Lua Nova em Leão, 14 de Agosto

Lua

 

Lua Nova, 14 de Agosto, 15.53 h, no grau 22 de Leão, cujo Símbolo Sabiano é:

“Um pombo-correio no cumprimento da sua missão”

Pista: Espiritualidade, em treino de formação para o serviço à humanidade.

A “libertação” de energias mais elevadas torna-se eficaz e valiosa na medida em que serve a um interesse superior. Realizações individuais só adquirem o seu verdadeiro significado, desde que cumpram uma função colectiva.

 

Mais uma Lua Nova, em Leão desta vez, representando um momento em que acalentar, semear o que desejamos, vai contar com a ajuda Universal. Leão irradia a sua própria identidade, sabe o que quer e segue nessa direcção. No entanto, o símbolo onde acontece o encontro do Sol com a Lua, deixa adivinhar que são os objectivos que tenham por meta servir a todos, aqueles que poderão ver um desenrolar positivo. Marte e Vénus também neste mesmo signo, contribuem para este propósito, cumprindo cada um as suas próprias funções. O primeiro disponibiliza impulso para agir com o intuito de vencer, chegar à meta desejada. Vénus está retrógrada, em processo de revisão de valores e de formas de se relacionar. Em trígono a Urano em Carneiro, são os valores que falam do bem-estar colectivo que irão ter lugar de destaque, ou não fosse Urano co-regente de Aquário. Tal como fala o símbolo, as realizações individuais (Leão) adquirem um significado especial quando postas ao serviço da comunidade (Aquário). Entre o individual e o colectivo é necessário equilíbrio, e Vénus assegura-se da sua existência, tanto mais que o nodo norte ainda em Balança, aponta exactamente para a necessidade de harmonia entre todas as formas de relacionamentos.

Se em Leão se cria e em Aquário se leva em conta o colectivo, em Virgem trabalha-se para servir. Júpiter e Mercúrio estão já neste ponto do ciclo, em que as nossas criações são postas à disposição dos outros. Em Virgem não só se trabalha em benefício dos outros, como é através desse serviço que aperfeiçoamos o que nos saiu da mente, das mãos, da vontade e da inspiração. Já não é o brilho optimista que sentimos, enquanto moldávamos a nossa matéria-prima interior, que nos move as intenções. Agora queremos tornar esse brilho resplandecente, não para recebermos aplausos e louros, mas porque sinceramente queremos ajudar os outros da melhor forma possível, fazendo tudo eficazmente, sem mácula! É desta forma, que já temos a mente sintonizada, e é desta forma também que durante os próximos 12 meses do trânsito de Júpiter por Virgem, vamos continuar a crescer e a desbravar caminho, porque há outros horizontes a serem descobertos, outras formas de vida que esperam por nós.

Mercúrio fazendo trígono a Plutão, relaciona-se com uma profunda capacidade de análise, raciocínio lógico e concentração, aptidões desejáveis para as aspirações virginianas. Júpiter recentemente vindo de Leão, em conjunção à Lua Nova, expande já objectivos e emoções ligadas à necessidade de trabalho, de estudo também, de seriedade e aprimoramento das metas a atingir.

Sol e Lua fazem quadratura a Saturno em Escorpião. O pombo-correio no cumprimento da sua missão terá ainda alguns testes e limitações que ultrapassar, mas estando o propósito em sintonia com o serviço à humanidade nada há que temer. Afinal ultrapassar obstáculos torna-o mais forte, mais sábio, mais eficiente e ele nem está sozinho! Há um Todo Absoluto que o guiará, como guia a todos aqueles que ouvem a única grande Autoridade, a sua própria alma, a sua própria voz interior.

Preparemo-nos então para mais uma lunação, semeando vontades e intenções, que sirvam a um mundo cada vez mais equilibrado, harmonioso e respeitador do bem comum!

 

Share Button