Céu astrológico para Segunda-feira 6 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Crianças brincando à volta de cinco montes de areia

Imagem veio daqui … ainda só fizeram um monte 🙂

Mesmo que custe a acordar, levantar e começar a semana de trabalho, é bem provável que rapidamente uma apetência pela vida se faça sentir; a Lua segue em Gémeos e nas primeiras horas da manhã é fácil sentirmo-nos leves e arejados, curiosos e comunicativos, talvez mesmo positivamente “infantis”; mas depois à medida que as horas decorrem uma atitude mais adulta sobressai, há trabalho, há responsabilidades… No entanto, este estado de espírito meio criança meio adulto, é perfeito para alguma coisa de novo florescer na maneira como nos afirmamos, como procuramos a nossa liberdade e independência – a Lua faz sextil ao nodo norte em Leão, ou seja faz sextil à criança interior, e a Urano em Carneiro.

Mercúrio já instalado em Sagitário, bombardeia os neurónios de boa disposição e optimismo, também de apetência por “outras paragens” de existência que podemos não saber como alcançar… mas a curiosidade da Lua em Gémeos pode actuar como gatilho para procurarmos a informação capaz de nos ajudar a planear uma nova forma de viver. Sagitário relaciona-se com liberdade, horizontes amplos, a natureza e as Leis naturais e universais, filosofias de vida éticas, justas, expansivas. O símbolo refere cinco montes de areia e a simbologia do cinco “representa a grande aventura da vida, aqueles que querem saber e conhecer cada vez mais” (retirado do manual de numerologia de Clara de Almeida)… portanto espera-nos um dia claramente sagitariano onde talvez possamos nos sentir um pouco como crianças que sabem sentir o sabor da aventura numa brincadeira tão simples como fazer montes de areia… perfeito!

Acabei de me lembrar de um dos filmes da minha vida, Indiana Jones e o Templo Perdido… aventuras até dizer chega! 🙂 🙂 🙂

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Segunda-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Domingo 5 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Homens instalando linhas telefónicas

O dia amanhece com a Lua ainda em Touro mas a meio da manhã esgueira-se para Gémeos, e com esta transição cresce a sensação de leveza, de agilidade, ficamos mais conversadores e com maior apetência por procurar informação; um trígono a Marte em Balança acentua a necessidade de comunicarmos com os outros, talvez mais por motivos importantes do que por assuntos superficiais (a Lua faz uma sesquiquadratura a Plutão). O Sol em Escorpião faz um sextil a Plutão o que permite dizer que de facto existem propósitos relacionados com transformações internas, com uma purificação do Eu, talvez induzida pelas mudanças a que a realidade nos obriga, mas simultaneamente podem também ser transformações com o poder de concretizar a realidade à nossa maneira. Talvez possam ser estes os assuntos importantes, e o símbolo indica que os canais de comunicação estão operacionais.

Com o aproximar da noite é possível chegarem emoções de maior fragilidade, sentimentos dispersos e confusos que incomodam. Não só aparece uma quadratura a Neptuno como Mercúrio vai entrar em Sagitário, o que significa que vai cruzar o último grau de Escorpião, e portanto pensamentos em modo “crise” são bastante prováveis! Com emoções e pensamentos negativos o truque é sempre o mesmo, reconhecê-los, observá-los e procurar encontrar a raiz do mal. No fundo, é isto que o Sol em Escorpião quer, cortar todos os males pela raiz!

À hora em que nos atirarmos para o vale dos lençóis já Mercúrio está em Sagitário e a mente conectada com um maior entusiasmo pela Vida, mais optimismo e mais apetência para nos ajudar a descortinar formas de irmos abrindo horizontes e chegarmos mais além.

Imagem veio daqui

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Bom Domingo!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button

Céu astrológico para Sábado 4 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Um inventor experimentando

O trígono a Plutão que a Lua fazia às 5.22 no momento da Lua cheia vai-se aplicando até ao fim da manhã; com a Lua em Touro é natural e expectável sentirmo-nos mais “lentos”, mais necessitados de tranquilidade e do aconchego que a matéria nos pode proporcionar; comida, conforto e tudo o que nos faça sentir prazer ao nível dos sentidos, especialmente o tacto, o paladar e olfacto. Tudo isto em doses equilibradas vai colaborar para transformações positivas na nossa vida, na nossa realidade; em doses desequilibradas também colabora, mas só se estivermos atentos e procurarmos compreender o que estamos nós a tentar atingir com o exagero. Que estaremos a compensar com uma necessidade excessiva de “matéria” a alimentar os sentidos ou de preguicite aguda? Instintos básicos aguçados (com o Sol em Escorpião) ou uma sensação de vazio interior (auto estima em baixo)? Basta nos observarmos, prestar atenção ao que sentimos e ajustar, seguir o Caminho do Meio.

Podemos “brincar aos cientistas inventores”, que estudam e observam, tiram conclusões e fazem experiências de acordo com dados recolhidos. Fazemos isto com os nossos impulsos, e depois inventamos formas de encontrar equilíbrio onde ele parecer necessário. Uma quadratura ao nodo norte em Leão informa-nos que há desafios a vencer, mas são necessários, e criatividade toda a gente tem.

Imagem veio daqui…. Há muitos anos li a biografia da Marie Curie. Uma mulher com uma determinação e forças impressionantes que romperam com todas as dificuldades com se deparou para fazer o que mais queria fazer: investigação! Tinha o Sol em Escorpião, o meio do céu em Escorpião e descobriu a radioactividade que se relaciona com Plutão, regente de Escorpião! Claro… não há coincidências!

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Bom Sábado!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button

Lua cheia em Touro, Novembro 2017

 

Lua cheia em Touro, Sol em Escorpião, 5.22 h – meio do ciclo de começou na Lua nova de Balança cujo símbolo era “Um avião pairando nas alturas”

A Lua em Touro conecta as nossas emoções com todo o tema da importância que têm os recursos externos e internos que servem de pilar, não só à sobrevivência, como à procura de maior qualidade de vida, mais prazer físico, mais conforto. Daí a relação de Touro, com a sobre valorização que pode ser desenvolvida face aos bens materiais, que na medida certa são necessários, e desejáveis, naturalmente.

Com o Sol em Escorpião as intenções que catapultam objectivos, estão directamente ligadas precisamente ao instinto de sobreviver. Estes comportamentos padronizados de reacção a estímulos particulares, permitem a vida de todos os animais na Terra; mas a nós humanos cabe-nos um papel um pouco diferente, talvez mais complexo e difícil mas inevitável se queremos dar o próximo salto evolutivo. Temos a tarefa de conciliar instinto com a consciência de uma ordem Superior o que passa por distinguir o que é instinto útil e instinto destrutivo, o que é do domínio do instinto e o que não é. Há dias tive conhecimento da publicação de mais um livro de António Damásio, “A Estranha Ordem das coisas”, através de uma notícia (aqui) da qual partilho o seguinte: “O neurocientista português falava no lançamento do seu novo livro A Estranha Ordem das Coisas, que decorreu esta terça-feira em Lisboa, na Escola Secundária António Damásio, e defendeu perante um auditório cheio que é preciso educarmo-nos para contrariar os nossos instintos mais básicos, que nos impelem a pensar primeiro na nossa sobrevivência”. Aquilo que usualmente se designa por sombra, os padrões emocionais que nos levam a reagir muitas vezes até de forma contrária ao que sabemos ser correcto e sensato, estão ligados a estes instintos; são eles que em Escorpião devem ser regenerados, queimados numa pira purificadora, de onde podemos renascer a partir das cinzas. Por isso a Fénix é um dos símbolos de Escorpião.

Então, nesta Lua cheia o que vai ser possível é percebermos é até que ponto estamos reféns dos nossos instintos mais básicos; são eles que pesam e não nos deixam ir fazer a desejada viagem de avião até outras paragens! Na véspera desta Lua cheia há uma pista valiosa acerca do “excesso de bagagem”; a Lua vai fazer uma oposição a Júpiter em Escorpião e como habitualmente, as circunstâncias despertam emoções mais ou menos perceptíveis, mais ou menos agradáveis, e seja o que for é sempre indicativo do estado interno. Esta ligação a Júpiter vai determinar que as emoções sejam suficientemente intensas para que as possamos identificar, reconhecer e tirar ilações do que interiormente vai borbulhando. Podemos nos questionar se o que pretendemos é o que de facto o nosso coração quer também… o nodo norte está em Leão, e optar exclusivamente por aquilo que está em sintonia com o nosso Eu interno, verdadeiro, autêntico e genuíno é fundamental. Pode ser preciso muita coragem para reconhecermos o que de facto gostaríamos de fazer da nossa vida. Um truque perfeito com a Lua em Touro e o Sol em Escorpião: falemos de recursos financeiros, dinheiro! Se saísse o euromilhões o que faríamos logo de seguida? Mantínhamos o emprego, a relação, o estilo de vida?

Nesta Lua cheia, Vénus que é a regente de Touro, e que por isso “absorve informação” directamente da Lua/emoções está a fazer uma sesquiquadratura a Neptuno; ou seja há valores que devem ser transcendidos, que devemos largar mão deles, entrega-los ao Universo porque já não fazem falta nenhuma, e pelo contrário nos impedem de ter da vida uma experiência bastante mais agradável, bonita, equilibrada, celestial. Serão muito provavelmente crenças que permitem a manutenção dum estilo de vida preso às antiquadas fórmulas da luta pela sobrevivência. O trânsito de Saturno em Sagitário, tem sido uma chamada à responsabilidade de seguirmos rumo a realidades diferentes das que conhecemos; e por agora todos temos vivido maioritariamente em modo sobrevivência. O símbolo do avião volta a fazer muito sentido, porque Saturno vai sair de Sagitário no próximo mês e não será benéfico para ninguém manter-se nas velhas formas de vida regidas pelas leis da sobrevivência a todo o custo. Há outras leis mais refinadas que possibilitam aproximarmo-nos do céu, melhor dizendo nos permitem trazer o céu à Terra. Ou seja, mesmo sem euromilhões, é possível ir largando tudo o que ainda mantemos por instinto de sobrevivência, seja emprego, relação ou estilo de vida.

Poucas horas antes da Lua cheia, o Sol faz trígono a Neptuno a Lua faz sextil; não restam dúvidas que o céu que descer à Terra, e para isso há intenções, propósitos, emoções e sentimentos que se vão esbatendo, outros que se vão aprimorando. Esta é a altura perfeita para espreitarmos os símbolos Sabianos envolvidos:

Lua – olhando as montras

Sol – Um baile na embaixada

É como se as emoções nos impelissem a procurar o que precisamos para nos sentirmos confortáveis na nossa vida, tranquilos e seguros. Podemos ser compelidos a reagir segundo os nossos instintos primários ou podemos ser mais criteriosos, sabendo que todos somos muito mais que seres biológicos, infinitamente mais do que isso! O Sol mostra-nos que podemos participar de um “baile na embaixada” onde o requinte e a elegância são o tom. Mais… um acontecimento onde a música tem um papel relevante, ah isso é mesmo assunto de Neptuno em Peixes! A música, e a arte de uma forma geral, podem inclusivamente ser um elo importante de ligação entre a Terra e o Universo do Espírito. Repare-se como todas as tradições religiosas, que foram no passado a maneira mais acessível de aceder à vivência da espiritualidade, se associam à arte nas suas diversas manifestações: pintura, arquitectura, música!

Mas o Sol faz um sextil a Plutão em Capricórnio e a Lua um trígono. Opções conscientes e emoções na mesma linha estão interconectadas com as transformações que se vão operando na nossa realidade. Vamos todos largar os instintos básicos de sobrevivência num estalar de dedos, viver uma realidade positivamente transformada? Não, está visto! Mas até ao limite do que estiver nas nossas capacidades devemos fazê-lo, porque o que for ficando por debaixo do tapete, mais tarde ou mais cedo vai mesmo ter que ser limpo… e custa sempre mais!

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Imagem veio daqui

Bons insights!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 2 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Um homem salvo de se afogar

A Lua em Carneiro faz durante a manhã quadratura a Plutão; se queremos contribuir para que as transformações na nossa vida sejam positivas temos que nos mexer, agir para fazer rolar os nossos objectivos, e acção é mesmo o que faz uma Lua em Carneiro sentir-se plena. Neste patamar estamos absolutamente concentrados nos assuntos que nos dizem respeito só a nós; no entanto uma oposição a Vénus em Balança salienta que, não só os outros existem ao nosso lado, como temos que os considerar, bem como aos seus próprios interesses. Com o regente de Carneiro em Balança, por mais dedicados a nós mesmos que possamos nos sentir, não iremos facilmente fazer vista grossa a quem precisar de ajuda. Um trígono a Saturno em Sagitário e uma conjunção a Urano em Carneiro mostram como estaremos a concretizar uma nova realidade e uma nova imagem interna e pessoal; se seguirmos a proposta do céu estaremos seguramente a caminhar para horizontes mais justos e éticos, também mais livres e inovadores. A julgar pelo símbolo, se somos os “salvadores” ou quem vai ser “salvo” pouco importa, ganhamos todos!

Vénus em Balança sublinha a importância da cooperação, e talvez algum acontecimento nos mostre o quanto precisamos uns dos outros; hoje “salvo” alguém, amanhã sou eu que sou “salvo”. Vénus faz sextil a Saturno, oposição a Urano. Valorizar a paz, a ajuda mútua é o que nos irá conduzir para um futuro mais livre, ético e justo. Eu sei que me estou a repetir, mas eu sou apenas uma espécie de mensageira dos Deuses…. eu sou Gémeos 🙂 …. e foi isto que eles mandaram dizer. Eu cumpro e mais nada! 🙂

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Quinta-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 1 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Um jantar de companheiros

A Lua vai entrar em Carneiro e faz oposição ao regente do signo, Marte; podemos contar com um acréscimo de energia, necessidade de agir nos objectivos próprios, inclusive alguns dos quais podem ter como meta atingir mais liberdade e independência. Mas como Marte está em Balança somos seduzidos pelos outros em detrimento de opções mais solitárias (lá nos preparamos para ir ao jantar).

Ao Sol em Escorpião agrada bastante esta oportunidade de relações próximas; na essência este signo relaciona-se com partilha emocional que pode acrescentar algo de positivo a todos os envolvidos. Mas a verdade é que entre o Sol e Saturno há uma semiquadratura, o que implica contrariedades. Talvez algum obstáculo nos esteja a impedir de nos aproximarmos suficientemente (não conseguimos ir ao jantar), ou talvez a aproximação aconteça e não esteja à altura das expectativas (o jantar revela-se uma decepção). Qualquer dificuldade transmite uma informação, e é procurando entender o que as circunstâncias nos estão a mostrar que podemos delinear os passos seguintes. Podemos começar por nos questionar acerca das nossas motivações; é natural que os objectivos mais relevantes sejam alcançarmos maior plenitude em partilha com os outros. Mas será que estamos também a levar em consideração aquilo que podem ser os interesses alheios, um bem maior e universal? Se sim, a seu tempo, os obstáculos irão naturalmente ser ultrapassados (Sol faz trígono com Neptuno). Se não, temos que reconsiderar, e refazer os nossos propósitos.

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Imagem veio daqui

Boa Quarta-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 31 de Outubro

Símbolo Sabiano do dia: Trabalho dentário

A Lua em Peixes faz trígono a Mercúrio, quadratura a Saturno e durante a manhã uma sesquiquadratura (aspecto tenso) a Júpiter; apesar do estado de espírito geral estar bastante mais conectado com o universo da sensibilidade, fantasia, imaginação há aspectos mais densos da nossa realidade pessoal, assuntos para resolver, trabalho, responsabilidades, obrigações eventualmente com emoções menos agradáveis à mistura. Mente/comunicação e emoções estão em sintonia; talvez perante emoções mais desagradáveis possamos accionar o pensamento, as ideias e o nosso conhecimento na direcção contrária. Exemplo: Mercúrio tem uma relação com música já que esta é uma forma de comunicação; música tem tudo que ver com Peixes e alimentará uma Lua em Peixes na perfeição. E música ouve-se em praticamente todas as situações, podendo reverter o “negativo em positivo”.

O Sol em Escorpião faz uma semi quadratura a Saturno, hoje e amanhã; temos aqui uma fonte de frustração! Há vontades que aparecem bem do fundo das entranhas, “coisas” que queremos mesmo fazer mas que por um motivo ou outro não conseguimos. Como por exemplo ir ao dentista descontraidamente; sabemos muito bem que é necessário, talvez o nosso médic@ assistente seja um amor e um@ profissional 5 estrelas, mas mesmo assim não conseguimos evitar a sensação de pânico! Frustrante, sem dúvida! Mas ter consciência dos obstáculos às nossas intenções é meio caminho andado para os transcender. Depois podemos entregar e confiar que o Universo nos ajudará a dar mais um passo; isto é mais do que retórica, é o que sugere um trígono do Sol a Neptuno… a intenção de dissolver o que possa impedir a nossa ligação à fonte do todo o Bem supremo.

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Imagem veio daqui

Boa Terça-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 30 de Outubro

Símbolo Sabiano do dia: A Lua brilhando através de um lago

A Lua vai entrar em Peixes, e acordamos envolvidos por uma energia de maior sensibilidade, intuição e imaginação. Nas primeiras horas da manhã os trígonos ao Sol e a Júpiter em Escorpião que começaram na véspera, terminam e aplica-se uma conjunção a Neptuno em Peixes; a escuridão da noite (no símbolo), que pode até ser assustadora nalgumas situações, é suavizada e adquire uma beleza tranquila pelo efeito do luar. Escorpião, pode ser o quarto escuro onde mantemos os nossos fantasmas e demónios, mas nós, conduzidos pela energia subtil, compassiva mas poderosa de Peixes podemos abrir a janela, deixar entrar um raio de luz, que logo se esbaterão os contornos do que nos causa medo, desconforto, resistência, expectativas negativas. Tudo isto é muito pessoal, muito discreto, e talvez o mais disponível e fácil para todos seja simplesmente confiar perante situações que possam parecer mais sombrias. Não se espere um dia marcadamente energético, porque com a Lua, Sol, Mercúrio em signos de água  há uma clima de passividade, e se atendermos ao símbolo, de algum romantismo gótico também. Trabalho puro e duro vai destoar, tarefas cuja componente inspiração seja importante, ficam claramente a marcar pontos.

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Imagem veio daqui

Boa Segunda-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para o fim de semana de 28 e 29 de Outubro

Símbolo Sabiano para Sábado: A corrida ao ouro

Em meados do séc XXI foi encontrado ouro numa localidade da Califórnia (e relembro que a origem dos símbolos é americana…), dando origem ao que ficou conhecido como “A corrida ao Ouro” (podem ver aqui). Do mundo inteiro chegavam aventureiros dispostos a deixar para trás um passado menos abonado, com esperança num futuro mais sorridente em termos materiais. Na vida comum do dia a dia, um vulgar cidadão, tem bastante mais liberdade com os bolsos cheios do que com os bolsos vazios. Pois bem, com a Lua em Aquário, de facto somos invadidos por uma maior necessidade de liberdade! Ela faz quadratura a Mercúrio que está em Escorpião e de certa maneira, simbolicamente também podemos passar o dia numa corrida semelhante… só simbolicamente, mas também não se perde nada em jogar o totoloto, né? 🙂 🙂 🙂 …. retomando a postura… O impulso que levou no passado algumas pessoas a procurar melhorar de vida, pode desta vez levar-nos a escavar fundo, e até obsessivamente, não a terra que esconde o metal precioso, mas as camadas profundas do nosso inconsciente, à procura de entendimento do que quer que seja que nos tira a capacidade de optar livremente por aquilo que consideramos ser mais correcto, mais indicado para nós. Nalguns casos na corrida do passado, pode ter estado em causa a ganância, mas para nós mais facilmente é de acreditar que uma boa motivação é encontrarmos beleza, elegância, harmonia, equilíbrio e sobretudo paz; tudo isto porque a Lua faz trígono a Vénus em Balança, uma Vénus forte nos seus próprios domínios!

Símbolo Sabiano para Domingo: Mergulhadores de profundidade

A Lua, ainda em Aquário, faz sextil a Saturno em Sagitário e Urano em Carneiro. Continuamos a procurar novas formas de olhar o futuro, mais livres, onde quem somos ocupa um lugar relevante ; agora a tarefa é deixar para trás pedaços da realidade actual que perderam o sentido, inovar, e deixar que os nossos limites se abram e deixem entrar a vastidão do que ainda desconhecemos. O final do dia, e do fim de semana, veste-se do escuro habitual que condiz com o trígono a Júpiter e ao Sol em Escorpião; o escuro e a vastidão do que desconhecemos podem relacionar-se com céu nocturno, da mesma forma que se relacionam com o que desconhecemos de nós mesmos. Para olhar o céu olhamos para cima, para olhar a vastidão do que ainda desconhecemos em nós precisamos mergulhar em profundidade; com trígonos não é preciso fazer nada, escorramos para o sítio certo.

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Imagens vieram daqui e daqui

Bom fim de semana!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 27 de Outubro

Símbolo Sabiano do dia: Uma costa massivamente rochosa

A Lua vai manter-se em Capricórnio durante a manhã e passa depois para Aquário bem ao início da tarde; faz quadratura ao Sol e a Júpiter, trígono a Marte. Mais pacientes e conservadores de manhã, com mais necessidade de nos libertarmos de convenções de tarde, os nossos objectivos estão intensamente ligados a motivações instintivas que precisam ser conciliadas com responsabilidades perante a sociedade e/ou com os grupos a que pertencemos; sobretudo de tarde, talvez pareça que uma barreira rochosa nos impede de conseguirmos o que queremos contrariando talvez a liberdade de que sentimos necessidade. Há uma tensão instalada, mas há também um impulso para encontrarmos formas de nos equilibrarmos, para suavizar a inquietação que pode surgir.

E entretanto Vénus em Balança (a importância do equilíbrio) faz quadratura a Plutão; há valores que precisamos reciclar e é possível que os obstáculos que parecem nos limitar, o sejam porque lhes atribuímos um valor que se calhar nunca tiveram, ou se tiveram, ficou obsoleto. Como há um biquintil a Neptuno podemos ficar cientes que o Universo conspira a nosso favor, e as transformações correctas podem conectar-nos um pouco mais com a fonte de todo o Bem Universal. Então, mesmo que o dia seja passado na costa rochosa, a verdade é que o mar se estende bem em frente ao nosso nariz. Que tal um mergulho pelo fim do dia? O Sol faz trígono a Neptuno, se calhar até seria uma boa opção! 🙂

Imagem veio daqui

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Sexta-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button