Céu astrológico para Quarta-feira 18 de Janeiro

céuA Lua em Balança predispõe-nos a procurar equilíbrio através dos nossos relacionamentos, mas às vezes isso significa a necessidade de atravessarmos “zonas de desconforto” onde primeiro é preciso confrontar para depois acertar posições e atingir finalmente um estado de equilíbrio real e sustentável. Hoje pode ser um desses dias com uma oposição a Urano e uma quadratura a Plutão; para que as nossas relações com os outros sejam de paz e harmonia, devem haver limites claros do que consideramos aceitável e razoável. Se por um lado existem regras universais, por outro, todos somos livres de adicionar os nossos próprios “anexos”; se tudo isto resulta ou não, só saberemos de facto observando as nossas circunstâncias, e sobretudo as nossas emoções. Sempre que nos sentimos bem, tudo está bem mesmo, apesar de o exterior puder até contradizer! Entretanto vai também aplicar-se uma conjunção a Júpiter; sejam quais forem as emoções que caracterizam este dia, há lições a retirar especialmente no que concerne à forma como nos estamos a relacionar, há sinais do que devemos ajustar, recusar, aceitar, transformar, largar, etc.

Mesmo que nos calhe na rifa situações desafiantes, ou simplesmente chatas e desagradáveis nas nossas relações, não esquecer que temos especiais talentos e condições neste momento, para “concertar” o que for necessário (o quintil de Mercúrio a Júpiter e o biquintil de Vénus a Júpiter é que dizem isto, não sou eu… 🙂 ).

Em 6 de Janeiro ficou mencionado o seguinte: Vivemos num tempo em que somos solicitados grande parte do tempo por trabalho, responsabilidades, obrigações, quantas vezes em demasia! Precisamos de energia para enfrentar tal estilo de vida, e Marte em Peixes limita a disponibilidade de energia física. É preciso ter a capacidade de determinar as prioridades para não nos esgotarmos. Agora começa a aplicar-se uma quadratura a Saturno (até 19 de Janeiro), e traz-nos mais limitações! Seja o que for que façamos, será difícil atingirmos exactamente os resultados pretendidos na nossa realidade concreta. Serão os deuses a embirrar connosco? Nada disso! Em Agosto último, Marte e Saturno, fizeram conjunção e iniciou-se um ciclo novo de acções em prol dos nossos próprios objectivos de afirmação pessoal, de independência. Este ciclo é matizado pela energia de Sagitário, porque foi aí que se deu a conjunção, e por isso teremos que considerar aquilo que são as nossas convicções e interesses, mas também o que é a Verdade global, o que é ético, e assumir responsabilidades em conformidade. Marte agora em Peixes, pede acções inclusivas, que considerem o Todo e não apenas algumas partes, a nossa por exemplo… eheheheheh; também é necessário compreendermos que não podemos “correr” o todo todo, às vezes é preciso dar passos em frente mas devagar, fazer pausas. A quadratura vai criar as circunstâncias certas para fazermos os ajustes necessários de modo a continuarmos a estruturação de uma realidade mais sustentável, mais sensata e verdadeira.

Este aspecto entre Marte e Saturno está a chegar ao fim…. graças aos Deuses 🙂 …. só me pergunto até que ponto as emoções de hoje terão que ver com a forma como esta quadratura foi vivida por cada um de nós…. hummmmmm…

A imagem veio daqui

Boa Quarta-feira!

 

Serviços disponíveis aqui

 

Share Button