Astrologia do dia – Sábado 4 de Janeiro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 8.00 h: Um antigo baixo-relevo cravado em granito

A Lua vai manter-se em Carneiro até às primeiras horas da tarde. Passa depois para Touro, faz conjunção a Urano e trígono a Júpiter.

O fim de semana começa com energia, necessidade de agir, de fazer “coisas”, talvez começar algo de novo. Mas depois, nas primeiras horas da tarde com a passagem da Lua para Touro, o que vai prevalecer é uma maior apetência pela tranquilidade das tarefas que pedem paciência na execução, persistência para as concluir. Tudo o que é palpável e domínio do tacto ganha destaque… talvez um abraço saiba melhor do que noutras alturas mais apressadas. Tudo o que é comestível, activador do paladar, também ganha um lugar privilegiado. São dias assim, em que a coragem e a determinação em acabar com a minha aversão aos tachos me sugere ir fazer … sei lá… um arroz doce na bimby…. coisa fácil, porque esta aversão tem que definhar aos poucos, não vai desaparecer tão rapidamente quanto gostaria! Mas a conjunção a Urano deixa-me esperançosa de que pouco a pouco, com calma e persistência, conseguirei fazer uma revolução a contento de Urano. É que um dia descobri que a embirração com cozinhar estava relacionada com questões de auto estima. Isto dava um post suculento, e quando me apetecer falo do assunto, até porque todos temos que actualizar a maneira como alimentamos o amor próprio. A verdade é que sentirmo-nos bem na nossa pele, fazendo seja o que for que se mostre necessário, pode ter implicações positivas bastante mais abrangentes do que poderíamos pensar. Pode determinar a qualidade de toda a nossa vida, senão no imediato, pelo menos a prazo!

Para consultas ou Manual de qualidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Daria-Yakovleva no Pixabay

Share Button