Céu astrológico para Sábado 17 de Agosto

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.57): Um grande camelo atravessando o deserto

A Lua em Peixes faz quadratura a Júpiter em Sagitário, sextil a Saturno e Plutão em Capricórnio, conjunção a Neptuno em Peixes, trígono ao nodo norte em Caranguejo. A maior ou menor dificuldade em fazermos a travessia do dia, vai depender da nossa capacidade de deixarmos ir embora as inevitáveis desilusões com que nos vamos deparando no normal decorrer da nossa vida. Atravessar um deserto não parece ser uma tarefa ligeira, mas os camelos são animais preparados para o fazer “com uma perna às costas”. Os humanos naturais das zonas desérticas muitas vezes precisam também fazer a mesma travessia e não tendo os mesmos atributos que estes animais, preparam-se, cobrem-se para se proteger do Sol, levam água e mantimentos. Alguma coisa em nós está a dar-nos impulso para nos prepararmos também para atravessarmos o dia; são as nossas crenças que nos vão apoiar ou dificultar. Claro que isto vai ter repercussões no que sentimos e com essa qualidade do sentir vamos estar a introduzir transformações na nossa realidade, mais positivas ou mais negativas. Talvez o caminho mais rápido até ao oásis (o nodo norte em Caranguejo) esteja na descontracção com que encaramos os desafios, na confiança também que sentimos no Universo… ou será que há quem não tenha esta confiança? De facto é uma confiança que temos que conquistar, e cada um terá que encontrar os seus próprios métodos.

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button