Céu astrológico para Sexta-feira 19 de Julho

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.31): Tempestade num “canyon”

A Lua vai manter-se por Aquário sem fazer aspectos significativos a outros planetas, o que significa que continuamos com uma boa capacidade de cortar com tudo o que não nos permite criar um futuro melhor. Claro que na raiz destes cortes estão as emoções, os elos que mantêm vivas as experiências/memórias do passado… mais do que vivas, eu diria “alive and knicking” (vivas e bem vivas) como a canção dos Simple Minds. Nada melhor portanto, que uma “boa tempestade”, porque nos vai apontar para alguma coisa “tempestuosa”, perturbadora, onde vamos poder fazer uso da objectividade fria de Aquário e desapegar do que possa estar em causa. A vontade joga um papel importante, e depois do eclipse lunar estamos mais donos da nossa vontade para optarmos por não nos deixarmos agarrar mais por coisas que devem ficar bem para trás. Quem parece poder representar um papel nesta “tempestade” é Mercúrio retrógrado que vai reentrar em Caranguejo; estando a recuar, vai percorrer o último grau de Caranguejo, e como os últimos graus de cada signo são zonas de crise… pode ser precisamente daqui que surge a “perturbação atmosférica”. Mercúrio retrógrado sabe como trazer para o presente memórias antigas, com temas que podem não ter sido devidamente resolvidos emocionalmente. Com alguma probabilidade é chegada a hora de resolver! E não esquecer… depois da tempestade vem a bonança!

Bom… podia parar por aqui, mas lembrei-me do “alive and kicking”, fui matar saudades, procurar no youtube, e a letra fala de…. tempestades! Impossível não incluir os Simple Mind neste céu!

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 18 de Julho

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.31): Contentamento e felicidade no luxo, pessoas lendo em escrivaninhas    

Cada um de nós tem uma visão do que é luxo, contentamento e felicidade. Já temos de certeza muitos elementos “luxuosos” na nossa vida, embora com demasiada frequência insistimos em dar atenção apenas ao que não está bem. Logicamente que os sentimentos e emoções diferem bastante quando reconhecemos o “bom” que temos do “mau” que também temos. Se nos lembrarmos que interagimos com a Vida a partir do que sentimos, é fácil entender que de alguma forma temos que melhorar a qualidade desse sentir. Recebemos o que damos, isto é, irradio uma determinada qualidade emocional, recebo circunstâncias equivalentes! A Lua em Aquário faz sextil a Júpiter retrógrado em Sagitário. Para que os nossos horizontes se rasguem tanto que caiba aquilo que o símbolo representa, temos que, por agora, apenas nos tornarmos tão distantes, frios e desapegados de tudo o que nos incomoda quanto possível, enquanto pensamos e agimos em direcções que contém elementos que nos trazem o quê? Contentamento e felicidade! Pode ser um bom livro, podem ser actividades criativas (Mercúrio e Marte estão em Leão), pode ser o que nos devolver emoções de boa qualidade. É que enquanto não temos tudo o que gostamos, se gostarmos do que temos estamos a caminho.

Entretanto Vénus em Caranguejo faz trígono a Neptuno em Peixes. A mensagem é redundante, mas eu limito-me a traduzir a “conversa dos deuses”. Se queremos uma vida de paz, tranquila, relaxada e fluída, a vida que sonhamos, só temos que valorizar a energia de Caranguejo, que representa o cuidado que devemos dedicar à nossa vida privada e às nossas emoções.

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 17 de Julho

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.30):  Uma sombra escura, ou um manto, atirado subitamente sobre o ombro direito

10.30, a Lua acaba de entrar em Aquário. Faz oposição a Marte e a Mercúrio retrógrado em Leão, quadratura a Urano em Touro. Há uma revolução em curso, está a cargo de Urano em Touro. Qualidade de vida material, auto estima, gestão dos recursos disponíveis, incluindo os nossos talentos e saberes, nada pode ficar como antes! Para isto poder acontecer, precisamos deixar cair o que sentimos em relação a estes temas, mas também o que pensamos. Tudo naturalmente relacionado com as nossas circunstâncias particulares. A mente recorda e revê tudo o que se relaciona com Leão, filhos, crianças, relações amorosas, criatividade, o grau de confiança que temos em nós mesmos, o que dita o coração e se o ouvimos ou se fazemos orelhas moucas. Auto estima e autoconfiança, dois ingredientes mágicos com o poder de nos ajudarem a agir de acordo com quem somos realmente. Só desta forma se consegue construir o futuro com a qualidade que tanto precisamos. Até o planeta agradece! Pessoas felizes, cuidam melhor de si, da sua vida, da própria Terra e da Vida que nela habita!

 O símbolo do dia apareceu na Lua cheia. O lado direito, solar, yang, masculino continua na sombra. Porque as grandes realizações às vezes precisam de menos acção, atributo masculino, e muito mais qualidade emocional. Quando deixamos cair, quando nos desapegamos, de padrões comportamentais/emocionais fora de prazo, a qualidade emocional sobe. Por hoje a Lua em Aquário e a sua capacidade de distanciamento face ao que não interessa ajuda-nos nesta tarefa. Cá está, não é preciso acção nenhuma, apenas nos tornarmos mais indiferentes ao que não nos acrescenta. 

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Lua cheia em Capricórnio, Julho 2019

Lua cheia em Capricórnio, Sol em Caranguejo, graus 24º04´, 22.38 h

A Lua nova de Caranguejo iniciou um ciclo dedicado à vida privada, familiar, à casa física e à “casa emocional”, o nosso interior, o nosso lado lunar como canta o Rui Veloso (quer relembrar? oiça aqui). Como aconteceu também um eclipse solar, ou já expressamos facilmente esta energia e ultrapassamos os obstáculos com relativa facilidade, ou houveram dificuldades que não conseguimos anular. A supremacia do nosso inconsciente faz-se sempre sentir, mas acentua-se em tempos de eclipses. Ou situações concretas, e/ou memórias que surgem facilitadas pela retrogradação de Mercúrio em Leão podem ter estado na origem de abanões emocionais. As horas anteriores à Lua cheia têm também este potencial de mexer forte com as emoções. Logo de manhã a Lua faz sextil a Neptuno em Peixes e durante o dia aproxima-se de uma conjunção a Plutão. Nada do que sentirmos será ligeiro e superficial. Tudo vai revelar até onde conseguimos viver tranquilamente a energia de Caranguejo… ou não! Tudo vai revelar se sonhos e paz estão distantes, ou se já adquirimos o poder de transformar a nossa realidade, enfrentando-a serenamente. Esta serenidade perante as condições mais difíceis de suportar, é a “magia” que precisamos treinar.

Desta vez temos um eclipse lunar, ou seja, o Sol “eclipsa” o lado lunar, a vontade consciente ganha força. Agora querer é poder. Com o Sol em Caranguejo deveremos querer cuidar o melhor que soubermos da nossa casa, família e plano emocional, sem descurar o que faz a Lua sentir-se emocionalmente segura neste momento, e é a sensação de que temos um papel importante a desempenhar “no mundo lá fora” seja através de uma profissão, de actividades voluntárias, ou de quaisquer outros elementos que façam parte da nossa imagem pública. Porém, porque a Lua faz conjunção ao nodo sul em Capricórnio, há a necessidade evolutiva de assumirmos imagens públicas descondicionadas de normas e regras que definiram o passado. O que mais ressalta da simples observação da maneira como toda a sociedade está organizada, é o desequilíbrio que existe entre a nossa vida pública e privada, sendo esta última a que tem sido fortemente penalizada. O resultado é uma sociedade mortalmente doente, que desvaloriza tudo o que Caranguejo simboliza. Se queremos sobreviver com qualidade temos que adoptar outras posturas radicalmente diferentes.

Símbolos Sabianos:

Lua – Um negociante de tapetes orientais

Sol – Uma sombra escura ou um manto atirado subitamente sobre o ombro direito

Para “alimentar” a Lua em Capricórnio precisamos de nos dedicar aos “negócios”, é certo, é a tal necessidade de representarmos um papel publicamente e até pode ser esse papel a via para adquirirmos os recursos necessários ao normal decorrer da nossa vida. No entanto o símbolo do Sol refere a “perda de luminosidade” do lado direito, o lado solar, o lado masculino/yang. Ou seja, o próprio Sol, associado ao masculino, estando em Caranguejo está com o “ombro yang/masculino” escurecido, como se fosse o momento de realçarmos o “ombro yin/feminino” até nos “negócios”!

Saturno retrógrado em Capricórnio é o dispositor de todos os planetas excepto Júpiter e Neptuno. Isto quer dizer que ele é o grande chefe para o qual prestam serviços todos os outros planetas. O facto de estar retrógrado significa que temos muitas regras e normas para deixar cair, muito descondicionamento para deixar acontecer! Todos estamos a permitir ou a materialização do novo paradigma na nossa própria vida, ou estamos a resistir. Num caso sentimos a fluidez da Vida a conduzir-nos para onde Ela sabe ser o melhor caminho, no outro estamos estoirados de nos sentir na mesma “mesmice” habitual. Ainda não sabemos fazer “magia”! Mas no pós Lua cheia teremos mais outra oportunidade de por cobro à situação.

Caranguejo e a sua relação com emoções, fazem-me lembrar Aleister Crowley , um mago inglês que manteve contacto com Fernando Pessoa… que era bastante mais que poeta! É dele a seguinte citação:

A magia é a arte e a ciência de causar mudanças de acordo com a vontade… claro que para isso as reacções emocionais têm que estar “disciplinadas”.

Disciplinar as emoções é saber como criar estabilidade/segurança emocional perante todas as circunstâncias. É isso que faz a “magia” acontecer, é isso que parece atrair novas circunstâncias. Dá muito trabalho, é preciso muita disciplina mas para isso é que existe Capricórnio! Não é para mirrarmos enquanto trabalhamos para quem se serve do nosso esforço para crescer! Isso é o que tem sido a tradição! Mas todos podemos usar de “magia” para transformarmos a forma como temos vivido. Esconderam-nos algumas verdades, mas elas vão sendo trazidas à luz do dia. Até porque Júpiter está em Sagitário, a Verdade tem que prevalecer!

Faz todo o sentido relembrar as palavras da indiana Vandana Shiva

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

 

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 15 de Julho

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.28):  Reunião de uma sociedade literária

Numa sociedade literária reúnem-se pessoas interessadas em literatura, ou num género específico de escrita ou em algum autor em particular. Com Mercúrio retrógrado em Leão, um tema interessante seria, que revisões precisamos efectuar na narrativa que descreve a nossa vida até agora. O que se segue pode dar uma achega.

Antes de tudo uma referência para uma oposição do Sol em Caranguejo a Plutão em Capricórnio que aconteceu hoje (Domingo). A nossa realidade individual e global tem vindo a sofrer grandes e profundas transformações, que são absolutamente indispensáveis para que a evolução aconteça. Nem tudo nos agrada, nem tudo nos faz sentir confortáveis mas a tudo temos que aprender a responder o mais serenamente possível. Por agora, o simples facto de querermos cuidar da nossa vida privada e familiar, de querermos manter o máximo de estabilidade emocional já nos sintoniza com as forças da evolução. Estamos sob o efeito dum eclipse solar, a vontade de cuidarmos desta área da nossa vida está enfraquecida e o que prevalece mais do que nunca são as forças inconscientes que nos habitam. Observarmos as nossas reacções, se elas permitem ou não o que está em causa é o bastante. Depois da Lua cheia, na Terça-feira, inverte-se a situação, a vontade consciente tem mais força para colocar o inconsciente “na ordem”. 

Segunda-feira a Lua entra em Capricórnio, faz trígono a Urano em Touro, oposição a Vénus em Caranguejo e conjunção a Saturno em Capricórnio. A necessidade emocional de segurança e estabilidade encontra no trabalho, na profissão, na imagem que projectamos para a esfera pública a via mais propícia a conseguir esse intento. Mas se isto é feito de costas voltadas a Vénus em Caranguejo, ou seja, ao reconhecimento da importância da vida privada e estabilidade emocional, não resulta de forma satisfatória. Alguma coisa tem que mudar radicalmente na abordagem a estes temas, e passa por o que consideramos brio pessoal, amor próprio, como estamos a gerir todos os nossos recursos. Se ainda tivermos uma postura muito tradicional e conservadora, ela vai sobressair e com muita probabilidade não vai permitir sentirmos o doce sabor do bem estar emocional. Faz parte do jogo, temos que observar tudo com os olhos da alma bem abertos para posteriormente encontrarmos formas actualizadas de criarmos uma realidade pessoal estável, segura mas gratificante também.

Serviços prestados ver aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Sábado 13 de Julho

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.27):  Uma Prima Donna a cantar

A Lua em Sagitário vai fazer conjunção a Júpiter e quadratura a Neptuno em Peixes. Este posicionamento da Lua em paralelo com Marte e Mercúrio em Leão, revela que estamos num período com elementos muito acentuados da nossa verdadeira natureza, da verdade que nos caracteriza neste momento. Essa verdade vai dar o tom daquilo que estamos a “cantar” ou daquilo que estamos a “ouvir”, uma melodia mais alegre e optimista ou mais melancólica e trágica! Podemos nos manter no mesmo registo, se gostarmos, ou podemos ir à procura de como nos sintonizar com outra partitura mais do nosso agrado. Se for o caso nem precisamos ir muito longe! Estamos num ciclo que começou em Caranguejo, algures na nossa família, na nossa casa ou no espaço mais privado de todos, dentro de nós mesmos, na nossa casa interna, há outras escolhas. 

Por aqui ouve-se Prima Donna de “O Fantasma da ópera”

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 9 de Julho

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.24): O gérmen cresce em conhecimento e vida

A Lua em Balança faz sextil a Júpiter em Sagitário, quadratura ao Sol em Caranguejo, a Saturno e Plutão em Capricórnio. Sol faz oposição a Saturno. 

Qualquer semente (gérmen) precisa de um terreno saudável e bem alimentado para crescer, e para manter as raízes num meio propício à vida. Astrologicamente, para nós, a quem calhou a condição de humanos, é em Caranguejo que simbolicamente está este meio de onde extraímos os “nutrientes” necessários. Dito de outra forma, é na privacidade da nossa vida familiar e emocional que nos alimentamos e fortalecemos, ganhamos robustez emocional … ou segurança/estabilidade emocional… para enfrentar o “mundo lá fora” pleno de desafios, exigências, responsabilidades e até obstáculos a que não podemos simplesmente dizer “não quero, não gosto”. Podemos não querer nem gostar, mas vamos precisar de ter a endurance necessária para enfrentar o que queremos erradicar da nossa vida, enquanto trabalhamos para construir uma nova realidade. Quanto mais imperturbáveis, mais aceleramos o processo de transformarmos a nossa vida positivamente… convenhamos, pode não ser nada fácil, mas os resultados irão aparecer! Pois esta Terça-feira é dia de “teste”! Com o Sol oposto a Saturno, temos a oportunidade de verificar como estamos a lidar com a nossa realidade concreta. As condições mais desfavoráveis que possam existir já estão em dissipação se não nos conseguirem chatear, é mesmo a palavrinha acertada! Importante registar: sabemos sempre que estamos a mudar de paradigma, quando as emoções e sentimentos mudaram, mesmo que o visível se apresente como sempre. A Lua em Balança tem que se aguentar com três quadraturas, uma vinda da própria casa onde é suposto ganharmos robustez emocional, duas mais associadas ao espaço público, pode ser profissional ou similar. Tanto necessitamos de harmonia e equilíbrio… e vamos conseguir sim, mas só se dentro de nós o conseguirmos estabelecer. Pelo sim pelo não apertem os cintos que vem aí mais uma voltinha de montanha russa… emocional!

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 8 de Julho

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.23): Um homem perante um quadrado com um pergaminho manuscrito

A semana começa com a Lua em Balança, que faz sextil a Mercúrio e a Marte em Leão, quadratura a Vénus em Caranguejo. Mercúrio ficou retrógrado em quadratura a Urano. Vénus sextil a Urano. Mercúrio e Marte fazem conjunção em Leão.

É muito provável que sob os “efeitos” de Mercúrio retrógrado, possamos olhar algum “pergaminho” pessoal com inscrições acerca de eventos passados que regressam pelas memórias, ou pelas circunstâncias, e permitem revermos e actualizarmos a maneira como interpretamos todas as nossas experiências. As informações que nos chegam desta forma serão importantes para revolucionarmos a forma como valorizamos tudo que nos diz respeito, para ajustarmos atitudes associadas a auto estima, ao que consideramos qualidade de vida, ao aproveitamentos dos nossos recursos. O impacto na maneira de agir é imediato e estende-se aos outros. Uma vez que Mercúrio está em Leão, os temas que surgem podem estar relacionados com crianças, relações amorosas, auto confiança, criatividade. A forma como a mente está a operar e as acções em concordância, ligam-se directamente às emoções e ao grau de equilíbrio interno, que se propaga ao equilíbrio entre nós e os “não nós”. A importância deste equilíbrio, e de como ele pode ser também uma componente na revolução de valores que precisamos deixar acontecer, está indicada no aspecto de Vénus a Urano. 

Agora vou acrescentar o seguinte ao texto que originalmente tinha escrito para hoje: habitualmente não alimento stresses por causa de Mercúrio retrógrado e de toda a parafernália de contratempos com comunicação e circulação. Para dizer a verdade nem me lembro de tais eventualidades, e se calhar por isso não sou habitualmente vítima das partidas de Mercúrio. Mas desta vez a quadratura quase exacta que faz com Urano creio que potencia os incidentes referidos, nomeadamente porque Urano se relaciona com tecnologia, electricidade. Um aspecto tenso entre os dois gera faísca e se calhar só não é “pior” porque a quadratura não chegou a ser exacta! No meu caso em particular a Lua nova de Caranguejo… com eclipse e tudo… aterrou bem em cima do meu Mercúrio natal! Portanto não é grande surpresa a dificuldade que estou a ter para publicar o céu astrológico! Mas também não estou nem um pouco “irritada”! Se isto é para testar o meu grau de capacidade para me manter emocionalmente estável, está-se bem! Ah … mas sim, dá para perceber o que está escrito no manuscrito! É sempre bom saber! 🙂

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

 

Share Button