Lua Cheia em Virgem, Março 2017

céuLua cheia em Virgem, Sol em Peixes, 12 de Março, 14.53h

Chegámos à última Lua cheia, da última lunação do presente ciclo anual do Sol; cheira a fins, encerramento de ciclos, de vivências, de experiências de vida, de crenças. Mas como todo o fim é a génese de alguma coisa a brotar, cheira também a começos, e este cheirinho a novo pode ser um tremendo impulso para deixarmos que a Vida nos comece a mostrar por onde devemos seguir em breve, quando um novo ciclo começar. Por onde devemos seguir e o que não devemos levar na bagagem, porque já não faz falta por um lado, e por outro precisamos de espaço para as novas oportunidades que sempre se apresentam. Falta pouco, duas semanas e temos a inauguração do próximo ano, astrologicamente falando.

O símbolo da Lua nova falava de um jockey, e podemos imaginar que vamos a meio da última corrida da temporada; queremos cortar a meta, podemos sentir que temos condições, mas ainda assim sabemos que é preciso poupar as forças do cavalo, e avaliar em que parte do percurso estamos, que obstáculos ainda vamos ter que enfrentar, e com que ajudas vamos contar. Então vamos espreitar em que condições energéticas estamos nós com o nosso cavalo branco…

Poucos aspectos astrológicos em aplicação, os que falam de desenvolvimentos ainda a decorrerem; poucos, mas bons! Sol e Lua fazem quadratura a Saturno; ok, sabemos que há obstáculos pela frente. O Sol em Peixes impele-nos a querer os sonhos que imaginamos e a que temos direito, com a Lua em Virgem sentimos a necessidade de assumir todas as tarefas necessárias para a concretização desses sonhos. Mas movemo-nos por numa realidade que foi concretizada, trazida à matéria a partir de uma verdade pessoal anterior a estes sonhos; podem portanto existir circunstâncias aparentemente tão antagónicas à nossa verdade actual… onde há o desejo de tornar os sonhos palpáveis… que mais parecem barreiras intransponíveis. Só que tais dificuldades não existem, nem nos mais distantes recônditos do Universo, pois há sempre uma solução para cada enigma, para cada problema, para cada desafio. O que pode acontecer, é a solução residir num patamar da existência que habitualmente esquecemos, ou desconhecemos, ou temos dele uma concepção incorrecta; o que pode acontecer é essa solução ter que ser procurada em camadas não físicas da realidade.

Os símbolos Sabianos vão ajudar a prosseguir com os raciocínios:

Sol – Fenómenos espíritas

Lua – Um domador de animais

O Sol em Peixes é a consciência do Todo, e no Todo existe o que é material e imaterial; podemos não estar habituados a sentir que é assim, podemos duvidar, mas não é por isso que não é Verdade. E porque é Verdade, há situações em que por mais que façamos remendos no lado material da questão, o assunto não se resolve, não chegamos à meta mesmo que o cavalo seja um puro sangue. É portanto necessário tomar consciência desta realidade, aprender onde procurar a solução e accioná-la, e depois, treinar a competência entre as acções no patamar do espírito (no patamar energético) e no da matéria. Não tem um domador que conhecer mais do que os aspectos físicos do animal com quem vai interagir? Não tem que conhecer aspectos da sua psicologia, as suas motivações, os seus impulsos naturais, o que o pode cativar? Um jockey não tem que conhecer tudo o que se relacione com cavalos? Tem, naturalmente! Só este conhecimento lhe permite abordar o animal e com ele treinar os objectivos, reforçar a confiança mútua, até serem uma verdadeira equipa. É no nosso conhecimento e treino constante em como agir na totalidade da existência, que reside a possibilidade de chegarmos ao fim de todas as corridas, superando todas as dificuldades.

O Sol faz um semi sextil a Urano, a Lua um quincúncio, dois aspectos com um certo grau de atrito; falam de alguma dificuldade em lidar com aquilo que é novo para nós, mas o desconforto da tensão tem também o potencial para desistirmos de resistir à mudança, e nos entregarmos de vez àquilo que nos pode de facto trazer inovação, libertação, um futuro onde caibam todos os sonhos.

Outro aspecto importante é a conjunção do Sol a Quíron, cuja simbologia está ligada à capacidade que todos temos para curarmos os aspectos doentes da nossa vida. Com criatividade, o Universo estará a sugerir-nos que manifestemos vontades que contenham em si algum aspecto curativo. Apetece-nos ir passear e apanhar Sol, apetece-nos cuidar melhor do nosso aspecto físico, apetece-nos ter uma alimentação mais saudável, apetece-nos fazer o que nunca fizemos antes… o que lhe está mesmo a apetecer fazer? Vale mesmo muito a pena mexer-se para fazer o que quer, porque será uma vontade de cura!

Se calhar até lhe estava a apetecer ver os seus relacionamentos a melhorar! Nem outra coisa seria de esperar, já que entre Júpiter em Balança e Plutão em Capricórnio aplica-se uma quadratura. Há aqui uma miscelânea semelhante aos fenómenos espíritas, porque Plutão anda a transformar profundamente as nossas vidas, lentamente como quem cozinha num caldeirão alguma poção mágica que nos fará passar de lagarta a borboleta, tal é a radicalidade da metamorfose. Mas não há forma de beber a poção sem resolvermos assuntos entre nós e os outros, porque se calhar são eles que nos têm que estender o copo. Para resolver tais assuntos haverão muitas vias, mas talvez, como foi descrito anteriormente, algumas delas nos obriguem a nos embrenharmos pelo tal lado mais desconhecido da Vida.

Pois muito bem, mas para quem não tem ainda tais conhecimentos, fica uma dicaLua cheia 12 Março bem simples e clara, activem a energia de Virgem como quem carrega num botão. De acordo com Marc Edmund Jones, a configuração do mapa desta Lua cheia, com cerca de 1/3 do mapa vazio, sublinha o relevo da Lua em Virgem. É necessário portanto sermos práticos e focados no mundo físico, mas simultaneamente suficientemente discriminativos para percebermos onde começam as limitações de só operar neste patamar. A “César o que é de César”, que é como quem diz “o seu a seu dono”.

Vénus está retrógrada, e as circunstâncias com que nos deparamos no dia-a-dia, estão a contribuir para uma reavaliação dos nossos valores. Se ainda não damos importância ao lado espiritual da Vida, que é apenas o lado onde precisamos saber como alterar as nossas próprias condições energéticas, talvez esteja na hora de passar a dar. Se ainda não sabemos o que é isso de “espiritual”, se calhar é hora de sentir com é importante aprender. Na vida de cada um de nós, houve muito recentemente, ou está para acontecer brevemente, um qualquer “fenómeno espírita” que nos irá esclarecer. Nada de sustos, a frase é uma metáfora para alguma situação em que reparamos que compreender e tentar resolver alguns assuntos com uma lógica matematicamente comprovadíssima pela ciência, às vezes não resolve nada! Pegando na eficácia e competência da energia de Virgem, que se limpem e afinem os radares para ficarmos aptos a receber as mensagens subtis do mundo dos anjos. Anjos e radares? Espiritualidade e ciência? Claro… tudo faz parte do Todo! Assuntos sérios e brincadeira com as palavras? Claro… pela mesma razão!

Imagem veio daqui

 

Consultas disponíveis aqui

Share Button

Céu astrológico para Sábado 11 de Março

céuA Lua está agora em Virgem e procuramos um sentido de ordem e organização na nossa vida, o que se reflecte na necessidade de ambientes limpos e arrumados. Uma oposição a Neptuno fala de como esta capacidade de eficácia na vida prática pode ser a chave que abre a porta aos objectivos mais idealizados, mais próximos dos sonhos; eles podem descer à Terra sim, mas não sem que o elemento terra, sem que a matéria que compõe o mundo físico seja devidamente incluída nos planos. Imaginar o contrário, é abrir caminho à desilusão. O fim da tarde chega com um trígono a Plutão, e neste aspecto há possibilidade de ganharmos poder para continuarmos a moldar a realidade da forma pretendida, ou para transformarmos em nós aquilo que não o tem permitido, aquilo que nos tem mantido reféns de circunstâncias que nos desgostam e enfraquecem.

Claro que enquanto há sonhos/metas a motivarem-nos, há também uma realidade há muito consolidada, que muitas vezes parece literalmente impedir-nos de prosseguir os rumos que escolhemos. Nem sempre o que parece é, muitas vezes o que está em causa é uma mudança de estratégia, possível talvez porque novos dados nos chegam por vias diversas. Durante a madrugada Mercúrio fez conjunção a Quíron e aproxima-se do final de uma quadratura a Saturno; é possível surgirem ideias com potencial curativo, informações, que nos ajudam a contornar os nossos obstáculos, permitindo mudanças de planos, às vezes uma simples mudança de perspectiva é o suficiente.

Símbolo Sabiano: Um pequeno cordeirinho branco, uma criança e uma servente chinesa

Recordo que estes símbolos nasceram nos EUA, que acolheram várias ondas de imigração nomeadamente da China. Não vão os imigrantes atrás do sonho de uma vida melhor? Não são eles que muitas vezes cumprem os serviços mais humildes, mas absolutamente indispensáveis? Talvez este seja um dia em que nos podemos sentir crianças afagando o nosso cordeirinho (o nosso sonho) mas também teremos que ser o adulto responsável que assume todas as tarefas inerentes à situação.

Imagem veio daqui

Bom Sábado!

 

Serviços disponíveis aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 10 de Março

céuA Lua continua em Leão e faz trígono a Marte e a Saturno. Há que brilhar, querer mostrar o nosso melhor, e aqueles aspectos ajudam-nos a orientar os passos no caminho do assumir de responsabilidades, numa tentativa de criarmos as condições para chamarmos a atenção pela nossa capacidade de pessoas com maturidade suficiente para sermos autónomos e independentes.

Marte entrou durante a madrugada em Touro, retirando-nos talvez alguma energia mas em compensação oferecendo-nos bastante mais paciência e capacidade de persistirmos em tarefas do âmbito da vida prática que precisam destes atributos. É a altura indicada para agirmos no sentido da procura do que nos devolve um sentimento de valor próprio, trabalharmos a auto estima, a procura daquilo que são os nossos reais talentos e recursos, e a gestão dos mesmos. Tempo para darmos atenção ao que estimula os sentidos, do tacto, do olfacto, do sabor, talvez para sermos mais sedutores, mais gentis e carinhosos. Até dia 14 faz trígono ao nodo norte, e fica a sugestão para usar da referida paciência e persistência no sentido de melhor organizarmos a nossa vida do dia-a-dia. Porque Vénus é regente de Touro e está retrógrada, todo este processo de Marte em Touro, vai directamente influenciar o refazer daquilo que para nós se reveste de primordial importância.

Este trânsito de Marte em Touro vai também ajudar a refrear ânimos mais exaltados; pensando na quadratura de Júpiter em Balança a Plutão em Capricórnio a impactar as nossas relações até ao final do mês, e a abalar intensamente algumas delas, não há dúvida que há aqui uma certa acalmia e uma melhor capacidade de enfrentar os desafios que elas nos possam trazer.

Símbolo Sabiano do dia: A mesa posta para a refeição da noite

Uma sintonia tão perfeita com a entrada de Marte em Touro, que chega a ser divertido! Mas melhor que isso, é a percepção da calma e antecipação de um momento que é fundamental para alimentar o corpo, e por via disso a alma. Há também algo relacionado com o término de um ciclo num clima agradável, já que a refeição é à noite. Pois que assim seja!

Imagem veio daqui

Boa Sexta-feira!

 

Serviços disponíveis aqui

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 9 de Março

 

A Lua em Leão faz trígono a Vénus, e pelo fim da tarde outro trígono, desta vez a Urano. A tendência será a de depositarmos mais confiança nas nossas próprias capacidades, e com isso naturalmente vem um sentimento de optimismo e de maior generosidade, alegria, boa disposição; com este estado de espírito há talvez a percepção dos valores que precisamos integrar em nós definitivamente, fazer os reajustes necessários para arranjar espaços aos novos “inquilinos”, quem sabe despejando os antigos… Vénus retrógrada em semi sextil a Neptuno, diz que é uma boa altura para tais procedimentos. Com mais alguns pontos nos is na estrutura dos nossos valores, chega a hora de reacções radicalmente diferentes face aos enfadonhos obstáculos de sempre; na realidade há problemas que se perpetuam porque tentamos resolvê-los há “boa velha maneira”, que pode estar mais do que ultrapassada.

Enquanto isto acontece, o Sol em Peixes segue a bom ritmo para uma quadratura a Saturno (até 17 de Março) e Mercúrio faz o mesmo (até dia 12 de Março). Saturno é uma realidade que se impõe, com aspectos positivos e com aspectos negativos também; não faz sentido resistirmos ao que já existe na nossa vida e não queremos, mas faz todo o sentido usarmos a criatividade e uma forma de pensar no sentido de como transcender esses aspectos que queremos deixar para trás das costas. Quer o Sol quer Mercúrio fizeram há muito pouco tempo conjunção a Neptuno e todos “combinaram” isto exactamente. Entretanto o Sol está já em conjunção a Quíron, e de uma maneira ou de outra, estabelecemos vontades que podem ajudar-nos a curar a nossa vida.

Símbolo Sabiano do dia: Um mestre instrui o discípulo

O dia irá então decorrer sob este tema. Temos sempre tanto para ensinar e tanto para aprender! Talvez a aprendizagem fundamental seja exactamente como curar a nossa vida, e curioso é reparar que o mestre do símbolo de hoje bem poderia ser Quíron, já que na mitologia ele era sábio, médico e mestre que ensinava o que sabia.

Imagem veio daqui

Boa Quinta-feira!

 

Serviços disponíveis aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira dia 8 de Março

céuA Lua em Caranguejo faz quadratura a Marte em Carneiro. Talvez optássemos por uma manhã calma, tratando de nós, talvez de assuntos familiares e da casa, com cuidado e atenção, mas a verdade é que há outros desejos e objectivos que são urgentes e importante o suficiente, para não poderem ficar para trás. A tensão gerada entre impulsos diferentes pode causar stress e impaciência, mas também a força necessária para agirmos no sentido do que sabemos nos pode trazer resultados positivos; o que nos faz bem a nós, gera bem estar e acabamos portanto por ter condições para cuidar melhor do que quer que seja, ou de quem quer que seja, que nos esteja a motivar. Quando se aproximar o fim da tarde a transição para Leão mostra que é possível nos deixarmos invadir por uma sensação de confiança, de orgulho e optimismo, de necessidade de atenção também; não é difícil perceber que se a ligação a Marte for bem aproveitada, há frutos a colher, nem que seja a alegria de termos feito o melhor que sabemos, a consciência de que a atenção que possamos receber é merecida.

Como optar correctamente para aproveitarmos ao máximo a confiança, e até o direito ao “descanso do guerreiro“? Sim, porque Leão é festa e lazer, brilho e alegria! Mercúrio faz quadratura a Saturno e o Sol para lá caminha; quer a nossa vontade quer os nossos pensamentos mais agilmente se dirigem para assuntos fora da realidade do trabalho duro, das responsabilidades, dos compromissos, do esforço para alcançar metas. Vamos portanto ter que ajustar os dois patamares, talvez ir buscar criatividade e inspiração a Peixes, onde se encontram quer o Sol quer Mercúrio, para nos ajudarem a descortinar soluções que mais eficaz e habilmente nos ajudem a assumir o máximo de responsabilidades com o menor esforço.

Símbolo Sabiano do dia: Uma tenda gigante

A imagem refere-se a uma tenda do tipo usado em circos ou outros eventos relacionados com lazer e tempos livres. Habitualmente montada nas cercanias das localidades, sugere a circunstância de fazer parte da vida das pessoas apenas em momentos esporádicos, assinalando talvez datas específicas. O que será que este dia nos traz que seja diferente do habitual? Quem gosta de surpresas?

Imagem veio daqui

Boa Quarta-feira!

 

Serviços disponíveis aqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira dia 7 de Março

céuA Lua em Caranguejo faz trígono ao Sol e a Mercúrio, acaba a quadratura a Vénus; deste último aspecto pode ressaltar a consciência do que haverá para incorporar no nosso sistema de valores, a que devemos passar a dar importância, do que devemos abdicar, e simultaneamente há uma harmonia nisto que é sentido, no que pensamos e no que queremos. Será um passo importante já que Vénus está retrógrada, estamos nós em revisão de valores. Entretanto há uma oposição a Plutão que começa a aproximar-se; é bem provável que aquela afinação do que é para valorizar e do que é para desvalorizar, venha a ser útil, para hoje nos confrontarmos com as grandes transformações que a nossa realidade precisa. Vamos ainda ter duas quadraturas, uma a Urano e outra a Júpiter; retira-se daqui, que também vamos precisar assumir novas atitudes relativamente às relações que fazem parte da nossa vida, tudo terá que ser conciliado!

Há alguma tensão pelo “ar”, quer pelos aspectos da Lua, quer pela quadratura de Júpiter a Plutão que ficou referida ontem. Mas há também o sextil de Mercúrio a Plutão; são as forças da evolução a envolver a nossa mente e com isso a fazer com que ela funcione de molde a nos fazer avançar. A Lua em Caranguejo faz finca-pé ao que não conhece, sente-se desconfortável, sente medo do que nunca experimentou! Tem que ser a nossa vontade em transcender os aspectos negativos do passado a fazer-se presente; isto pode ser simbolizado pelo Sol em Peixes que está também em sextil a Plutão, e que por isso dá-nos uma vontade de ferro, à “prova de bala” . Mas claro, temos que querer mesmo!

Símbolo Sabiano do dia: Um passeio de Páscoa

Não está a Páscoa ligada à renovação, ressurreição, regresso à vida? Estes temas são os de Plutão, que é um dos protagonistas actuais. O dia pode ser tenso, mas promete ser para nos regenerarmos.

Escolhi uma imagem com cheiro a Primavera, já que o tema de hoje é renovação. Veio daqui

Boa Terça-feira!

 

Serviços disponíveis aqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 6 de Março

céuA Lua ainda vai estar por Gémeos até ao fim da manhã, entrando depois em Caranguejo. Tornamo-nos mais sensíveis, o conforto dos ambientes que conhecemos torna-se mais apetecível, o passado pode ter uma aura apelativa, digamos que é um dia que não facilita introduzirmos novidades nem “acção e aventura”; um sextil ao nodo norte pode então ser um aspecto simpático, já que sugere atenção a tarefas rotineiras, e estas, pela sua própria natureza fazem parte do que é conhecido e habitual no nosso dia a dia. A noite traz um trígono a Neptuno, acentua-se a intuição, a capacidade de sentirmos o que está para lá do explicável, e ajuda-nos a lidar com a tensão de uma quadratura a Vénus, que por sua vez faz um semi sextil a Neptuno (até dia 11 de Março); com Vénus retrógrada desde Sábado, estamos em processo de redefinição do que afinal é para nós importante e neste aspecto está indicado a circunstância de precisarmos deixar ir embora detalhes que nos têm sido caros, reconhecer o valor de outras opções, sobretudo daquelas que nos permitem sermos mais independentes, mais afirmativos, mais corajosos, mais preparados para agirmos de acordo com os nossos desejos.

O Sol faz conjunção a Mercúrio, e ambos fazem sextil a Plutão; a mente deixa-se infundir pela energia Sol, plena de criatividade e vigor, processo este, intensificado pela ligação a Plutão. Esta intensificação dar-nos-á também uma profunda capacidade de compreensão para lá da superfície das circunstâncias, e a consequente possibilidade de regeneração de conceitos considerados intocáveis até agora! Estes aspectos, participam na criação de condições que ajudam às reavaliações de Vénus retrógrada, como não podia deixar de ser.

Símbolo Sabiano do dia:  O fluxo de inspiração

O símbolo resume em poucas palavras o que ficou descrito anteriormente; independentemente das nossas circunstâncias, de serem mais agradáveis ou menos, a verdade é que estaremos a receber inspiração para podermos optar mais sabiamente. Com Júpiter em Balança a pôr a tónica do nosso crescimento pessoal, e global, através dos outros, naturalmente que muitas das opções fundamentais passam pela forma como nos relacionamos. Há uma quadratura de Júpiter a Plutão que se vai aproximando até culminar no dia 30 de Março; este aspecto faz-nos crescer e evoluir profunda e intensamente, sem margem para dúvidas. Mas não facilmente, e todos andamos a sentir algum tipo de exigência que francamente já pesa! Com tantos dias ainda pela frente até chegar o alívio, alturas em que somos particularmente inspirados não se podem desperdiçar!

Imagem veio daqui

Boa Segunda-feira!

 

Serviços disponíveis aqui

 

Share Button

Céu astrológico para o fim de semana de 4 e 5 de Março

céuA Lua é uma recém chegada a Gémeos, e como tal, prepararmo-nos para dar umas voltinhas, ler, escrever e/ou conversar são opções bastantes mais simpáticas do que enfiar o nariz nas habituais tarefas do dia-a-dia; lá está a quadratura ao nodo norte em Virgem a olhar com sorriso amarelo, e pelo menos alguns de nós, eu por exemplo, a assobiar para o ar numa tentativa de me escapar… Mas vou assumir o básico já que de tarde temos uma quadratura a Mercúrio e Neptuno, muito juntinhos ainda já que estamos nos momentos iniciais em Mercúrio se afasta de Neptuno depois da conjunção exacta. Esta quadratura coloca as emoções em estreito contacto com os pensamentos, depois destes terem levado uma ensaboadela de Neptuno; a conjunção em Peixes é mais uma espécie de lavagem cerebral, cuja função é dissolver as nódoas mais difíceis que mancham os tecidos mais imaculados, isto é, aqueles pensamentos teimosos que insistem em nos fazer acreditar que somos insignificantes, vítimas inocentes, sem poder de alterar as nossas circunstâncias, carne para canhão. A dispersão possível de ideias e emoções pode gerar confusão, instabilidade, tristeza, sensibilidade; é deixar assentar, procurar entender a raiz, deixar ir até onde nos é possível. Diz-se que do caos nasce a luz, e no fundo é para isso que Neptuno trabalha.

Símbolo Sabiano para Sábado: Uma senhora numa pele de raposa

A interpretação de Dane Rudhyar encaixa bem nos aspectos anteriores. Diz ele: No simbolismo e na mitologia, a raposa é sempre um animal inteligente e subtil. Ela representa o intelecto em seu estágio inicial de “astúcia”. Num sentido mais mais amplo, também se refere à “inteligência”, considerada como a capacidade de nos adaptarmos a todas as situações da vida. É a calibração destes atributos que no fundo está em causa (isto fui eu que acrescentei 🙂 ).

Domingo, a Lua em Gémeos, faz trígono a Júpiter, sextil a Urano, e pelo final da tarde oposição a Saturno. A disposição geral é de abertura aos outros, com um sentimento talvez de mais leveza e liberdade, a que provavelmente a nova condição de Mercúrio não será alheia, já que ele é regente de Gémeos. De manhã há também uma quadratura ao Sol, o que marca a entrada em quarto crescente, e os potenciais energéticos que estavam presente na Lua nova, começam a querer romper. A ligação a Saturno é uma chamada à responsabilidade, por aquilo que queremos concretizar, por aquilo que queremos manter na nossa vida e por aquilo que existe mas queremos erradicar.

Símbolo Sabiano para Domingo: Um oficial prepara-se para treinar os seus homens

Será preciso acrescentar alguma coisa? O símbolo da Lua nova falava de um jockey, agora há treinos à vista, temos metas que nos piscam o olho… ou não temos?

Até podemos ter o hábito de navegar pela vida sem rumo, nem objectivos. É uma opção tão válida como outra qualquer; observe-se apenas se se está feliz ou não, se se preferiria outras experiências, honestamente! Pode acontecer verificar que se calhar está na hora de mudar de preferências; se for o caso esta é a altura perfeita porque Vénus ficou retrógrada em Carneiro. Reformular aquilo que para nós é importante ou não, vai ser um tema importante até meados de Abril. Podemos reter a ideia de que todos os aspectos que Vénus fizer a outros planetas vão directamente nos ajudar a fazer estas reformulações. Claro que a Vénus estão associados os relacionamentos, “amores” incluídos, afinal ela é regente de Balança; mas é também regente de Touro, e aqui cabe tudo o que é importante para nós, o que valorizamos, e mesmo o que valorizamos pela negativa. Esta retrogradação começa em Carneiro, e faz uma pequena incursão por Peixes; para já portanto, o facto de começar em Carneiro indica que não será má ideia começarmos por verificar que valor nos atribuímos a nós mesmos, se reconhecemos os talentos e recursos que possuímos. Reconhecer podemos não reconhecer, podemos não nos dar importância suficiente, também podemos nos valorizar em excesso, como se tivéssemos o rei na barriga. Quer um extremo, quer outro trazem dissabores, mas temos agora uma oportunidade de aceitar um empurrão do Universo para nos alinharmos com as atitudes correctas, equilibradas, as que nos permitem percorrer o Caminho do Meio.

Imagem veio daqui

Bom fim de semana!

 

Serviços disponíveis aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 3 de Março

céuA Lua em Touro faz trígono a Plutão e sextil a Quíron; mantém-se a necessidade de operarmos na matéria, mangas arregaçadas e mãos ao trabalho porque não só há tarefas importantes a desempenhar, como temos recursos para gerir, ou temos que os encontrar e desta forma dar vida ao recurso mais importante que é o nosso próprio senso de valor próprio, se é que ainda não descortinámos por onde ele anda. A ligação a Plutão é origem de força mais do que suficiente para pormos em andamento tudo isto, a nossa vontade de o fazer é o motor de arranque, e quando a meio da tarde já seguirmos em velocidade de cruzeiro, Quíron ajuda a curarmos algumas dores e carências, para as quais já não há paciência que nos valha!

O Sol em Peixes vai-se inspirando no sentido de nos dizer que vontades devemos dar por terminadas, para que outras devemos dirigir a criatividade de forma a dar-lhes vida no momento certo. Faz sextil a Plutão até dia 9 de Março, e intensifica-se portanto, esta condição de transformação daquilo que queremos. Obviamente que aquilo que queremos a cada momento, relaciona-se com a forma como pensamos a Vida e a nossa relação com ela; reparar que Mercúrio em Peixes a aproximar-se da conjunção a Neptuno, será amanhã, é verificar a indicação de que existem conceitos a desaparecer, a chegar ao fim. Com ideias frescas e lavadas pelas águas neptunianas, a criatividade do Sol mais facilmente se dirige e alimenta propósitos actualizados.

Tema do dia (dado pelo símbolo Sabiano): Uma espada num museu

Até aos dias de hoje ainda é pela força agressiva e violenta, egoísta e individualista, que muitos humanos procuram satisfazer as suas necessidades básicas (Lua em Touro) ou alcançar os seus ideais, até ideais em nome dos Deuses que acreditam ser os seus (Sol e Mercúrio em Peixes). Estão desactualizados, este estado de coisas não vai continuar… apesar de ainda acontecer! As espadas, qualquer instrumento usado para dominar, subjugar outros em nome seja do que for, de facto só em museus! Mas uma espada como símbolo da coragem que precisamos para dominar e acabar em nós mesmos aqueles aspectos que nos dominam e subjugam a um estilo de vida medíocre, destrutivo ou que de alguma maneira nos retire nem que seja uma pequena porção de valor próprio (volta a Lua em Touro…), essa faz muita falta! Que hoje seja desembainhada, aquela que irá trespassar mais algum daqueles inimigos internos… sabem que Peixes se relaciona com inimigos internos? Pois vamos lá eliminar mais alguns!

Imagem veio daqui

Boa Sexta-feira!

 

Serviços disponíveis aqui

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 2 de Março

céuA Lua já está em Touro, e há uma necessidade de pilares estáveis e seguros, confortáveis e aconchegantes também, sobre os quais possamos fazer assentar a nossa vida. Há um trígono ao nodo norte e um sextil a Mercúrio; porque os pilares precisam ser construídos, reconstruídos ou há simplesmente trabalho de manutenção, somos chamados a nos organizarmos, a cuidarmos da saúde como um todo, a olhar as situações que se nos deparam com objectividade, consciência e razoabilidade. Como Mercúrio está em Peixes, conjunto a Neptuno, não haverá o perigo de sermos demasiado frios e racionais, nem de nos mantermos presos a detalhes demasiado pequenos para serem importantes; pelo contrário, com uma mente mais intuitiva existe uma capacidade de ver os problemas globalmente, deixar ir formas de pensamento limitadas, demasiado estreitas. Talvez então seja de esperar uma arrumação de ideias durante o dia; o início da noite vem com um sextil ao Sol e a Neptuno, sugerindo que depois de uma organização mental nada melhor de nos entregarmos à vontade de encontrar paz e bem estar, fazendo uma lavagem emocional, deixando que uma certa passividade e paragem nos afazeres diários, dê espaço a momentos em que podemos nos ouvir a nós próprios.

Todo este estado de espírito segue a par com a oposição de Júpiter em Balança a Urano em Carneiro, que está a horas de terminar, logo está a dar sinais inequívocos de como anda a nossa vida… razoavelmente equilibrada, desequilibrada, mais ou menos, ando a fazer por isso e já vejo sinais… a lista poderia continuar, mas os outros fazem parte do cenário! Uma coisa é verdade, seja qual for a situação só nós mesmos merecemos os louros, ou só nós mesmos podemos fazer por os vir a merecer. É em nós que tudo se resolve, se não sabemos como, temos que nos por a caminho para aprender.

Tema do dia (dado pelo símbolo Sabiano): Um exame de iniciados

Ontem procurávamos Luz, hoje somos examinados. Passamos? Podemos celebrar. Não passamos…. nada de dramas! Quem examina não castiga, mostra apenas que precisamos estudar mais um pouco. Mas vai ser um dia interessante, isso vai, e é a nossa consciência que ao fim do dia nos vai dizer o resultado!

Imagem veio daqui

Boa Quinta-feira!

 

Serviços disponíveis aqui

Share Button