Céu astrológico para Quinta-feira 27 de Dezembro

Símbolo Sabiano do dia: Uma arcada escura e dez toros no chão   

O número dez representa um fim, e claro, onde há algo que termina, há algo que começa. Algures durante o dia haverá uma passagem entre um fim e o que se seguirá. Na verdade há outros fins que se aproximam, estão descritos a baixo, e hoje pode ser uma parte relevante do que nos espera por estes dias.

O Sol em Capricórnio tem como propósito envidar todos os esforços, fazer todas as opções, manifestar todas as vontades que nos permitam materializar a realidade que nos corresponde. Aproxima-se de uma conjunção a Saturno – estamos nos momentos finais do ciclo anterior (que se iniciou em 2017 também em Capricórnio), período de balanço, de observação de tudo o que trouxemos a este plano tridimensional, de identificação do que conseguimos, do que temos para conseguir e eventualmente do que saiu ao lado dos objectivos. Desta vez este período coincide quase na perfeição com o final de ano civil, uma vez que a conjunção entre o Sol e Saturno vai acontecer na passagem de 1 para 2 de Janeiro. Sinto que podemos associar aos toros do símbolo, os pedaços da nossa vida que foram derrubados (estão no fim da sua existência) mas dos quais restam ainda alguns resíduos. Permitir que nos atrapalhem a passagem pela arcada? Não! Que se aproveitem para aperfeiçoarmos os critérios que nos guiarão no próximo inicio de ano/ciclo entre o Sol e Saturno.

A Lua entrou em Virgem, faz trígono a Saturno em Capricórnio, quadratura a Júpiter e a Mercúrio em Sagitário, oposição a Neptuno – Objectividade, racionalidade, sentido prático, disponibilidade para todas as tarefas que nos permitem melhorar o dia-a-dia, mesmo aquelas sem glamour nem status associado, dispensar atenção ao que é mais saudável, fazem o “milagre” de nos envolver numa sensação de estabilidade emocional, que por sua vez nos ajuda a criar estabilidade ao nível material. Talvez os pensamentos tenham tendência a fugir para longe, para onde as nossas crenças nos estão a encaminhar e o desafio passa por conciliar tudo o que nos solicita; se não nos esquecermos que de momento, o sector das rotinas diárias eficientes pode ser um propulsor para os horizontes que escolhemos, será fácil não nos sentirmos vítimas de circunstâncias menos agradáveis, pelo contrário, sentirmos que os nossos sonhos precisam delas para se concretizarem.

Imagem veio daqui

Auto conhecimento, aprendizagem, consultas ver aqui

 

Share Button