Céu astrológico para Segunda-feira 19 de Fevereiro

Símbolo Sabiano do dia: Um mercado público

Um mercado público é uma mescla de gente, uns vendem, outros compram e especialmente estes últimos não obedecem a sectores particulares da sociedade; todos nós mais endinheirados ou menos, mais novos ou mais velhos, mais feios e mais bonitos, mais simpáticos e mais carrancudos precisamos adquiri bens alimentares, e outros que permitam subsistir e ter qualidade de vida. Fazemos parte de um grande sistema e também de um “Sistema” ainda maior; fazemos parte de uma família, de um grupo social, de um país, de uma humanidade, de um Universo. E todos temos o nosso lugar e o nosso papel!

A Lua está em Carneiro, dá-nos energia e impulso para a acção, e agir acaba por ser uma boa forma de confiarmos em nós e nas nossas capacidades, sobretudo agir nas direcções com a capacidade de nos dar confiança (Marte está a fazer trígono ao nodo norte em Leão). Há uma quadratura a Plutão em Capricórnio, e de facto há acções urgentes e obrigatórias se queremos ver transformações positivas na nossa vida; talvez sejam insatisfações e contrariedades a servirem de impulso para agir, mas isso não importa, importa é não ficar de braços cruzados!

Vénus em Peixes fala do quanto gostaríamos de ficar a ondular docemente num universo tranquilo de paz e harmonia, de ideais elevados, de sonhos ainda em gestação, mas… há uma semiquadratura a Urano em Carneiro, não é dia de passividade, é dia de coisas novas, é dia de ir ao “mercado”.

 

Junte-se ao grupo de aprendizagem online e aprenda a entender o que a Vida nos pede a cada instante; para além disso, o acompanhamento ao seu desenvolvimento é permanente, enquanto fizer parte do grupo. Informações pelo mail: acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Outros serviços disponíveis online: aulas/explicações individuais, consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária.

Promoção válida até 20 de Março para tod@s os piscinian@s: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma Revolução Solar de oferta!

A Astrologia é uma linguagem. Se a entendermos o céu fala connosco ~Dane Rudhyar … e podemos salvar a nossa qualidade de vida, acrescento eu

Share Button

Céu astrológico para Domingo 18 de Fevereiro

Símbolo Sabiano do dia: Os campos floridos de Ardath

Ardath é um romance de uma escritora inglesa, Marie Corelli, cujo personagem principal é um jovem poeta que perdeu a inspiração e também a alegria de viver, zangado com a vida, em parte pela destruição dos ideais que tinha sobre a vida e o amor, fruto de uma visão excessivamente racional e científica da sociedade na altura, também porque não encontrava na religião o conforto que sentia necessidade. Mas um estado alterado de consciência permite-lhe viver uma experiência tal, que regressa “curado” e conciliado com uma espiritualidade vivida à sua própria maneira. Estamos no último grau de Aquário, signo de ar, racional e bem “tecnológico” onde visões românticas e místicas dificilmente encontram espaço. Mas porque tudo faz parte da Vida, é preciso nos reconciliarmos com dimensões que não são nem materiais nem racionais; é que já a seguir, hoje ainda, o Sol vai entrar em Peixes, onde tudo o que existe é do reino do espírito!

Entra então o Sol em Peixes, e ficam sublinhados os fins de ciclo que encaixam perfeitamente no desapego de uma lunação em Aquário, e a confiança que devemos depositar nos processos; fica sublinhada a vontade de construirmos os nossos sonhos, é boa ideia não nos deixarmos apanhar por crenças e ideias de que somos vítimas sem possibilidade de escapar das dificuldades… é que Mercúrio entrou já em Peixes e isso é uma possibilidade, não a possibilidade mais brilhante, naturalmente! A possibilidade mais brilhante é a de reconciliarmos com a Vida tal como ela se apresenta, e nos deixarmos inspirar em relação aos passos a dar.

Passos a dar soa a acção, e a Lua, que vai passar de Peixes para Carneiro antes do meio dia, entra em cena, vamos sentir a necessidade de nos mexermos; faz uma quadratura a Saturno, logo, a realidade tal como se apresenta não é inteiramente satisfatória. Mas se então estamos numa de términos, o melhor a fazer é colocar os pontos finais que forem precisos, criar espaço para o que vem a seguir. E confiar! Confiar na Vida, deixar ir tão tranquilamente quanto possível o que morreu – os desapegos da Lua nova de Aquário com eclipse a intensificar – e trabalhar a confiança própria – nodo norte em Leão, último eclipse lunar em Leão a pedir para aprendermos a ter confiança nas nossas capacidade de criarmos a Vida à nossa medida, com aquilo que somos e temos por dentro!

Imagem veio daqui

Junte-se ao grupo de aprendizagem online e aprenda a entender o que a Vida nos pede a cada instante. Informações pelo mail: acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Outros serviços disponíveis online: aulas/explicações individuais, consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária.

Promoção válida até 19 de Fevereiro para todos os Aquarian@s: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma oferta!

A Astrologia é uma linguagem. Se a entendermos o céu fala connosco ~Dane Rudhyar … e podemos salvar a nossa qualidade de vida, acrescento eu

 

Share Button

O ciclo Saros do eclipse de 15 de Fevereiro

A 21 de Agosto tivemos uma Lua nova a 28°52´ de Leão, com eclipse solar, em oposição à recente Lua nova de Aquário, novamente com eclipse solar. Na altura, por “acaso” acabei por me interessar sobre os ciclos a que pertencem cada um dos eclipses, os chamados ciclos Saros. Em Agosto o eclipse que aconteceu pertence ao Ciclo Saros 145, e escrevi a propósito:

Esta Série de Eclipses, a 145, começou em 4 de Janeiro de 1639 às 4.56. Foi uma Lua nova de Capricórnio e salienta-se uma conjunção entre Júpiter e Neptuno em Escorpião fazendo oposição a Plutão retrógrado em Touro. Está portanto presente uma proposta energética genérica de materializar objectivos na realidade concreta relacionados com autoridade/assumir de responsabilidades perante a sociedade, e faz parte do “pacote”, a expansão de ideais de poder (Júpiter/Neptuno em Escorpião) que permitam uma profunda transformação de valores (Plutão em Touro); se a expressão de Júpiter/Neptuno for ética e de acordo com valores universais, valores de inclusão, pode esperar-se de Plutão transformações positivas.

Claro que os acontecimentos astrológicos podem ter mais ou menos impacto na vida pessoal de cada um de nós, dependendo do sítio exacto onde acontecem no nosso mapa. Verifiquem, sobretudo, quem viu transformações mais acentuadas desde Agosto, se estiveram ou não em causa temas de responsabilidades perante a sociedade,  assuntos profissionais, alterações de estado civil, a imagem pública de forma geral. Dou como exemplo o meu caso; aquele eclipse foi conjunto ao meu nodo norte, na altura eu já tinha decidido fazer o grupo de aprendizagem, andei a arrastar os pés este tempo todo, mas agora, durante a Lua nova de Capricórnio finalmente decidi arrancar, fiquei só à espera da Lua nova de Aquário. Se me perguntarem o que sinto em relação ao grupo recém formado, sinto de facto que tenho uma responsabilidade em partilhar o que aprendi. Assumi a “coisa” mesmo à última, lá isso é verdade, mas pronto, foi o que se pôde fazer de melhor!

Não me lembrava das propostas deste ciclo Saros, mas hoje que fui pegar no assunto não pude deixar de sorrir… Mas voltando ao eclipse de dia 15, pertence então ao ciclo Saros 150, que começou a 24 de Agosto de 1729; foi uma Lua nova de Virgem, oposta a Saturno em Peixes, e em quadratura a Urano em Escorpião. Esta é uma proposta nos bastidores do recente eclipse solar e podemos traduzir assim: estão em causa temas de melhoramento da vida no dia a dia, através das rotinas de organização, de trabalho, de serviço prestados aos outros (Lua nova em Virgem). Não nos podemos furtar contudo, à responsabilidade de tomarmos consciência de que existem dimensões puramente espirituais, que devem ser integradas mesmo nas rotinas diárias mais banais, isto é, precisamos aprender a não separar rigidamente o material do imaterial porque tudo é uma expressão da unidade que é a Vida (Saturno em Peixes). Por outro lado existe o desafio de usarmos os nossos instintos de preservação (Escorpião) de forma completamente inovadora e revolucionária, e/ou precisamos ultrapassar os medos, a “sombra” de formas inovadoras e revolucionárias.

Ou seja, especialmente quem for sentir mais transformações nos próximos tempos, estes são detalhes do processo. Obviamente que abordar isto em termos gerais não permite pormenorizar como quando se aplica a casos particulares, mas façam o esforço de personalizar, especialmente com o ciclo anterior relacionado com a Lua nova de Agosto. Depois preparem-se para o que aí vem na sequência do ciclo a que pertence o eclipse de dia 15 de Fevereiro, observem e optem de acordo com as propostas.

Estou rendida aos ciclos Saros! 🙂 Podem ver aqui como começou

Junte-se ao grupo de aprendizagem online e aprenda a entender o que a Vida nos pede a cada instante. Informações pelo mail: acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Outros serviços disponíveis online: aulas/explicações individuais, consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária.

Promoção válida até 19 de Fevereiro para todos os Aquarian@s: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma oferta!

A Astrologia é uma linguagem. Se a entendermos o céu fala connosco ~Dane Rudhyar … e podemos salvar a nossa qualidade de vida, acrescento eu

Share Button

Share Button

Céu astrológico para Sábado 17 de Fevereiro

Símbolo Sabiano do dia: Uma borboleta emerge de uma crisálida

A Lua em Peixes faz trígono a Júpiter em Escorpião e sextil a Plutão em Capricórnio; intuição e sensibilidade podem nos conduzir por escolhas que permitem a dissolução de obstáculos ao poder de fazermos frente à vida e às circunstâncias, essencialmente a dissolução de medos e seus derivados, autênticos sugadores de energia e poder pessoal. Com isto, não só acontece uma regeneração emocional, como crescemos em capacidade de aceitar as transformações a que a nossa realidade está sujeita, e participar até dessas transformações, derrubando o que está a cair, construindo de novo o que fizer sentido.

Sol faz conjunção a Mercúrio, a mente é iluminada pela vitalidade e criatividade do Sol; somos borboletas a sair do confinamento de uma crisálida, cheira a ar fresco e a liberdade. Que iremos nós fazer, para onde iremos voar?

Imagem veio daqui

Junte-se ao grupo de aprendizagem online e aprenda a entender o que a Vida nos pede a cada instante. Informações pelo mail: acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Outros serviços disponíveis online: aulas/explicações individuais, consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária.

Promoção válida até 19 de Fevereiro para todos os Aquarian@s: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma oferta!

A Astrologia é uma linguagem. Se a entendermos o céu fala connosco ~Dane Rudhyar … e podemos salvar a nossa qualidade de vida, acrescento eu

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 16 de Fevereiro

Símbolo Sabiano do dia: Uma árvore derrubada e serrada

Mantém-se o símbolo da Lua nova, e por isso hoje é dia de derrubar e cortar seja o que for que esteja “morto”, ultrapassado; como sempre fala-se aqui de atitudes, crenças, reacções emocionais que nos estão a prejudicar, não deixam evoluir saudavelmente.

A Lua já segue por Peixes, estamos mais sensíveis, passivos, imaginativos, mas também podemos nos sentir mais frágeis e melancólicos, sem energia para fazer face a dificuldades. Há uma conjunção a Vénus em Peixes, uma quadratura a Marte em Sagitário, um sextil a Saturno e uma conjunção a Neptuno; o que sentimos é sempre indicativo do estado interno, naturalmente, e o que fazemos para contrariar estados de espírito mais ensombrados também… às vezes até o que fazemos vai apenas acentuar “as sombras”. A ligação a Marte introduz um impulso para a acção, e o que escolhemos fazer está de acordo com aquilo que podemos designar como a nossa verdade pessoal actual; portanto tomar consciência de como estamos a agir ou a reagir, dá sinais inequívocos do que eventualmente precisamos “cortar”. Claro que é da nossa realidade que podem surgir os obstáculos ao nosso bem estar, mas essa é a mesma realidade que vai melhorar com os cortes necessários. Nem sempre é fácil, nem sempre conseguimos eliminar as fontes de problemas no momento em que as detectamos, mas enfrentar as circunstâncias, assumi-las já é meio caminho para as começarmos a dissolver. Não podemos é ceder à possível sensação de que somos vítimas sem possibilidade de libertação, presos num labirinto sem saída! Há sempre uma porta, uma janela que espera pelo nosso olhar!

Marte faz quadratura a Neptuno; o que fazer para que os sonhos se tornem realidade? O que fazer para terminar com os pesadelos? Podemos estar a agir confusos e baralhados, sem saber bem o que fazer. Ontem no artigo da Lua nova, referi uma semiquadratura de Júpiter a Saturno, e de como as acções que nos permitem crescer de momento são sobretudo relacionadas com desapegos, não tanto de acções “construtivas”; ora Júpiter, está a “beber” do que Marte faz em Sagitário (porque Júpiter é regente de Sagitário) e por isso as acções devem sobretudo estar ligadas ao deixar para trás atitudes que nos caracterizaram até agora. Talvez até possamos fazer o mesmo de sempre, mas com expectativas diferentes, talvez com algum desprendimento face aos resultados.

Grupo de aprendizagem online vai arrancar! Interessad@ em aprender esta maravilhosa linguagem com a qual podemos “entender” o céu, a nossa alma, o que a Vida quer de nós? Informações pelo mail: acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Outros serviços disponíveis online: aulas/explicações individuais, consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária.

Promoção válida até 19 de Fevereiro para todos os Aquarian@s: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma oferta!

A Astrologia é uma linguagem. Se a entendermos o céu fala connosco ~Dane Rudhyar … e podemos salvar a nossa qualidade de vida, acrescento eu

Share Button

Lua nova de Aquário, Eclipse solar, Fevereiro 2018

Lua nova de Aquário, Eclipse solar, grau 27.07, 15 de Fevereiro de 2018, 21.04h

Símbolo Sabiano: Uma árvore derrubada e serrada

 

Esta Lua nova de Aquário, em conjunção ao nodo sul, é simultaneamente um eclipse solar, se bem que um eclipse parcial, relativamente “fraco” (a distância entre o grau da Lua nova e o nodo sul é de mais de 10º); de qualquer modo será de esperar mudanças, fins e inícios, onde quer que esta Lua nova calhe no nosso próprio mapa. Talvez até seja de esperar, aceitar e facilitar, sobretudo todos os fins que se apresentem, já que estamos em duplo modo de desapego, visto ser uma Lua nova em Aquário em conjunção ao nodo sul, relacionado com passado. Mas claro, quando alguma coisa acaba, abre-se imediatamente espaço para que algo comece; pode ser simultâneo, pode haver um lapso de tempo!

Mercúrio está em conjunção praticamente exacta ao Sol e à Lua; propósitos, emoções e mente formam um todo, concentrado então em largar todos os pedaços de passado que nos prendem a circunstâncias que nos tiram a liberdade de sermos quem somos de facto, e nos impedem de realizarmos as tarefas que estamos destinados a cumprir. Porque se não formos nós, haverão sucessores, mas perdemos a oportunidade de viver o que a nossa alma tanto anseia! Para já, Saturno e Urano são observadores atentos do que fazemos com as energia em jogo, isto porque são eles os regentes de Aquário.

Urano está em Carneiro, como sempre, espera que sejamos donos da nossa capacidade de agir para chegarmos aos nossos objectivos, autónomos e activos, auto motivados e independentes. Saturno em Capricórnio pede-nos trabalho e assumir de responsabilidades perante a sociedade que queremos, não adianta reclamar do que está mal, mas adiante tomar as atitudes que acreditamos podem contribuir para melhorar, nem que seja numa pequena escala. Conectada a Saturno está Vénus em Peixes, fazem sextil; com que sociedade sonhamos? Vénus em Peixes valoriza a unidade entre tudo e todos, valoriza a procura de compreensão de que somos todos parte de um Todo, estamos interligados uns aos outros, quer queiramos quer não, quer gostemos quer não. Claro, temos alguma margem de livre arbítrio, podemos escolher separar, segregar, julgar e condenar quem parece ser diferente, ter opiniões diversas das nossas; não faz mal, a seu tempo a Vida encarrega-se de repor a ordem… não podemos é queixarmo-nos depois!

Não há muitos aspectos dignos de nota nesta Lua nova, em que a palavra de ordem é desapegar, desapegar, desapegar. Mas há um muito importante que apenas vem reforçar a necessidade de … bem… desapegar! Isto na essência vai sempre dar tudo ao mesmo, chega a ser monótono! O aspecto em causa é uma semiquadratura de Saturno a Júpiter em Escorpião. Se Júpiter é crescimento, Saturno é a estruturação desse crescimento; mas numa semiquadratura não é pelas acções que crescemos, aliás se tentarmos fazer mais e mais seja do que for, podemos simplesmente nos frustrar porque não há nada para fazer. Ou melhor, haver há, mas o que é necessário é eliminar reacções emocionais às circunstâncias que nos parecem contrariar e afrontar. São as relações especialmente íntimas, familiares ou não, eventualmente com finanças partilhadas, mas não necessariamente, eventualmente com partilha de sexualidade, mas mais uma vez não necessariamente, que podem servir de palco aos desenvolvimentos em causa. Certo é que são relações onde pelo menos existem trocas energéticas importantes, são aquelas relações com o poder de disparar gatilhos instintivos capazes de nos fazer regredir, não crescer e evoluir. Sem estes processos optimizados, não há desapegos do passado, há a repetição do passado; podem até existir alguns aspectos aparentemente agradáveis, mas seguramente há um preço demasiado alto a pagar, porque fazermos finca pé à evolução sai muito caro e traz muitas dores.
Acontece que Júpiter irá ficar retrógrado ainda nesta lunação, e a preparação para o movimento retrógrado vai trazer eventos e circunstâncias em que vamos sentir na pele o quanto teremos ainda para largar emocionalmente. Se estes períodos podem ser amargos, numa semiquadratura acentua-se o travo a fel. Será uma oportunidade para limparmos um pouco mais o que nos pesa na alma. Dizia atrás que o eclipse não é especialmente forte nos seus efeitos, de qualquer forma, um eclipse solar em Aquário relaciona-se com a obrigatória expressão do signo onde acontece; neste caso Aquário, energia em que acima de tudo é necessário largar tudo o que perdeu validade… outra vez o mesmo!

Quanto ao símbolo…. bom nada de esperar outra coisa que não esteja em sintonia com o que já foi dito! Imagine-se uma floresta, muitas árvores fortes e saudáveis, cumprindo a sua função, vivendo, crescendo, absorvendo dióxido de carbono, expelindo oxigénio, sendo parte do pulmão da Terra! Mas algumas estão cansadas, prontas para serem qualquer outra coisa, viveram, cumpriram o seu papel; agora que terminaram o papel que lhes coube, estão derrubadas e cortadas. Ainda podem servir de combustível, fonte de calor e energia; logo de seguida serão cinza, reduzidas a carbono, o elemento base da vida na Terra. E se em vez de árvores falarmos de vontades (Sol), emoções (Lua) e formas de pensamento (Mercúrio) que estão mortos, à espera apenas de serem incinerados, transformados talvez em partículas elementares que o Universo saberá reciclar como melhor lhe aprouver? No espaço livre que fica, logo rebentinhos viçosos, cheios de força e vitalidade se preparam para germinar, romper a terra, e cumprir a sua função, pelo tempo que fizer sentido!

Imagem veio daqui

Grupo de aprendizagem online vai arrancar, finalmente! Interessad@ em aprender esta maravilhosa linguagem com a qual podemos “entender” o céu e a nossa alma? Informações pelo mail: acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Outros serviços disponíveis online: aulas/explicações individuais, consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária.

Promoção válida até 19 de Fevereiro para todos os Aquarian@s: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma oferta!

A Astrologia é uma linguagem. Se a entendermos o céu fala connosco ~Dane Rudhyar … e podemos salvar a nossa qualidade de vida, acrescento eu

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 15 de Fevereiro

Símbolo Sabiano do dia: Um antigo pote de cerâmica cheio de violetas

Inocência, abundância, amor, modéstia, fé, intuição e dignidade são significados atribuídos a esta flor. A imagem sugere-me delicadeza e elegância; estarão estas características associadas ao dia que nos aguarda? Seria bem agradável!

A Lua em Aquário faz quadratura a Júpiter em Escorpião, sextil a Urano em Carneiro; a necessidade de liberdade está acentuada pela ligação a Urano, mas pode ser confrontada com o que tira a liberdade, isto é, e generalizando bastante, com emoções intensas, que à medida que a quadratura se desenvolve são passíveis de revelar padrões emocionais que devem ser transformados tão rápido quanto possível. O futuro agradece! Emoções e mente “trabalham” a uma só voz (Lua faz conjunção a Mercúrio) e são talvez ideias potencialmente inovadoras (Mercúrio ainda faz sextil a Urano), que nos ajudarão a encontrar soluções definitivas, em que de uma vez por todas sejamos capazes de desapegar do que não queremos, nem aceitamos mais.

Imagem veio daqui

Serviços disponíveis online: aulas/explicações individuais, consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em data a anunciar.

Promoção válida até 19 de Fevereiro para todos os Aquarian@s: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma oferta! Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Quinta-feira!

A Astrologia é uma linguagem. Se a entendermos o céu fala connosco ~Dane Rudhyar … e podemos salvar a nossa qualidade de vida, acrescento eu

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 14 de Fevereiro

Símbolo Sabiano do dia: Um hidrómetro 

Um hidrómetro serve para medir a densidade dos líquidos; como as emoções estão relacionadas com o elemento água, talvez este seja um dia especialmente dedicado a perceber até que ponto nos sentimos “densos”.

Com a Lua em Aquário emoções densas só têm um destino lógico, serem compreendidas, e descartadas as suas causas; nem sempre é imediato o resultado, nem sempre se pode actuar imediatamente na erradicação do que está mal, mas podemos sempre começar a dar passos nesse sentido, ou continuar sem desistir se já se iniciou o processo. Um sextil a Marte em Sagitário, mostra como estamos a agir segundo as nossas convicções, apesar de ser necessário atenção pois existem crenças das quais não temos consciência que podem dirigir as nossas escolhas para onde não queremos.

Mercúrio também em Aquário faz sextil a Urano em Carneiro; pensamos mais objectivamente, com racionalidade e com capacidade para encontrarmos soluções inovadoras para velhos problemas. A ligação a Urano indica como tudo passa por procurarmos sermos livres e independentes de formas “revolucionárias”, diferentes do que tem sido a norma, e ideias inesperadas e inusitadas podem saltar a qualquer momento.

Imagem veio daqui

Serviços disponíveis online: aulas/explicações individuais, consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em data a anunciar.

Promoção válida até 19 de Fevereiro para todos os Aquarian@s: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma oferta! Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Quarta-feira!

A Astrologia é uma linguagem. Se a entendermos o céu fala connosco ~Dane Rudhyar … e podemos salvar a nossa qualidade de vida, acrescento eu

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 13 de Fevereiro

Símbolo Sabiano do dia: Uma borboleta com a asa direita mais perfeitamente formada

A Lua ainda vai estar em Capricórnio até ao início da tarde e depois, naturalmente, entra em Aquário; durante a manhã uma semiquadratura a Neptuno pode ser responsável por nos retirar alguma energia, sentimo-nos mais passivos do que seria desejável, o que para uma Lua capricorniana será uma “tragédia” com “tanto que há para fazer”! Será interessante repararmos como reagimos, o que pensamos, porque emoções e pensamentos sinalizam na perfeição o que há para desapegar rapidamente; assim que a Lua entrar em Aquário abre-se um capítulo especialmente apropriado a nos descondicionarmos do que nos tem caracterizado pela negativa, e é agilizar e facilitar os processos.

Mercúrio em Aquário faz quadratura a Júpiter em Escorpião; talvez hajam pensamentos recorrentes, obsessivos até, pensamentos negativos que insistem em limitar-nos a paz de espírito, ou pensamentos demasiado apegados a desejos intensos, que também limitam a paz de espírito. Eles servem exactamente para sabermos o que nos está a prender, caso contrário como poderíamos escolher a libertação?

Enquanto isto, o Sol em Aquário faz sextil a Urano; desapegar do passado e novas formas de agir para nos afirmarmos, estão intimamente ligados. Por isso se estamos a proceder como sempre fizemos não estamos a abrir espaço a um futuro melhor, estamos a preparar aborrecimentos, entraves e problemas; há seguramente uma qualquer área da nossa vida em que sabemos exactamente onde é que isto se manifesta! O símbolo do dia fala de uma borboleta, e dá ênfase à asa direita, o lado yang, o lado da acção, que hoje parece ser aquilo que de mais perfeito podemos fazer! Agir de maneira diferente, agir da forma que para nós é “perfeito”, agir como nunca o fizemos! Não amanhã, não depois da Lua nova, não quando tivermos coragem, não quando não incomodarmos ninguém, não quando for mais confortável…. é hoje!! É hoje que se começa a dar passos ao futuro!

Imagem veio daqui

Serviços disponíveis online: aulas/explicações individuais, consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em data a anunciar.

Promoção válida até 19 de Fevereiro para todos os Aquarian@s: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma oferta! Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Terça~feira!

A Astrologia é uma linguagem. Se a entendermos o céu fala connosco ~Dane Rudhyar … e podemos salvar a nossa qualidade de vida, acrescento eu

 

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 12 de Fevereiro

Símbolo Sabiano do dia: Um homem virando as costas às suas paixões e ensinando a partir da sua experiência

Todos temos os nossos prazeres pessoais, mas a partir de determinado momento podem deixar de ser o suficiente para nos realizarem plenamente; talvez surja uma vontade, ou mesmo necessidade, de partilharmos com os outros aquilo que a Vida nos ensinou, talvez estejamos a deixar de nos centrar apenas em nós e a perceber que como parte de um todo que somos, passar conhecimento e informação é parte integrante das nossas responsabilidades para com o mundo.

Responsabilidade é precisamente um tema caro à Lua em Capricórnio, que aliás faz das responsabilidades associadas ao trabalho e ao esforço em atingir os seus objectivos fonte de segurança emocional, enquanto vai construindo segurança material. A tendência é manter os procedimentos habituais, mas se não faz sentido mudar tudo a todo o instante, também não faz sentido manter tudo rigorosamente igual ad eternum, e por isso precisamos estar atentos ao que está a pedir novas abordagens, a que devemos responder de forma inovadora ainda que isso implique o desconforto do desconhecido; uma conjunção a Plutão e uma quadratura a Urano mostram que há força para romper com padrões demasiado “solidificados”, padrões de como nos afirmamos perante os outros, de como agimos para vermos os nossos objectivos concretizados. Há também um sextil a Júpiter e há portanto relações envolvidas, que, ou nos ajudam a crescer saudavelmente ou não; mas se não, então é porque os tais padrões solidificados estão mesmo a pedir um fim!

No fundo é natural que alguns dos nossos valores nos mantenham agarrados a conceitos ultrapassados do que é ser responsável, do que é mostrar autoridade, do que devem ser as nossas ambições; mas Vénus passou por Aquário e viu novos valores, agora entrou em Peixes, e tão importante como abraçar os inícios, é entregarmo-nos aos finais, perceber que o que um dia fez sentido, hoje pode ser obsoleto, o que um dia teve relevância, hoje apenas nos prende a papeis que já não queremos desempenhar.

 

Serviços disponíveis online: aulas/explicações individuais, consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em data a anunciar.

Promoção válida até 19 de Fevereiro para todos os Aquarian@s: consultar o mapa para conhecer o que lhe permite crescer e evoluir dá-lhe acesso a uma oferta! Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com 

Boa Segunda-feira!

A Astrologia é uma linguagem. Se a entendermos o céu fala connosco ~Dane Rudhyar … e podemos salvar a nossa qualidade de vida, acrescento eu

 

Share Button