Céu astrológico para Sexta-feira 24 de Maio

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.23): O Jardim das Tulherias

Desta vez tenho trabalho adiantado. Vou ao dia 23 de Maio do ano passado buscar o seguinte: Em Paris, perto do rio Sena e do Louvre, existe o Jardim das Tulherias. Foi palco de violentos acontecimentos associados à Revolução Francesa, com cabeças a rolar em nome de um futuro com mais igualdade, liberdade e fraternidade. Eram “as acções com sentido de futuro” possíveis na época. Hoje felizmente, pelo menos no mundo “”civilizado”” já não se cortam cabeças, mas temos ainda bastantes “atitudes desactualizadas” que devem ser decapitadas sem dó nem piedade. 

Esta introdução continua válida no céu actual já que a Lua entrou em Aquário, signo regido por Urano que se associa a revoluções e foi descoberto precisamente no período da Revolução francesa. Entre a Lua e Urano em Touro está em aplicação agora Quinta-feira à noite, uma quadratura, e amanhã outra quadratura se irá aplicar durante o dia a  Vénus em Touro. O que se pode dizer destes dois aspectos é que estão em causa valores ultrapassados que devem ser eliminados desde já, em nome de mais liberdade, fraternidade, igualdade, dinheiro no bolso, auto estima, boa gestão de todos os nossos recursos e qualidade de vida! Não é pouco! Mentalmente podemos reconhecer a lógica de ajustarmos os nossos valores – Sol e Mercúrio em Gémeos relacionam-se com objectividade – e será apenas necessário desapegarmos emocionalmente do que temos considerado ser proporcionador de qualidade de vida e amor próprio. As próprias circunstâncias vão-nos mostrar a que estamos ainda presos, e do “céu desce uma força” para nos impulsionar no sentido do futuro. Mas cabe-nos a nós usar essa força para que os nossos valores nos permitam mais liberdade, nomeadamente para nos cumprirmos, para definitivamente começarmos a ser quem viemos ser! 

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 23 de Maio

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.23): O Pai Natal enchendo meias furtivamente

Os aspectos do dia são tão pouco expressivos que vou optar por chamar a atenção apenas para a Lua que vai estar em Capricórnio a pedir-nos trabalho, profissionalismo, assumir de responsabilidades, algum formalismo inclusive para conseguirmos segurança emocional, a sensação de que está tudo bem. É uma postura que faz algum atrito com o Sol e Mercúrio em Gémeos cuja tendência é precisamente caracterizada por atitudes informais, tu cá tu lá, interesses diversificados que podem colidir aqui e ali com o rigor de Capricórnio. Só com a noite é que vem um estado de espírito mais livre e descondicionado, quando se der a transição para Aquário. Entretanto parece que o pai Natal está com vontade de nos presentear, talvez para premiar os malabarismos entre a leveza dos propósitos geminianos e as necessidades emocionais capricornianas, mais adultas e rigorosas. Mas o que parece mesmo importante é nossa capacidade de observar o que corre bem e menos bem durante o dia, porque com a entrada da Lua em Aquário abre-se a época de finalizar tudo o que definitivamente não resulta!

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 22 de Maio

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.24): Um barco em águas calmas com o fundo de vidro

A Lua em Capricórnio faz sextil a Neptuno em Peixes, conjunção a Saturno e Plutão. Marte faz sextil a Urano. Sol e Mercúrio em Gémeos sem fazer aspecto a outros planetas…. ui que perigo! Calma, eu explico já porquê. As condições da Lua indicam que estamos num período de trabalho, de esforço para conseguirmos condições de estabilidade material e emocional, de assumir de responsabilidades, porque é isso que nos está a proporcionar a sensação de segurança e é isso que nos aproxima dos nossos sonhos materializados. Mas o Sol e Mercúrio à solta (sem aspectos a outros planetas) em Gémeos podem fazer-nos distrair constantemente porque há um admirável mundo cheios de interesses por todo a lado, há conversas apelativas em cada canto, novos livros, novas informações, há uma enorme tendência a nos dispersarmos. Imaginem-se com trabalhinho à espera num barco com o fundo de vidro… quem consegue resistir a admirar o que se passa em águas tão aprazíveis? É preso por ter cão e preso por não ter! Ficamos inquietos por deixar passar ao lado um espectáculo tão fantástico, inquietos ficamos se não cumprimos as nossas responsabilidades. E agora? Agora só mesmo a nossa capacidade de lidar com as emoções, não deixar que a instabilidade se instale porque com isso vai embora a objectividade, o pensamento claro que é necessário para tomarmos as decisões mais acertadas. Quanto mais bem sucedidos formos nesta matéria mais sai a ganhar o nosso amor próprio, e mais uma vitória de Urano em Touro. Sobretudo ao fim do dia, com as conjunções da Lua a Saturno e Plutão já muito próximas de acontecer vamos perceber que habilidade temos para criar segurança emocional, paz interior.  O dia será um barco com o fundo de vidro por onde podemos olhar se do fundo do nosso inconsciente já emerge a calma e a tranquilidade que fazem parte de uma vida com qualidade, uma das metas da lunação de Touro.

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 21 de Maio

Símbolo Sabiano do dia (nascer do Sol às 6.24): Um pavão desfilando num antigo relvado

O simbolismo do pavão está associado a beleza, prosperidade, amor, paz interior.

Pouco depois do alvorecer o Sol vai entrar em Gémeos, Mercúrio segue-lhe as pegadas e fazem conjunção. A Lua entra em Capricórnio faz trígono a Vénus e Urano em Touro, oposição a Marte em Caranguejo.

Com a Lua em Capricórnio a imagem e as responsabilidades públicas assumem uma importância fundamental. Adoptarmos uma imagem de pavão, com todo a sua aparência majestosa, poderá nos dar uma sensação agradável de que tudo está bem, de que a estabilidade e segurança que procuramos está a ser construída. O perigo é acreditarmos que basta um exterior que segue as normas consensuais para que o sucesso, o reconhecimento, a admiração pelos atributos que apresentamos estarem garantidos, e como consequência uma vida estável e próspera ser a consequência lógica. Aliás, esse é o nosso paradigma civilizacional e como se vê está a cair aos bocados. Somos seduzidos pelo amor, pela beleza, pela prosperidade, mas quem se lembrou de nos alertar que a paz interior é o alicerce que suporta tudo o resto? Se calhar foi de propósito mas isso agora não interessa! Interessa que Marte está em Caranguejo e que está na hora de colocar equilíbrio entre o que fazemos no “mundo lá fora” e no “mundo cá dentro”. Em nome do que “os outros podem pensar ou dizer de nós” descurámos a nossa vida particular, familiar, emocional, reduzimos o nosso amor próprio a zero, tornámo-nos escravos de um sistema que nos olha como peças reprodutivas e produtivas. Mas estamos sempre a tempo de curar a situação.

Com a entrada do Sol e de Mercúrio em Gémeos, a racionalidade, a objectividade ganham destaque, e perceber como viemos aqui parar é relativamente fácil. Podemos procurar informação, podemos raciocinar com mais clareza já que Mercúrio está a “jogar em casa”, é regente de Gémeos, podemos trocar impressões com os outros. Podemos começar a abrir os olhos e perceber que temos tudo o que é necessário para recuperarmos auto estima, ganharmos paz interior através do trabalho de estabilização emocional, e então sim nos tornarmos pavões.

Aqui podem ver mais sobre o simbolismo do pavão.

Serviços prestados ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button