Céu astrológico para Quinta-feira 28 de Março

Símbolo Sabiano do dia: Um chapéu de abas largas com fitas serpenteando, virado para leste

A Lua em Capricórnio faz sextil a Mercúrio e Neptuno em Peixes, conjunção a Saturno em Capricórnio. Mercúrio vai ficar directo. A retrogradação de Mercúrio foi a oportunidade de revisitarmos o passado através de memórias, ideias e pensamentos que aparecem e esclarecem a origem da forma como interpretamos as coisas que nos acontecem. Neste processo o que está em causa é actualizarmos a nossa maneira de pensar. Por outro lado a Lua fecha um ciclo com Saturno, faz-se uma espécie de balanço relativamente a como reagimos emocionalmente à realidade tal como se vai manifestando. Os balanços, as avaliações no final de qualquer ciclo revelam sempre o que não foi conseguido e isso pode implicar insatisfação. Mas no fundo a insatisfação é apenas…. a nossa interpretação! Será que não há outro ponto de vista? Será que estamos a interpretar correctamente? Quantos detalhes nos escapam? Com a Lua ligada a Mercúrio as nossas interpretações vão estar directamente associadas a esta fase em que Mercúrio passa de retrógrado a directo, uma fase importante para a “purga mental” final deste período de Mercúrio retrógrado em Peixes. Como Peixes é o último signo do zodíaco, tudo o que vier à “rede” é para terminar definitivamente.

O chapéu do símbolo coloca a atenção na cabeça, o “espaço” de actuação de Mercúrio. Dado todo o contexto, é possível por um lado as emoções não serem tão brilhantes quanto gostaríamos. Mas por outro, estamos virados a leste, onde nasce o Sol. Deixarmos de interpretar o agora à luz dos conceitos de antigamente, é permitirmos que a renovação ocorra, que o passado vá embora porque há tanto mais que nos aguarda!

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button