Céu astrológico para Quarta-feira 18 de Setembro

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 7.25 h): Um rapaz com um incensário

A Lua segue em Touro, faz trígono a Marte em Virgem, a Saturno e Plutão em Capricórnio, sextil a Neptuno em Peixes. Saturno em Capricórnio vai passar ao movimento directo e faz sextil a Neptuno. Neptuno e Júpiter fazem quadratura.

Com a Lua em Touro, é no plano material que reside a segurança emocional, no que temos, no que fazemos para melhorarmos as nossas condições de vida, que se estende para a imagem que projectamos publicamente. A passagem de Saturno a directo refere-se directamente à imagem publica que construímos, onde encaixam as responsabilidades que tradicionalmente assumimos como forma de adquirirmos os recursos financeiros necessários. E é aqui nesta área, que estamos a ser solicitados a largar as concepções que temos do que deve ser esta imagem e do que devem ser as nossas responsabilidades. A sociedade dita regras às quais dissemos sim. Mas Plutão executa uma dança de destruição do estados de coisas tal como conhecemos, porque há outras coisas cujo tempo de manifestação chegou. Neptuno ligado a Saturno neste momento de transição entre o movimento retrógrado e o directo, é como uma onda que vai levando aos poucos aquilo que foi adequado, ou pelo menos que tem sido tolerado até agora, mas entretanto já se tornou inviável. Querer continuar, e carregar um esqueleto às costas, pesará demais.

O incenso foi desde tempos remotos usado em rituais religiosos, como se os aromas espalhados simbolizarem a presença do “Grande Espírito”. Aqui o “Grande Espírito” é Neptuno, que para além do sextil a Saturno faz quadratura a Júpiter. As nossas crenças e mesmo os nossos conhecimentos acerca do misterioso invisível em que estamos mergulhados, precisam encontrar forma de encaixar naquilo que é a natureza da realidade porque não vai ser essa realidade a fazer-nos o favor de encaixar no que queremos a qualquer custo. Podemos ser e ter muito mais do que imaginamos, podemos mostrar isso publicamente, mas começa pela humildade (coisa de Virgem) de reconhecermos que somos uma célula do Grande Espírito e temos leis para cumprir. Portanto, o que está agora a incomodar? Provavelmente alguma coisa que não cumpre a Lei! É Largar, ficar mais leve, a leveza leva-nos aonde temos que estar. Talvez um pauzinho de incenso ajude, porque a Lua em Touro tem um olfacto apurado!

Imagem veio daqui

Share Button