Céu astrológico para Quinta-feira 7 de Fevereiro

Símbolo Sabiano do dia: Um incêndio florestal extinto

A Lua em Peixes faz sextil a Saturno e Plutão em Capricórnio, quadratura a Júpiter em Sagitário. Acordar e enfrentar uma realidade onde há sempre tantas solicitações pode até parecer fácil porque com a conjunção de Marte a Urano em Carneiro há uma força em nós que quer sair e fazer “coisas”, talvez virar tudo de pernas para o ar, começar novos projectos, continuar a caminho dos destinos para onde comprámos bilhete. Mas com a Lua em Peixes, sem deixar de lado tudo o que nos motiva, é uma óptima ideia abrandar ritmos mais frenéticos. Há coisas que não se conseguem com pressas, nem fazendo algo específico. Depois de um incêndio florestal a natureza recupera sempre, sem que a mão humana seja necessária, apesar de devagar segundo os critérios da maioria de nós, acentuados pela sensação de urgência que pode ressaltar também da conjunção de Marte a Urano. Vivemos num espaço e num tempo onde desaprendemos totalmente os ritmos naturais. Mas se queremos recuperar bem estar e qualidade de vida precisamos nos religar a Leis Naturais que não se compadecem com as urgências humanas. Hoje, sermos capazes de aceitar que ver a “floresta recuperada” não está inteiramente nas nossas mãos e que há um tempo próprio para que tal aconteça, sentirmo-nos tranquilos com essa circunstância, é deixarmos que ocorra a transformação de um padrão comum que contamina grande parte das pessoas e que dificulta a criação das condições necessárias para que, naqueles sectores da nossa vida onde há terra queimada, a Vida possa brotar novamente, ao seu próprio ritmo.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button