Corpo de dor, segundo Eckart Tolle

Há anos atrás li o livro do Eckart Tolle, o Poder do Agora. É aí que ele fala do “corpo de dor”. Senti uma facilidade tremenda em entender o que está em causa, nomeadamente porque tinha um corpo de dor tremendo! O que estamos a viver colectivamente é o corpo de dor de toda a humanidade. Temos que o aguentar e paralelamente temos o nosso corpo de dor mais individual. É uma dose dos diabos! Sinto-me sortuda porque desde há anos tenho deixado o meu a passar fome, mas mesmo assim ainda mexe…. por enquanto! Em astrologia evolucionária, nos mapas natais, os planetas Urano, Neptuno e Plutão assinalam características do nosso corpo de dor. Mais uma vez em AE a palavra trauma aparece associada a estes planetas. Quem souber ver no seu mapa onde eles estão, vejam lá se não são áreas problemáticas, com frustrações, insatisfações várias e ….. trauma! Se não neutralizamos não nos livramos da dor. E acreditem… temos mesmo que o fazer. O futuro que está para vir não permite corpos de dor, pelo menos não do tamanho que temos actualmente! No fundo o Manual de Qualidade Emocional é para isso que serve. Preparem-se para o futuro!
Share Button