Lua nova de Escorpião, Novembro de 2017

Lua nova de Escorpião, 18 de Novembro, 11.42 h

Dizem que uma imagem fala mais que mil palavras. Quando às imagens se junta música, comunica-se um universo inteiro de ideias e conceitos, assim, quase como se de telepatia se tratasse. Começo dessa forma, com uma canção que não sai da cabeça desde há uns dias. A letra, que se repete e repete e repete é o que me importa acima de tudo

Amor

Devoção

Sentir

Emoção

Não tenhas medo de ser fraco

Não tenhas orgulho por ser forte

Olha apenas para o teu coração meu amigo

Isso será o regresso a ti mesmo

O regresso à inocência

……..

O regresso à inocência

Se quiseres começa a rir

Se precisares começa a chorar

Sê tu próprio não te escondas

Acredita do destino

Não ligues ao que as pessoas dizem

Segue o teu próprio Caminho

Não desistas e percas a oportunidade

De regressar à inocência

………

Não é o princípio do fim

É o regresso a ti mesmo

O regresso à inocência

………..

É o regresso à inocência

 

Ok. Mas que tem isto tudo que ver com a Lua nova de Escorpião? Tem tudo que ver, porque em Escorpião se escondem todos os padrões emocionais que nos impedem de regressar/seguir o coração. Objectivo da lunação: eliminá-los o mais que conseguirmos! Por cada intenção de fazer o que o coração dita (Sol…. e repare-se como o Sol rege Leão que está associado ao chakra do coração) podem haver bloqueios que a Lua “sente” e para nos poupar a dores e dissabores acciona travões, faz-nos reagir em sentido contrário, bloqueia… procrastinamos. No limite afastamo-nos cada vez mais de quem somos, como tentativa falhada e paradoxal de nos afastarmos do que nos causa perturbação emocional. Em Escorpião estão sediados instintos de sobrevivência e de procura de bem estar, estão também vincados todos os traumas vividos, sempre que escolhendo ser nós mesmos sofremos retaliações, traições, humilhações, vexames, perseguições, até a morte. Os instintos servem a vida biológica, mas se queremos ultrapassar a barreira do biológico e chegar às paragens onde as Leis Universais são bastante mais elaboradas, refinadas, sofisticadas ditadas pela consciência e não pela Leis da sobrevivência dos aparentemente mais fortes, teremos que enfrentar os medos de voltarmos a ser alvo de retaliação, humilhação, vexames e perseguições sem contudo lhes darmos valor, sem lhes aplicarmos energia, desapegando da emoção correspondente, dando passos no sentido do coração, ouvindo cada batida mais forte de entusiasmo e confiança em nós mesmos, mesmo que seja uma batida ainda fraquinha e tímida. Porque são as emoções o primeiro bloco que cria a realidade. Depois de Escorpião vem Sagitário, o tal sítio de Leis elevadas, onde só conseguimos entrar quando nos tornamos magos alquimistas (ou Hermiones ou Harry Potters), com o conhecimento secreto de como transformar emoções densas, com cheiro a choro, medo e enxofre, em leveza, brilho, generosidade autenticamente sorridente, que exala o aroma a espaços amplos e a verde, a liberdade, e a poder, o verdadeiro, o poder que adquirimos quando vivemos sob a égide da Lei do Amor, ou seja quando o que fazemos foi indicado pelo coração (ele bate e sente-se, ficamos logo a saber…). Só por “acaso” Escorpião relaciona-se com poder… mas para Poder só mesmo com o coração envolvido… (Dica astrológica: ver onde está o Sol por signo e por casa, mas também a casa cinco que é a casa natural de Leão, e o regente respectivo)

Mercúrio está em Sagitário e faz conjunção a Saturno, trígono a Urano e trígono ao nodo norte em Leão! Se mantivermos a mente conectada ao “sítio das Leis elevadas, refinadas e sofisticadas” pensamos e comunicamos nesta frequência, logo vamos criando uma realidade concreta cada vez mais livre e mais reflectora da harmonia que o Universo é. Implicitamente, seremos nesta realidade, cada vez mais nós mesmos, cada vez mais regressaremos ao Eu, cada vez mais ao coração.

Plutão sendo regente de Escorpião, sendo também um símbolo de evolução, mesmo que para isso tenhamos que involuir, dar passos atrás, até mesmo descer aos “infernos” em alguns casos, está a “absorver”, a extrair o que de essencial acontece nos seus domínios. Estaremos a evoluir/involuir de acordo com o que fazemos das nossas intenções (Sol), das nossas emoções (Lua), do que consideramos importante também, melhor, das transformações necessárias neste sector; porque Vénus está em Escorpião e faz sextil a Plutão, há provavelmente motivações instintivas que nos têm sido caras, mas que se continuarem vão-nos sair caras, o que é muito diferente! Portanto, urge transformações radicais neste sector.

O outro regente de Escorpião é Marte, que está em Balança e faz quadratura a Plutão; somos impelidos a agir energicamente mas com sensatez, equilíbrio, diplomacia, consideração pelos demais. Nem outra coisa seria possível no “sítio das Leis elevadas”! Marte faz oposição a Urano em Carneiro e sextil ao nodo norte em Leão; ressalta aqui a necessidade de agirmos com liberdade, independência e autonomia se queremos de facto equilíbrio na nossa vida, nas relações com os outros, e novamente o “coração de Leão” a bater, a querer liderar. Foi visto para trás que a Lua tem a capacidade de nos travar, e Marte em Balança pode vacilar, hesitar. Pelo sim pelo não, Neptuno faz uma aliança estratégica, e entre Marte e Neptuno estabelece-se um biquintil, onde se proporcionem condições de dissolução do que nos possa impedir de agir em nome do superior interesse de todos nós, que é como quem diz do Universo inteiro!

Todos os planetas se organizam em metade do mapa, delimitados pela oposição de Marte a Urano; seguindo as directivas de Marc Edmund Jones cabe a Marte um papel importante como elemento responsável por desenvolver as energias em presença. Portanto se em cada instante procurarmos autonomamente, o que nos permite repor paz e equilíbrio interno estaremos a fluir e colaborar com o que nos é solicitado neste ciclo lunar.

Finalmente o Símbolo Sabiano da Lua nova:

Uma banda militar a desfilar

A Marte pode ser associado tudo o que é violento, agressivo, guerra, exactamente como a militares. Mas Marte em Balança remete-nos para o outro lado da moeda, para a procura da paz e da diplomacia. A ligação de Marte a Neptuno inclusivamente introduz uma dimensão de celebração dessa paz com música, tema perfeito para Neptuno em Peixes! Se pensarmos que as guerras nascem de instintos primitivos, e se imaginarmos que com o declínio destes instintos as guerras perdem sentido e espaço para se manifestarem, o que fazer aos militares? Pô-los a fazer música parece uma boa solução. E se no final deste ciclo lunar, alguns dos nossos instintos mais arcaicos morrerem em combate, não será caso para celebrar com música? Eu acho que sim! E só por causa das coisas já escolhi as minha bandas militares preferidas, o que significa que termino como comecei, com música para festejar o enterro de mais um pouco do passado!

Imagem veio daqui… Escorpião gosta de tudo o que é oculto, misterioso, mágico, e se calhar por isso sinto-me a Hermione… até tenho um caldeirão e tudo 🙂

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Nesta Lua nova de Escorpião que possamos fazer magia, ser menos lagartas e mais borboletas!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Sábado 22 de Julho

A Lua em Caranguejo faz quadratura a Júpiter e oposição a Plutão. À partida, o bem estar emocional encontra-se na esfera privada e familiar, mas a quadratura a Júpiter que começou na véspera dita a palavra final sobre até que ponto é assim; as relações familiares nem sempre são as mais fáceis e será pela qualidade do que sentimos que podemos aferir o quanto temos evoluído na forma como nos relacionamos uns com os outros. Quanto mais caminho percorrido de forma positiva, maior o impacto igualmente positivo na nossa vida de forma geral. O final da tarde vem com uma quadratura a Urano; este posicionamento da Lua implica uma maior resistência à mudança radical de atitudes, e às vezes elas são mesmo necessárias. Por isso esta ligação a Urano é mais uma oportunidade de abandonarmos partes de nós demasiado desactualizadas; tensão existe, mas só será percepcionada como desagradável se teimosamente insistirmos no passado.

O Sol que tem estado em Caranguejo, vai passar para Leão a meio da tarde; temos tido oportunidade de atender aos assuntos familiares/privados, com especial ênfase para o que se passa no nosso interior, onde na verdade tudo se decide. Com esta entrada em Leão é-nos pedido que tenhamos a confiança suficiente para assumirmos quem somos de forma autêntica, que usemos a nossa força criativa para trazermos à realidade exterior a nossa própria versão do que significa passar pela vida em estado de graça.

Símbolo Sabiano do dia: A filha da Revolução Americana… outra vez!

É engraçado pensar que o continente americano foi designado por o Novo Mundo à medida que ingleses, espanhóis e portugueses o foram colonizando. Os países tornaram-se independentes mas mantiveram-se ligados às mesmas crenças daqueles que lhes deram origem. As novidades não poderiam ser assinaláveis, como não foram. O Novo Mundo que precisamos tem que ser criado com cores mais leves, e será à medida que conseguimos cortar com crenças e com os padrões emocionais a elas associadas, que o conseguiremos. Essa é a revolução urgente. Se cada um de nós fizer a sua própria revolução pessoal já está a colaborar.

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

Bom Sábado!

 

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 16 de Maio

O início do dia dá-se com a Lua em Capricórnio e os últimos momentos do trígono ao Sol e quadratura a Urano que começaram de véspera, sendo que a tensão da quadratura é uma oportunidade para a tomada de consciência de padrões a desapegar. Se conseguirmos fazer isto, certamente uma onda de generosidade, optimismo e confiança nos irá inundar uma vez que o nodo norte em Leão está a fazer trígono a Urano. Entretanto vamos ter outra quadratura, desta vez a Mercúrio, que vai reentrar em Touro (já por aqui tinha andado antes de ficar retrógrado); emoções e pensamentos fazem atrito, mais um pouco de tensão, mas especialmente se a ligação a Urano for bem sucedida, esta a Mercúrio será menos intensa, talvez apenas para afinar questões de auto estima. Com mais ou menos sucesso em enfrentar as tensões que se nos apresentam, o final do dia acontece com a Lua a entrar em Aquário, e a sensação de mais leveza, maior capacidade de nos distanciarmos das dificuldades e problemas que temos pela frente; não convém esquecê-los, mas encará-los com mais objectividade e frieza permite mais facilmente encontrar as soluções possíveis.     

Símbolo Sabiano do dia: Um espanhol faz uma serenata

Parece que apesar de tudo o amor anda por aí… Vénus em Carneiro faz sextil a Marte em Gémeos; uma combinação que nos ajuda a ser mais extrovertidos, com uma maior apetência por procurarmos situações sociais em que nos possamos divertir. Mas há também um quintil do Sol em Touro a Neptuno em Peixes; a criatividade no uso dos nossos recursos leva-nos a criar situações em que podemos ser alvo da simpática atenção dos outros e/ou somos nós a dar uma especial atenção a alguém. Eu, cantar não posso, senão ainda espanto o parceiro….. ehehehhehehehe

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

Boa Terça-feira!

 

 

Share Button

Céu astrológico para 5 de Maio, Sexta-feira

A Lua em Virgem chama-nos ao trabalho, às tarefas que podem melhorar a forma como nos organizamos no dia a dia, como cuidamos da saúde; faz oposição a Neptuno, trígono ao Sol e também a Plutão. Mais acentuadamente durante a manhã, pode acontecer sentirmo-nos abatidos, tristonhos ou algo do género; na realidade podemos estar a entrar em contacto com alguma emoção que assinala um padrão, uma “virose” que devemos procurar transcender, talvez não lhe dando muita atenção e concentrando-nos em alguma coisa mais útil e que nos proporcione bem estar. Fazer o que mais nos apetecer, dentro dos limites das circunstâncias possíveis, é uma opção sem entraves de maior e ao mesmo tempo podemos recuperar o plano emocional, regenerarmo-nos e ganharmos forças para o que mais importante temos pela frente.

Não seria de estranhar que a “virose” referida, estivesse relacionada com a forma como procuramos encontrar harmonia através dos outros, uma vez que Júpiter em Balança faz uma ligação tensa a Neptuno em Peixes (até 17 de Maio) e amanhã a Lua dá um “toque” rápido e tenso a Júpiter; mas como foi indicado, é uma oportunidade para compreender e ir apagando.

Símbolo Sabiano do dia: Um homem agasalhado com um arrojado chapéu de seda

O termo agasalhado sugere que está frio, as condições exteriores são pouco confortáveis; no entanto ele está protegido, com elegância (seda) e com uma atitude corajosa (arrojada). Portanto, podemos talvez esperar um dia de “inverno” mas estamos preparados para o enfrentar.

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

Boa Sexta-feira!

Share Button

Fortuna

FortunaEm astrologia, não são apenas os planetas do sistema solar elementos através dos quais se extrai simbologia, como se podem usar também asteróides (e não só), cujo exemplo mais difundido é Quíron. Mas na realidade, existem milhares de asteróides identificados, e por isso mesmo com direito a nome próprio; no astro.com existe uma lista com… pasmem-se…  19 933 destes corpos celestes! Naturalmente é humanamente impossível alguém usá-los todos, mas há sempre aqueles mais atractivos e objecto de atenção por quem gosta de mergulhar o nariz nestes temas astrológicos alternativos. Há para todos os gostos, e talvez seja obra do “acaso”, determinar qual deles nos vai chamar a atenção, ou em qual vamos tropeçar…

Pois há algum tempo tropecei num desses asteróides cujo nome é bem sugestivo: Fortuna. Situa-se na designada cintura de asteróides, entre as órbitas de Marte e Júpiter, e foi descoberto em 1852 por um astrónomo inglês Jonh Russell Hind. Fui ver onde se situa no meu mapa natal e fazia todo o sentido; vi em vários outros mapas, e claro, mais uma vez dentro do contexto de todo o mapa fazia sentido novamente. Durante uns tempos até prestei atenção ao posicionamento em trânsito, mas depois acabei por deixar o assunto de lado. Porém agora, sei lá porquê, lembrei-me!

Habitualmente são nomes mitológicos os usados para designar os corpos celestes que vão sendo descobertos. Fortuna era a deusa romana da sorte, destino e fortuna, como o seu próprio nome sugere. Era muito popular, como é fácil depreender, já que a procura de sorte é algo que desde sempre motivou os seres humanos. Mas esta sorte deve ser compreendida sem rótulo, já que a sorte que está implícita pode ser auspiciosa ou não; o que é semeado será colhido, basicamente é isto. Muitos templos eram-lhe dedicados, reflexo dos vários aspectos que levavam a pessoas da altura a honrá-la: da Deusa pessoal, supervisionando o destino dos indivíduos comuns nas várias vertentes da vida quotidiana, a uma Deusa do Estado, garantindo a fortuna da população, a sorte do Imperador, ou o destino glorioso de todo o Império Romano.

Era geralmente retratada segurando numa mão uma cornucópia, ou chifre de abundância, de onde todas as coisas fluíam em abundância, representando a sua capacidade de conceder prosperidade. Aparecia também com frequência manobrando um leme de navio, para indicar como dirigia vidas e destinos, com os seus naturais altos e baixos; a carta do tarot A Roda da Fortuna é uma alusão a esta deusa romana. Também podia ser cega, simbolizando que a sorte boa ou má é distribuída imparcialmente, ou ainda como tendo asas.

Como referi, olhando para Fortuna nos mapas individuais, e levando em consideração tudo o que deles se retira como informação, o posicionamento deste asteróide faz todo o sentido; não acrescenta nada de novo, mas sublinha e reforça o que é importante desenvolvermos em nós para que a “boa sorte” se faça presente na nossa vida. E se assim é, então considerando em cada momento o posicionamento actual, podemos acrescentar aos nossos comportamentos do dia-a-dia atitudes que nos ponham em contacto com a boa sorte. Ora desde 4 de Abril até 28 de Maio temos o asteróide Fortuna em Touro; portanto para que a sorte nos sorria vamos lá expressar o melhor de Touro. Então vamos ser pacientes, carinhosos, vamo-nos dar valor, vamos considerar importantes todos os nossos bens, recursos internos e externos, talentos, vamos com eles construir uma vida de mais qualidade, segurança e estabilidade, vamos também limpar o “bom nome do dinheiro” porque é um recurso fundamental até para mantermos a nossa própria liberdade e independência pessoal… não é o dinheiro que é corrompe, é talvez a ganância e a falta de escrúpulos. O facto de estarmos num ciclo lunar que começou em Touro é coincidência (será?…), Fortuna poderia estar em qualquer outro signo. Mas pronto, está em Touro e porque a Lua nova foi ontem e estamos mesmo nos primeiros desenvolvimentos fui ver que aspectos fazia no mapa. Pois fazia sextil a Neptuno; esta ligação lembra-me a capacidade de Neptuno para dissolver o que está ultrapassado, e ultrapassadas são segundo o meu ponto de vista as noções erradas sobre dinheiro e vida material abundante, que aliás foi o que o próprio símbolo Sabiano da Lua nova me segredou. Porém, aceitem isto apenas se vos fizer sentido, obviamente! Se fizer já sabem como fazer para serem sortud@s. Parece simples? Querem ver eu complicar? Uma vida com maior qualidade dificilmente é uma vida desorganizada… um aroma a nodo norte em Virgem certo? É que nunca há boa sorte se o nodo norte ficar enfiado num canto qualquer. Mas quanto ao nodo norte fico-me por aqui, até porque não tarda mesmo nada vai mudar de signo. Depois falamos….  🙂

 

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

 

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 18 de Abril

céuA Lua em Capricórnio atinge a quadratura a Júpiter, e a conjunção a Plutão que iniciaram a sua aproximação ontem; determinar o que são as nossas responsabilidades e as dos que nos rodeiam, assumir exclusivamente as nossas e deixar que cada um assuma as suas, pode ser um antigo desafio que só hoje conseguimos concluir… ou ainda não será desta vez? Plutão vai ficar retrógrado depois de amanhã, e situações vão surgindo por aqui e por ali que parecem ter o poder de nos controlar, de nos negarem a possibilidade de sermos nós a nossa própria autoridade. Mas podemos optar por não cedermos aos poderes alheios guiando-nos por aquilo que é ético; precisamos reconhecer se não estaremos a rejeitar assuntos que nos dizem respeito, ou se por outro lado não estaremos a ser objecto de abusos de autoridade por parte de outros. A ligação a Júpiter pode ser um sintoma que indica se estamos a responder à altura, se estamos a conseguir atingir relações interpessoais mais equilibradas; se tal acontecer todos ganham e a todos é dada a oportunidade de transformar a sua própria realidade num sentido mais positivo. Há no fundo a necessidade de todos reagirmos de formas diferentes, inovadoras e libertadoras o que está também indicado pela quadratura a Urano em Carneiro.

A partir do fim da tarde começa em aproximação um trígono a Marte em Touro e a quadratura ao Sol que vai assinalar a entrada em quarto minguante; agir no plano material, gerindo e cuidando dos nossos bens e recursos, usando-os para criarmos com eles mais liberdade e independência dá-nos um sentimento de que tudo está bem, de que tudo vai ficar perfeitamente ajustado à medida, apesar de todos os problemas que possamos enfrentar.

Símbolo Sabiano do dia: Um coro celestial cantando

Que possamos reconhecer que até mesmo as nossas atribulações mais exigentes são a forma da evolução acontecer; hoje há inclusive acompanhamento musical! Veremos como isto se irá fazer sentir na vida de cada um de nós.

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

Boa Terça-feira!

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 15 de Fevereiro

céuA Lua em Balança faz trígono ao Sol, conjunção a Júpiter, oposição a Urano, que se aplica desde ontem, e sextil a Saturnohá acordo entre a nossa vontade de um futuro com relacionamentos mais iguais e a real necessidade de equilíbrio com os outros. O toque a Júpiter aumenta de tal forma as emoções que não temos dúvida sobre o que sentimos; novas atitudes na forma como nos relacionamos são imperiosas para estabelecermos mais igualdade e equilíbrio, e não podemos ficar sentados à espera que elas nos caiam no colo ou que sejam os outros a mudarem os comportamentos que nos incomodam. A inovação que sentimos nos pode trazer mais liberdade,  só a nós nos diz respeito, só nós podemos cortar os nossos próprios elos ao passado. É cada um de nós que tem que saber o que fazer e depois fazer mesmo; o que fizermos, ou deixarmos de fazer, contribui com a constante materialização da nossa realidade, por isso precisamos de uma boa dose de responsabilidade, ou não estivesse Saturno envolvido!

Marte em Carneiro ajuda-nos a tomar atitudes de novo e mais assertivas, mais firmes e resolutas, mais centradas em nós mesmos. Faz oposição a Júpiter (até 27 de Fevereiro), conjunção a Urano (até 27 de Fevereiro) e quadratura a Plutão (até 22 de Fevereiro). A ligação a Júpiter convida-nos a agir nos nossos objectivos sim, mas a contar com os outros também, não os descartar, não os esquecer, não lhes dever submissão nem pretender dominá-los, ou de alguma forma diminuí-los, tudo isto de maneira absolutamente original e revolucionária, no bom sentido da palavra, no sentido que aponta para acções nunca tomadas, nunca experimentadas e se calhar algumas serão tão simples quanto um “ovo de Colombo”. Conseguindo sucesso nestas matérias, a quadratura a Plutão será uma fonte de energia nuclear impulsionadora da transformação a que toda a nossa vida está sujeita. Com esta tripla de Marte, Urano e Plutão ao barulho vamos querer mesmo ter sucesso! É que quando há “acidentes em centrais nucleares” ficamos todos a perder… faço-me entender certo?

Pode acontecer não sabermos bem o que fazer, ou como implementar as mudanças, como as programar e executar. Mas Mercúrio (a mente) está em Aquário, e olha os acontecimentos com a distância e frieza suficientes, objectivamente, e tem acesso a ideias visionárias, futuristas, humanistas; em Aquário a nossa individualidade é respeitada bem como a de todos os outros, um detalhe importante se queremos relações que nos tragam a harmonia pretendida.

Voltam os símbolos Sabianos que dão o mote ao dia. O de hoje, pelo menos para mim, sugere-me que vamos conseguir ultrapassar com elegância e delicadeza todos os desafios. Mas aquilo que o símbolo vos sugerir é o que vale mesmo! É ele: Uma antiga tigela de cerâmica cheia de violetas

A imagem veio daqui

Boa Quarta-feira!

 

Serviços disponíveis aqui

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 8 de Fevereiro

céuA Lua segue por Caranguejo e continuamos nós em modo sensível, mais intuitivos e emocionais, encontrando conforto no que conhecemos mesmo que não seja exactamente o que mais gostaríamos. Talvez nos sintamos insatisfeitos, carentes ou vulneráveis, já que há uma concentração de tensões que envolvem as nossas emoções; uma oposição a Plutão, uma quadratura a Júpiter e outra a Urano mostram antes de mais, que o que sentimos não é de modo nenhum nem superficial nem em pouca quantidade. Plutão presente na “embrulhada” dá indicação que assuntos relacionados com motivações, desejos e instintos profundos estão em causa, provavelmente envolvendo relações directamente; Júpiter faz o possível para ser tudo à grande! Como sempre, o que sentimos depende das nossas avaliações subjectivas, isto é, foram experiências passadas (mesmo experiências kármicas) que determinam agora a nossa percepção das circunstâncias. Melhorar o estado de espírito… se for necessário, e é possível que sim 🙂 … passa por fazer morrer aspectos deste passado, adoptando talvez simplesmente novas formas de nos afirmarmos perante os outros e nós mesmos, de procurarmos novas atitudes de independência, de encontrarmos maneiras inovadoras de ir atrás dos novos objectivos desapegando de vez daquilo que nos tem impedido. Fazendo alusão ao símbolo da Lua nova, teremos nós hoje a necessidade de cortar alguma corda emocional, para, de bandeira agarrada ao mastro, virarmos águia? Diria que sim!

Imagem veio daqui

Boa Quarta-feira!

Serviços disponíveis aqui

Share Button

31 de Dezembro de 2016 / 1 de Janeiro 2017

2017A Lua vai por Aquário, sociável, com um aroma a liberdade, também mais original e excêntrica do que é habitual. Ou me engano muito ou de facto é o estado de espírito perfeito para as festividades de passagem do ano civil! Inclusive durante o dia não fará aspectos maiores, os mais relevantes, com outros parceiros de aventuras (os outros planetas, claro 🙂 ), mas no momento em que se faz a transição de ano, está em aproximação um trígono a Júpiter em Balança; podemos pois esperar uma noite de passagem do ano agradável, harmoniosa, simpática, com elegância, tudo isto naturalmente sujeito aos nossos próprios conceitos do que é simpático, harmonioso, elegante etc. Mercúrio sextil a Vénus acentua até a nossa própria simpatia. O mais importante é que condições para nos sentirmos bem existem, independentemente das nossas circunstâncias particulares.

São tradicionais as resoluções de final de ano, à semelhança do que se pode fazer em cada Lua nova. Com o Sol em Capricórnio aproximando-se de uma conjunção a Plutão, vale mesmo a pena aproveitar e estabelecer a profunda vontade de transformar radicalmente aqueles aspectos da nossa realidade que já estão mais do que ultrapassados. Para mais, a Lua nova de Capricórnio está nos primeiros desenvolvimentos, há que não deixar fugir a oportunidade!

No primeiro dia de 2017 com a Lua em Peixes, provavelmente teremos vontade de continuar imersos no clima irreal que este período sempre acarreta. E porque não simplesmente nos deixarmos ficar?

Bom ano de 2017! Como eu costumo dizer, digam ao pé esquerdo que é o direito e entrem com dois pés direitos! 🙂

 

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 1 de Dezembro

ceuA Lua entrou há pouco em Capricórnio e vai fazer trígono ao nodo norte em Virgem e sextil a Neptuno. Podemo-nos sentir mais conservadores, com mais necessidade de segurança material, mais austeros e com a noção de que trabalho e assumir de responsabilidades nos trarão a concretização de alguns dos nossos ideais mais ambicionados. Este estado de espírito proporciona facilidade em nos organizarmos, em criarmos hábitos mais saudáveis, estando desta forma a criar condições para um futuro mais sorridente, mais produtivo, com mais probabilidade de nos sintonizar com a realidade que nos seduz! Com Vénus em Capricórnio também, o que nos seduz de momento, é mesmo alcançar essa realidade segura e bem estruturada. A ligação da Lua a Neptuno dá-nos a sensibilidade necessária para intuirmos que reacções e atitudes nos servem versus as que não trazem nada de positivo.

Marte faz trígono exacto a Júpiter e marca a entrada numa fase de acções com capacidade de trazer harmonia à forma como nos relacionamos. Claro que devem ser as acções correctas! E porque Marte está em Aquário pede-nos que estas acções sejam originais e facilitadoras de igualdade uns com os outros, o que será meio caminho andado para a harmonia que todos procuramos.

A quadratura do Sol a Neptuno terminou durante a madrugada e pode ter trazido a consciência do que nos pode impedir de alcançar o que tanto sonhamos. Podemos sonhar demais e não fazer o necessário, podemos ter demasiada pressa, podemos não acreditar que é possível, podemos até nem sonhar… tanta coisa nos pode bloquear! Hoje é um bom dia para encontrar estas respostas e aproveitar desde logo o que a Lua nos oferece. Acontece que o Sol está a aproximar-se duma conjunção a Saturno; o que ainda não se concretizou, em breve vai ter outra oportunidade, quando a referida conjunção marcar um novo período de estruturação das nossas vontades. Até lá bem podemos acertar ideias!

Duração dos aspectos mencionados nesta publicação (excepto os da Lua): Sol conjunção a Saturno até dia 10 de Dezembro

Imagem veio daqui

Boa Quinta-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button