Céu astrológico para Sexta-feira 14 de Setembro

O dia começa com a Lua em Escorpião a fazer sextil ao Sol, e depois a Marte ao final do dia; continuamos reservados, mergulhados num mundo que só a nós pertence, onde pode haver regeneração emocional se nos dispusermos a incinerar padrões emocionais negativos. A necessidade que pudemos sentir de agir deixando o passado para trás, precisa destes processos a operar continuamente.

Símbolo Sabiano do dia: Um brasão de armas

Mercúrio em Virgem faz oposição a Neptuno em Peixes; a mente está sintonizada com a vida comum do dia a dia, com o que podemos fazer para a melhorar. Mas esqueceu que isso é um meio para alcançarmos os nossos sonhos? E lembrou que os nossos sonhos precisam abarcar um Bem Maior? Quando tal acontece o Universo conspira a nosso favor, e ficamos com a tarefa simplificada. No passado os brasões eram a recompensa por serviços prestados ao reino. Similarmente os nossos serviços prestados ao reino Universal hoje podem ver os esforços reconhecidos; pode parecer que feitos grandiosos estão em causa, mas nada disso. Coisas simples, que fazemos genuinamente com o coração, colocam-nos num estado “emissor de boas energias”; este é o melhor serviço que podemos prestar!

Para aprendizagem e consultas ver aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 13 de Setembro

A Lua entrou em Escorpião faz trígono a Neptuno, sextil a Mercúrio, conjunção a Júpiter sextil a Plutão. Um estado de espírito mais reservado e introspectivo, ajuda-nos a concentrar a mente e a atenção no que tem a capacidade de melhorar a nossa vida, seja trabalho, seja cuidar do corpo e da saúde, organizarmos mais eficazmente o nosso dia a dia enquanto podemos até nos sentir em “estado de graça”. Claro que o “estado de graça” depende das arrumações e limpezas que foram feitas às dimensões inconscientes mais profundas do nosso Ser; porque se a bagunça emocional continua, mais depressa nos sentimos abatidos e vítimas dum universo pouco nosso amigo… ilusão de óptica, o que é preciso é colocar ordem e destralhar padrões emocionais/comportamentais. Vale a pena o esforço porque a ligação a Plutão indica que estamos a um passo de ver mais algumas transformações na nossa forma de reagir à vida, transformações positivas, se para isso nos temos treinado.

Símbolo Sabiano do dia: Uma equipa de basquetebol feminino

Na verdade todos pertencemos a uma grande equipa humana, e se queremos ser vencedores nesta partida de vermos um mundo melhor a tomar forma, temos que fazer a nossa parte. Uma equipa precisa de todos os seus membros a operar correctamente. Nem é uma questão apenas de sermos mais felizes individualmente, é uma tremenda responsabilidade que temos perante o futuro colectivo de todos nós! Por falar em futuro, e porque o símbolo trata de uma equipa feminina lembrei-me do mito de Lilith, que sinteticamente se relaciona com a tentativa de subalternizar, reprimir e subjugar os atributos femininos. Assim se tem desenvolvido a nossa civilização, e porque feminino e masculino, são constituintes de uma totalidade, quando um é banido o desequilibro reina. A Lilith astrológica está em Aquário; então, se o intuito é pertencermos a uma equipa com habilidade para encestar muitas vezes no futuro, temos que livremente expressar os atributos femininos tão naturalmente como os masculinos, desde já.

Imagem veio daqui

Para aprendizagem e consultas ver aqui

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 12 de Setembro

Com a Lua em Balança, a procura de bem estar emocional através dos outros tem que levar em consideração alguns parâmetros. A quadratura a Marte em Aquário e a oposição a Urano em Touro mostram como é necessário uma forma de agir e de nos afirmarmos absolutamente livre dos condicionalismos que até há pouco tempo nos caracterizaram; nem submissos, nem passivos, nem hesitantes, nem agressivos, nem dominadores, simplesmente assertivos, conscientes dos interesses próprios, com capacidade de negociar e compreender outros pontos de vista. Para conseguirmos tal postura, talvez tenha sido necessário derrubarmos algumas percepções pessoais que definiram a nossa realidade, até há alguns dias atrás, quando Saturno passou de retrógrado a directo. A importância que damos ao reconhecimento e aceitação do nosso lado mais reservado e profundo, eventualmente menos “politicamente correcto”, mas trabalhado e processado de forma a não causar danos, vai estar entrelaçado com a qualidade emocional deste dia (Lua em conjunção a Vénus em Escorpião).

Vénus em Escorpião faz oposição a Urano em Touro e sextil a Saturno em Capricórnio; é importante a forma como lidamos com os nossos padrões emocionais, pois saber identificar o que precisa ser descartado, e descartar de facto, tem impacto no nosso poder pessoal. Por arrasto, uma revolução de valores tem lugar, nomeadamente ao nível do quanto nos valorizamos a nós mesmos, aos nossos bens, recursos, talentos, mesmo aqueles que parecem pequenos e insignificantes podem ser preciosos. E como não podia deixar de ser, isto terá reflexos positivos na realidade que vamos concretizando minuto a minuto, passo a passo.

Símbolo Sabiano do dia: Uma caravana automóvel

Vamos a reboque dos outros, ou assumimos a nossa individualidade e o nosso próprio caminho? Que padrões precisamos descartar, para sermos quem somos efectivamente?

Para aprendizagem e consultas ver aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 11 de Setembro

Símbolo Sabiano do dia: Uma prova de natação

Não me lembro se já tinha referido uma semi quadratura de Marte a Neptuno, que está já em separação; podemos ter sentido dificuldade em agir segundo o que idealizamos, mas hoje com Marte já em Aquário e aquela ligação a dissolver-se, vamos conseguir mais fluidez nas acções que de alguma forma nos abrem as portas do futuro e dos projectos que temos. Se já somos bons “nadadores”, vamos cortar a água com braçadas fortes e assertivas, podemos ficar bem classificados!

O Sol em Virgem faz sextil a Júpiter em Escorpião e trígono a Plutão em Capricórnio; eficácia, capacidade de distinguir o inútil do inútil, é algo que hoje estará relacionado com crescimento pessoal, transformação positiva da nossa realidade, evolução… se a prova de natação correr bem talvez tenhamos lugar assegurado nas Olímpiadas.

Entretanto a Lua em Balança, sintoniza o bem estar emocional com a procura de equilíbrio nas relações com os outros, que são uma componente fundamental para o sucesso que queremos certamente concretizar em prol de melhorias reais na nossa vida; há uma quadratura a Plutão, e portanto, sentimos com intensidade a necessidade de saltar para a água, concentrarmo-nos na tarefa para sair a ganhar! Vamos embora!

Imagem veio daqui

Para aprendizagem e consultas ver aqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 10 de Setembro

Símbolo Sabiano do dia: Uma tábua ouija

O tema do dia é dado pelo mesmo símbolo da Lua nova; a ideia será estarmos atentos a “mensagens” subtis através de sensações, emoções ou pensamentos que  possam ocorrer. Vénus, que entretanto entrou em Escorpião, é a indicação em como todos estamos a valorizar mais, o mergulho no lado mais profundo, secreto e desconhecido de nós mesmos; pode ser daí, que alguma “mensagem” chegue à consciência.

A Lua vai estar em Virgem até meio da tarde, depois passa para Balança, faz trígono a Marte e quadratura a Saturno; algum elemento que constitui a nossa realidade pode ser fonte de insatisfação, é contrário à noção que temos de qualidade, e a solução é colocar mãos à obra, adoptarmos as acções necessárias para implementar algum tipo de melhoramento, de reestruturação; com grande probabilidade, o primeiro grande melhoramento é a nossa reacção emocional à origem da insatisfação. Marte está ainda em Capricórnio mas faz uma quadratura a Urano e não são as acções que nos caracterizaram até há pouco tempo, nem a postura que habitualmente adoptávamos que irão fazer correcções. É uma revolução na maneira como estamos na vida, nomeadamente face aos problemas, que tem a capacidade de os ultrapassar. O facto da Lua entrar em Balança, e só depois completar o aspecto a Saturno pode significar que a fonte de insatisfação pode estar relacionadas com os outros, ou alguém em particular.

Imagem veio daqui

Para aprendizagem e consultas ver aqui

 

Share Button

Lua nova de Virgem, Setembro de 2018

Lua nova no grau 17 º de Virgem, 9 de Setembro, 19.01h

Com a Lua nova a acontecer em Virgem, reservem-se intenções, dirija-se a vontade consciente para melhorarmos a nossa vida, através de métodos de trabalho e organização, implementação de hábitos mais saudáveis, atenção a detalhes importantes, treino da capacidade de distinguir o que é importante do que não é, disponibilidade para ajudar. Virgem é signo do elemento terra, e com Saturno em Capricórnio (também elemento terra) recentemente em movimento directo, certamente é mesmo na matéria que há muito para fazer. Urano em Touro é novamente uma chamada de atenção para a importância do plano físico, onde os aspectos básicos da existência passam por aproveitarmos todos os nossos recursos, gerindo-os o melhor que pudermos. Setembro é o tradicional “regresso às aulas”, onde sobretudo as famílias com crianças precisam refazer rotinas e horários, gerir o orçamento disponível de maneira a adquirir todo o material escolar… quem tem miudagem sabe bem, quem já passou por isso também! É uma época de reorganizar e fazer contas. O elemento terra predomina, ajuda-nos a manter os pés na terra, as mãos na massa e a cabeça em mil detalhes necessários… Mercúrio está também em Virgem. Este é um cenário que pode ser muito absorvente, com muitas obrigações e responsabilidades, assumidas com felicidade e sentido de realização pelos mais satisfeitos com a vida, ou como um peso pelos mais insatisfeitos. Talvez aqui esteja já implícito uma reflexão importante, que a oposição entre Mercúrio e Neptuno em Peixes sugere; quão longe ou quão perto estamos do que consideramos as condições de vida ideais? Se é certo que a mente e a comunicação estão neste momento ao serviço das rotinas, da produtividade, da eficiência, isso em si não tem que ser o fim a atingir, pelo contrário! De facto o que a oposição sugere é que isso pode ser o meio para atingirmos as condições de vida que idealizamos, sendo que naturalmente para isso precisamos primeiro determinar que condições de vida são essas, que sonhos alimentamos.

Todos temos uma realidade própria, circunstâncias de vida particulares, com aspectos que nos satisfazem, e com outros que já não cumprem nenhum papel gratificante. Saturno em Capricórnio simboliza essa realidade, que não é estática, nunca foi, mas desde finais de 2008 quando Plutão transitou para Capricórnio começou a transformar-se com uma profundidade inédita. Perante esta situação irreversível, a nós resta-nos transformarmo-nos da mesma forma, deixando ir velhas formas de olhar a vida e o mundo. Quando em 2011 Urano entra em Carneiro, uma revolução vai ter que ser feita na maneira como nos afirmamos. Puro bom senso em funcionamento, perante uma realidade/sociedade em transformação, novas formas de estamos na vida precisam acontecer. Agora com Urano em Touro vamos precisar deixar acontecer uma revolução de valores; o que um dia foi importante agora não será mais. O que um dia foi considerado insignificante, hoje talvez se tenha tornado um bem precioso. Esta flexibilidade, tem que ser accionada quando reflectimos naquilo que podemos hoje ambicionar, quando sonhamos com as próximas fronteiras que queremos ultrapassar. É para a superação da realidade actual, que faz todo o sentido sonharmos com a cabeça no céu e os pés na terra… as mãos também dá jeito… , fazermos planos, organizarmo-nos, trabalharmos, estudarmos, cuidar da saúde porque ninguém quer chegar aos sonhos doente! Uma coisa é certa, um quintil de Saturno a Neptuno simboliza um momento propício a que alguns obstáculos aos nossos sonhos desapareçam. Pode apenas ser um detalhe ínfimo, mas com poder suficiente para no tempo certo fazer mover montanhas. Pode por exemplo ser apenas uma de consciência de que não se está satisfeito com o rumo que a vida leva, e assumir que se quer mudar! E começar a agir, a ponderar escolhas, decisões, a procurar ideias, novas vias, novos rumos, e de momento, volto a frisar, usando de lógica e racionalidade q.b. Outra coisa a manter em mente é o seguinte: se o objectivo é mudar, então não faz sentido escolher as acções habituais e tradicionais. Marte vai entrar em Aquário já no dia 11, pede inovação nas acções e na maneira como nos afirmamos. Se a nossa tradição continuar como sempre foi, não resulta, como é natural!

A Lua nova faz sextil a Júpiter em Escorpião e trígono a Plutão em Capricórnio. Passar por cima de tradições que hoje são ultrapassadas e bloqueadoras da nossa evolução pessoal e colectiva, pode encontrar muitas resistências, nomeadamente porque as associamos a opções que nos garantem a sobrevivência. Escorpião está relacionado com padrões emocionais cuja origem está exactamente na procura de sobrevivência; a passagem de Júpiter neste signo tem sido uma oportunidade para usarmos sabedoria na maneira como transcendemos alguns destes padrões por um lado, e como actualizamos as nossas motivações instintivas já que elas continuam a desempenhar um papel preponderante na nossa existência. Somos animais, seres biológicos que se orientam pelos instintos e emoções; não podemos eliminar este aspecto da nossa natureza humana, mas a tal revolução a fazer nos valores, tem que abranger este sector. Há padrões emocionais que um dia garantiram a sobrevivência, mas hoje colocam-na em risco. O crescimento que possa ter existido naquilo que era o nosso padrão habitual de reacção às circunstâncias, vai estar alinhado com as escolhas do que podemos agora fazer para melhorar a vida diária, e qual pescadinha de rabo na boca, por sua vez sobreviveremos melhor, com mais qualidade, com mais poder pessoal. Como se fosse pouco, o trígono a Plutão em Capricórnio, é o símbolo de como deste forma transformamos toda a nossa realidade.

Símbolo Sabiano da Lua nova: Uma tábua ouija 

Desde sempre a humanidade, tal como todos os animais e plantas, lutou pela sobrevivência; e tal como todos os outros animais… as plantas não sei… usava aquilo que há alguns anos designávamos como sexto sentido, aquele que permitia nos orientarmos com confiança baseando-nos em sensações e impulsos dos quais desconhecíamos a origem. Sem a parafernália de tecnologia em que vivemos actualmente, a conecção à natureza era infinitamente maior, aventuramo-nos mar dentro e descobrimos outras paragens guiando-nos pelos sinais do céu, as horas eram determinadas pelo posicionamento do Sol e por aí fora; os “pressentimentos” cumpriam também o seu papel para quem tivesse uma intuição mais apurada, e se calhar todos tinham. Mas a vida seguiu um rumo tal, que nos fomos afastando cada vem mais desta ligação natural a tudo o que nos rodeia, e agora sim a sobrevivência parece estar em risco. E talvez esteja mesmo para quem se mantiver desconectado da natureza, que o mesmo é dizer da sua própria alma. A tábua ouija é uma ferramenta que permite “falarmos” com o “lado de lá”. Uns dizem que comunicamos com outras entidades, outros dizem que é o nosso inconsciente o responsável pelo funcionamento do dispositivo. O que me parece relevante é que como símbolo desta Lua nova, parece apontar um dedo para o desenvolvimento desta capacidade de ouvirmos o “lado de lá”, sobretudo aquilo que a nossa alma nos vai mostrando como sendo o próximo passo. É claro que para isto temos que aprender e treinar a intuição, a confiar nas sensações e impulsos que nos querem conduzir os passos. Como dizia lá para cima, numa Lua nova de Virgem, melhorar a nossa existência pode estar apenas num detalhe pequenino, pode estar nesta vontade de seguirmos com mais veemência as ideias que surgem sabe-se lá de onde, enquanto fazemos as nossas tarefas de sempre, enquanto caminhamos, enquanto nos dirigimos para o trabalho, enquanto engomamos a roupa… este foi o cenário dum desses momentos em que alguém conhecido subitamente se lembrou que definitivamente quer uma vida diferente! E está a mexer-se para isso! Digamos que leu a mensagem na tábua ouija! A oposição de Mercúrio a Neptuno pode ser uma abertura da mente as estes processos mais intuitivos, reforçada por uma ligação a Plutão que vai acontecer daqui por mais alguns dias, e vai incrementar a capacidade de percepção mental para lá do superficial e aparente. Então, nesta Lua nova de Virgem, abram-se às mensagens vindas das realidades invisíveis e deixem-se guiar por elas … imaginam o quanto a vida pode melhorar?

Imagem veio daqui

Para aprendizagem e consultas ver aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Sábado 8 de Setembro

A Lua vai continuar em Leão até meio da tarde, e faz sextil a Vénus; os outros podem colmatar a necessidade de atenção e reconhecimento, e em determinados casos isso será o bastante para cedermos em troca de aprovação. Vénus por sua vez faz uma quadratura a Marte; a importância da paz e da beleza, da simpatia e da harmonia têm que ser conjugados com capacidade de agirmos com independência e sem hesitações, colocando os interesses de todos em igualdade de circunstâncias, sem que uns sejam submissos aos desejos de outros, seja porque motivo for, muito menos para forçarmos a nossa visibilidade.

Quando a meio da tarde entrar em Virgem, faz conjunção a Mercúrio, trígono a Saturno e Urano. A mente está a operar em moldes muito práticos, muito racionais, com uma capacidade crítica apurada, e as emoções não se intrometem, pelo contrário, encontramos estabilidade emocional neste estado mental; um quintil a Marte mostra como isso nos ajuda a agir com sentido de responsabilidade e também sem desprezarmos os nossos desejos e ambições… o que vai causar impacto nos ajustes a fazer com Vénus. Sermos eficazes nestes processos e nas rotinas habituais, vai cimentar uma realidade com mais qualidade e onde uma inovação de valores vai tendo lugar… e porque Saturno ficou directo, o “cimento” será mesmo no exterior.

Símbolo Sabiano do dia: Um orangotango

Oxalá possamos durante o dia ser tão calmos, pacíficos, pacientes e inteligentes quanto um destes nossos parentes tão próximos, que partilham connosco cerca de 97% do ADN. Claramente enquanto espécie, falhamos redondamente na forma como vivemos o nosso Marte (pela dominação); se há algo que tem caracterizado a humanidade é a falta de consciência que permite reconhecer em cada outro ser humano, em cada outro animal, em cada planta, seres de pleno direito, de quem aliás necessitamos para que o equilíbrio do planeta seja uma realidade. A ganância, a ambição desmedidas, a ignorância e até a falta de inteligência, estão a devastar o habitat natural dos orangotangos, colocando-os como espécie criticamente em perigo! Precisamos de muitas quadraturas entre Vénus e Marte … e não só… para que o masculino e o feminino dentro de todos os seres humanos se complemente e se possa então expressar com harmonia na relação que temos com toda a criação. Entretanto já vai havendo quem esteja no terreno a fazer o que é possível; podem ver aqui o Orangutan Project.

Imagem veio daqui

Para aprendizagem e consultas ver aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 7 de Setembro

Mercúrio entrou em Virgem e faz trígono a Saturno e a Urano. Com Saturno directo a realidade redefinida internamente ao longo dos cerca de 4 meses de retrogradação,  irá gradualmente transparecendo no exterior; quanto mais tivermos sido capazes de identificar, e eliminar, o que nos pode causar problemas, dificuldades, bloqueios, tanto mais conseguiremos criar uma realidade mais livre, uma vida com mais qualidade e leveza. Mentalmente estamos agora focados no trabalho, em organizarmos os nossos dias de forma eficaz e produtiva, saudável também, como uma via de manifestação dessa nova realidade.

Também em Virgem está o Sol que faz oposição a Neptuno; por onde andam os nossos ideais, nestes dias exigentes? Vemos-lhes os contornos, sentimos o aroma ou continuamos sem os descortinar? Talvez eles necessitassem das redefinições de realidade a que Saturno se dedicou, talvez eles já existam mesmo que ainda invisíveis, talvez estejamos afincadamente a trabalhar para os trazer à luz do dia. E talvez a coisa pareça “embrulhada”! É verdade que materializarmos objectivos implica estratégias, planos, trabalho, métodos, etc. No entanto uma semiquadratura de Marte em Capricórnio a Neptuno, indica que as acções podem ser ineficazes, sobretudo aquele tipo de acções que seguem regras e padrões consensualmente aceites como correctos; agir de maneira pouco tradicional pode ser a saída, ou simplesmente esperar o momento mais oportuno para dar o próximo passo. Este aspecto termina no dia 11, com a entrada de Marte em Aquário; talvez tenhamos que aguardar até lá para conseguirmos fazer a inovação acontecer… entretanto treinamos a paciência!

Símbolo Sabiano do dia: Um lenço decorativo

A Lua agora segue em Leão e faz quadratura a Júpiter em Escorpião. Sermos o centro das atenções satisfaz uma parte das nossa necessidades emocionais, se bem que a quadratura a Júpiter pode indicar que o conseguimos mas não necessariamente pelas melhores razões; se exteriorizamos insatisfação, dos outros até podemos receber palmadinhas nas costas e algum conforto… mas a Vida tem as suas próprias Leis e retribuiu a qualidade do que genuinamente sai em cada batida do coração, independentemente de nos decorarmos cuidadosamente. Portanto, não vale a pena fazer batota, mas vale a pena usarmos de criatividade para melhorarmos a qualidade das batidas.

Imagem veio daqui

Para aprendizagem e consultas ver aqui

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 6 de Setembro

Símbolo Sabiano do dia: Uma árvore genealógica

No dia em que Saturno vai ficar directo fui repescar o que diz Geffrey W. Green de Saturno: Saturno correlaciona-se com todos os padrões de condicionamento da nossa vida: os padrões de condicionamento da sociedade, da família, as expectativas das pessoas nas nossas vidas e os padrões de condicionamento relativos a todas as vidas anteriores que você traz para esta vida. Tudo isso condiciona o seu senso de identidade a qualquer momento. Nesta passagem de retrógrado a directo o melhor que há para fazer é identificarmos que condicionamentos não podemos, nem devemos suportar mais. Sempre que nos descondicionamos há algum traço que definiu os nossos antepassados e que ficará enterrado no passado; alguns dizem, que quando nos curamos de algum mal, os nossos ancestrais curam-se também. Talvez então seja um dia que encerra a oportunidade para limparmos a nossa árvore genealógica!

Ao trio Marte em Capricórnio, Vénus em Balança, Urano em Touro junta-se a Lua em Caranguejo; temos quatro quadraturas e duas oposições, o que significa literalmente alta tensão! Na melhor das hipóteses, estamos a expressar Marte, Vénus e Lua pela positiva, isto é, sabemos ser assertivos e defender os nossos interesses sem agressividade, sabemos o valor do equilíbrio, da diplomacia, temos capacidade de avaliar a posição dos outros, não pretendemos dominar nem somos submissos; se as circunstâncias implicarem agitação emocional, sabemos repor a devida estabilidade. Neste cenário, o papel de Urano é o de facilitador dos descondicionamentos do passado acima referidos… não é à toa que ele é designado como o Libertador. Porém, se não sabemos ainda o que fazer de Marte, nem de Vénus nem sabemos como manter o sangue frio quando nos pisam os calos (Lua), Urano vira uma trovoada com relâmpagos de fugir! Já que neste contexto só é possível generalizar, diria que o tipo de emoções que não conseguirem dominar, é exactamente aquilo que não vos dá a liberdade de se descondicionarem. E depois mantenham em mente, que a nossa evolução enquanto humanidade está ligada à sabedoria em como alcançar estabilidade/bem estar emocional sejam quais forem as condições no exterior… o tal nodo norte de Plutão em Caranguejo!

Imagem veio daqui

Para aprendizagem e consultas ver aqui

 

Share Button

Música para tempos exigentes

Uma forma eficaz de acalmar emoções perturbadas pode ser a música. Fica uma amostra das minhas preferidas… que possam contribuir para restaurar a paz interior!

A próxima, como já conheço há muito tempo, tem um efeito tipo reflexo condicionado. Assim que começo a ouvir sinto-me logo “cheia de boas vibrações”

 

Share Button