Astrologia do dia – Sábado 30 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.39 h: Rochas e coisas que se vão formando ali

A Lua segue em Capricórnio, indicando como é no exterior que procuramos estabelecer bases seguras para a nossa vida. A energia de Capricórnio relaciona-se com conservadorismo, o que é tradicional é “bom” porque, pelo menos é conhecido. Mas à medida que avança por Capricórnio aproxima-se de Aquário onde o paradigma não podia ser mais diferente! Aqui o lema é: o tradicional cheira a mofo, é preciso inovar, mesmo à custa de riscarmos aquilo que consideramos “seguro”. Isto da “segurança” está associado à sobrevivência, e não há nada que nos motive mais do que sobreviver e procurar abundância do que consideramos necessário para sobrevivermos. Urano em Touro porém, está a abrir caminho à revolução em como iremos sobreviver e encontrar qualidade de vida. Um exemplo do tradicional: trabalhamos a vida toda “das nove às cinco” e depois um dia reformamo-nos e podemos fazer apenas o que quisermos, o que mais gostamos… se não estivermos demasiado esgotados e com os pés para a cova… aliás muitos nem chegam lá, ficam-se pelo caminho! Ou seja, em vez de conquistarmos o pico da nossa montanha, descemos cada vez mais em troca de migalhas “seguras”! Mas que maneira de ganhar a vida!

Bom, cada um faz o que entende, mas é possível entender que nada disto faz sentido e deitar mãos a “uma outra obra qualquer”, onde as regras são combinadas entre nós e o que a Vida tem para nos oferecer, mas onde é necessário revolucionar completamente aquilo a que damos valor e a forma como nos atribuímos valor a nós mesmos. É algo assim que Urano em Touro está a proporcionar. Tudo pode ser radicalmente diferente e radicalmente melhor! Acreditem!

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de  Andy Montes de Oca no Unsplash

Share Button

Astrologia do dia – Sexta-feira 29 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.38 h: O cupido bate à porta

A Lua em Capricórnio faz conjunção a Saturno em Capricórnio, sextil a Neptuno em Peixes e outro sextil a Mercúrio em Escorpião. Mercúrio em Escorpião faz sextil Saturno.

Trabalhar e assumir responsabilidades não só dão forma à nossa realidade exterior, como participam no bem estar interno. Podem existir circunstâncias mais desfavoráveis que temos de enfrentar, mas desta forma conseguimos atenua-las, conseguimos criar a paz interna que mina todas as dificuldades. É um dia para estarmos muito atentos à dupla pensamentos/emoções, o grande íman que “atrai” tudo, o que consideramos bom e o que consideramos mau. Se a mente está a operar maioritariamente de forma negativa, não vamos conseguir reverter a tendência enquanto o diabo esfrega um olho… e em Escorpião existem muitos “diabos” cujo divertimento é mesmo tirarem-nos a paz! Mas vamos perceber se o trabalho que temos pela frente inclui também pôr ordem na realidade interna, para que o íman nos traga maioritariamente o que consideramos bom.

Hoje é Black Friday. Quantas vezes compramos o que não precisamos, e não é por ser uma grande oportunidade! É porque acreditamos que mais coisas por fora possam amenizar as reviravoltas que existem por dentro. Dado o contexto astrológico proponho antes uma White Friday. Não comprem nada, deitem antes fora, comecem a destralhar pensamentos e sentimentos ultrapassados. A vossa felicidade depende inteiramente deste processo!

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Prawny no Pixabay

 

Share Button

Astrologia do dia – Quinta-feira 28 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.37 h: Um jogo de críquete

A Lua vai fazer conjunção a Júpiter em Sagitário, entra em Capricórnio, faz conjunção a Vénus e trígono a Urano em Touro. Vénus faz trígono a Urano. Mercúrio em Escorpião faz trígono a Neptuno em Peixes.

Júpiter está a percorrer o último grau de Sagitário, uma zona de “crise” cujo potencial para trazer à tona crenças que não nos servem para nada de positivo é elevado. Esta circunstância fica enfatizada por Mercúrio em Escorpião. Pensamos de acordo com o que acreditamos, e com isto estamos a construir sonhos ou pesadelos. Cuidado com o que estão a pensar! Damos muita importância, investimos muito para construirmos uma vida estável e de qualidade, mas lembramo-nos pouco do quanto pensamentos e sentimentos podem contrariar os nossos objectivos. Estamos muito disponíveis para trabalhar e nos esforçarmos na construção de estabilidade material. Mas estaremos a fazê-lo à luz da inovação de valores que Urano simboliza? Porque se não o fizermos, não vamos conseguir tornar palpável o que tanto queremos ver concretizado!

Sobre o símbolo aqui

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Garidy Sanders no Unsplash

 

Share Button

Astrologia do dia – Quarta-feira 27 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.36 h: Um velho mocho no alto de uma árvore

A Lua em Sagitário faz quadratura a Neptuno em Peixes. Vénus entrou em Capricórnio. Neptuno regressa ao movimento directo.

Todos sonhamos com uma vida “de sonho”, todos queremos a relação ideal, segurança, saúde e a possibilidade de satisfazer inúmeros outros objectivos. Então há que saber como dar corpo a uma realidade desta natureza. Uma vez que Neptuno vai ficar directo, vale a pena referir que não podemos abrigar dentro de nós sentimentos de vitimização e impotência, desapontamentos, tristezas, falta de esperança. Nada disto é compatível com os nossos sonhos, tudo isto é uma sólida barreira a que se realizem. A quadratura tem em si a energia bastante para agirmos no sentido pretendido.

Por outro lado estaremos mais atentos à importância da imagem social, das responsabilidades assumidas publicamente, e claro, as actividades profissionais são uma fatia importante deste sector pois são a forma como maioritariamente adquirimos os recursos necessários para pagar a existência. Só o ar que respiramos é gratuito! Ainda é muito comum acreditarmos que a necessidade de nos sustentarmos pode ser um entrave a alguns sonhos, porque em primeiro lugar há que garantir a segurança. E se não for assim?

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Javardh no Unsplash

 

Share Button

Lua nova de Sagitário, Novembro de 2019

Lua nova no grau 04º02´de Sagitário, 26 de Novembro, 15.05h

Símbolo Sabiano: Um mocho no alto de uma árvore

Palavras chave para Sagitário: Tudo o que está para lá do nosso ambiente, quer seja ambiente físico, mental, intelectual e espiritual – visão abrangente – estrangeiro/viagens – conhecimentos superiores, universitários – filosofia – estilo ou filosofia de vida – metafísica, religião – espaços livres naturais – leis (universais e humanas) – optimismo – ensino – ética – procura da verdade, da compreensão da relação entre o Homem e o Universo – honestidade – sabedoria. Esta procura da verdade também se relaciona com a nossa verdade pessoal (auto conhecimento), igualmente com o aumento de conhecimentos de uma forma geral, em particular tudo o que se relacione com uma atitude mais “filosófica” perante a vida.

O símbolo pede-nos que olhemos os acontecimento da lunação com sabedoria (mochos simbolizam sabedoria) e duma perspectiva alargada… no alto de uma árvore vê-se bastante mais do que é possível se nos limitarmos às coordenadas dos eventos. Quando alguma coisa acontece há sempre uma razão.

A Lua nova não faz aspectos significativos a outros planetas, mas há duas circunstâncias relevantes que merecem destaque. Neptuno vai voltar ao movimento directo já amanhã, dia 27. Por estes dias podem ter havido experiências de desapontamento, tristeza perante factos consumados que contrariam os nossos desejos de bem estar. Podemos ainda estar desiludidos, ou cansados, abatidos. É preciso procurar outra forma de encarar os acontecimentos, outras perspectivas…. é preciso subirmos bem alto e ver para lá das coordenadas do que estiver em causa. Tudo pode mudar quando afinal percebemos a totalidade do cenário! Há sempre razões invisíveis, mas bem reais, no universo de energia cuja frequência está para lá do que os nossos sentidos físicos podem percepcionar. As razões espirituais… Neptuno!

A outra circunstância que merece destaque é a transição de Júpiter para Capricórnio no dia 2 de Dezembro. No dia 8 de Novembro de 2018, Júpiter entrava em Sagitário. De lá para cá a vida ganhou contornos em sintonia com o somatório das nossas crenças conscientes e inconscientes. A estadia de Júpiter em Capricórnio vai consolidar, reforçar o que existe. A nossa verdade actual vai ganhar raízes. Motivo de alegria nuns casos, de susto noutros! Tudo o que quisemos alcançar e não conseguimos, foi porque crenças inconscientes não permitiram. Esta lunação vai servir um grande propósito. Tirarmos a limpo a extensão de elementos inconscientes que não nos deixam “viajar” até destinos paradisíacos, e depois eventualmente escolher remover esses elementos de forma a que não sejam eles que continuam a determinar o nosso destino. Sim, porque é possível viver na Terra e no Paraíso, embora seja a nossa versão de Paraíso a que é válida! Ou seja, no final deste ciclo de Sagitário, ou chegamos a um horizonte de vida aprazível, ou temos trabalho para corrigir a rota!

Até tornarmos consciente o inconsciente, este irá dirigir a sua vida e você vai chamá-lo de destino.

~ Carl Jung
Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com
Imagem de Tina Rataj-Berard no Unsplash
Share Button

Astrologia do dia – Segunda-feira 25 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.33 h: Dois homens jogando xadrez (estratégia)

A Lua está em Escorpião, tal como Marte e Mercúrio. Estamos mesmo nos momentos finais da lunação que começou em Escorpião e podemos nos colocar uma questão: sentimos que renascemos das cinzas? Se sim, então demos xeque-mate a um qualquer padrão emocional. Se não, talvez ainda o possamos fazer. Que circunstâncias nos estão a perturbar? Conseguimos descer às profundezas e neutralizar, ou pelo menos não alimentar a perturbação? Se conseguirmos, os sextis a Saturno e Plutão em Capricórnio e o trígono a Neptuno em Peixes garantem-nos que estaremos mais perto de uma metamorfose tal da nossa realidade, que ficamos mais perto dos nossos ideias.

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de urformat  no Pixabay

 

Share Button

Astrologia do dia – Domingo 24 de Novembro

 

Marte em Escorpião faz oposição a Urano em Touro – Que acções radicalmente diferentes temos que levar em frente para tirarmos partido da revolução de valores que está em marcha pela mão de Urano? O que está em causa, é nada mais nada menos, do que a qualidade de vida material que toda a gente procura, quer, necessita. Claro que o dinheiro faz parte deste bolo, e antes que consigamos sentir que a nossa sobrevivência está assegurada não vamos querer largar as circunstâncias que nos garantem o mínimo indispensável. Mas…. tudo muda, até a forma como adquirimos os recursos que nos permitem viver! Temos sido conduzidos pelos nossos instintos, mas está cada vez mais na hora que os sabermos dominar, porque eles vão manter-nos escravos de relações, actividades profissionais, padrões de comportamento que não nos deixam crescer para lá de limites muito apertados! Os instintos talvez nos garantam sobreviver, mas alguns também nos impedem de voar!

Fazer o quê?

Vénus faz conjunção a Júpiter em Sagitário – Valorize-se acima de tudo partirmos à descoberta do conhecimento que nos permite voar.

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Ralf Kunze no Pixabay

 

Share Button

Astrologia do dia – Sábado 23 de Novembro

O Sol ainda se está a ambientar a Sagitário… só chegou ontem ao princípio da tarde… mas já paira uma energia diferente, como se estivéssemos a fazer as malas para viajarmos até outras paragens. Iremos onde as nossas crenças e convicções nos ditarem, podemos viajar mesmo, fisicamente, ou apenas mudar de ambiente intelectual, mental, espiritual. Importante será sentirmos que nos estamos a mover para algum “local” diferente do habitual, talvez mais próximo do paradigma de vida que procuramos. Para uma larga maioria de gente não tem sido uma lunação particularmente fácil. Nem era suposto ser! A Lua nova de Escorpião relaciona-se acima de tudo com transformação, metamorfoses pelas quais precisamos passar, processos que podem ser desafiadores. Porém necessários, até porque entrarmos em contacto com o lado menos leve e feliz da vida, dá-nos imediatamente a vontade de experimentar outra coisa. E é aqui que os horizontes sagitarianos se mostram atractivos. Perceber isto já é em si algo  que Sagitário simboliza: a necessidade de olharmos os acontecimentos de uma perspectiva alargada. Se todos os dias decorressem luminosos e lindinhos não passaríamos da cepa torta! Precisamos das tempestades para sentir o doce sabor da bonança. Se não houver chuva não há a magia do arco-íris.

Apesar da viabilidade de mais optimismo, de mais energia para continuarmos a melhorar a relação que temos com a vida, há trabalho a ser feito se não queremos voltar a viver as tempestades conhecidas, e/ou se queremos estar mais bem preparados para as próximas borrascas. Temos que abandonar os padrões emocionais que nos caracterizam, estar alerta para os gatilhos que disparam determinadas reacções que depois nos conduzem a becos sem saída, labirintos de onde é difícil sair. A Lua está em Balança, aproximando-se de uma quadratura a Plutão. O cenário para o nosso trabalho incluiu os outros, presentes ou ausentes fisicamente. São eles, de forma geral ou alguém em particular, que vos vão mostrar o nosso grau de equilíbrio interno. É com este grau de equilíbrio que vamos “viajar” nos próximos tempos… vejam lá por que caminhos se metem!

Entretanto leiam este artigo, Sagitário puro! – https://magg.pt/2019/09/02/na-nova-tendencia-de-viagens-o-crescimento-interior-tambem-conta/

Este também é interessante – https://magg.pt/2019/11/22/elsa-e-casada-tem-uma-filha-e-viaja-sozinha-a-minha-depressao-era-so-ausencia-de-sonhos/?fbclid=IwAR3E5h98F6Bth2XQpvU8Mr6IeBtEklZIIqwblv784NcF3Ak53-oU04YPrGw

Particularmente, estou a escolher “viajar” com cada vez menos tralha, por isso deixo os símbolos sabianos no baú. Ficam apenas para ocasiões “especiais”.

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Edeltravel no Pixabay

 

Share Button

Astrologia do dia – Sexta-feira 22 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.30 h: Um bobo de Halloween

A Lua entrou em Balança, o Sol vai sair de Escorpião e entrar em Sagitário ainda durante as primeiras horas da tarde. Sagitário pertence ao elemento fogo, e será uma transição mais do que bem vinda porque mais fácil se torna amenizar o clima emocional “húmido, pouco acolhedor, sombrio” trazido por Mercúrio e Marte em Escorpião, pelos últimos passos do Sol em Escorpião … passos calçados com sapatos de crise… mas também por Neptuno estacionário (parado à espera do sinal verde que o fará regressar ao movimento directo), que vai trazendo ondas de lágrimas, desilusões, cansaço perante algumas circunstâncias. Tenho para mim, que esta condição de Neptuno é o que torna tudo mais difícil de tragar… até a meteorologia se juntou ao concerto e aqui onde estou tem chovido a cântaros! Mas a Lua assumiu a função de procurar equilíbrio e harmonia, consegue ver a beleza da água que escorre pelos vidros das janelas, da melodia da chuva a cair. No fim de contas, talvez o melhor seja encarar tudo com humor, nem que seja com o humor negro sugerido pelo nascer do Sol.

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Igor Lukin no Pixabay

Share Button

Astrologia do dia – Quinta-feira 21 de Novembro

Símbolo Sabiano do nascer do Sol às 7.29 h: Uma mulher índia suplicando ao chefe pela vida dos seus filhos

A Lua em Virgem faz quadratura a Vénus e Júpiter em Sagitário, trígono a Plutão em Capricórnio.

O tema do dia deixa adivinhar que anda no ar uma boa dose de inquietação. A Lua em Virgem dá uma pista para acalmar os ânimos: concentrarmo-nos em detalhes da nossa vida que precisam de atenção, de organização, olharmos as nossas rotinas não com fastio, mas com a consciência de que podem ser um antídoto a estados emocionais mais desagradáveis, optar pelo que nos faz bem, pelo que é saudável. A quadratura a Júpiter é um carburante supersónico, joguem tudo para alcançar as estrelas, ou transformar a realidade à medida das vossas aspirações… como se quiser!

Para consultas ou Manual de estabilidade emocional use o mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem de Brandon Vázquez no Unsplash

Share Button