdesign no Pixabay

 

Share Button

Lua nova de Capricórnio, Dezembro 2019

Lua nova no grau 4º06´de Capricórnio, 26 de Dezembro, 5.13h, eclipse solar

Palavras chave para Capricórnio: Imagem e responsabilidades públicas – autoridade – maturidade – trabalho profissional ou voluntário – status social e profissional – esforço – rigor – responsabilidade – regras, normas, limites – ambição – conservadorismo/respeito pela tradição – formalidade – empreendedorismo – profissionalismo – assumir de compromissos – frugalidade – disciplina. Uma imagem associada a Capricórnio é o cume da montanha, simbolizando o alcançar do topo dos nossos objectivos, especialmente daqueles mais exigentes.

A Lua nova faz conjunção a Júpiter – Ao longo da próxima lunação seremos conduzidos para o “cume da montanha” determinada pelas nossas crenças. A simbologia associada ao eclipse indica a supressão do consciente (o Sol eclipsado) e a supremacia do inconsciente (a Lua que “esconde” o Sol). A probabilidade de gostarmos da “montanha” que vamos alcançar, vai depender inteiramente de já sabermos expressar em pleno tudo o que Capricórnio simboliza. Porque repare-se, se o Sol está eclipsado, não é a vontade consciente que vai ser determinante. A vontade consciente foi determinante nos meses anteriores, no sentido de termos como objectivo a limpeza do inconsciente, a eliminação de crenças e padrões emocionais, a melhoria da qualidade emocional. Sem estes processos optimizados, os nossos projectos mais ambicionados podem não ver a luz do dia.

Há um detalhe importante! O eclipse dá-se no nodo sul da Lua e portanto o passado (associado a Capricórnio) pode apresentar-se muito sublinhado. Autoridade não tem que ser autoritarismo, ambição não pode ser a qualquer custo, há tradições que já não fazem sentido, temos que ser mais do que a imagem social que projectamos, mais do que as responsabilidades que assumimos. Se a nossa vida se pautar por uma postura rigidamente tradicional e conservadora, dificilmente vamos subir a “montanha” que nos satisfaz. O nodo norte está em Caranguejo, o “caminho da felicidade” passa pelo esforço e pela ambição de tornarmos a nossa vida privada e familiar um espaço de qualidade, pelo esforço e ambição de elevarmos a qualidade de sentimentos e emoções. É a qualidade interna que nos garante a qualidade exterior da nossa vida.

Este eclipse pertence a uma família de eclipses designada por Saros 132. Todas as famílias de eclipses têm uma espécie de “missão” a cumprir. Portanto a Lua nova de Capricórnio serve uma “missão” em particular. A “missão” do Saros 132 relaciona-se com Leão: filhos, crianças, autoconfiança, criatividade, liderança, coragem, reconhecimento e visibilidade, relações amorosas e tudo onde pomos o coração quando fazemos, lazer e passatempos. Repare-se como reconhecimento e visibilidade se reportam à imagem pública de Capricórnio. Na altura em que esta “missão arrancou” Saturno estava em Caranguejo e fazia quadratura a Neptuno retrógrado em Carneiro. Mantém-se a responsabilidade pela energia de Caranguejo, existe também a necessidade de largar ilusões acerca do que é ser independente, activo, livre de escolher a forma de agir. A quadratura entre Saturno e Neptuno aponta um impulso de ajuste entre as duas propostas.

Uma nota: nada disto são “previsões”, trata-se apenas de traduzir símbolos. É natural que não se retire muito sentido neste momento, embora quem estiver mais atento à vida que vai fluindo, possa conseguir descortinar um possível desenlace. À medida que os dias e os acontecimentos avançam, então sim, será possível ver a manifestação no concreto, daquilo que agora é apenas potencial.

Símbolo Sabiano da Lua nova: Índios remando uma canoa e dançando uma dança de guerra

Vamo-nos aproximando de um cenário onde irá haver acção. Pode ser “guerra” do ponto de vista mais tradicional, desentendimentos, conflitos interpessoais. Isto se a nossa tradição, ainda for o que sempre foi. Mas a “guerra” pode e deve ser travada dentro de cada um de nós, contra todos os padrões que perpetuam os conflitos uns com os outros. Também entramos em conflito com a própria Vida que não desiste de nos conduzir para a montanha que temos para conquistar, apesar de insistirmos muitas vezes em caminhar para o lado oposto.

Por curiosidade leiam este artigo: https://www.publico.pt/2019/12/26/mundo/noticia/politicos-ameacados-alemanha-situacao-tensa-1898506?fbclid=IwAR1kqYHrp-xCAa7TT54vdaa6bF9SriWoI6rrrj6Tl2BJgGUx6pa2GOPIFjw

Na Alemanha há um clima de guerra. Aqueles “senhores” que assinam com  “Heil Hitler”, bem precisariam actualizar a tradição que seguem, uma tradição de violência e agressividade; vivem no nodo Sul. Podem vir a ganhar visibilidade pelas piores razões! Precisariam aprender a agir de outras formas, em nome do que acreditam. É um caso extremo, mas em menor escala no nosso dia a dia vemos atitudes cuja essência é semelhante. Posturas desactualizadas, e por isso, a longo prazo, sem futuro! Como se combate isto? Criatividade dá sempre jeito! Leiam esta outra notícia: https://www.publico.pt/2017/09/19/mundo/noticia/alemanha-contra-os-neonazis-fazendo-troca-deles-1785823

Astrologia do dia, para amanhã, Sexta-feira 27 de Dezembro:

A Lua segue em Capricórnio, faz conjunção a Saturno e Plutão. O ambiente energético é pouco dado a inovação, estamos em pleno Capricórnio. Pode ser um bom dia para percebermos, observarmos se a nossa postura mantém atributos conservadores indesejáveis, ou se já seguimos um caminho de novas tradições em estruturação. Como saber? Pelo que sentimos, é sempre dessa forma! Se o bem estar prevalece sejam quais forem as circunstâncias, então estamos a caminho da montanha que por agora é a nossa escolha. Caso contrário…. travar a fundo e corrigir a rota!

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Ivana Cajina no Unsplash

Share Button

Podcasts para o MQE

Primeiro podcast em 7 de Janeiro de 2020

O vídeo/ a entrevista que refiro está aqui

—————————————–

Podcast de 11 de Janeiro de 2020

Resposta a como activar a energia de Touro que se relaciona com segurança material. Refiro também a energia de Capricórnio.

________________________________

Podcasts de 14 de Janeiro de 2020

A propósito da Lua em trânsito estar em Virgem

 

 

 

 

 

Share Button

Astrologia do dia – Sábado 21 de Dezembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.56 h: O papa

Até ao final da manhã a Lua permanece em Balança, faz sextil ao Sol; cooperação, simpatia, harmonia são a tendência. Quando a Lua entrar em Escorpião vem o teste cujo objectivo é perceber se a cooperação, simpatia e harmonia não eram apenas uma capa de reveste padrões emocionais/comportamentais mais tumultuosos que tiram bem estar no imediato e, pior, criam sentimentos de fundo de insatisfação, os tais que “atraem”, criam as circunstâncias das quais depois nos queremos livrar. Em Escorpião a Lua vai fazer quadratura a Vénus em Aquário e oposição a Urano em Touro, duas tensões que podem ser aproveitadas para valorizarmos a preparação de um futuro de maior qualidade, o que implica responder às circunstâncias, não com insatisfação, porque estamos a perpetuar a “pescadinha de rabo na boca”, mas procurando neutralizar a insatisfação, qualquer que seja. Claro que é preciso saber como isto se faz! E vamos sempre parar na importância da qualidade dos sentimentos e emoções!

Hoje não fui eu que fui à procura da imagem que me agrada, para ilustrar a publicação. Hoje foi a “montanha” que veio ter com a “Maomé”. Abri o facebook e lá estava ela a olhar para mim. Tinha a mensagem que encaixa na perfeição na astrologia do dia!

“Dominas uma lição da alma quando as circunstâncias não mudaram, mas a forma como lhes respondes sim. Esta é o verdadeiro auto domínio energético”

Eu acrescento o seguinte: o auto domínio energético é o auto domínio emocional. Quando este auto domínio é atingido, então sim, as circunstâncias começam a mudar. Porque é que acham que surgiu o Manual para a qualidade emocional?

 

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Share Button