Astrologia do dia – Segunda-feira 29 de Junho

A Lua está em Balança e faz quadratura a Júpiter e Plutão em Capricórnio. Nada do que sentimos é superficial e os outros são o “gatilho emocionalmente competente” para sentimentos e emoções. Aprendi esta expressão no livro do António Damásio, Ao Encontro de Espinosa. Exemplo pessoal: acabei de ver uma publicação acerca de vacinas a troco de dinheiro na África do Sul (pagam para vacinar). Acordei bem humorada, mas num ápice fiquei toda retorcida porque as intenções parecem-me as piores. Houve um gatilho competente para me perturbar seriamente. Mas eu sei que elevando a qualidade do que sinto, estou a contribuir para um mundo melhor, e tudo começa pela minha própria vida. Portanto, e porque estou preparada e treinada para fazer face a estas situações, em três tempo vou recuperar. Até o facto de estar a escrever sobre isto ajuda a dissipar a negatividade que sinto. Há infinitos gatilhos emocionalmente competentes, e teremos que os neutralizar a todos se estivermos firmes na intenção de criar qualidade de vida, para nós próprios e para o mundo.

Entretanto ontem Marte entrou finalmente em Carneiro, trânsito que vai durar “séculos” de uma forma extraordinariamente pouco comum. Vai ficar retrógrado em Setembro, volta ao movimento directo em Novembro, e só sai de Carneiro em 2021. Marte é o “guerreiro” do Zodíaco. Ganhámos energia, temos as pilhas no máximo e agora vamos fazer o quê? Vamos “guerrear” o quê e como? O lado negativo deste posicionamento é a impaciência, a agressividade, a violência. Vou usar novamente o meu exemplo: já já, estarei a “guerrear” a minha negatividade atirando-me a actividades que têm o poder de me inundar de “boas vibrações”. Não vou destilar agressividade contra quem tem más atitudes. Até porque “eu só sei que nada sei” mas sei que se trabalhar para ser eu própria a mudança que quero ver no mundo um dia verei mudanças neste actual estado de coisas. Quero ver justiça, ética, liberdade e paz!!! É fácil esta postura porque não recusei o esforço e o trabalho que isso me exigiu. Tornou-se espontânea, eduquei o inconsciente, respondo ao eclipse solar em Caranguejo batendo continência, respondi aos eclipses solares em Capricórnio com esforço e trabalho para cumprir a minha ambição de criar uma realidade infinitamente melhor do que a previamente existente! No meu caso, tudo isto foi possível porque criei o Manual para a Qualidade Emocional.

A imagem é de uma guerreira. Não foi escolhida à toa. Tem uma história mas eu ainda não vou partilhar, nem sei se algum dia me apetecerá partilhar. Talvez sim, talvez não. De qualquer forma é uma “Marte em Carneiro” versão feminina, a versão que faz falta no mundo.

Para consultas ou solicitar o Manual para a Qualidade Emocional, contacte por msn privada ou pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio do Pinterest

 

Share Button

Astrologia do dia – Segunda-feira 1 de Junho

A imagem está aqui

São nove horas, aqueço a segunda chávena de café com um cheirinho de leite, sento-me ao computador e vou espreitar “coisas lindas de ficar com os olhos em bico”. Deambulo pela minha nova página no Instagram e descubro a imagem que imediatamente escolho para o post da astrologia do dia. Isto porque a Lua entrou em Balança e a beleza é uma via possível para encontrarmos harmonia e equilíbrio internos. Façam igual e vejam que resultados conseguem. O mais habitual com este posicionamento da Lua é falarmos em relacionamentos e em como os outros são a tal via para maior bem estar. Mas depende! Balança é uma energia de procura de equilíbrio, não necessariamente de equilíbrio… há uma diferença abissal entre as duas coisas! De qualquer forma os outros são o espelho perfeito para percebermos o quanto estamos harmoniosos internamente. Se for o caso nem a pessoa mais irracional e desequilibrada nos pode perturbar, ou se o conseguir será por breves instantes porque rapidamente regressamos ao nosso estado mais natural… nem que para isso seja necessário deambular novamente à procura de “coisas lindas de ficar com os olhos em bico”! Há tempos atrás acreditava ser possível alcançar uma estabilidade emocional permanentemente imutável. Pelo menos no meu caso creio ser algo impensável! Descobri no entanto a técnica perfeita para regressar ao equilíbrio. O mais importante é estarmos maioritariamente em paz, mesmo que pontualmente alguma coisa nos traga um certo grau de perturbação. 

Para consultas ou solicitar o Manual para a Qualidade Emocional, a minha técnica perfeita para atingir a capacidade de repor equilíbrio, contacte por msn privada ou pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Share Button

Astrologia do dia – Segunda-feira 25 de Maio

A Lua vai entrar em Caranguejo, faz trígono a Marte em Peixes e sextil a Urano em Touro – Para quem a estabilidade emocional é um dado adquirido, e/ou para aqueles que conseguem associar os cuidados de que a vida privada necessita a bem estar, pode esperar um dia agradável, próximo do que considera o paraíso ou pelo menos agindo inspiradamente, sem pressas fluindo com os acontecimentos. Quem estiver nesta onda, é porque já aderiu à revolução de valores em curso, é porque eventualmente já valoriza suficientemente viver com qualidade e por isso não embarca em stress desnecessário, insatisfações com os aspectos básicos da sobrevivência; é porque provavelmente já aprendeu a valorizar as pequenas coisas da vida, já criou um estilo emocional minimalista onde só há espaço para o essencial. E o essencial permite a tão apetecível doce sensação de que tudo sempre se está a encaminhar a nosso favor. Eu inventei um mantra já há muito tempo e diz: alguma coisa boa está para acontecer. E acontece sempre, basta estarmos atentos!

Consultas ou Manual para a Qualidade Emocional contacte por msn privada ou pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de S. Hermann & F. Richter no Pixabay

Share Button

Astrologia do dia – Quarta-feira 6 de Maio

 

Nascer do Sol: 6.38 h – Tema do dia: Uma batalha entre espadas e tochas

A Lua entrou em Escorpião, faz quadratura a Saturno em Aquário e oposição a Urano em Touro.

A realidade tem sempre componentes que nos estilhaçam  emocionalmente. Se mantivermos os cacos, chorando o leite derramado, cacos e leite derramado permanecerão! Mas se por “artes mágicas” nos tornarmos inteiros novamente, se tivermos até um carinho especial pelas cicatrizes, então readquirimos poder, liberdade e amor próprio. Tudo o que precisamos é de alguma técnica semelhante ao Kintsugi mas aplicada às emoções. É isso que uma Lua em Escorpião necessita para renascer das cinzas, logo, é isso que qualquer um de nós necessita para nos levantarmos mais uma vez e prosseguirmos em frente, evoluindo cada vez mais depurados.

O Manual para a Qualidade Emocional é literalmente Kintsugi emocional. Para o manual ou para consultas use as mensagens privados ou o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio do Pinterest

Share Button

Astrologia do dia – Sábado 18 de Abril

Nascer do Sol: 7.00 h – Tema do dia: Um coro celestial a cantar

A Lua já entrou em Peixes vai fazer sextil a Urano em Touro, quadratura a Vénus em Gémeos. Vi hoje uma imagem que fala na perfeição do lado mais luminoso duma Lua em Peixes. Traduzo: “às vezes tens que largar a imagem que tinhas de como a vida deveria ser, e aprender a encontrar alegria na história que estás a viver”. Esta capacidade de entregarmos os pontos, confiando que há uma razão para tudo, que isto não significa resignação, mas antes rendição a uma Inteligência Superior que nos pode inspirar a construir o nosso céu na Terra é o que nos vai dar segurança/estabilidade interior. Não podemos encontrar provas científicas de que assim é, só podemos pôr à prova, nem que seja por curiosidade! Se formos suficientemente persistentes um dia vamos verificar que de facto há uma lado positivo e um negativo em todas as circunstâncias. Podemos escolher sempre ver o copo meio vazio ou ainda meio cheio. Podem começar a treinar… ou então já começaram faz tempo e agora é só retirar o proveito! Eu tenho uma inundação ali na cozinha… vou acabar de apanhar a água e até já descortinei uma boa razão para estar feliz… eheheehh

Manual para a Qualidade Emocional – um recurso eficaz para encontrar sempre o lado bom das circunstâncias. Por isso mesmo, peça o seu.

Share Button

Astrologia do dia – Sábado 28 de Março

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 6.32 h; Uma pessoa olhando uma bola de cristal, procurando ver o futuro

Aninha e Suas Pedras

Não te deixes destruir…
Ajuntando novas pedras
e construindo novos poemas.
Recria tua vida, sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.
Faz de tua vida mesquinha
um poema.
E viverás no coração dos jovens
e na memória das gerações que hão de vir.
Esta fonte é para uso de todos os sedentos.
Toma a tua parte.
Vem a estas páginas
e não entraves seu uso
aos que têm sede.

~~ Cora Coralina

A Lua em Touro faz conjunção a Vénus, trígono a Marte a Júpiter e a Plutão em Capricórnio.

Enquanto cuidamos de tarefas básicas da existência, como por exemplo ir às compras, cozinhar, fazer doces, podemos estar simultaneamente a criar segurança interior, tão necessária para remover pedras do caminho, agir de maneira a conseguirmos ultrapassá-los e criar melhores condições de vida. Também podemos plantar roseiras, mexer na terra, estimular o tacto tocando o reino vegetal. Tudo isto são coisas simples, coisas de Touro, mas que têm o poder de apaziguar emoções inquietas, podem ser o colo que necessitamos para nos sentirmos protegidos.

Cuide das suas emoções, já que a Vida nos devolve sempre as circunstâncias em sintonia com aquilo que sentimos. Peça o seu Manual para a Qualidade Emocional… faça da sua vida um poema.

Imagem de Jasmine Waheed no Unsplash

Share Button

Astrologia do dia – Sábado 11 de Janeiro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.59h: Uma corrida de estafetas

A Lua vai entrar em Leão pelo fim da manhã, faz  trígono a Marte em Sagitário e quadratura a Urano em Touro. Em trabalho, ou gozando o merecido descanso de fim de semana, todos estaremos mais genuínos, a criança interior manifesta-se com mais veemência, sentimentos e emoções dizem-nos se está feliz ou insatisfeita. Independentemente das responsabilidades e obrigações que possamos ter pela frente, é preciso encontrar tempo e espaço para o lazer, para actividades que nos fazem felizes, para explorarmos a criatividade que tantas vezes está adormecida, talvez também para nos encharcarmos de natureza. Com vidas apressadas, demasiado preenchidas com preocupações e insatisfações, esquecemo-nos ou ignoramos a importância destas pausas que são tão fundamentais para a saúde emocional, mental e por consequência até para a saúde física. Sermos capazes de dar prioridade ao que nos dá alegria e boa disposição, é permitir uma revolução de valores absolutamente essencial para nos libertarmos dos velhos fantasmas internos que assombram a nossa existência. Urano vai ficar directo já nas primeiras horas da madrugada. Será que estamos mais livres, mais descondicionados do passado? Se expulsarmos os fantasmas sisudos, de humor cinzento e pesado, sim estamos!

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Senjuti Kundu no Unsplash

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 28 de Outubro

Com o Sol, Lua, Mercúrio e Vénus em Escorpião não temos remédio senão estar na intimidade do nosso departamento mais secreto. Alguns de nós podem sentir-se enclausurados num ambiente sombrio e lúgubre porque Escorpião simboliza o tapete por debaixo do qual se acumula aquilo que não queremos olhar… porque julgamos negativamente, porque faz doer, porque temos medo, até porque não sabemos que há um tapete que precisamos levantar e pôr a apanhar ar!

Não há despertar de consciência sem dor. As pessoas farão de tudo, chegando aos limites do absurdo para evitar enfrentar a sua própria alma. Ninguém se torna iluminado por imaginar figuras de luz, mas sim por tornar consciente a escuridão

–  Carl Jung

Com todos aqueles planetas em Escorpião o que pensamos e o que sentimos dão-nos uma ideia do tamanho da nossa escuridão. Enfrente-se tranquilamente a escuridão que não deixa a alma voar e retira-se o melhor do trígono entre a Lua e Neptuno em Peixes e o sextil a Saturno, isto é, a materialização duma realidade definida pelos nossos ideais. Engraçado porque o símbolo Sabiano da Lua nova pode traduzir estes dois aspectos com rigor:

Podemos ser maré revoltosa procurando inutilmente derrubar os obstáculos que nos impedem de prosseguir. Podemos ter a estabilidade da rocha e a suavidade das marés tranquilas que pouco a pouco vão erodindo as circunstâncias mais limitadoras.

 Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

 

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 7 de Agosto

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.47): Um cortejo

A acontecer agora (escapou-me referir no post de ontem): Sol em Leão faz trígono a Júpiter em Sagitário – A forma como exprimimos o nosso Eu interno, genuíno, verdadeiro, sobretudo a forma como não o camuflamos debaixo de posturas, valores, formas de pensamento e padrões emocionais que nada têm a nos oferecer a não ser esconder o nosso brilho natural, está a aproximar-nos cada vez mais dum estilo de vida a que as nossas crenças deram origem. Para nos deixarmos a nós mesmos brilhar podem ainda haver crenças deturpadas, desactualizadas. Júpiter está a preparar-se para passar de retrógrado a directo. Vamos ser presenteados com a oportunidade de, percebendo o que nos impede de crescer, banir imediatamente essas crenças. O que nos impede de crescer e o que nos tira a liberdade, o que nos impede de criar um futuro livre dos condicionamentos que nos prenderam até agora. Urano, ao contrário de Júpiter, vai ficar retrógrado. Para vivermos segundo aquilo em que acreditamos, precisamos de liberdade de escolha. Estas alterações acontecem entre dia 11 e 12, mas pode começar desde já a haver “burburinho”.

A Lua em Escorpião faz quadratura ao Sol e a Vénus em Leão, sextil a Saturno em Capricórnio e trígono a Neptuno em Peixes. No contexto indicado, a Lua em Escorpião é uma mais valia, porque emocionalmente estamos no “quarto secreto” da nossa casa interna, espicaçados pelo Sol e por Vénus que querem brilhar num céu livre de nuvens escuras. São elas que apontam as crenças de que nos devemos livrar. Só as podemos afastar se conseguirmos romper com os medos, relutâncias e resistências habituais que nos obrigam aos comportamentos em que insistimos sem resultados positivos. Em causa está a concretização duma realidade à medida dos nossos sonhos. É o mesmo que está descrito relativamente a Júpiter e Urano, o que mostra como o Universo está a apostar todas as fichas para nos conduzir pelo Bom Caminho. O Bom Caminho é aquele em que os pés andam andam sem parar mas nunca se cansam, andam por “amor à camisola” pelo divertimento de percorrer o Caminho que é o nosso, preparado só para nós e mais ninguém! É como os participantes de um cortejo, “correm por gosto e por isso nunca se cansam”! Agora, imaginem-se cheio de vontade de integrar um cortejo, e uma vozinha interna a criticar, a fazer lembrar o disparate de fazer figuras parvas! Deitem fora a crença que dita regras bolorentas, e juntem-se ao vosso cortejo! E divirtam-se porque tristezas não pagam dívidas e afinal estamos num ciclo onde reina a energia de Leão!

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 18 de Fevereiro

Símbolo Sabiano do dia: Os campos floridos de Ardath

Ardath é um romance de uma escritora inglesa, Marie Corelli, cujo personagem principal é um jovem poeta que perdeu a inspiração e também a alegria de viver, zangado com a vida, em parte pela destruição dos seus ideais quando confrontados com uma visão excessivamente racional e científica da sociedade na altura (finais do século XIX, princípios do século XX), também porque não encontrava na religião uma visão alternativa. Mas um estado alterado de consciência nos campos floridos de Ardath (perto da antiga Babilónia), permite-lhe viver uma experiência tal, que regressa “curado” e reconciliado com uma espiritualidade vivida à sua própria maneira, recupera a alegria e a inspiração.

Um peso excessivo do racional e do “cientificamente provado” pode estar relacionado com Aquário, signo por onde tem transitado o Sol, mas o tempo encarrega-se de nos mostrar que nem tudo se compreende e resolve apenas neste patamar da existência. Vivermos à nossa própria maneira, riscando tudo o que não se coaduna com o nosso ser interno, é também assunto aquariano e portanto é possível adoptarmos uma vivência da espiritualidade de forma muito individual, encontrando espaço para tudo, para o espiritual, para o racional, para o científico. Bem ao fim desta Segunda-feira, o Sol entra em Peixes e até lá temos tempo para nos reconciliarmos com o lado invisível da Vida, ou reforçarmos a reconciliação que já ocorreu, à nossa maneira! Porque com o Sol em Peixes “o essencial é invisível aos olhos, só se sente com o coração”. Incrivelmente há um quincúncio entre Quíron em Peixes e o Sol enquanto estiver em Aquário, aspecto que nos remete exactamente para o que se passou no romance de Marie Corelli, isto é para a reconciliação entre o material/mental/racional com o espiritual. Talvez tenhamos que levar um abanão (o quincúncio é um aspecto tenso) para abrirmos os olhos do coração!

A Lua está em Leão e faz trígono a Júpiter em Sagitário. Sentimos e reagimos de forma muito autêntica, não só porque a Lua está no signo associado ao coração, mas porque estamos em estreito contacto com a nossa verdade em expansão. Isto “apenas” para promover e consolidar a reconciliação entre os dois mundos, o de cá e de lá, que na verdade estão aqui e são um só.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Origem da imagem: Unsplash.com

Share Button