Astrologia do dia – Segunda-feira 25 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.33 h: Dois homens jogando xadrez (estratégia)

A Lua está em Escorpião, tal como Marte e Mercúrio. Estamos mesmo nos momentos finais da lunação que começou em Escorpião e podemos nos colocar uma questão: sentimos que renascemos das cinzas? Se sim, então demos xeque-mate a um qualquer padrão emocional. Se não, talvez ainda o possamos fazer. Que circunstâncias nos estão a perturbar? Conseguimos descer às profundezas e neutralizar, ou pelo menos não alimentar a perturbação? Se conseguirmos, os sextis a Saturno e Plutão em Capricórnio e o trígono a Neptuno em Peixes garantem-nos que estaremos mais perto de uma metamorfose tal da nossa realidade, que ficamos mais perto dos nossos ideias.

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de urformat  no Pixabay

 

Share Button

Astrologia do dia – Domingo 24 de Novembro

 

Marte em Escorpião faz oposição a Urano em Touro – Que acções radicalmente diferentes temos que levar em frente para tirarmos partido da revolução de valores que está em marcha pela mão de Urano? O que está em causa, é nada mais nada menos, do que a qualidade de vida material que toda a gente procura, quer, necessita. Claro que o dinheiro faz parte deste bolo, e antes que consigamos sentir que a nossa sobrevivência está assegurada não vamos querer largar as circunstâncias que nos garantem o mínimo indispensável. Mas…. tudo muda, até a forma como adquirimos os recursos que nos permitem viver! Temos sido conduzidos pelos nossos instintos, mas está cada vez mais na hora que os sabermos dominar, porque eles vão manter-nos escravos de relações, actividades profissionais, padrões de comportamento que não nos deixam crescer para lá de limites muito apertados! Os instintos talvez nos garantam sobreviver, mas alguns também nos impedem de voar!

Fazer o quê?

Vénus faz conjunção a Júpiter em Sagitário – Valorize-se acima de tudo partirmos à descoberta do conhecimento que nos permite voar.

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Ralf Kunze no Pixabay

 

Share Button

Astrologia do dia – Sábado 23 de Novembro

O Sol ainda se está a ambientar a Sagitário… só chegou ontem ao princípio da tarde… mas já paira uma energia diferente, como se estivéssemos a fazer as malas para viajarmos até outras paragens. Iremos onde as nossas crenças e convicções nos ditarem, podemos viajar mesmo, fisicamente, ou apenas mudar de ambiente intelectual, mental, espiritual. Importante será sentirmos que nos estamos a mover para algum “local” diferente do habitual, talvez mais próximo do paradigma de vida que procuramos. Para uma larga maioria de gente não tem sido uma lunação particularmente fácil. Nem era suposto ser! A Lua nova de Escorpião relaciona-se acima de tudo com transformação, metamorfoses pelas quais precisamos passar, processos que podem ser desafiadores. Porém necessários, até porque entrarmos em contacto com o lado menos leve e feliz da vida, dá-nos imediatamente a vontade de experimentar outra coisa. E é aqui que os horizontes sagitarianos se mostram atractivos. Perceber isto já é em si algo  que Sagitário simboliza: a necessidade de olharmos os acontecimentos de uma perspectiva alargada. Se todos os dias decorressem luminosos e lindinhos não passaríamos da cepa torta! Precisamos das tempestades para sentir o doce sabor da bonança. Se não houver chuva não há a magia do arco-íris.

Apesar da viabilidade de mais optimismo, de mais energia para continuarmos a melhorar a relação que temos com a vida, há trabalho a ser feito se não queremos voltar a viver as tempestades conhecidas, e/ou se queremos estar mais bem preparados para as próximas borrascas. Temos que abandonar os padrões emocionais que nos caracterizam, estar alerta para os gatilhos que disparam determinadas reacções que depois nos conduzem a becos sem saída, labirintos de onde é difícil sair. A Lua está em Balança, aproximando-se de uma quadratura a Plutão. O cenário para o nosso trabalho incluiu os outros, presentes ou ausentes fisicamente. São eles, de forma geral ou alguém em particular, que vos vão mostrar o nosso grau de equilíbrio interno. É com este grau de equilíbrio que vamos “viajar” nos próximos tempos… vejam lá por que caminhos se metem!

Entretanto leiam este artigo, Sagitário puro! – https://magg.pt/2019/09/02/na-nova-tendencia-de-viagens-o-crescimento-interior-tambem-conta/

Este também é interessante – https://magg.pt/2019/11/22/elsa-e-casada-tem-uma-filha-e-viaja-sozinha-a-minha-depressao-era-so-ausencia-de-sonhos/?fbclid=IwAR3E5h98F6Bth2XQpvU8Mr6IeBtEklZIIqwblv784NcF3Ak53-oU04YPrGw

Particularmente, estou a escolher “viajar” com cada vez menos tralha, por isso deixo os símbolos sabianos no baú. Ficam apenas para ocasiões “especiais”.

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Edeltravel no Pixabay

 

Share Button

Astrologia do dia – Sexta-feira 22 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.30 h: Um bobo de Halloween

A Lua entrou em Balança, o Sol vai sair de Escorpião e entrar em Sagitário ainda durante as primeiras horas da tarde. Sagitário pertence ao elemento fogo, e será uma transição mais do que bem vinda porque mais fácil se torna amenizar o clima emocional “húmido, pouco acolhedor, sombrio” trazido por Mercúrio e Marte em Escorpião, pelos últimos passos do Sol em Escorpião … passos calçados com sapatos de crise… mas também por Neptuno estacionário (parado à espera do sinal verde que o fará regressar ao movimento directo), que vai trazendo ondas de lágrimas, desilusões, cansaço perante algumas circunstâncias. Tenho para mim, que esta condição de Neptuno é o que torna tudo mais difícil de tragar… até a meteorologia se juntou ao concerto e aqui onde estou tem chovido a cântaros! Mas a Lua assumiu a função de procurar equilíbrio e harmonia, consegue ver a beleza da água que escorre pelos vidros das janelas, da melodia da chuva a cair. No fim de contas, talvez o melhor seja encarar tudo com humor, nem que seja com o humor negro sugerido pelo nascer do Sol.

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Igor Lukin no Pixabay

Share Button

Astrologia do dia – Quinta-feira 21 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.29 h: Uma mulher índia suplicando ao chefe pela vida dos seus filhos

A Lua em Virgem faz quadratura a Vénus e Júpiter em Sagitário, trígono a Plutão em Capricórnio.

O tema do dia deixa adivinhar que anda no ar uma boa dose de inquietação. A Lua em Virgem dá uma pista para acalmar os ânimos: concentrarmo-nos em detalhes da nossa vida que precisam de atenção, de organização, olharmos as nossas rotinas não com fastio, mas com a consciência de que podem ser um antídoto a estados emocionais mais desagradáveis, optar pelo que nos faz bem, pelo que é saudável. A quadratura a Júpiter é um carburante supersónico, joguem tudo para alcançar as estrelas, ou transformar a realidade à medida das vossas aspirações… como se quiser!

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Brandon Vázquez no Unsplash

Share Button

Astrologia do dia – Quarta-feira 20 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.28 h: O rei das fadas aproxima-se dos seus domínios

A Lua entrou em Virgem faz sextil a Mercúrio em Escorpião, trígono a Saturno em Capricórnio, oposição a Neptuno em Peixes. Mercúrio vai passar ao movimento directo.

Dia para estarmos especialmente atentos ao “filme” que passa no interior da mente, porque é provável e expectável aparecerem cenas para cortar, ou cenas onde algum enigma seja revelado. São momentos onde partículas do inconsciente se tornam conscientes, e desta forma temos a opção de não continuarmos amarrados a um destino específico e não desejado! A melhor forma de deixarmos a “coisa” acontecer é atirarmo-nos de alma e coração às tarefas comuns do dia a dia, porque enquanto procuramos maior bem estar através das nossa rotinas de trabalho e organização, enquanto tratamos de estabelecer hábitos cada vez mais saudáveis, abrimos caminho à inspiração cósmica que sabe como nos conduzir até ao lugar que temos para ocupar no mundo, sabe como nos aproximar dos nossos domínios!

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de USGS no Unsplash

 

Share Button

Astrologia do dia – Terça-feira 19 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.27 h: Uma banda militar a desfilar

A Lua em Leão faz trígono a Vénus e Júpiter em Sagitário, quadratura ao Sol em Escorpião.

Marte, o guerreiro do zodíaco, entrou em Escorpião, entrou em território próprio que partilha com Plutão. A banda a desfilar só pode ser para celebrar o evento! As nossas acções, a nossa postura, estão a determinar evolução ou estagnação. Evolução implica sempre não negar a existência de negatividade, mas também não deitar achas para a fogueira… tal como na história dos índios Cherokee podemos escolher qual dos lobos vamos alimentar.

Hoje, com muita clareza, vai ser possível percebermos o que andamos a fazer da nossa vida, até que ponto conseguimos dominar o lobo negativo que há em nós. Com a Lua em Leão estamos mais genuínos, mais autênticos, as nossas crenças alinham-se com sentimentos e emoções. Mas se o “lobo mau” arreganhar os dentes vamos conseguir fazer crescer o “lobo bom”? Porque se conseguirmos, então Marte em nós está a servir a nossa própria evolução. Não se trata de passarmos a ser santos, “bonzinhos”, trata-se antes de sermos livres, de adquirirmos poder pessoal, bem estar e qualidade de vida. O céu ganha-se aqui na Terra quando conseguimos dominar os nossos instintos mais selvagens. É que somos sempre uma antena a emitir radiação, e a Vida diz sempre sim a esse sinal. Atraímos as circunstâncias em sintonia com o sinal emitido.

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de James Toose no Unsplash

Share Button

Astrologia do dia – Segunda-feira 18 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.26 h: Índios montam acampamento

A Lua entrou em Leão e vai fazer quadratura a Mercúrio em Escorpião. Marte está a varrer o último grau de Balança. O último grau de todos os signos é considerado um espaço de “crise”.

Será que pertencemos a uma tribo mais pacífica ou mais guerreira? Vamos sentir isso mesmo, de forma inequívoca já que com a Lua em Leão a autenticidade anda no ar. Se repararmos bem, os índios têm intenção de se instalar por um tempo, já que estão a montar o acampamento. Faz sentido… se Marte está a sair da energia diplomática de Balança, é porque se vai instalar em Escorpião. Um Marte muito forte e muito guerreiro, nas piores situações muito agressivo. Vamos usar a força para enterrar definitivamente o machado de guerra, ou ainda não é desta? De notar que a grande luta é interna! Escorpião é o campo de batalha entre o “eu inferior” que habitualmente quer lutar contra tudo e contra todos para conseguir o que quer, o que acha justo, o que acha sensato, o que acha lógico. O “Eu Superior” prefere sentar-se e fumar o cachimbo da paz!

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Maher El Aridi no Unsplash

 

Share Button

Astrologia do dia – Domingo 17 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.25 h: Raios X

A Lua em Caranguejo faz quadratura a Marte em Balança.

Sol e Mercúrio retrógrado em Escorpião… somos convidados a levar em consideração o que diz Michel Foucault e entrar na sala das radiografias. A quadratura dá-nos energia para isso, há um impulso em nós de procura de equilíbrio. Encontramos harmonia nos outros (Balança) quando neutralizarmos os monstros e sararmos as feridas. Nessa altura, cessa a insanidade.

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de  Joel Filipe no Unsplash 

Share Button

Astrologia do dia – Sábado 16 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.24 h: Multidões descendo a montanha para ouvirem um homem

A Lua em Caranguejo faz trígono a Mercúrio em Escorpião, oposição a Saturno em Capricórnio, trígono a Neptuno em Peixes.

Neptuno em Peixes vai passar do movimento retrógrado para o directo no dia 27, mas já tem estado a abrandar a velocidade e este fenómeno vai acentuar-se até lá. Tradução para português: é natural e expectável subirem à tona coisas como abatimento, falta de energia, desmotivação, tristeza, desapontamentos, desilusões, dificuldade em lidar com os problemas e consequentes comportamentos escapistas (enterrar a cabeça debaixo da areia). Isto são formas para reflectirmos e analisarmos as eventuais causas, procurar soluções para as mesmas. Mercúrio retrógrado em Escorpião é um agente ao serviço, profundamente empenhado em vasculhar memórias há muito enterradas nos confins do inconsciente, estranho local onde estão cravadas as raízes daquilo que Neptuno nos está a revelar. E o que sentimos não deixa enganar! Muita atenção portanto a emoções e sentimentos de fundo.

O contexto astrológico associado ao que habitualmente se designa como lei da atracção sugere a seguinte questão: O que estamos a pensar (Mercúrio) e a sentir (Lua) que está a pavimentar a realidade materializada a prazo (Saturno)? Estamos no caminho dos nossos sonhos (Neptuno) ou a perpetuar a condição de vítimas (Neptuno pela negativa) dos nossos pensamentos e sentimentos (Mercúrio/Lua)…. a dupla inseparável se queremos nos lembrar que somos nós mesmos os criadores da nossa própria realidade!

O símbolo faz alusão a um sermão de Jesus que ficou conhecido como o sermão da montanha. Há uma teoria de que ele terá estudado no Egipto, onde existiram escolas de mistérios. Esses mistérios é o que actualmente procuramos desvendar relativamente à natureza da Vida e das leis que a regem. Restam-nos apenas alguns indícios que vão sendo partilhados por alguns. Quem me tem ajudado a compreender muitas pontas soltas foi Gregg Braden. Só por isso é ele a quem sempre faço referência, sugerindo os livros e os vídeos. É um homem por quem desço todas as montanhas. Mais uma vez: http://acasanafloresta.com/como-criamos-a-nossa-realidade/

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Origem da imagem aqui

Share Button