Lua cheia de Aquário, eclipse lunar, Julho 2018

Lua cheia em Aquário, Sol em Leão, grau 4º44´, 21.20 h, eclipse lunar

Recapitulando: Vamos a meio caminho de um ciclo lunar que se iniciou em Caranguejo e onde portanto estavam em destaque temas da vida privada e familiar, também, e sobretudo, a relevância das emoções e o que fazer com elas; o Sol em Caranguejo quer bem estar e segurança emocional, mas para isso precisamos saber o que fazer do que sentimos. O eclipse solar veio reforçar a supremacia do plano emocional sobre o plano da vontade consciente, tanto mais quanto maior o desconhecimento de como levar “razão à emoção”. Reflectindo sobre as condições da Lua nova em Caranguejo, lembrei-me subitamente da designação “Inteligência emocional” título de um livro que surgiu nos idos anos 80; diz o autor Daniel Goleman, “Para o bem ou para o mal, quando são as emoções que dominam, o intelecto não pode nos conduzir a lugar nenhum”. Pelo menos não aos lugares que queremos, acrescento! Mas o intelecto, ou a razão, ou o nosso lado consciente tem capacidade de reverter esta situação, e procurar formas de aprendermos sobre o que são emoções, como trabalhar com elas, como nos desligarmos permanente da origem daquelas emoções que claramente não nos servem se forem mantidas demasiado tempo. Com esta Lua cheia, vem outro eclipse, desta vez lunar, com as emoções a “passarem para segundo plano” talvez porque simplesmente a Lua está em Aquário, há um maior desapego e distanciamento emocional que nos ajuda a ser objectivos relativamente às experiências mais marcantes dos últimos quinze dias, respectivas emoções e a nossa capacidade de lidar com tudo isto.

Saber gerir as emoções, como é evidente relaciona-se directamente com o nosso bem estar de forma geral, porque más emoções fazem-nos sentir mal e ninguém gosta, ninguém se quer sentir mal. Um factor de primordial importância  relaciona-se com a evidência de que quando vivemos maioritariamente em mau estar, não nos sentimos seguros, criamos uma realidade interna instável, ”perigosa”, sentimos que precisamos constantemente de nos defender, de defender o nosso “quinhão”, precisamos lutar pela sobrevivência. É esta realidade, à qual damos contornos através da dupla pensamento/emoção, que vai definir a realidade exterior como símbolo da realidade interior. E é simbolicamente em Leão que exteriorizamos aquilo que somos em cada momento, que irradiamos a informação responsável pela gradual estruturação da realidade exterior que nos corresponde. Quando todos os átomos e moléculas constroem a versão palpável do que corresponde ao nosso ambiente interno, nós olhamos e tantas vezes dizemos não, não quero, não gosto, não me acrescenta, não há nada de novo. Curiosamente as chamadas emoções negativas não são más, nós é que não sabemos exactamente o que fazer delas. Talvez nesta Lua cheia, num momento de iluminação, possamos perceber que este é o nosso passo definitivo para criar uma versão da nossa vida radicalmente diferente, radicalmente livre do passado porque o passado só nos assombra enquanto não desenvolvemos a capacidade de usarmos as emoções em nosso favor.

E como procuro sempre desenvolver o discurso em consonância com as condições astrológicas, cá vamos então. A Lua em Aquário simboliza a nossa necessidade de nos descondicionarmos do passado. Marte está em Aquário, está retrógrado, e fazem conjunção exacta muito pouco tempo antes da Lua cheia; a retrogradação está associada a um período de revisões quanto à maneira de agir para nos descondicionarmos desse passado, melhor dizendo daquilo que se tornou ultrapassado. Fisicamente estamos sempre no presente, mas se não deixarmos de sentir a dor das injustiças que sofremos, a irritação de termos sido contrariados, a frustração de não conseguirmos um objectivo desejado, a sensação que somos incompetentes numa qualquer área da nossa vida, a vergonha pelas más escolhas ou maus resultados etc. não cortamos o elo, mantemos a sensação, definindo a qualidade do que emitimos pelos mesmos parâmetros que estavam no passado, não estamos no passado mas reproduzimo-lo constantemente. Só há uma forma de agir eficaz, é agir no sentido de sabermos lidar com as emoções…. repetitivo porque de facto é a única coisa viável! Até uma quadratura de Marte a Urano pode acabar nas mesmas conclusões. Urano impulsiona acções inovadoras, originais, nunca antes testadas. Atendendo a que só muito recentemente na história da humanidade se começou a estudar e a entender o papel das emoções na nossa qualidade de vida, nem vou continuar a desenvolver… é imediata a conclusão do que podem ser as acções inovadoras que Urano simboliza. E Urano em Touro! Touro associado a sobrevivência, Urano em Touro a pedir uma revolução em como sobrevivemos, o que acaba por nos remeter para um minuto de reflexão acerca do estado em que vai o mundo, um mundo em que a maioria não sabe lidar com o que sente. A Lua nova de Caranguejo aconteceu em conjunção ao nodo norte de Plutão em Caranguejo, Plutão associado à evolução global da humanidade com o nodo norte a apontar para Caranguejo. É tudo tão claro!

O Sol em Leão fala do que extravasa de nós em cada instante. Estamos a criar desta forma a nossa realidade; a criatividade de Leão é na essência criação de realidade. O que sentimos, comunica dados acerca da realidade com que nos vamos confrontar amanhã, daqui a uma semana, daqui a um mês. No início de Setembro Saturno fica directo; o que fizer parte da nossa vida até aquela altura vai ganhar estrutura mais sólida. Caso para nos fazer reflectir e eventualmente rever que “vibração” estamos nós a emitir? Essa reflexão está a cargo de Mercúrio retrógrado em Leão … e ainda há quem se queixe das retrogradações! Temos três semanas especialmente úteis para estas revisões. Se pensarmos que a próxima Lua nova será em Leão, novamente com eclipse solar, novamente com a vontade consciente simbolicamente enfraquecida, é caso para encararmos muito seriamente o plano do sentir, é daqui que toda a criação se dá! Do que se trata quando se fala actualmente, por aqui e por ali, do regresso do feminino? Não será desta transição do processo de criação pondo as mãos a “moldar o barro” (acção exterior associada à energia yang) para uma criação muito mais subtil, interna, invisível mas muito mais eficaz (gestação interior dos objectivos associada à energia yin). Calma e tranquilamente criando uma realidade interna à medida de quem somos, dando-a à luz na altura apropriada… há melhor forma de dar contornos à realidade material? Utopia? Não! É o próximo passo e podem começar a praticar.

Um detalhe: a Lua está em Aquário, conjunta a Marte e ao nodo sul; o nodo sul é apenas e só um reforço ao desapego necessário do passado, que o passado se eclipse de vez! Sol está conjunto ao nodo norte; com o plano emocional arrumado, organizado e limpo, criatividade e confiança brotam de nós, criam o futuro.

Símbolos Sabianos:

Lua – Um conselho de ancestrais

Sol – Formações rochosas à beira dum precipício

Sabiamente os ancestrais observam sem interferir (eclipse lunar), mantêm a distância, observam desapegadamente o que sabemos fazer para, mesmo à beira dum precipício mantermos o equilíbrio, a elegância e a beleza. Podemos desconhecer, mas eles seguram-nos e só nos colocam nos precipícios que já sabemos dominar, esperam até sermos capazes de passarmos ao próximo patamar.

Desta vez há uma novidade, não sei se posteriormente me apetece continuar, porque com Mercúrio retrógrado ideias vêm, ideias vão. Mas por agora gostei da experiência de tirar uma carta de tarot para servir de complemento às reflexões com base na astrologia. A carta que saiu foi o Imperador, perfeita para o Sol em Leão! No livro Tarot da Vida de José Medeiros, o autor diz desta carta: Águia solar; domínio da emoção… nem comento! Do livro Tarot de Crowley, retiro: Senso de realidade, disposição para assumir responsabilidades, energia, segurança, continuidade, liderança, rectidão de carácter, senso prático.

Outras informações mais correntes sobre esta Lua cheia aqui

Imagem veio daqui

Para se tornar num@ aprendiz@ de astrologia e outros mistérios, junte-se ao grupo online, onde pode aprender ao seu próprio ritmo. Mais informações pelo mail: acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Outros serviços disponíveis online: consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, trânsitos astrológicos, astrologia horária.

Promoção válida até 22 de Agosto para tod@s do signo solar Leão: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma Revolução Solar de oferta!

 

Share Button