Céu astrológico para Quinta-feira 16 de Novembro

A Lua já entrou em Escorpião, junta-se ao Sol, a Júpiter, a Vénus; é literalmente um mergulho gigante às profundezas do inconsciente. Não admira portanto que possamos sentir uma necessidade de silêncio e introspecção, enquanto os afazeres habituais decorrem. As emoções que surgem ao longo do dia falam do quanto podemos ainda precisamos reciclar padrões desactualizados (emoções perturbadoras são as que estão em causa), extrair “informação”, processar e largar. Júpiter encarrega-se de sublinhar o que é preciso chegar ao nosso entendimento através do que sentimos, o Sol faz opções, Vénus ajuda a restabelecer a harmonia; mais tarde um trígono a Neptuno traz acalmia, sensibilidade, sintonia com o Universo se conseguirmos acertar nas escolhas. Dizendo isto tudo de outra forma: Sol, Lua, Júpiter e Vénus estão em Escorpião; Escorpião rege os intestinos; intestinos saudáveis proporcionam um sistema imunitário à prova de todos os ataques virulentos, bacterianos e sei lá mais o quê. O que fazem os intestinos? Recebem a alimentação, extraem os nutrientes e expelem os resíduos. Agora divirtam-se a fazer as analogias entre uma coisa e outra!

Continuando em linguagem astrológica… sempre é mais poética 🙂 🙂 … Vénus em Escorpião faz trígono a Neptuno em Peixes; ligados a motivações importantes para nós, porque são motivações ligadas à sobrevivência e à qualidade de vida, existem valores que temos que deixar ir, já não fazem sentido e impedem a nossa conexão ao Universo, à nossa alma, ao nosso Eu Superior, a designação é à escolha.

Símbolo Sabiano do dia: Raios X

O que poderia eu acrescentar? Creio que está tudo dito, mas ainda assim chamo a atenção que nos estamos a aproximar da Lua nova de Escorpião e será importante registarmos as experiências do dia e sobretudo o que elas nos fazem sentir e pensar.

Imagens vieram daqui e daqui

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Quinta-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 15 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Multidões descendo a montanha para ouvirem um homem

Marte em Balança impele-nos a agir para encontrarmos equilíbrio e harmonia; a quadratura a Plutão sinaliza uma força e determinação muito forte no sentido de fazermos tudo o que está ao nosso alcance para sermos bem sucedidos. E sim, claro que se for preciso, lá vamos nós montanha abaixo ouvir quem nos pode fornecer informações sábias (Marte faz sextil a Mercúrio em Sagitário).

O símbolo sugere uma passagem da história de Jesus onde ele terá feito um discurso que ficou conhecido como o Sermão da montanha, abordando temas de conduta moral e ética. Ora isto relaciona-se exactamente com o posicionamento de Mercúrio em Sagitário; ou seja, sem justiça e ética não há possibilidade de alcançarmos o desejado equilíbrio.

A Lua também em Balança faz oposição a Urano e sextil a Saturno; a apetência por encontrarmos a tal dupla maravilhosa, equilíbrio e harmonia, individualmente e nas relações com os outros, também não pode excluir atitudes de iniciativa própria, liberdade de acção e decisão, não podemos estar dependentes de aprovação ou estímulos externos. Se estamos dispostos a descer a montanha para ir ouvir quem acreditamos poder ser uma ajuda no nosso caminho, convém sermos suficientemente donos de nós próprios. Naturalmente, esta determinação será imprescindível se queremos trazer à luz uma realidade de acordo com as nossas convicções individuais. Se não tomarmos as rédeas do nosso destino, quem tomará?

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Quarta-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 14 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Um coelhinho metamorfoseado numa fada

A Lua entrou em Balança e somos convidados a procurar o que nos possa equilibrar; tal como os coelhinhos que são animais que vivem em grupos, assim nós podemos procurar encontrar nos outros uma “fonte” de equilíbrio. Faz conjunção a Marte e sextil a Mercúrio em Sagitário; não só o impulso rumo ao equilíbrio e ao outros (também à paz, à harmonia, à beleza) é considerável, como podemos pensar que é um meio para chegarmos a outras paragens de vida; a questão porém, é que se o equilíbrio não existir primeiro internamente, os outros não o podem proporcionar, pelo menos com continuidade, sustentadamente. O fim da tarde vem com uma quadratura a Plutão, senhor de todas as metamorfoses; o que sentimos e não gostamos mostra apenas o que há para transformar, mostra padrões emocionais que precisam ser reciclados para, de animais que necessitam permanentemente de cuidar da sua própria sobrevivência, inclusive com predadores à espreita, passarmos a “fadas” que dominam a magia da Vida.

Vénus em Escorpião está muito próximo dum trígono a Neptuno; para passarmos de coelhinhos a fadas, provavelmente existem valores, “ninharias” a que damos muito valor, que precisamos entregar às ondas do mar e deixá-las ir. Continuamos em Escorpião, por isso é seguro que se tratam de valores que ainda mantemos, estreitamente ligados a motivações instintivas ultrapassadas. A tradição já não é o que era, nem nos instintos….. 🙂

Imagem veio daqui … estalei os dedos e apareceu a fada perfeita, está a deitar ninharias para serem levadas pelas ondas do mar 🙂

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Terça feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 13 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Caçadores preparando-se para ir aos patos

A caça faz-se por prazer ou por questões de sobrevivência. Vénus e Júpiter fazem conjunção em Escorpião e… vejam só: Vénus como regente de Touro relaciona-se com prazeres, com comida e com sobrevivência. Escorpião relaciona-se com instintos necessários à sobrevivência, e obviamente ainda hoje por esse mundo fora haverão populações que precisam recorrer à caça; no entanto, no mundo moderno a caça existe por prazer exclusivamente. E Júpiter, que faz Júpiter nesta embrulhada? Pede-nos o mesmo de sempre, disponibilidade para crescermos para lá do que somos agora, para expandirmos os nossos conhecimentos, para procurarmos o sentido da Vida, pede também justiça e ética. Vénus conjunto a Júpiter em Escorpião inicia um ciclo em que os nossos valores devem crescer no sentido dos valores que Júpiter defende. Claro que não podemos deixar de ter instintos, mas podemos elevá-los acima da mera sobrevivência. Aliás, a sobrevivência actualmente depende precisamente da transformação dos instintos primários, da mescla entre instinto, consciência e sabedoria.

Com a Lua em Virgem há uma necessidade de ordem nas rotinas do dia a dia, tudo no sítio certo à hora certa; mas uma quadratura a Saturno indica que há “nódoas” que mancham a perfeição, ou seja, a realidade não se apresenta como gostaríamos, e a verdade é que há “nódoas” difíceis de remover. Palavras adequadas a Saturno: paciência e persistência até alcançarmos os objectivos, porque há também energia disponível para agir e repor a ordem das coisas. Uma oposição a Quíron em Peixes lembra no entanto que é necessário enfrentar as “crises” com a consciência de que a perfeição da Vida inclui a existência de “nódoas”, temos que as desculpar dentro dos limites do razoável, mesmo porque contribuem para darmos passos adiante… quanto mais não seja para as eliminarmos!

Mercúrio em Sagitário, como regente de Virgem, vai retirar informação das emoções e vai sujeitá-la a uma quadratura exacta a Neptuno; o que é expectável é a tomada de consciência de ideias/crenças  que precisam ser apagadas se queremos alcançar os sonhos que acalentamos! Desilusões, desapontamentos, tristezas, vitimização, sentimentos de inadequação, de inferioridade são exemplos do que pode aparecer. É tudo uma ilusão a pedir reciclagem! Dito de outra forma… estes são os patos aos quais devemos fazer pontaria, nem mais nem menos! Espingardas a postos!

Imagem veio daqui

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Segunda-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Domingo 12 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Um soldado negligencia as suas obrigações

Das três uma, ou é irresponsável ou a consciência recusa-se a alinhar mais com a filosofia de vida, com as crenças inerentes à vida militar, ou talvez esteja a comemorar alguma coisa mais importante do que as obrigações, como no caso da foto em que os dois soldados celebravam o fim da guerra!

Aplicando o símbolo a todos nós, podemos nos interrogar se iremos ter um ataque de irresponsabilidade ou será que há alguma coisa mais importante do que as obrigações? O Sol faz trígono a Quíron; esta pista diz-nos que “negligenciar as obrigações” está associado a atitudes que de alguma forma são curativas das  dores que carregamos na alma. Marte em Balança faz quintil a Saturno em Sagitário; outra pista, e desta vez é revelado que existem as condições certas para que a procura de paz e de equilíbrio tenha a dose correcta de maturidade e responsabilidade e inclusivamente a “recusa das obrigações” parece estar a conduzirmos para uma realidade mais ética e justa. Conclusão: o melhor é desertar, e pronto!

A Lua em Virgem vai ajudar-nos a perceber que “obrigações” é que são para negligenciar, já que discernimento é assunto de Virgem; há acima de tudo uma necessidade de melhorarmos o nosso dia a dia e uma oposição a Neptuno pede-nos para  olharmos aquelas obrigações rotineiras que nos retiram bem estar e qualidade de vida, que assumimos às vezes por sentimentos de culpa, ou por acreditarmos que não há outras formas de cumprirmos o que temos para cumprir. O aperfeiçoamento das rotinas banais diárias tem um impacto positivo nas transformações a que a nossa vida está sujeita, e isto pode passar de facto por abandonarmos tarefas a que estamos habituados, ou que executamos em piloto automático sem nos interrogarmos acerca da sua validade e importância; com a Lua em trígono a Plutão é dia de reciclar rotinas.

Imagem veio daqui … naquele lindo estado é claro que as obrigações são negligenciadas. Mas foi por uma boa causa…

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Bom Domingo!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Sábado dia 11 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Uma mulher afasta duas cortinas escuras

Uma onda de luz afasta a escuridão, afaga a alma ….

A Lua em Leão faz trígono exacto a Saturno e a Urano. Isto significa que Saturno e Urano também estão em trígono exacto, e os três desenham um belo triângulo equilátero, com uma exactidão que não se atinge frequentemente. Este não é um dia comum! Com a Lua em Leão procuramos feedback, atenção, e o que se mostra mais eficaz é dar, exteriorizar, revelar aquilo que fazemos de forma mais verdadeira e genuína, porque simplesmente gostamos de fazer, porque fazemos de coração, porque essa é a forma como expressamos melhor quem somos. E quanto mais isto estiver presente no nosso dia a dia, mais podemos esperar com certeza inabalável a realidade que as nossas crenças e convicções apontam como a mais adequada, uma realidade mais livre, mais ética, justa e bastante mais de acordo com o Eu interno. Com a trindade Lua, Saturno e Urano em trígono, há a possibilidade de internamente galgarmos para outro patamar de realidade inteiramente inovador, futurista, de horizontes mais amplos; do interno, chegará ao exterior em menos de nada, porque Saturno entra em Capricórnio no próximo mês. Missão: tornar realidade concreta a verdade de quem somos!

Transposto o portal Lua/Saturno/Urano (o pessoal da numerologia anda frenético com o portal 11/11…) o que temos pela frente é trabalho minha gente! A Lua entra em Virgem ao final da tarde, faz quadratura a Mercúrio em Sagitário e sextil a Vénus em Escorpião. É altura de nos organizarmos, de aperfeiçoarmos técnicas e métodos, de cuidarmos de detalhes e da saúde apesar da mente vaguear livre pelos horizontes possíveis de alcançar. Em contrapartida há um reconhecimento da importância de nos recolhermos em nós mesmos e isso facilita a concentração nas tarefas que temos pela frente.

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Bom Sábado…. e vejam lá se acertam no portal 🙂

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 10 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Um papagaio ouvindo e depois falando

Como se sabe os papagaios reproduzem palavras e sons, mas naturalmente fazem-nos sem consciência do que “dizem” e por isso podem reproduzir as maiores barbaridades. O símbolo é dado pelo Sol em Escorpião, e esta posição coloca o nosso “gerador de brilho pessoal” bem em contacto com motivações instintivas completamente inconscientes, que têm a capacidade de nos levar a comportamentos desapropriados sem que tenhamos consciência da “barbaridade” pela qual podemos estar a optar. Mercúrio em Sagitário faz semi sextil a Júpiter em Escorpião; a mente concreta a fazer atrito com os instintos, ai… o que sairá daqui? A mente sagitariana pode considerar que sabe tudo, por isso pode estabelecer as regras e as leis, fazer cumprir a qualquer custo, junta-se a dose certa de instinto e sai…. barbaridade! A mente sagitariana consciente do que somos como humanos e do desafio que é transcendermos os nossos instintos mais primitivos, do desafio que é “subirmos alto acima da densidade da matéria” … dizia eu por alturas da Lua nova… sabe colocar os instintos no seu devido lugar, sabe refiná-los e redimensioná-los para que a sobrevivência no futuro que vai chegando, seja possível.

A Lua em Leão vai fazer quadratura ao Sol em Escorpião, precisamente o dia em que temos que estar a postos para largar a bagagem excessiva que não podemos transportar para embarcar no avião… e refiro-me agora ao símbolo da Lua nova em Balança “Um avião pairando nas alturas”. Mais pelo fim do dia um trígono a Saturno em Sagitário e outro a Urano em Carneiro indica que podemos estar a entrar numa realidade inovadora, onde uma porta é aberta por Saturno com o intuito de nos fazer chegar à liberdade que Urano promete. Amanhã será o próximo capítulo …

Imagem veio daqui

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Sexta-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 9 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Um bosque rico em cores outonais

Um dia de transição, de folhas caídas e secas onde já não corre seiva. A Vida encarrega-se de as reciclar, as árvores descansam para renascer mais uma vez, cheias de vitalidade, daqui por alguns meses quando a Primavera chegar. Uma bela metáfora para Escorpião que vai estar tão presente nas nossas vidas durante cerca de um ano! E hoje não é excepção!

A Lua mantém-se em Caranguejo durante a manhã e depois transita para Leão; passamos de um estado de espírito mais discreto e sensível para outro de maior apetência por nos fazermos visíveis, por expressarmos o que nos vai na alma.  Como somos impelidos a fazê-lo, é que será a grande questão; com uma quadratura a Vénus e outra a Júpiter em Escorpião, a tensão está garantida e vamos procurar exteriorizá-la de forma mais explosiva/agressiva/dominadora, implusiva, do género engolir sapos à pressão e apanhar uma indigestão ou mais construtiva e criativa. Com um trígono a Mercúrio em Sagitário, certamente as nossas crenças e convicções, o nosso sentido de justiça/ética, ou a ausência, a nossa verdade pessoal global (consciente e inconsciente) vão determinar as reacções aos eventos. Seremos um bosque a arder ou a deixar cair serenamente as folhas… só de pensar nos recentes fogos, tenho as “mangueiras” a postos, prefiro contemplar as magníficas cores outonais… e juro, estou irritada à brava com uma determinada situação, sei que não vou explodir, recuso engolir sapos portanto só me resta ser criativa e construtiva… respirar, respirar… 🙂

O Sol faz sextil a Plutão; as opções que fazemos, as intenções que conseguimos aplicar na prática, determinam se vamos fluindo com aquilo que a Vida nos vai oferecendo, ou se resistimos, e por isso não há maneira de recebermos nada de jeito! Isto tem tudo que ver com o que acima foi partilhado, está visto!

Em Janeiro Sol e Plutão fizeram conjunção, iniciou-se um ciclo onde as nossas escolhas podiam ajudar a reestruturar a nossa vida onde ela se mostrasse mais necessitada; se conseguimos já se manifesta. Se não, não vale a pena espernear porque o ciclo vai terminar em dois meses. Então há que recolher dados, retirar o máximo de informação a partir do que a realidade nos devolve e prepararmo-nos para o próximo ciclo.

Imagem veio daqui

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Quinta-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 8 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Uma mulher, o pai do seu próprio filho

A propósito do símbolo só me ocorre um dia em que teremos que ser multifacetados, muito trabalho, responsabilidades várias onde a criatividade e um certo espírito optimista farão magia! A criatividade e o espírito optimista não vão cair do céu (Sol faz quadratura ao nodo norte em Leão), mas vale a pena aceitar o desafio e sacar das varinhas de condão! Tudo dependerá apenas de nós próprios, só a nós caberá cuidar da criança interior!

A Lua em Caranguejo faz trígono ao Sol durante a manhã, sinalizando que as emoções dependem apenas de… é isso, nós próprios…. ou seja é o estado em que se encontra o nosso ser interno que vai determinar como nos sentimos. O dia vai decorrendo sob uma oposição a Plutão e uma quadratura a Urano; a realidade de todos nós está em constante mudança, e as alterações actuais são tudo, menos superficiais! Significa isto, que nós temos também que nos transformar internamente, de uma forma profunda e radical, deixando sobretudo que seja a Vida que nos mostre o que há para fazer… sim, porque se dependesse da nossa vontade, o mais certo era fazermos batota! O que sentimos face às diversas circunstâncias sinaliza onde temos mais trabalho pela frente…. é onde nos sentimos pior, mais vulneráveis, mais desafiados, mais desconfortáveis que é importante focar a atenção e a intenção de enfrentarmos as batalhas que temos pela frente. Com o Sol em Escorpião a fazer sextil quase exacto a Plutão, as escolhas certas transformam positivamente a realidade.

Vénus entrou ontem em Escorpião, e a mensagem é a da extrema importância de mergulharmos para onde nos sentimos pior, mais vulneráveis, mais desafiados, mais desconfortáveis porque se isso acontece há padrões emocionais que precisam ser incinerados. “Extrema” importância porque Vénus está a aproximar-se de Júpiter, e com Júpiter há que sublinhar a grandiosidade do que quer que esteja em causa! A palavra purificação pode bem associar-se a Escorpião porque é à medida que incineramos a origem do que nos causa repulsa/medo/resistência à mudança que a nossa alma se regenera e nós adquirimos um poder interno tal, que as maiores tempestades se tornam em brisas que prometem a quebra da monotonia, apenas!

Imagem veio daqui

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Quarta-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 7 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: A cara de uma rapariga rasgando-se num sorriso

A Lua vai entrar em Caranguejo a meio da manhã, dizendo esta mudança que nos vamos conectar a uma maior sensibilidade, imaginação, necessidade de aconchego e tendência para nos protegermos na nossa privacidade. Um trígono a Júpiter mostra como facilmente afloram emoções indicadoras de padrões emocionais bem profundos, a que só temos acesso pela qualidade do que sentimos; a quadratura que a Lua faz a Marte em Balança pode atirar achas para a fogueira de emoções negativas, mas pode ser também o impulso para a procura de equilíbrio. E naturalmente esta é a via que nos trará mais bem-estar; um trígono a Neptuno pode então ser uma via para a paz e a tranquilidade merecidas, em vez de uma via de vitimização, seja de que tipo for.

Marte está em aplicação a uma quadratura a Plutão. Como agimos no sentido da tal procura de equilíbrio, nomeadamente no relacionamento com os outros, está em transformação; se a realidade muda, é apenas natural que mudem também os nossos comportamentos. Marte e Plutão são regentes de Escorpião, e “fazem uso” do que Júpiter vai “descobrindo” à medida que percorre todos os cantinhos do inconsciente profundo; temos muitos padrões absolutamente desadequados, ainda demasiado relacionados com instintos primitivos de sobrevivência e procura de bem estar. Quanto mais primitivos os instintos, mais aquela quadratura se pode tornar “perigosa” … recordo como exemplo extremo e fora do normal, o recente tiroteio nos EU…  Apesar de ainda manteremos alguns instintos antigos e desactualizados, a consciência do que é correcto para nós e para os outros faz toda a diferença, e permite opções éticas, justas, sensatas que abrem espaço a novas formas de vida.

O Sol em Escorpião dirigido pela mesma consciência, quer olhar aqueles padrões e eliminá-los, quer portanto usar a ligação de Marte a Plutão como fonte de energia com o poder suficiente para nos fazer “descolar” à velocidade da luz, mantendo-nos a pairar em ambientes mais leves e subtis. Lembram-se do símbolo da Lua nova de BalançaUm avião pairando nas alturas. Com esta quadratura os motores estão em aquecimento, começamos a subir exactamente no fim do presente ciclo lunar, início do próximo! Inté senti um arrepio 🙂 🙂 E olha…. acabo de rasgar a cara num sorriso! Parece que o dia tem um potencial sorridente, apesar de tudo, apesar do mundo em que vivemos!

E agora ecoa na minha cabeça o David Bowie… e bem… com ele é mais naves do que aviões, mas o que interessa é levantar voo!

Imagem veio daqui

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Terça-feira!

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button