Céu astrológico para Quarta-feira 23 de Janeiro

Símbolo Sabiano do dia: Um desertor da Marinha

Acredito que será preferencialmente durante a manhã que podemos desertar. Atribuam-se responsabilidades à quadratura entre Mercúrio em Capricórnio a Urano em Carneiro, que já desde véspera (Terça-feira) pode ter sido particularmente notória; ideias, pensamentos, conceitos e preconceitos revestidos da formalidade de Capricórnio não resistem ao choque com Urano que tem feito os possíveis e impossíveis para nos impelir a aceitar novas formas de afirmação pessoal, inovadoras, futuristas e pacificamente revolucionárias, a gosto de Neptuno em Peixes cujo lema poderia ser “Faz amor não faças guerra” bem ao estilo dos anos sessenta.Talvez por isso, pela incapacidade de conciliar as velhas formas de manutenção da autoridade e de uma certa imagem conservadora do que é correcto ou não, existe uma semiquadratura de Mercúrio a Neptuno.

A Lua vai entrar em Virgem faz trígono a Saturno, oposição a Neptuno em Peixes e quadratura a Júpiter em Sagitário. Há um certo idealismo no símbolo, apoiado até pelos aspectos anteriores, mas que só se pode efectivar com capacidade de discernimento, com um olhar crítico e prático relativamente ao que podemos sentir que não se coaduna com a nossa verdade pessoal nem com os nossos conceitos do que é justo, ético, com o que nos permite ir mais longe. Há uma realidade materializada da qual nos podemos querer afastar (desertar) mas que eventualmente levará tempo a ser substituída na íntegra por aquilo que está mais próximo do que idealizamos. Por agora, com a Lua em Virgem, conseguirmos nos organizar, procurar o máximo de eficácia nas nossas tarefas banais, prestar atenção a detalhes importantes mas mantendo simultaneamente o olhar no horizonte para onde caminhamos pode fazer toda a diferença.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button