Céu astrológico para Sexta-feira 29 de Setembro

Símbolo Sabiano do dia: Uma mulher alimentando galinhas protegendo-as dos falcões

Com a Lua capricorniana em trígono ao Mercúrio virginiano, aceitamos que há trabalho, obrigações e responsabilidades perante outros, e também sabemos que com organização chegamos longe. Talvez preferíssemos ficar entregues a nós próprios, embrenhados nas tarefas estipuladas para hoje, sem interferências de nada nem de ninguém que nos venha solicitar a atenção, retirando-nos a concentração  naquilo que precisa mesmo ser cumprido. Azar… temos uma quadratura a Júpiter em Balança e outra a Urano em Carneiro! Por um lado não existimos isolados, e os outros podem “interferir” mesmo que nem estejam presentes fisicamente; por outro podemos ser confrontados com impulsos de liberdade, largar o que é estritamente rotulado de “obrigação” e fazer só o que apetece; começamos a não saber para que lado nos virar, entramos em crise, e podemos começar a nos preocupar com tudo e mais alguma coisa… com os falcões, por exemplo, que nos querem atacar os objectivos (as nossas queridas galinhas) que estamos a alimentar… Podemos ter mais ou menos tendência a nos preocupar com alguns assuntos, mas hoje é possível isso acentuar-se. É Mercúrio quem nos alerta para esta circunstância; ele vai transitar da “preocupada” Virgem para Balança, e este último grau é considerado um posicionamento de crise… com Virgem em causa é bem provável isso acontecer.

As preocupações a existirem, ou as interrogações, serão com altíssima probabilidade relacionadas com temas da nossa vida na esfera pública, nomeadamente temas profissionais, de segurança material ou da imagem que queremos assumir perante a sociedade. Marte em Virgem está já em aproximação a uma quadratura a Saturno em Sagitário, e este aspecto diz-nos que não basta sermos altamente trabalhadores, eficazes, organizados, com hábitos saudáveis, disponíveis para ajudar os outros, estudiosos, dando atenção a detalhes importantes… ufa, já estou cansada… ainda temos que ser verdadeiros, verdadeiros connosco próprios acima de qualquer coisa, porque é quando honramos quem somos até à última célula, que temos capacidade de ser aquilo tudo que Virgem pede de nós… e a seu tempo chegarmos ao topo da montanha (Capricórnio) e espetarmos a nossa bandeira… como fizeram os americanos quando foram à Lua! À medida que a quadratura se aproximar do fim (11 de Outubro), podemos sentir que “arrastamos os pés”, menos energia, mais peso… é uma forma de estabelecermos prioridades, quando não há capacidade para fazer tudo, escolha-se aquilo que a nossa Verdade nos pede! Mas podemos começar a treinar desde já, enquanto ainda nos sentimos mais ligeiros.

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com   

Imagem veio daqui

Boa Sexta-feira!

Share Button