Céu astrológico para 30 de Julho

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.41): As constelações no céu

A Lua em Caranguejo faz oposição a Saturno em Capricórnio, trígono a Neptuno em Peixes. As emoções estão ligadas ao céu (Peixes) e à Terra (Capricórnio). O céu é ilimitado, Peixes é o Todo que existe, gosto da expressão “campo quântico de todas as possibilidades”. Na Terra há limites. Alguns limites são bem recebidos, a pele que reveste o nosso corpo, as paredes das nossas casas. Já outros limites são exasperantes, são sentidos como obstáculos, dificuldades. A cada um destes limites correspondem determinadas “constelações”, quer dizer, estamos focados em uma determinada possibilidade do “campo quântico”. Portanto os limites indesejados só podem ser desconstruídos à medida que olhamos todas as “constelações no céu” e fazemos melhores escolhas. Descendo à Terra e usando uma linguagem mais…  terra a terra … uma boa maneira para criarmos o nosso céu na Terra é cuidando muito bem das nossas emoções porque são elas que nos sintonizam com as “constelações” que darão origem a circunstâncias bem ou mal delimitadas. Boas emoções sintonizam-nos com boas “constelações” que fazem descer à Terra circunstâncias com limites apreciados. Estando a Lua em Caranguejo nem precisamos ir muito longe para cuidarmos do nosso estado emocional. Há nossa própria casa e família, há dentro de nós mesmos recursos ilimitados que podemos usar para assegurarmos bem estar emocional. Basta nos virarmos para dentro e procurarmos esses recursos. Talvez tenhamos que ser criativos para contornar dificuldades e nos sentirmos felizes apesar delas, mas com Sol, Vénus e Marte em Leão criatividade é coisa que não falta. Está aí, está disponível. Usem dela!

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button