Astrologia do dia – 28 e 29 de Setembro

A Lua em Aquário fez sextil a Marte retrógrado em Carneiro. Marte está a fazer quadratura exacta a Saturno retrógrado em Capricórnio que se prepara para voltar ao movimento directo daqui a poucas horas durante as primeiras horas da madrugada.

O que nos tolhe a vontade? O que nos prende? O que nos tira a liberdade de decidir o que ser, o que fazer, o que ter? Estes momentos de transição do movimento retrógrado de Saturno para o directo são uma oportunidade para largar lastro que não nos permite navegar tranquilamente. A quadratura a Marte retrogrado é uma pista inestimável: para largar lastro é preciso reformular as nossa postura perante a Vida e perante os outros. Perante o que vos tolhe a vontade, o que vos prende, o que vos tira a liberdade de decidir o que ser, o que fazer e o que ter fizeram o quê de diferente? Ou mantiveram as mesmas atitudes de sempre, as mesmas formas de agir, as mesmas posturas? A Lua em Aquário foi outra oportunidade de nos desapegarmos de qualquer coisa que se mostre limitadora, que nos mantenha presos num paradigma que já passou ou que está em fase de desactualização e que só por isso não nos permite criar um futuro diferente. Novamente uma pergunta: o que se permitiram fazer de inovador?

Mercúrio entrou em Escorpião. Um possível lado perverso é estarmos com o pensamento mergulhado nos instintos. A perversidade reside no facto de nem todos os instintos serem de facto garantes de segurança efectiva, mas para podermos distinguir o trigo do joio precisamos ter bem calibrado a capacidade discriminativa da mente, aliás atributo de Virgem. A propósito, a lunação foi em Virgem, e “regar” esta capacidade é fundamental se queremos “boas colheitas”.

Entretanto já temos a Lua em Peixes e amanhã há um sextil a Urano e uma conjunção a Neptuno em Peixes. Largar lastro, largar elementos da nossa realidade que pesam é o garante para caminharmos a passos largos em direcção aos nossos sonhos, a uma existência com mais paz e menos luta, com mais qualidade de vida. Manter a “tradição” intocável é eficaz se queremos continuar a desempenhar papeis secundários na nossa própria história!

Se gosta de ler os meus conteúdos e gostaria de ir sabendo mais, considere apoiar o meu trabalho através do Patreon: https://www.patreon.com/TeresaM?fan_landing=true

Serviços disponíveis: http://acasanafloresta.com/servicos-e-contacto/

Imagem

Share Button