Céu astrológico para Quinta-feira 14 de Setembro

A Lua vai entrar em Caranguejo, dando-nos uma especial apetência por cuidar de quem consideramos família, da nossa casa, de nós mesmos; a sensibilidade aumenta, a imaginação também e um trígono a Neptuno é um canal de ligação entre nós e o céu que podemos usufruir para nos inspirar, para nos ajudar a transcender mágoas e dores, para nos incentivar a não desistir de largar aquilo que do passado insiste em nos retirar plenitude. Há uma tendência forte em Caranguejo de nos “sentirmos em casa” quando tudo à nossa volta é o que sempre foi, quando as emoções são as mesmas de sempre, ainda que nos sintonizem com tristezas e afins; mas temos capacidade de apagar mais um pouco o que nos magoa, temos força para transformarmos a nossa realidade num sentido mais de acordo com os nossos interesses – a Lua faz também oposição a Plutão.

Sol e Saturno atingem a quadratura exacta; se há pesos que nos sufocam, vão aliviar e os aspectos da Lua querem colaborar. O nosso trabalho é ver para lá das circunstâncias, compreender as raízes do que nos aperta e limita, não enterrar a cabeça na areia mas enfrentar os obstáculos e começar a estudar formas de os banir. Estudar é mesmo uma palavra adequada com Mercúrio em Virgem, distinguir o que podemos fazer no imediato para melhorarmos a nossa vida, procurar soluções a longo prazo e agir mesmo, não ficar à espera que as soluções milagrosas caiam no colo num estalar de dedos. Marte em Virgem é isso, agir para melhorarmos a nossa vida, trabalhar para construirmos a vida que merecemos e sonhamos; podemos nem sentir peso nenhum, mas antes uma determinação em continuar com o que temos já a decorrer. É bom salientar de no fundo esta quadratura tem como objectivo isso mesmo, dar estrutura real aos nossos objectivos.

Símbolo Sabiano do dia: Um brasão de armas

No passado, receber um brasão era motivo de orgulho, sinónimo de nobreza e estatuto social. Merecer tal honraria estava acessível a quem tivesse servido o reino com especial coragem e bravura. É um símbolo que se refere a um grau razoável de grandiosidade, no mínimo curioso, já que é o Sol em Virgem que o determina, e Virgem agradece, mas dispensa grandiosidades. No entanto não seremos autênticos heróis, disfarçados de pessoas anónimas mergulhadas numa infinidade de tarefas, algumas tão pouco reconhecidas, mas sem as quais o mundo não seguia em frente? Talvez hoje, alguma coisa, algum detalhe, seja o reconhecimento vindo do Cosmos de todas as batalhas correctas que já travamos!

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Boa Quinta-feira!

Share Button