Céu astrológico para Quinta-feira 6 de Abril

céuSímbolo Sabiano do dia: Duas solteironas formais e respeitáveis

A Lua em Leão faz trígono a Saturno e a Urano. A ligação a Saturno impele-nos a atitudes responsáveis, respeitáveis, e podemos sentir uma necessidade de maior modéstia e formalidade apesar da exuberância associada à Lua em Leão. A ligação a Urano é a porta para reagirmos com liberdade e total acordo com quem verdadeiramente somos, tal como as solteironas que não estando condicionadas por maridos e filhos, podem eventualmente viver a sua vida seguindo exclusivamente as suas próprias regras mais facilmente. Mas os símbolos são do início do século XX, altura em que ser “solteirona” podia ser origem de alguma amargura num tempo em que era quase obrigatório o casamento, como se fosse a única maneira de uma mulher se sentir realizada!

Saturno já está retrógrado, terminou a função de nos mostrar com uma intensidade particular o que ainda faz parte do nosso inconsciente e que traz tristezas, depressões e amarguras diversas. Quem teve a oportunidade de conhecer por estes dias o que provoca tais estados emocionais pode escolher que tipo de “solteirona” quer ser.

A probabilidade de outros estarem envolvidos nas nossas atribulações é enorme, sendo a oposição do Sol em Carneiro a Júpiter em Balança o sinal inequívoco desta condição. Quem nos impede de fazermos o que consideramos correcto para nós? Aquele ou aquela? Ou nós mesmos que permitimos? Pois é…. somos nós! Sendo assim, com mais ou menos resistência, há que mudar por dentro e depois aguardar ver por fora.

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

Boa Quinta-feira!

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 5 de Abril

céuA Lua entrou em Leão e vai fazer trígono ao Sol em Carneiro; hoje é tempo de agarrarmos a liderança da nossa vida com ambas as mãos, independentemente de vivermos circunstâncias mais ou menos desafiadoras. Há uma energia que nos impulsiona para a acção, para extravasarmos aquilo que  somos e que temos para dar, sem egocentrismos infantis mas com um sentimento de generosidade e orgulho pelo que já conseguimos, pelo que sabemos, pelos nossos talentos. O início da noite chega com uma quadratura a Marte em Touro; se é tempo de liderança, então é tempo de agir no sentido de usarmos todos os nossos recursos para que nos possam proporcionar uma vida materialmente mais estável e confortável. Como Marte faz trígono a Plutão, é a transformação da nossa realidade mais global que também dá um passo em frente.

Saturno está a menos de 24 horas de virar retrógrado; o que isto significa é que podemos estar a ver no concreto aquilo que é a nossa verdade mais interna, talvez aspectos mais depressivos e pesados, mas cujo objectivo é fazermos uma clara opção de não os aceitarmos mais. A seguir no movimento de retrogradação Saturno irá vincar e solidificar tudo o que acreditemos fazer parte da nossa experiência da vida, nomeadamente aqueles elementos que obscurecem a nossa luz. Podem fazer-nos acreditar que somos vítimas, de outros, das circunstâncias da vida; mas vamos dar valor a esta crença? Não é por nada, mas com Vénus retrógrada em Peixes, conjunta a Quíron,  também está na hora de deixarmos de valorizar o papel da vítima, valorizarmos em contrapartida o papel de líder… e voltamos à Lua que entrou em Leão!

Símbolo Sabiano do dia: Duendes dançando ao pôr do Sol

Quando se pesquisa sobre duendes, encontra-se quer uma simbologia de boa sorte e sucesso, quer pelo contrário uma ligação ao mal. Fica claro que no céu de hoje, isto parece associar-se com as opções que precisamos fazer relativamente ao que Saturno nos vai mostrando de nós mesmos. Naturalmente queremos duendes que nos tragam sorte e sucesso, por isso há que escolher que verdade vamos manter dentro de nós.

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

Boa Quarta-feira!

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 4 de Abril

céuA Lua que continua em Caranguejo faz trígono a Vénus retrógrada em Peixes, e quadratura a Urano. A casa, a família e a panóplia de assuntos a eles referentes constituem o universo para o qual nos sentimos impelidos mesmo que outros afazeres nos afastem fisicamente; um sentimento caloroso mas simultaneamente uma agitação que tem origem na necessidade de mudanças radicais na nossa postura, na forma como nos mostramos e afirmamos perante os outros de forma geral. O final da tarde vem com uma quadratura a Mercúrio em Touro, as emoções e a forma de reagir não se coadunam com o pensamento objectivo e prático; ceder às dificuldade ou usar de algum talento super especial e fazermos o que consideramos mais importante no momento? Podemos mesmo perceber que estamos a optar diferentemente do habitual; e se tal suceder deve ser obra de Vénus retrógrada, ela que anda a reajustar valores pessoais. O fundamental é sermos fieis a nós mesmos, à nossa consciência, sem sentimentos de culpa ou de vitimização pelo facto de eventualmente não escolhermos do catálogo que um dia acreditámos ter que seguir.

A verdade é que podemos atingir o final do dia cansados e tensos; o Sol faz oposição a Júpiter (até 7 de Abril), quadratura a Plutão (até 8 de Abril) e conjunção a Urano (até 14 de Abril). Com a ligação a Júpiter é a eterna necessidade de equilibrarmos os nossos interesses com os dos outros; entretanto Plutão está prestes a ficar retrógrado também, e da realidade que nos cerca pode parecer que andamos a ser “atacados por forças malvadas” que nos querem impedir de prosseguirmos com os nossos objectivos ligados às nossas melhores intenções… relax… apenas somos relembrados que mesmo nas situações mais desafiadoras podemos optar por ser mais tranquilos e sábios que o adversário! Se por acaso tem sido nosso hábito reagir aos ataques cerrando os punhos, ou fugindo a sete pés, a ligação a Urano pede-nos que enfrentemos quem nos desafia com distância e inteligência, com a visão dum futuro onde não exista mais a dominação pela força, onde as relações pessoais são correctas, éticas, geram paz, nem conhecem a guerra!

Símbolo Sabiano do dia: Um índio tecendo um cobertor

Pesquisando um pouco, facilmente se descobre que os índios norte americanos hopieram tecelões de alto gabarito (não é demais recordar que estes símbolos têm origem americana). Tecer cobertores, era portanto uma actividade típica da sua cultura, uma actividade criativa, prática e útil, pouco revelada nos filmes que os mostram como guerreiros. Talvez haja neste símbolo para hoje, uma sugestãode que apesar dos desafios que temos pela frente, conseguiremos encontrar espaços de paz e criatividade, na nossa família, clã ou qualquer outra tribo a que pertençamos.

Imagens vieram daqui e daqui

Consultas disponíveis aqui

Boa Terça-feira!

 

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 3 de Abril

céuNão seria de estranhar estarmos a suspirar pelo fim de semana que já lá vai… Com a Lua em Caranguejo há sempre uma maior sensibilidade e necessidade de recolhimento, acentuadas pelo trígono a Neptuno que nos predispõe a tarefas mais do plano imaterial, embora simultaneamente haja também um apelo por acção e os dois impulsos diferentes (Lua faz quadratura ao Sol) criam atrito, tensão que para não redundar em mau estar precisa ser canalizada para algum tipo de atitude; este aspecto marca a entrada em quarto crescente, as energias em presença na Lua nova  começam a desenvolver-se no sentido de fazer desabrochar todos os potenciais para algo de novo surgir. Podemos contar também com uma quadratura a Júpiter, uma oposição a Plutão e ao cair da noite um sextil a Marte. Mais tensão, mais impulso para não baixar os braços, e como não podia deixar de ser, há os outros na jogada… Vou poupar-me trabalho e continuar com um dos parágrafos que ficou registado na Lua nova, já que a proposta está super, hiper, mega válida:

Fica claro portanto, que provavelmente no tema relações há novas atitudes que precisamos estabelecer definitivamente, sob pena de continuarmos com aquele velho problema à perna… claro que pode acontecer não sabermos exactamente o que fazer, mas uma coisa é certa ficar sem agir não vai resultar. Mas agir como? Marte está em Touro e pede-nos para agir de maneira a melhorarmos a nossa auto estima, o sentimento de valor próprio que é tão fundamental para enfrentarmos todos os obstáculos e mais algum, porque basicamente nós merecemos tudo de bom que está para lá dessas barreiras! E se temos valor todos os nossos recursos e talentos também têm valor e devem ser aproveitados, geridos o melhor que sabemos, para que a partir deles mais conforto, mais prazer possamos retirar do simples facto de existirmos. Será sempre importante agirmos desta forma, mas uma vez que Marte está em trígono a Plutão, o que acontece é que fazendo isto estamos directamente a contribuir para a tal transformação assinalada por Plutão em Capricórnio.

Acrescento que é natural serem as relações familiares as mais visadas, atendendo ao posicionamento da Lua. Entretanto Vénus vai hoje reentrar em Peixes, focando a actualização de valores em temas mais universais e menos centrados no “eu”; ganham portanto destaque as questões ligadas ao bem estar do todo a que pertencemos, da compreensão de que todos temos os nossos problemas e dificuldades, da capacidade de perdoar as nossas faltas e as alheias também, da importância de curarmos em nós o que permite vivermos abaixo do nosso potencial. A conjunção de Vénus a Quíron está em aplicação precisamente para potenciar que isto aconteça, e que não sejamos nós a contrariar… até porque ficaríamos a perder!

Símbolo Sabiano do dia: Uma serpente enrolada perto de um homem e de uma mulher

Porque vivemos numa cultura de tradição cristã, a primeira ideia que surge pode ser a história do Adão e Eva tentados pelo Demónio. É curioso verificar que há de facto uma simbologia malévola ligada às cobras, mas é de longe suplantada pelo contrário, pela associação ao rejuvenescimento, vida, eternidade e sabedoria. As tradições do oriente falam em energia vital, cósmica e sexual, de cura, a famosa kundalini. Sem dúvida é minha convicção de que é cura e renovação aquilo que está associado a este símbolo, cura de aspectos em nós que nos impedem de viver com plenitude, nomeadamente a cura que resulta da pacificação, da união interna entre a energia feminina e masculina, componentes energéticos de todos, homens e mulheres.  Quando vivemos assim desaparecem os relacionamentos que nos tornam escravos de verdades que não são as nossas. Hoje teremos uma oportunidade de conciliar a sensibilidade yin, feminina (a Lua em Caranguejo) com a vontade de conquista e acção yang, masculina (Sol em Carneiro). E como já disse anteriormente, entramos em quarto crescente, fazendo crescer esta união.

A Imagem é de Anderson Debernardi. O site dele é aqui

Consultas disponíveis aqui

Boa Segunda-feira!

 

Share Button

Céu astrológico para Domingo 2 de Abril

céuDurante uma boa parte do dia a Lua segue em Gémeos, faz quadratura a Vénus e oposição a Saturno; não será de esperar grandes entusiasmos e alegrias, mais provável será algum tipo de carência ou insatisfação perante a realidade que nos toca. Mas um objectivo a que devemos aderir, é encontrar o que valorizámos no passado que nos trouxe até aqui; este processo pode levar-nos a separar o trigo do joio relativamente à nossa estrutura de valores em reavaliação. É durante a tarde que mais teremos condições pessoais de compreendermos o que está em causa; isto porque vai aplicar-se um sextil a Mercúrio em Touro e ao nodo norte em Virgem. Quer Touro quer Virgem são signos de terra, mostrando portanto que é a nossa forma de abordarmos a vida prática que hoje deve ser analisada.

A Lua também faz quadratura a Quíron, uma parceria pontual com Vénus que se aproxima da conjunção (até 16 de Abril); esta ligação a Quíron em Peixes numa fase de reajustes de valores, implica que se ainda não considerámos importante desenvolver a consciência de que tudo está interligado, está na hora de o fazermos. Por hoje, as emoções e como reagimos aos eventos, irão ajudar-nos a sentir que assim é.

Símbolo Sabiano do dia: Uma bomba explode sem sucesso

A bomba explode, não tem o efeito pretendido, desperdício de energia ou simplesmente alívio da pressão? Ou o ponto de partida para novas soluções?

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

Bom Domingo!

Share Button

Céu astrológico para Sábado 1 de Abril

céuA Lua passeia-se por Gémeos faz sextil ao Sol, quadratura a Neptuno e trígono a Júpiter; a tendência é sentimo-nos sociáveis, conversadores, curiosos e com necessidade de procurar informação acerca de alguma matéria. Agimos de acordo mas podemos acabar algo confusos, dispersos entre assuntos mais mundanos e outros mais universalistas; no entanto isto sucederá só de manhã e durante o resto do dia são os outros o tema que mais nos importa conhecer. Claro que com Júpiter em Balança os relacionamentos não perdem nunca protagonismo!

O Sol em Carneiro faz oposição a Júpiter desde há dois dias e vai manter-se até 7 de Abril, mas agora também uma quadratura a Plutão está em aplicação (até 8 de Abril). Entre a vontade de querermos ser donos da nossa própria vida e a consciência de que os outros têm o mesmo impulso, há que saber encontrar o ponto de encontro onde todos ficam a ganhar; a ligação a Plutão vai incrementando intensamente o desejo de liberdade e independência de acção, e o que não ficou sanado na recente quadratura de Júpiter a Plutão, vai ferver e teremos mesmo que fazer morrer atitudes, fazer nascer outras.

Não é demais relembrar que estamos numa fase de descartar seja o que for que não se coadune com a verdade que defendemos; Saturno prepara-se para ficar retrógrado consolidando internamente aquilo que o exterior nos anda a mostrar. O que não queremos ver mais na nossa realidade tem que ser apagado conscientemente no plano de onde saem as nossas opções.

Símbolo Sabiano do dia: Um bando de gansos brancos

Os gansos simbolizam coragem, lealdade, trabalho de equipa, comunicação, determinação; sendo aves migratórias nunca deixam para trás uma companheiro em necessidade e protegem destemidamente as crias. Alguma pedaço deste dia nos irá mostrar que também podemos ser como os gansos.

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

Bom Sábado!

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 31 de Março

céuA Lua ainda estará por Touro até ao fim da tarde, criando um clima em que o que há para fazer faz-se nas calmas, sem pressas, e há inclusive uma maior facilidade em persistirmos até conseguirmos o que queremos; uma quadratura ao nodo norte em Virgem sugere atrito em atendermos a algumas rotinas habituais do dia-a-dia, talvez por sentirmos necessidade de nos presentearmos com aquilo que nos dá prazer enquanto fazemos vista grossa ao que se faz exclusivamente por obrigação. Há dias assim, e enquanto as horas decorrem, vamos optando tanto quanto possível pelo que nos dá gratificação emocional, e vamos acertando o que afinal consideramos importante ou nem tanto; é um sextil a Vénus que indica estas reavaliações sobre o que valorizamos acima de tudo. Com a entrada em Gémeos pelo final da tarde, provavelmente aquilo que iremos sentir como importante passa pela comunicação, conversar, ler, circular, arejar as ideias.

O facto de sentirmos mais necessidade de conforto e prazer, não significa a desvalorização da organização e do trabalho, nem de incluirmos diariamente atitudes saudáveis, significa que precisamos encontrar técnicas e truques para fazermos o necessário com mais facilidade. Mercúrio entra hoje em Touro e faz trígono ao nodo norte; este aspecto vem facilitar então a nossa capacidade de pensarmos em termos práticos do dia-a-dia, como encontrar e/ou planear estratégias que nos ajudem a assumir as responsabilidades garantindo o máximo de satisfação e plenitude, o máximo de tempo dedicado ao que nos é agradável. Com a Lua em Gémeos durante o fim de semana que se avizinha, pesquisar informação em como fazer isto pode ser uma opção válida.

Símbolo Sabiano do dia: O Presidente de um país

O símbolo refere-se a alguém que assume um papel de liderança, com um grau de poder relevante, que se espera saiba fazer uso correcto da sua autoridade. Há tarefas que lhe cabem a ele, outras são delegadas. O dia irá ter o potencial de nos mostrar como podemos nós ter um papel semelhante, talvez não directamente no nosso país, mas na nossa vida. Com o Sol em Carneiro, não há dúvida que queremos ser líders, sem ninguém a dar-nos ordens… a questão é que género de Presidente seremos? Líder ou déspota? Símbolo máximo de alguma República das bananas? Dominado por lobbies sem escrúpulos? Aiiiii que isto de ser presidente é tarefa exigente!

Imagem veio daqui… Claro que ser Presidente exercendo correctamente o poder e a autoridade, é tarefa exigente, mas nós somos capazes!

Consultas disponíveis aqui

Boa Sexta-feira!

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 30 de Março

céuA Lua em Touro faz conjunção a Marte, sextil a Neptuno e trígono a Plutão; um sentimento de segurança e bem estar está directamente ligado à vida prática e às acções cujo objectivo seja proporcionarem condições de maior conforto e prazer, estabilidade material que pode passar inclusive por usar os nossos talentos para a partir deles gerarmos recursos financeiros. Sensibilidade e imaginação, fazem parte do estado de espírito, autênticas pinceladas que dão os retoques pessoais na forma de agir, força emocional também existe, transformações internas que mais eficazmente nos permitem fluir com as externas; tudo isto contribui para polir a auto estima, e nós marcamos pontos.

Mercúrio em Carneiro faz trígono ao nodo norte, e este é um dos tais recursos disponível para todos; uma mente apostada em gerar ideias novas que respondem aos desafios de como melhor nos organizarmos. Quantas vezes descuramos aquilo que sabemos fazer tão bem, perdidos num emaranhado confuso de tarefas importantes, mas onde sem regras nem ordem, apenas respondemos a urgências, repetidamente, eternamente! Ufa… uma canseira!

E entretanto a famigerada, talvez mal amada, quadratura de Júpiter em Balança a Plutão em Capricórnio chega ao fim. Idealmente teremos compreendido como colocar pontos nos is em algumas das nossas relações; e podem ser apenas detalhes, mas com uma importância tão fundamental que neles repousam respostas e soluções para as grandes transformações que são prementes nas nossas vidas.

Vai-se a quadratura mas vem uma oposição do Sol em Carneiro a Júpiter; vamos querer puxar a brasa à nossa sardinha, e esta é mais uma razão para que tenhamos entendido o que a quadratura pedia, porque aí reside uma fórmula que permite trazer mais equilíbrio às nossas relações. Sem isto iremos continuar a não conseguir retirar dos nossos relacionamentos, a paz, a harmonia, a beleza que todos merecemos, nós e eles.

Símbolo Sabiano do dia: Um homem ensinando novas formas para velhos símbolos

É óbvio que com todas as mudanças necessárias nos nossos relacionamentos, há novas formas, novos conteúdos para aquilo que é símbolo de equilíbrio. Mas na experiência pessoal de cada um de nós, haverão talvez outros símbolos cujo conteúdo irá tomar novas formas.

Consultas disponíveis aqui

Imagem veio daqui

Boa Quinta-feira!

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 29 de Março

céuA Lua em Carneiro faz conjunção a Mercúrio, e os dois trígono a Saturno. Durante a manhã vale bastante a pena estarmos atentos ao que nos sucede e ao binómio emoções/pensamentos; já referi por estes dias que Saturno preparando-se para entrar no movimento retrógrado, vai concretizando circunstâncias com uma capacidade especial de nos mostrar, mais ou menos subtilmente, o que devemos erradicar da nossa consciência, do nosso interior. Naturalmente o sinal é sempre algum grau de negatividade que possa surgir através do que pensamos e sentimos. Para além deste aspecto, ao longo do dia, um trígono ao nodo norte em Virgem é uma chamada à necessidade de trabalho e organização no plano material; com a entrada da Lua em Touro ao fim da tarde esta proposta reforça-se, e estaremos mais calmos e pacientes para a assumir.

Símbolo Sabiano do dia: Observando uma bola de cristal

De acordo com o símbolo será um dia revelador e sem dúvida a ligação entre Lua, Mercúrio e Saturno pode ter esse potencial. Depois, a quadratura de Júpiter a Plutão não é inocente e também está  facilitar a tomada de consciência do que haverá para transformar nos relacionamentos; no final das contas trata-se de como estamos nós a criar a nossa realidade, e sobretudo do que temos que alterar urgentemente para que a obra seja do nosso agrado.

Uma nota para Vénus retrograda em Carneiro: faz até dia 31 um quintil a Plutão. Temos condições propícias para transformarmos valores, fazer morrer uns fazer nascer outros… claro que a quadratura a Saturno sugere que isto faz-se confrontando-nos com aquilo que eventualmente nos deixa literalmente de “cabelos em pé”. Uma técnica como outra qualquer, que o Universo usa para nos abrir os olhos!

Consultas disponíveis aqui

Imagem veio daqui

Boa Quarta-feira!

 

Share Button

Lua nova de Carneiro, Março 2017

céuLua nova a 7,37° de Carneiro, 28 de Março, 3.57 h

Nesta primeira Lua nova do recém ano astrológico, há poucos aspectos em aproximação; são poucos mas bons, que é como quem diz, têm um impacto poderoso em toda a nossa vida. Para começar é de referir que um início de ciclo em Carneiro pede-nos a coragem de fazermos alguma coisa pela primeira vez; o quê exactamente cabe a cada um decidir, mas há um aspecto que desde logo se apresenta como fundamental nas nossas decisões e é a quadratura de Júpiter em Balança a Plutão em Capricórnio. Aproximadamente a meio de Outubro este aspecto começou em aproximação e ficou exacto a 24 de Novembro; mais recentemente Júpiter iniciou o movimento de retrogradação e voltou a aproximar-se da mesma quadratura que irá ser exacta já no próximo dia 30.

Júpiter simboliza crescimento pessoal que resulta da expansão a que somos sujeitos quando estudamos e/ou lemos sobre matérias de nos abrem as portas a conhecimentos que até aí não tínhamos, ou quando vemos filmes, quando viajamos ou quando simplesmente vivemos e adquirimos experiência. Tudo isto tem a capacidade de nos alargar os horizontes mentais, intelectuais, espirituais, e tudo tem também a capacidade de nos moldar as crenças e a nossa forma de vida. Plutão por seu lado transforma profundamente qualquer área de vida por onde transite, literalmente eliminando o que deixou de servir a evolução, criando circunstâncias para que dos restos mortais do que existia, aconteça o renascimento. E desde 2008 transita por Capricórnio, transformando quer a realidade/sociedade global, quer a nossa própria realidade pessoal, a nossa vida de uma forma geral. Quanto a Júpiter, quando em Setembro entrou em Balança começamos nós a actualizar os nossos “conhecimentos relacionais”.  Então, esta quadratura que por agora vai terminar… mas vai voltar no Verão, nada de relaxar em demasia… conecta directamente a transformação positiva da nossa vida, ao aperfeiçoamento da forma como nos relacionamos uns com os outros, quer sejam relacionamentos mais ou menos íntimos, pessoais, familiares, profissionais, com o vizinho do lado inclusive.

Fica claro portanto, que provavelmente no tema relações há novas atitudes que precisamos estabelecer definitivamente, sob pena de continuarmos com aquele velho problema à perna… claro que pode acontecer não sabermos exactamente o que fazer, mas uma coisa é certa ficar sem agir não vai resultar. Mas agir como? Marte está em Touro e pede-nos para agir de maneira a melhorarmos a nossa auto estima, o sentimento de valor próprio que é tão fundamental para enfrentarmos todos os obstáculos e mais algum, porque basicamente nós merecemos tudo de bom que está para lá dessas barreiras! E se temos valor todos os nossos recursos e talentos também têm valor e devem ser aproveitados, geridos o melhor que sabemos, para que a partir deles mais conforto, mais prazer possamos retirar do simples facto de existirmos. Será sempre importante agirmos desta forma, mas uma vez que Marte está em trígono a Plutão, o que acontece é que fazendo isto estamos directamente a contribuir para a tal transformação assinalada por Plutão em Capricórnio.

Mercúrio fez conjunção a Urano há dois dias atrás, e iniciou um ciclo de novas formas de organizarmos o pensamento e a comunicação; livres de ideias feitas, estamos aptos a planear estratégias originais que nos possam conduzir para onde escolhermos. Faz trígono a Saturno e por isso esta nova condição mental participa da estruturação de uma realidade que possamos reconhecer como mais gratificante, mais de acordo com o que verdadeiramente possam ser os nossos anseios.

Vénus retrógrada em Carneiro faz quadratura a Saturno; a realidade actual devolve-nos aspectos que não mais podemos aceitar, deixaram de ser importantes, há mil outros aspectos que ganharam e vão ganhar valor na nossa consciência. De notar também um aspecto ao nodo norte em Virgem, um quincúncio, que como por artes mágicas nos pode estar a mostrar a importância de arrumarmos e organizarmos a vida, usarmos de discernimento e percebermos afinal o que serve e o que deve ser descartado. A retrogradação de Vénus aponta para a reavaliação de valores a que estamos sujeitos, e vai haver uma ênfase quando Mercúrio entrar em Touro daqui por 4 dias, e quando seis dias mais tarde ele próprio entrar em movimento retrógrado também. Verifique-se o que ficou registado acerca de Marte em Touro, e de como ele nos está a pedir acções associadas a estas reavaliações.

Agora, prestando atenção à distribuição dos vários planetas pelo mapa desta Lua Lua nova de Carneironova, e socorrendo-me do que Marc Edmund Jones ensinou, retiro que é Marte o planeta mais importante desta lunação. Surpresa inexistente se atendermos ao que está descrito acima, reforço da importância de agirmos de acordo com aquilo que nos pode proporcionar aumento de valor próprio, prazer de viver, conforto, aproveitamento de todos os nossos recursos… eu sei que me estou a repetir, mas é para que fique claro a quem devemos agradar em primeiro lugar! Certo? … ou não fosse uma Lua nova em Carneiro!

Símbolo Sabiano desta Lua nova

Um chapéu de abas largas com fitas serpenteando, virado para este

Um chapéu pode ter uma função decorativa mas também de protecção; há simultaneamente uma função que pode estimular a auto estima, mas seguramente também protege dos raios excessivos do Sol, do frio… conforto pode estar em causa, a saúde da pele também. Por outro lado há a sugestão dum vento que vem de leste, onde nasce o Sol; associado a este ponto cardeal está a luz da consciência, o Espírito que sempre nos protege quando conseguimos optar por aquilo que nos acrescenta.

 

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

 

Share Button