Céu astrológico para Quarta-feira 27 de Setembro

Símbolo Sabiano do dia: Um homem ensinando o verdadeiro conhecimento interno

A Lua ainda em Sagitário faz sextil a Júpiter e trígono a Urano; a um nível mais mundano podemos sentir necessidade de espaço, contacto com a natureza, viajar para bem longe. Metafisicamente porém, o que ansiamos, é mesmo por conhecimento, não propriamente aquele tipo de saberes da vida concreta, repleta de tecnologia, formatada pela cultura moderna, mas um conhecimento que abra as portas da percepção sobre o que é o mundo e a Vida. Dizem os entendidos que esse conhecimento já existe por dentro, sabemos quem somos, de onde viemos, que somos feitos de pó das estrelas, e só temos que o relembrar! Seja a nossa tendência mais mundana ou mais metafísica, Júpiter trata de expandir o que sentimos, é só prestar atenção; quanto a Urano, bem… podemos aproveitar a liberdade proporcionada pela tecnologia, viajar pela internet e/ou treinar uma visão futurista, bem para lá do que é a realidade actual. Quanto mais acedermos ao conhecimento mais longínqua é a nossa visão.

Na próxima madrugada termina a oposição de Júpiter em Balança a Urano em Carneiro; toda aquela retórica anterior pode e deve ter como foco o que se passa nos nossos relacionamentos, o que é que eles nos dizem do nosso estado de equilíbrio pessoal. É o conhecimento de que fala o símbolo do dia, auto conhecimento, que permite repor possíveis desequilíbrios que têm caracterizado a nossa vida. Cumprir Urano em Carneiro é assumirmos formas inovadoras de nos assumirmos perante os outros, perante a Vida, perante nós mesmos; podemos escolher essas formas, mas em última instância é a Vida que nos mostra como fazer os acertos finais. Conseguirmos o papel de protagonista da nossa própria vida, implica reconhecermos que a versão final é de longe melhor do que a que antevíamos e não levantar resistências!

Volto à Lua para acrescentar que no final da tarde entra em Capricórnio, e de uma tendência mais ou menos filosófica, passamos para o aqui e agora bem concreto, onde a necessidade de estabilidade física é real, onde há trabalho e responsabilidades; faz quadratura ao Sol em Balança, aspecto indiciador de que não se pode adiar mais a necessidade de atitudes que nos conduzam para onde queremos ir… e todos queremos beleza, harmonia, equilíbrio, segurança e estabilidade. Mãos à obra então. Marte em Virgem é uma força que nos conduz para a organização e eficácia, e o trígono a Plutão é um combustível atómico… o céu é o limite!

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com   

Imagem veio daqui

Boa Quarta-feira!

Share Button