Lua nova de Escorpião, Outubro 2019

Lua nova no grau 4º24´ de Escorpião, 28 de Outubro, 3.38 h

Entre o Sol e a Lua começa mais um ciclo. É em Escorpião, o território das grandes transformações pelas quais devemos passar, porque quer queiramos quer não, a evolução é um processo ininterrupto. Não podemos ser hoje quem éramos ontem, na semana passada, no ano passado. Uns resistimos mais à mudança do que outros, mas há sempre um momento em que chega a actualização.  

Sinónimo de transformação: processo gradual de mudança de estado, ou condição. Evolução.

A transformação pessoal requer a substituição de velhos hábitos por novos

– W. A. Peterson

Mudarmos, transformarmo-nos, evoluirmos, implica deixarmos para trás o que conhecemos, quer sejam relações, profissões, estilos de vida, crenças, posturas, comportamentos que nos acompanharam a vida inteira. Convenhamos, pode ser muito desafiante, assustador até! Mas é inevitável! De qualquer forma o que nos espera é uma incrível melhoria na relação de temos connosco mesmo, o que naturalmente se vai reflectir nas relações com os outros, nomeadamente com aqueles que sentimos serem mais fundamentais para o nosso bem estar e qualidade de vida. Aliás, é expectável que hajam desenvolvimentos nesta área, e isso será um elemento das transformações a acontecer.

Às vezes é difícil ser eu…

nesses dias fujo de mim.

Em outros, me confronto

nesses, me encontro.

– Eliane Stahl

Simbolicamente, é em Escorpião que se dá este confronto, um confronto entre o eu inferior (o escorpião) e o Eu superior (a águia ou a fénix), entre as birras, manias, medos, dores e a necessidade de resolver tudo isso e subir de patamar, evoluir. Evoluir é crescer, diz-se que crescer dói, mas estagnar pode custar-nos muito mais, podemos nunca ver a luz.

Aprenda com o sofrimento, a ferida é o lugar por onde a luz entra em você

– Rumi

 

Metamorfose

Mutação

Vida pulsando…

Transformação

 

Estou em processo…

Há coisas a aprender…

e há coisas a reprogramar…

Há coisas que sou …

e não quero ser…

Há coisas que ainda não sou…

e quero ser…

Há coisas que sou …

e ainda não sei…

mas estou buscando saber…

 

Estou em construção…

Mas já estive em demolição…

Eliane Stahl

Este pequeno poema resume tão bem Escorpião! Depois das demolições, as reconstruções. Depois das mortes do que não queremos mais ser, o renascer das cinzas! Vale a pena!

Valeu a pena? Tudo vale a pena

Se a alma não é pequena.

Quem quer passar além do Bojador

Tem que passar além da dor.

Deus ao mar o perigo e o abismo deu,

Mas nele é que espelhou o céu.

– Fernando Pessoa

Enfrente-se portanto o cabo Bojador, as demolições e mortes necessárias, porque não só estaremos a dar um passo evolutivo para a frente, como estaremos a permitir uma revolução sem precedentes nos nossos valores, qualidade de vida material, amor próprio. Isto porque a Lua nova de Escorpião faz oposição a Urano em Touro. 

Símbolo Sabiano onde ocorre a Lua nova: Uma costa massivamente rochosa

Podemos ser maré revoltosa procurando inutilmente derrubar os obstáculos que nos impedem de prosseguir. Podemos ter a estabilidade da rocha e a suavidade das marés tranquilas que pouco a pouco vão erodindo as circunstâncias mais limitadoras. 

O melhor momento para a grande transformação da sua vida é este. Aqui, agora!

– Ian Mecler

 

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Origem das imagens: aqui e aqui

Share Button