Céu astrológico para Quarta-feira 30 de Janeiro

Símbolo Sabiano do dia: Um homem a sós com a sua inspiração

A Lua em Sagitário faz sextil ao Sol e a Mercúrio em Aquário, conjunção a Júpiter em Sagitário, quadratura a Neptuno em Peixes e trígono a Marte em Carneiro. Com Júpiter em Sagitário a verdade que nos corresponde vai-se revelando, quer esteja perfeitamente em sintonia com as nossas aspirações conscientes, quer não. Emoções e sentimentos podem ser a nossa fonte de inspiração para agirmos assertivamente, para continuarmos a nos aproximar do que idealizamos ou para fazermos rapidamente acertos. Estes acertos são emocionais, qualquer sombra de negatividade afasta-nos do que sonhamos, focarmo-nos nas coisas positivas que existem na nossa vida dirige a energia para as fronteiras existenciais aonde queremos chegar. A ligação a Neptuno pode indicar uma forte inspiração ou uma forte susceptibilidade a distracções, falta de concentração, melancolia, desesperança e outros estados de alma semelhantes. 

Daqui até à Lua nova de Aquário, no dia 4, temos em aplicação uma semiquadratura do Sol em Aquário a Vénus em Sagitário, aspecto que se relaciona com uma qualquer insatisfação, que envolve a importância de sairmos do “aqui e agora” e irmos embora para o futuro. Mas como referi, entregarmo-nos à negatividade de uma qualquer insatisfação, afasta-nos do que queremos. Portanto resta-nos usar esta circunstância para tomarmos consciência das nossas fragilidades do momento, lembrarmo-nos que é temporário e perfeito para treinar a paciência, a fé na Vida e nas nossas capacidades em lidar com as emoções, condição absolutamente fundamental para uma existência de excelente qualidade.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button