Lua Nova de Virgem, Eclipse solar, 13 de Setembro

Eclipse

 

Lua Nova em Virgem, eclipse solar, 13 de Setembro, 7.40 h

Um eclipse solar acontece quando a Lua se coloca entre o Sol e a Terra, ocultando parcial ou totalmente a luz do sol. Em astrologia, há uma simbologia associada, como não podia deixar de ser. No passado os eclipses eram temidos, havendo a crença generalizada que profetizavam catástrofes. Actualmente, e graças ao trabalho de estudo e observação durante vários anos, feito por muitos astrólogos, sabe-se que aos eclipses estão associadas mudanças necessárias à natural evolução de cada indivíduo, e que naturalmente acabarão por causar impacto à humanidade como um todo. Num mapa natal individual, a área de vida onde o eclipse está assinalado, mostra onde as mudanças decorrerão.

Se por um lado podemos esperar alterações significativas em determinadas áreas de vida, por outro, os eclipses solares indicam o tipo de energia que deveremos expressar, como contributo para construirmos uma humanidade mais equilibrada, e por isso mais feliz, mais abundante e mais criativa. E isso começa em nós mesmos.

Em Virgem, é-nos pedido que usemos da nossa capacidade de análise, de discernimento e de estudo, de trabalho metódico, de remediar o que está mal, de ajuda aos outros, de cura. Oposto à Lua Nova está Quíron em Peixes. Este aspecto indica que o que é proposto em Virgem, deverá ser feito mas com consciência de que somos seres com dimensões para lá das físicas. Quíron relaciona-se com uma ferida emocional profunda gravada no nosso inconsciente. Em Peixes, essa ferida refere-se à ilusão da separação que percepcionamos entre o eu e o outro, entre a Terra e o Céu; na Terra estão as dores, os trabalhos, as provações, a luta pela sobrevivência. No Céu as recompensas. Curar esta ferida é começar por perceber que, não estamos nunca separados de nada nem de ninguém, somos parte de uma vasta consciência, que se manifesta em parte no mundo físico. Na Terra podemos construir o Céu. Podemos aprender como o fazer e com a dedicação de Virgem colocar as mãos na massa e fazê-lo.

Curar remete-nos para a ideia da necessidade de corrigir algo que está errado. Plutão que está em Capricórnio relaciona-se igualmente com esta ideia, porque a função de Plutão é transformar o que deixou de ser funcional, e Capricórnio simboliza todas as estruturas que servem de suporte à nossa existência na Terra. Plutão está em trígono com Júpiter em Virgem, sugerindo que crescer e caminhar para novas formas de vida, mais verdadeiras e éticas, se faz com trabalho e dedicação. Mesmo a mais humilde das tarefas pode ter o efeito de restruturar o que está mal, incorrecto, ultrapassado. A oposição de Júpiter a Neptuno em Peixes, mais uma vez relembra a necessidade de equilibrar a realidade terrena com a realidade do espírito, do sonho, das pausas inspiradoras e retemperadoras da vitalidade, até porque só desta forma a vida decorre saudavelmente, outro tema caro a Virgem!

O símbolo Sabiano do grau onde acontece a Lua Nova, que dá simultaneamente lugar ao eclipse, é:

Uma equipa de basquetebol feminina

O símbolo sugere-me a necessidade de nos sentirmos como parte de uma equipa, uma grande equipa humana em que precisamos cooperar para ganhar. A equipa é feminina; o lado feminino da existência procura a cooperação, em contraponto ao lado masculino em que a acção competitiva é dominante. Há alturas em que é necessário trabalhar em conjunto, outras em que é necessário agir individualmente. Mas é fundamental a capacidade de distinguir e procurar constantemente o equilíbrio! Temos vidas a necessitar de cura, um planeta igualmente a necessitar de ser curado e é da desigualdade que se verifica desde há milénios entre as polaridades masculina e feminina que surgiu a ausência de harmonia, causadora de doença, escassez, desumanidade!

Nesta Lua Nova, neste eclipse, semeie intenções alinhadas com aquilo que o céu transmite, disponha-se a fluir com as mudanças necessárias. Elas sempre ocorrem, é quando lhes resistimos que criamos dificuldades e problemas. Fazemos parte dum Todo, aprender a funcionar nesta grande equipa é uma tarefa compensadora em que todos temos a ganhar.

Tem lugar reservado, adira…  se é que ainda não o fez!

 

 

Informação sobre consultas aqui

Share Button