Céu astrológico para Sexta-feira 6 de Setembro

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 7.14 h): Uma árvore genealógica

A Lua continua em Sagitário e só no inicio da tarde termina a saga das quadraturas que desde ontem nos impelem no sentido de estabelecermos novas fronteiras, novas formas de vida mais ordenadas e saudáveis, sem dúvida vias para vivermos com mais liberdade. Saturno está a fazer conjunção ao nodo sul em Capricórnio, e de uma forma ou de outra está a mostrar-nos que pedaços do passado nos devemos libertar. Há nas raízes da nossa árvore genealógica, antepassados que nos legaram elementos valiosos que nos fizeram quem somos. Mas também somos herdeiros de uma forma de estar na vida onde as aparências contam demais e a essência de menos. Onde contam as virtudes públicas e se escondem os vícios privados. Onde se enaltece tudo o que faz parte do universo masculino, e se minimiza tudo o que constitui o universo feminino. Os tempos estão a mudar aceleradamente, melhorar, aperfeiçoarmo-nos, implica perceber as tarefas com menos prestígio, podem ser tão indispensáveis que delas dependem chegarmos ao topo dos nossos objectivos (o Sol em Virgem faz trígono a Saturno). Se conseguirmos sentir que é assim, os nossos valores já estão a transformar positivamente a realidade material em que vivemos, mesmo que na aparência ainda não se vejam as mudanças (Vénus em Virgem faz trígono a Plutão). Em breve, assim será!

Imagem veio daqui

 

Share Button