Lua Cheia de Peixes, 29 de Agosto

Lua cheia

Lua Cheia em Peixes, 29 de Agosto, 19.35h

 

Como sempre, uma Lua Cheia é o símbolo dum período de tempo em que a luz brilhante da consciência (Sol) inunda o que está habitualmente longe da “vista”, o inconsciente (Lua). Mas neste caso, não fica longe do coração, pode é tolher o coração, amachucá-lo, não o deixar bater de alegria e prazer. Por isso todas as oportunidades são boas para inspeccionar o que neste nosso inconsciente guardamos. As emoções são o instrumento através do qual percebemos o estado do nosso interior, e nesta fase em que estão mais activas, é a altura exacta para iniciar a viagem ao centro de nós mesmos.

A Lua em Peixes conjunta a Neptuno, estará completa e duplamente mergulhada no mar energético que liga tudo e todos. Este aspecto indica que a nossa sensibilidade e intuição estarão bem presentes, e assim o contacto com os reinos mais subtis da nossa existência está facilmente acessível.

O Sol em Virgem tem um foco oposto, realidade bem concreta, palpável, rotinas, trabalho, melhoramento constante do dia-a-dia. Júpiter faz-lhe companhia, indicando que será através desta área da nossa vida que iremos crescer durante aproximadamente os próximos 12 meses.

São duas energias em oposição, e é no equilíbrio entre ambas que se encontra a harmonia necessária à expressão plena do que simbolizam. É possível resumir muito e dizer que simbolizam a existência que se manifesta nas três dimensões – Virgem, signo de terra, realidade terrena, regido por Mercúrio que também rege Gémeos, signo de ar relacionado com o intelecto – e nas dimensões que as transcendem – Peixes, signo de água, emoções e fantasia, regido por Júpiter que também rege Sagitário, signo de fogo, fé e expansão.

Os Símbolos Sabianos envolvidos nesta Lua cheia:

Sol – “Um harém”

Pista: espera passiva

Lua – “Iluminada por um raio de luz, uma grande cruz encontra-se nas rochas cercadas pelo nevoeiro”

Pista: A bênção espiritual que fortalece os indivíduos que, aconteça o que  acontecer, ficam intransigentes na sua própria verdade

À primeira vista, esta espera passiva a que o Sol está “sujeito”, pareceu-me pouco coincidente com a atenção ao trabalho de Virgem, que de formas diversas nos influencia a todos. Pura ilusão! São as rotinas, tantas vezes pouco reconhecidas e valorizadas, que preparam os caminhos que nos conduzem aos nossos objectivos. Enquanto não chegamos à meta estabelecida, vamos fazendo o que é possível, como que entretidos passivamente à espera do grande momento. E se for a verdade pessoal que nos guia, de facto estaremos iluminados por um raio de luz, mesmo sem o sabermos!

A oposição entre o Sol e a Lua é sempre o tema principal de uma Lua Cheia, obviamente! Mas outros assuntos decorrem paralelamente. Um que me parece interessante, acontece em Leão, com Vénus retrógrada em conjunção a Marte. Enquanto Vénus passa em revista, se o que valorizamos está actualizado ou nem tanto, nomeadamente nas relações pessoais, Marte dá impulso a este processo que tem importância para os nossos projectos mais criativos. Mais, dá impulso ao próprio projecto! E se está a pensar que criatividade não é a sua especialidade, engana-se! Somos autênticos criadores da nossa própria vida, a nossa obra mais importante que nunca sai das nossas mãos.

Acontece que Marte está em trígono a Urano em Carneiro. Urano procura desfazer-se do que condiciona, do que aprisiona e em Carneiro ganha a força da vontade de fazer depressa. Marte é o regente de Carneiro, cuja especialidade não é a paciência. Pode então dizer-se que neste trígono fala da impaciência de libertação através do que criamos. Mas…. relembrando o tema central desta Lua Cheia, vamos lá acalmar as pressas. “Depressa e bem não há quem” diz a sabedoria popular!

Até por experiência própria, sei que lidar com a impaciência pode ser duro! Mas por agora temos tanta energia em Peixes, que esta tarefa está facilitada. Vamos relaxar, respirar, confiar, entrar em contacto connosco próprios, onde guardamos a nossa verdade mais pura, ela que é a única que nos pode “salvar da cruz”.

 

 

 

Share Button