Céu astrológico para Quarta-feira 23 de Agosto

A Lua está em Virgem lembrando-nos que trabalho, rotinas saudáveis e de uma forma geral o melhoramento constante da nossa vida prática, são origem de bem estar e segurança. Até meio da manhã há uma quadratura a Saturno; não é obrigatório sentirmo-nos macambúzios e mal humorados, mas pelo menos estaremos discretamente mais concentrados em obrigações e responsabilidades. Como também há um sextil a Vénus em Caranguejo, é provável que assuntos privados, familiares, sejam valorizados acima de outros mais públicos.

Entretanto o Sol entrou em Virgem, o que vem reforçar a apetência por nos focarmos em trabalho, ordem, responsabilidades e mesmo para quem está de férias, pode dar por si com a cabeça nestas áreas. É que Mercúrio retrógrado está também em Virgem, faz conjunção ao Sol, e é fácil imaginar alguém deitado na praia tranquilamente a pensar como poderá reprogramar o regresso ao trabalho, às aulas se houver criançada em idade escolar.

Mas na verdade pode ter um acesso de deprê saturnina quando perceber quer as férias não duram sempre! … isto foi um momento de humor negro… 🙂 Saturno está nos últimos momentos antes de passar de retrógrado a directo, e pode ir despejando “velharias” mais pesadas para que possamos destralhar a casa interna e seguirmos viagem bem mais leves. Ou seja, a nossa realidade pode nos confrontar com limites, obstáculos, problemas, e se tivermos olho vivo para perceber as causas mais profundas de tais situações, temos mais capacidade de optar no sentido de corrigir o que for necessário, mesmo que a solução não seja imediata. Para quem leu o artigo da Lua nova, é o momento de escolhermos ser sereia ou marinheiro…

Símbolo Sabiano do dia: Uma cabeça de homem

Só para que não haja confusão a sereia é a escolha melhor, ok? Esta cabeça de homem precisa de outro raciocínio; Sol, Lua e Mercúrio estão em Virgem, que é regida por Mercúrio, o representante do pensamento lógico e racional. Este tipo de funcionamento mental é yang, masculino… daí a cabeça de homem! Elementar… estou a sentir-me um Sherlock Holmes de saias…. ehheheeh. Conclusão um dia em que o pensamento será sobretudo lógico, analítico, racional e a comunicação talvez mais assertiva, sem muito floreados 🙂

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button

Lua nova em Leão, Agosto 2017

Lua nova em Leão, 21 de Agosto 2017, 19.30h, Eclipse solar

Temos novamente uma Lua nova em Leão, e assim mais um ciclo energeticamente preparado para nos ajudar na criação de uma vida mais radiante, mais gratificante e criativa, em que tudo o que exteriorizamos (consciente ou inconscientemente) venha impregnado de “boas vibrações”, genuinamente! Conseguimos isto quando maioritariamente as opções que fazemos nos dão satisfação, plenitude, um sentimento de dever cumprido para connosco; quando apesar de circunstâncias desfavoráveis confiamos incondicionalmente nas nossas capacidades de recriar tudo de novo; quando damos, pelo puro prazer de partilhar; quando os medos não nos assustam mais… porque já sabemos que temos coragem para dar e vender; quando perdemos o impulso de forçar os outros a aplaudirem-nos ou quando perdemos o medo por não receber aplausos; quando até consideramos que a vida e os seus desafios podem ser divertidos; quando sabemos reconhecer o nosso papel e o nosso palco; e também quando sabemos que os palcos não se medem aos palmos! Na realidade, é minha convicção que estamos aqui para aprender a viver assim exactamente!

Mercúrio retrógrado em Virgem está conjunto à Lua nova; todas as reavaliações dos nossos processos de melhoramento pessoal, via trabalho e rotinas habituais, que devem incluir atenção cuidada a hábitos saudáveis… de facto saúde e “boas vibrações” são inseparáveis… vão contribuir para a criação, ou recriação da nossa vida, de forma a que melhor se sintonize com aquilo desejamos, sonhamos, merecemos. Em Setembro faz uma curta reentrada em Leão, e repensar quem somos, ou talvez compreender o que ainda nos impede de sermos nós mesmos autenticamente, vai estar na lista de tarefas a cumprir.

Marte também está em Leão, faz trígono a Saturno retrógrado em Sagitário e a Urano em Carneiro. Considero a ligação a Saturno muito importante, talvez mesmo a mais importante! Estamos a agir intimamente conectados à forma como percepcionamos a realidade – Saturno. Entretanto Saturno está prestes a regressar ao movimento directo (26 de Agosto) e como neste momento estamos bastante em contacto com o nosso inconsciente, as acções estão em sintonia perfeita com aquela verdade pessoal que habitualmente não nos damos conta; mas ela existe e faz-se materializar em frente dos nossos olhos através das circunstâncias comuns diárias. É preciso reconhecer o que nos impede de ser confiantes, generosos, luminosos, criativos, corajosos, amorosos, o que nos impede de vivermos a energia de Leão equilibradamente, orgulhosamente mas sem sentirmos o “rei na barriga”, ou pelo contrário sem sentirmos que somos súbitos de quem “engoliu o rei”.  Reconhecendo, e tendo pelo menos a intenção de desapegar destes padrões nada nossos amigos, quando Saturno regressar ao movimento directo teremos mais condições de concretizar no exterior uma realidade mais leve e limpa. Se este for o caso, a ligação a Urano indica como vamos inovar em termos da nossa própria liberdade e independência; caso contrário prevalece a frustração da manutenção dos mesmos velhos problemas.

Urano está em oposição a Júpiter em Balança até perto do fim de Setembro; se os mesmos velhos problemas se mantiverem não vamos conseguir grandes avanços em termos de equilíbrio entre nós e os outros… básico e revelador da importância deste momento actual para… nos actualizarmos rapidamente… 🙂

Símbolo Sabiano da Lua nova: Uma sereia

Segundo reza a lenda as sereias habitam os oceanos, são lindas, sedutoras, e o seu canto atraía hipnoticamente os marinheiros que acabavam por naufragar! Precisavam agir dessa forma para se manterem vivas. A questão é, escolhemos ser sereia ou marinheiro?

Este símbolo parece-me relacionar-se com a situação de Saturno neste momento. Qualquer evento tem associada uma emoção, ou uma reacção emocional, intrinsecamente ligada ao nosso inconsciente e a padrões habituais de resposta às circunstâncias. O processo que está indicado implica que circunstâncias particulares podem surgir, às quais vamos responder como normalmente fazemos; o passado, o conhecido, o habitual é sempre “sedutor e apelativo”, atrai hipnoticamente, mesmo que o tipo de emoção em questão seja de má qualidade. É aqui que vamos poder optar entre ser marinheiro, que acaba por naufragar nas emoções, ou sereia que consegue fazer submergir o padrão habitual emocional/comportamental! No primeiro caso quem se mantém vivo é o padrão, à custa da nossa qualidade de vida; no segundo somos nós que reforçamos a Vida que somos, e estrebucha por irromper e manifestar-se sem constrangimentos.

E habemus eclipse solar! Como é um eclipse solar em Leão, independentemente da nossa vontade (Sol, a vontade consciente eclipsada) teremos que saber expressar confiança própria, generosidade, criatividade, espirito de liderança. Em Fevereiro deste ano houve um eclipse lunar e tivemos a oportunidade de aprender; se conseguimos avanços agora temos trabalho adiantado, senão vai ser pior… olha, logo se vê!

De qualquer forma apenas quem tiver planetas ou pontos importante do mapa em aspectos com o mapa desta Lua nova, será chamado “ao palco” com mais veemência.

Este eclipse é total e vai ser visto numa faixa que atravessa todo o território dos Estados Unidos; não é uma situação vulgar e acabei mergulhando numa pesquisa mais detalhada sobre os eclipses solares. Portanto a partir de agora passarei a aprofundar mais um pouco o que o eclipse tem para nos transmitir. Podem ver aqui a publicação onde dei conta deste tema. Ora bem, este eclipse pertence então ao ciclo Saros 145, que se iniciou no pólo norte em 4 de Janeiro de 1639, e a essência deste primeiro eclipse continua presente agora. Da publicação indicada transcrevo o seguinte: É uma Lua nova de Capricórnio e salienta-se uma conjunção entre Júpiter e Neptuno em Escorpião fazendo oposição a Plutão retrógrado em Touro. Está portanto presente uma proposta energética genérica de materializar objectivos na realidade concreta relacionados com autoridade/assumir de responsabilidades perante a sociedade, e faz parte do “pacote”, a expansão de ideais de poder (Júpiter/Neptuno em Escorpião) que permitam uma profunda transformação de valores (Plutão em Touro); se a expressão de Júpiter/Neptuno for ética e de acordo com valores universais, valores de inclusão, pode esperar-se de Plutão transformações positivas. Ou seja, nas nossas intenções actuais, no desenvolvimento do ciclo lunar que vai começar, devemos integrar esta proposta.

 

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Saber mais sobre sereias? Aqui

Imagem veio daqui

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Bons recomeços!

Share Button

Acerca dos eclipses solares

Estamos perto da próxima Lua nova, novamente em Leão, no dia 21 de Agosto e que estará associada a um eclipse solar. Este eclipse vai acontecer durante o dia, e nos Estados Unidos vai ser visível numa faixa que atravessa todo o país. Chamam-lhe por isso o Great American Eclipse. Podem espreitar aqui e acompanhar pelo site da Nasa aqui

Na antiga Babilónia, os “observadores” do céu descobriram que os eclipses se organizam por famílias, ou ciclos, com princípio, meio e fim, e com uma duração de entre 1000 a 1500 anos, aproximadamente. Foram designados por Ciclos Saros. Cada Ciclo começa com um eclipse parcial perto de um dos pólos e em intervalos de 18 anos e  11 dias um novo eclipse é acrescentado à série; cada eclipse que acontece dentro da mesma séria, ocorre com uma diferença de cerca de 120° de longitude do anterior, e uma latitude ligeiramente mais acima ou mais abaixo consoante o primeiro eclipse tenha acontecido no pólo norte ou no polo sul. À medida que se aproximam do equador os eclipses vão gradualmente passando de parciais a totais, e no seguimento do ciclo, enquanto se aproximam do polo oposto ao do ínicio do ciclo, voltam novamente a ser parciais até que o ciclo termina com um pequeno eclipse parcial.

Depois que um ciclo começa, outros seguem-se, enquanto muitos outros já começaram anteriormente. Em cada momento existem perto de 42 Ciclos Saros activos, ou seja, cada eclipse solar que vai acontecendo, pertence de facto a um Ciclo bem determinado; os astrónomos designam cada Série por um número, os astrólogos usam outro sistema, mas eu vou seguir a designação dos astrónomos, nomeadamente porque existem sites astronómicos com todas estas informações.

Todos os eclipses são registados, e portanto é possível para cada família ou ciclo, levantar o mapa astrológico do primeiro eclipse, o momento em que um dado ciclo começou; o conteúdo fundamental do mapa desse primeiro eclipse, o “ambiente base”, vai manter-se, apesar dos aspectos astrológicos irem variando. Se um eclipse fizer aspectos a um mapa pessoal, é de esperar resultados verificáveis na vida da pessoa em questão, e os acontecimentos estão correlacionados com o “ambiente” do primeiro eclipse. É precisamente aqui que este assunto deixa de parecer uma mera curiosidade e passa a ter muito mais interesse do que possa parecer!

Fiquei alerta para este tema numa página astrológica do  facebook que sigo. Comecei a verificar que estavam a entrevistar vários astrólog@s acerca deste eclipse, meditações agendadas, um grande burburinho, e várias referências a dar conta de que alguns americanos se sentem “assustados”! A sério? Assustados? É verdade que no passado estes fenómenos assustavam as populações, mas não fazia ideia que isto continua a acontecer! A curiosidade falou mais alto, fiquei atenta e comecei a ouvir algumas das entrevistas, mas sem prestar grande atenção, confesso! No entanto houve uma excepção quando entrevistaram Ariel Gutmann que eu “conheço” muito bem… ela é que não tem o prazer de me conhecer a mim… 😀 😀 😀

Tradicionalmente os eclipses solares são de facto considerados importantes sobretudo se forem totais. Os antigos mantinham registos e portanto há evidências de que, quer as populações, quer os líders dos territórios sobre os quais ocorressem estes fenómenos, eram afectados. Mas actualmente o que se pode constatar? Ariel fez uma análise dos acontecimentos nos Estados Unidos dos últimos 100 anos… e confirmou  a teoria!

O que se segue são dados que recolhi dum webinar sobre o eclipse, de outra astróloga que sigo habitualmente, a Kim Marie, e referem-se ao mapa do Donald Trump e ao mapa do próprio país. O próximo eclipse de dia 21 é da série 145, e são eclipses desta série que vão ser objecto de análise. Cá vai:

– Eclipse solar a 30 de Julho 1981 a 7° de Leão fazia conjunção ao Plutão (alma) natal de Donald Trump… irmão morre de alcoolismo

– Eclipse solar a 11 de Agosto 1999 a 18° de Leão fazia conjunção ao ascendente ou ao ponto médio entre o ascendente e Marte natal de DT (há dois mapas com horas diferentes, mas para qualquer deles o eclipse fazia aspecto) … o pai morre um pouco antes do eclipse (quando há efeitos podem acontecer antes ou depois do eclipse)

– Eclipse solar de 21 de Agosto de 2017 a 28° de Leão em conjunção a Marte natal de DT… esperar para ver

Esta Série de Eclipses, a 145, começou em 4 de Janeiro de 1639 às 4.56. É uma Lua nova de Capricórnio e salienta-se uma conjunção entre Júpiter e Neptuno em Escorpião fazendo oposição a Plutão retrógrado em Touro. Está portanto presente uma proposta energética genérica de materializar objectivos na realidade concreta relacionados com autoridade/assumir de responsabilidades perante a sociedade, e faz parte do “pacote”, a expansão de ideais de poder (Júpiter/Neptuno em Escorpião) que permitam uma profunda transformação de valores (Plutão em Touro); se a expressão de Júpiter/Neptuno for ética e de acordo com valores universais, valores de inclusão, pode esperar-se de Plutão transformações positivas. O presidente dos Estado Unidos vai ser influenciado por este eclipse, tal como foi em 1981 e em 1999; olhando para aquilo que tem sido a sua actuação, não parece vir aí nada de muito positivo! Basta lembrar que se há algo que ele não tem praticado é a inclusão!

A Kim Marie faz ainda mais considerações desta vez com o mapa dos Estados Unidos; considero importante partilhar a informação porque no fundo o que acontece de bom ou de mau aos EU acaba por influenciar o resto do mundo. Tratam-se novamente de eclipses da série 145:

– Eclipse solar a 29 de Junho de 1927 a 7° de Caranguejo, Plutão conjunto ao Sol do país… a Grande Depressão entre 1929-1931

– Eclipse solar a 9 de Julho de 1945 a 17° de Caranguejo, Saturno a 15° de Caranguejo em conjunção ao Sol do país… 6 de Agosto de 1945 lançam a bomba de Hiroshima, a 9 de agosto em Nagasaki, e a 2 de Setembro acaba a Segunda Guerra

– Eclipse solar a 20 de Julho de 1963 a 27° de Caranguejo, Vénus a 16° de Caranguejo faz conjunção ao Sol do país … 22 de Novembro de 1963 Kennedey é assassinado

Serão tudo simples coincidências? Hummmm não parece pois não? Esperar para ver!

A esta altura eu estava já rendida aos eclipses! Mas ainda iria ficar mais! Um dos livros da minha biblioteca particular que adquiri para aperfeiçoar a compreensão dos trânsitos astrológicos, tem um capítulo inteiro dedicado aos eclipses e a como eles nos podem influenciar; nem me lembrava que tinha esta “preciosidade”, mas depois de ver uma referência ao livro, nas pesquisas para melhor perceber tudo o que está relacionado com estes Ciclos Saros, fui naturalmente ler o referido capítulo. Percebi então o que está indicado no quarto parágrafo deste artigo, que o “ambiente energético” do primeiro eclipse se vai repetindo de cada vez que há um novo eclipse, e que quando alguém é directamente influenciado por um eclipse de uma dada série vai por tabela ser influenciado por esse “ambiente”.

Acontece que já há bastante tempo que levo em consideração os eclipses pré natais, sempre que analiso um determinado mapa natal; estes eclipses, ocorridos enquanto estávamos ainda no útero materno, pertencem então a uma determinada família; de acordo com o que expus anteriormente, se analisarmos o primeiro eclipse da série, retiramos informação sobre um ambiente energético que foi integrado em nós ainda antes do nascimento. O que encontrei usando-me a mim como primeira cobaia, foi bastante revelador, nomeadamente o porquê de há dois anos, em 2015, num trânsito de Urano, a reviravolta a que fiquei sujeita não me ter agradado nada, mas nada mesmo! Eu estava a furtar-me a alguns detalhes claramente assinalados através de aspectos astrológicos, no mapa que assinala o início do Ciclo Saros 120, aquele que contribuiu para me “moldar” e que aconteceu em 27 de Maio do ano de 933!!! Como é natural conheço o meu mapa da frente para trás, da esquerda para a direita, mas o incrível é como tudo na minha vida se tornou mais claro com a informação contida num mapa do século I !!!!!

Tudo poderia até ser coincidência, mas quando comecei a estudar outros casos, desvaneceu-se algum resquício de dúvida que ainda pudesse existir. E entretanto, alguém conhecido, a braços com um desgraçado trânsito de Urano, revirando a vida como a mim aconteceu em 2015, vem “bater-me” à porta. Adivinhem… desta vez, num mapa do dia 16 de Abril de 1512, pelas 6.22 da manhã, reside uma compreensão mais profunda do porquê de mais uma reviravolta na vida de alguém!

Para além de tudo isto ser gigantescamente fantástico, o que mais me fascina, é ver de perto que uma parte daquilo que somos, ou daquilo que temos para cumprir, pode ter sido “planeado” há séculos atrás! Nós somos agora um instrumento de desenvolvimento dessa proposta inicial. E claro que se nos desviamos do plano, mais tarde ou mais cedo teremos que o retomar, custe o que custar.

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

© Teresa Martins, A Casa na Floresta-Astrologia – Todos os direitos reservados

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 18 de Agosto

A Lua em Caranguejo faz sextil a Mercúrio, trígono a Neptuno, oposição a Plutão; o sexto sentido mais apurado podemos alcançar uma compreensão mais profunda dos assuntos que nos ocupam. Uma vez que Mercúrio está retrógrado em Virgem, e isto refere-se a como nos podemos melhorar através do trabalho, fica bastante apropriado dirigirmos para esta área a nossa sensibilidade, também a nossa imaginação, e revermos planos, técnicas e estratégias para nos aperfeiçoarmos, e à nossa vida do dia a dia. De tarde vem uma quadratura a Júpiter e uma conjunção a Vénus; aqui há truque… primeiro prestamos atenção ao tipo de emoção que vai aflorando (Júpiter encarrega-se de sublinhar para não haver enganos) e se não gostarmos do que sentimos é porque precisamos “mexer” a forma como valorizamos a vida privada e familiar (Vénus está em Caranguejo). Mas vamos fazer isso como? Vénus está já em plena aproximação de uma quadratura a Urano (até 24 de Agosto) e haverão detalhes a que não damos importância e precisamos dar, outros que consideramos fundamentais e afinal estão caducos…. ora cá está mais trabalho para Mercúrio retrógrado…

Símbolo Sabiano do dia: Um arco-íris… continua válido

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

Boa Sexta-feira!

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 17 de Agosto

A Lua ainda em Gémeos faz sextil ao Sol e a Urano durante a manhã; há uma atmosfera que facilita a comunicação em tom livre, a sociabilidade informal, as conversas surgem espontaneamente e entretanto é possível irmos sentindo uma liberdade de movimentos e opinião enquanto partilhamos a nossa própria versão acerca de temas e assuntos diversos. Ao fim da tarde com a entrada da Lua em Caranguejo, é recolhidos em nós, em casa, em família que encontramos o bem estar.

Júpiter iniciou há pouco uma oposição a Urano, que irá durar até finais de Setembro; este aspecto deve levar-nos a ponderar como habitualmente estabelecemos os nossos limites quando nos relacionamos, porque só com limites definidos e respeitados a nossa liberdade é preservada. Muitas vezes nem há limites, e não admira então que sintamos a necessidade de construir “muralhas” de protecção… Claro que as experiências pelas quais vamos passando revelam em que patamar nos encontramos, o que há para inovar, que novas atitudes temos que assumir. Relações equilibradas só podem acontecer quando a liberdade do outro terminar onde se inicia a minha liberdade de ser eu mesmo… e vive versa, naturalmente.

Símbolo Sabiano do dia: Um arco-íris

Com Júpiter em Balança, todos os desequilíbrios entre nós e os outros têm sido sujeitos a intervenções diversas, provocando em alguns casos fortes “tempestades”, chuva intensa, nuvens escuras. A oposição referida acima, pode ainda implicar alguns ventos imprevistos, mas a verdade é que por agora um arco-íris é sem dúvida muito bem-vindo, e lembra-nos que há sempre o reverso da medalha.

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

Boa Quinta-feira!

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 16 de Agosto

Começamos o dia com a Lua em Gémeos a fazer uma quadratura a Mercúrio retrógrado em Virgem; talvez nos apeteça saltitar de assunto em assunto, ouvindo as notícias do dia, lendo um artigo interessante, trocando dois dedos de conversa aqui e ali mas a verdade é que há rotinas a cumprir que nos obrigam a focar a atenção no trabalho do dia a dia, até com a intenção de melhorarmos a nossa capacidade de organização e eficácia. Outra quadratura a Neptuno porém, deixa-nos avisados para a eventualidade de isto não ser fácil de cumprir, e pelo contrário nos sentirmos dispersos, distraídos, confusos, e no final até frustrados e irritados. Durante a manhã dissipam-se estes aspectos, que podem ser vividos positivamente se tivermos metas claramente definidas. Depois um sextil a Marte e um trígono a Júpiter têm o condão de nos fazer sentir um impulso que dirigimos com facilidade para situações em que nos possamos relacionar com outros. Entretanto uma oposição a Saturno aplica-se também, o que significa que existirão limites à nossa necessidade de comunicação e contactos; estes limites podem estar relacionados de forma natural às nossas circunstâncias, mas podem também ser percepcionados como “fardos pesados”. O que se passa é que com Saturno  retrógrado, a poucos dias de voltar ao movimento directo, existe a probabilidade de sermos confrontados com situações que sentimos serem obstáculos, para os quais devemos encontrar forma de definitivamente os eliminarmos da nossa realidade. Quase nunca são processos fáceis e rápidos, mas são necessários se queremos melhorar a nossa qualidade de vida.

Símbolo Sabiano do dia: Um grande camelo atravessando o deserto

Aqui está uma tarefa que não parece ser fácil, mas a verdade é que se a viagem for bem preparada, faz-se! Mercúrio está retrógrado em Virgem e lembra-me que pode acontecer este dia trazer indicações de como estamos em termos de organização, do que há para reformular e repensar. Saturno na condição descrita pode também simbolizar a dureza da travessia. Vamos ver, com sorte até aparece um oásis antes do destino final, lá pela hora de almoço talvez….. 😀

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

Boa Quarta-feira!

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 15 de Agosto

A Lua vai estar ainda em Touro até ao início da tarde, e depois entra em Gémeos. Começamos o dia com necessidade de calma e tranquilidade e o que houver para fazer faz-se com paciência, persistindo até nas tarefas que nos são mais difíceis; mas depois da mudança de signo a coisa muda de figura, e o mais natural é sentirmos uma apetência por arejar as ideias, lendo, conversando, dando uma volta pelas imediações, procurando alguma informação útil… é preciso desopilar!

Símbolo Sabiano do dia: Um homem sujo e mal cuidado

… ou seja, um homem a precisar de um bom banho, pelo menos! Quem provavelmente também precisa de uma boa limpeza somos nós, mas agora refiro-me ao que se passa internamente. Na realidade, tal como qualquer outra coisa que ao acabar de ser limpa começa novamente a acumular detritos, o nosso plano emocional precisa ser cuidado e limpo constantemente. Vénus está em Caranguejo, diz-nos que estamos num período em que devemos dar importância à nossa família, à nossa casa física, mas se calhar mais importante que tudo, à casa interna. Podemos nos deparar com emoções tão repelentes quanto o homem do símbolo, mas virar a cara e rejeitar não adianta. Uma oposição exacta a Plutão pede-nos transformação de valores, pede-nos a substituição da repulsa pela sujidade emocional, por coragem em enfrentá-la; no fundo são feridas não saradas, que precisam de cuidado e carinho para serem limpas e tratadas… devemos isso a nós mesmos! E sabem? Há também a quadratura a Júpiter em Balança, o que significa que estas feridas dificultam que as nossas relações sejam felizes e sorridentes. Mais uma razão para nos submetermos a uma boa esfrega… 😀

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

Boa Terça-feira!

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 14 de Agosto

A Lua em Touro faz sextil a Neptuno, a Vénus, quadratura a Marte, trígono a Plutão e finalmente chegamos ao fim do dia com uma quadratura ao Sol (entramos em quarto minguante). Há necessidade de atender ao lado mais privado e material da nossa vida, gerindo recursos, cuidando pacientemente daquilo que é nosso, mas simultaneamente temos que agir de forma extrovertida, não escondendo talentos e saberes, até porque disso depende a transformação positiva da nossa vida, pelo menos naqueles sectores mais carentes de regeneração. Claro que para isto correr bem, uma boa dose de auto confiança é necessária, e as emoções do final do dia vão dar pistas seguras.

Símbolo Sabiano do dia: Cavalgar sem sela

Parece ser um dia que pede coragem, e confiança. Não percebo nada deste assunto, mas é bastante óbvio que cavalgar em pêlo exige bastante mais equilíbrio e habilidade, conhecimento, experiência, confiança quer na capacidade de dirigir o animal, quer na relação que existe entre o cavalo e o humano. Também é mais arriscado! Porém, a ligação entre os dois será de longe mais pura, sem artifícios, porque aqueles apetrechos no animal não parecem nada confortáveis. Digamos que é uma relação mais equilibrada.

E a propósito de relações equilibradas, Júpiter faz sextil a Saturno em Sagitário (até 27 de Agosto). A nossa capacidade de criarmos relações equilibradas, sem elementos estranhos entre nós e os outros que possam nos dar a sensação de que estamos seguros e no controlo (a sela), vai depender de como está estruturada a nossa realidade interna. Pode até acontecer não termos ainda confiança suficiente para descartarmos “artifícios” que nos ajudam a estabelecer relações seguras. Mas Saturno que tem estado retrógrado, vai preparar-se para voltar ao movimento directo a 21 de Agosto; daqui até lá iremos sendo confrontados com limitações, obstáculos, “selas” que impedem conexões mais verdadeiras, mais éticas, mais livres e gratificantes. É uma oportunidade para as reconhecermos, e fazermos o que está ao nosso alcance para as descartarmos.

Precisamos portanto de estabelecer a nossa vontade nesse sentido. O Sol que está em aproximação de um trígono a Urano (até 21 de Agosto) indica que há a possibilidade de optarmos claramente por desapegar do que está ultrapassado, deixando espaço ao que é novo. Como Urano está em Carneiro, aquilo que é novo relaciona-se com maior liberdade e independência. Se todos formos livres de sermos quem somos, e se todos conseguirmos nos relacionar igualmente apesar daquilo que nos diferencia, o resultado só pode ser fantástico! Ah… voltando novamente a Júpiter… já está em aplicação uma oposição a Urano (até 28 de Setembro)… apenas para reforçar a necessidade de deitar fora as “selas”… 

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

Boa Segunda-feira!

 

Share Button

Céu astrológico para o fim de semana de 12 e 13 de Agosto

Lua em Carneiro faz quadratura a Plutão, oposição a Júpiter, trígono ao Sol e a Saturno. Intensas motivações individuais podem ser o propulsor para transformações internas que permitam atingir os nossos objectivos, enquanto pelo meio temos que nos confrontar com as motivações dos outros; teremos habilidade para conduzir o processo diplomaticamente? Ou preferimos assobiar para o lado engolindo as entranhas em revolta? Ou partimos logo para a guerra? Uma coisa é certa, sejam quais forem as escolhas, elas falam daquilo que é verdadeiramente a nossa natureza interna, a nossa verdade pessoal, toda ela, a consciente e a inconsciente. Portanto se observarmos como reagimos, o que sentimos, começamos a ter vislumbres da “outra margem”. Haverão talvez atributos de que precisamos desapegar, e uma conjunção a Urano que começa a aplicar-se pelo fim do dia, possibilita libertarmo-nos do que pesa, inovarmo-nos por dentro; este aspecto só termina Domingo de manhã, e pouco tempo depois a Lua entrará em Touro. Dada esta transição, talvez as inovações devam ser no sentido de como nos valorizamos e de como esta auto valorização nos pode proporcionar mais liberdade e independência.

Com a Lua em Touro, um estado de espírito mais terra a terra instala-se, cuidar daquilo que possuímos ganha realce, a necessidade de conforto e prazer aumenta, passando até por uma certa preguicite aguda domingueira. No final da tarde aproxima-se um trígono a Mercúrio, e será natural sentirmos que há tarefas necessárias se queremos qualidade de vida; Mercúrio está em Virgem, pensamentos giram ao redor de como podemos melhorar o nosso dia a dia, de como podemos nos organizar, até para conseguirmos retirar mais satisfação da vida de uma forma geral.

Símbolo Sabiano de Sábado: Galinhas intoxicadas                   

Símbolo Sabiano de Domingo: Um pombo correio

Mercúrio vai entrar em movimento retrógrado no Domingo; há que reorganizar estratégias de organização, repensar rotinas, reformular a maneira como procuramos melhorar a nossa vida, como procurarmos nos melhorar a nós mesmos igualmente. O movimento de retrogradação pede interiorização, pede personalização das funções planetárias em questão, e por isso há que dar prioridade ao ambiente interno, esquecer um pouco o que se passa à nossa volta; com o estilo de vida actual pode não ser fácil, há muitas solicitações, muitas tentações…

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

Bom fim-de-semana!

 

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 11 de Agosto

A Lua entra em Carneiro, vamos sentir mais energia e necessidade de acção. A partir do meio da tarde faz quadratura a Vénus e trígono a Marte; o impulso mais natural será agirmos de acordo com os nossos planos mais pessoais, até individualistas, e com aquilo que fazemos acima de tudo por gosto autêntico, mas precisamos também valorizar determinados assuntos familiares. Como Vénus faz quadratura a Júpiter em Balança, estes assuntos são de natureza relacional e de importância para o equilíbrio entre nós e os outros membros do “clã” a que pertencemos. Podemos ter problemas, mas também temos capacidade de os transcender, talvez actualizando o nosso sistema de valores, desistindo de dar importância a alguns detalhes, dando importância a outros (Vénus faz sextil a Neptuno e oposição a Plutão)

Símbolo Sabiano do dia: Adoradores do Sol Zuni

Com o Sol em Leão o foco em nós mesmos aumenta, e alguns sentir-se-ão de facto deuses que merecem ser adorados… isto será exagero, será egocentrismo, mas considerarmo-nos importantes q.b. é mais do que sensato, e se calhar até nos podemos oferecer a nós mesmos algum ritual que sublinhe o respeito que nos devemos. Como já se viu, o dia tem aspectos directamente ligados a nós e aos nossos objectivos, mas Vénus em Caranguejo é a valorização da família a que pertencemos, do nosso passado, dos nossos ancestrais. Tudo isto tem uma conexão interessante aos Zuni. Os Zuni são uma tribo americana que viviam no Arizona; actualmente vivem em reservas mas conseguiram manter a sua cultura/identidade (astrologicamente o Sol) relativamente intacta em parte porque não se imiscuíram com problemas, guerras e conflitos que não dissessem respeito ao seu próprio povo. Vivem pacificamente e organizam-se matrilinearmente (a descendência materna é a considerada). Ou seja, apesar de terem visto a sua terra colonizada, mantiveram-se fieis a eles próprios, valorizando acima de tudo a sua própria tribo (família) e certamente hoje terão orgulho em manterem relativamente intacta a sua identidade cultural. Têm um site, este aqui

Disponíveis consultas de carácter geral, vocacional, de aconselhamento parental, revolução solar, astrologia horária. Grupo de aprendizagem para auto conhecimento em breve. Mais informações pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

Boa Sexta-feira!

Share Button