Céu astrológico para Sábado 20 de Maio

A Lua em Peixes faz quadratura a Marte em Gémeos, sextil a Plutão em Capricórnio e quadratura a Saturno; a serenidade que poderíamos experimentar é “arrumada na gaveta” pela ligação a Marte que prefere bastante mais agitação. Podemos nos sentir inquietos, talvez um pouco nervosos e isso ser extravasado pela maneira como comunicamos; a ligação a Plutão contudo, é uma porta à transformação e a tensão pode ser aproveitada em benefício próprio. Podemos sair, dar uma volta, espairecer; podemos debitar o que nos vai pela alma escrevendo; podemos ler e procurar informação; podemos procurar com quem conversar. A maior ou menor facilidade em lidar com as emoções vai estar em estreita ligação com a nossa realidade interna (Saturno retrógrado). Ao que sentimos de mais negativo, temos contudo que dar um valor diferente (Vénus em quadratura a Plutão=transformação de valores até dia 25); estas emoções mais desagradáveis podem ser vistas como ímans que “atraem padrões inconscientes”; é preciso treinarmos a auto observação, pegarmos no que o “íman” nos trouxe  e deitarmos fora o que não nos faz bem. Naturalmente que isto não se faz de um dia para o outro, mas se não começarmos, também  não saimos de “repetir mais do mesmo”.

Símbolo Sabiano do dia: Um pavão desfilando por um relvado antigo

O símbolo do dia é dado pelo posicionamento do Sol ao nascer do dia; e hoje o Sol entra em Gémeos despedindo-se de Touro de forma grandiosa, colorida. Parece que o dia encerra o potencial de nos sentirmos com a “ave do Paraíso”, bonitos, especiais, orgulhosos de nós mesmos. Isto soa a nodo norte em Leão! O nodo norte em Leão faz um trígono a Urano até 6 de Junho, e por agora é o único aspecto em aplicação que ambos fazem. Conclusão minha: se queremos ser Pavões temos que necessariamente tomar atitudes diferentes daquilo que nos tem caracterizado! É simples….

Sobre a simbologia do pavão podem ver aqui

Imagem veio daqui

Consultas/lições/acompanhamento dos desenvolvimentos em cada lunação, tudo num pacote administrado a conta-gotas, de forma personalizada. Se lhe interessa informe-se pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Bom Sábado!

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 19 de Maio

A Lua já está em Peixes e com esta transição vem uma apetência por ultrapassar os aspectos mais rudes da nossa vida. Podemos “esconder a cabeça da areia” ou podemos procurar accionar a capacidade de conscientemente fazermos escolhas que nos permitam transcender esses aspectos. Até meio da manhã um sextil a Mercúrio em Touro indica  como uma maior sensibilidade, pode contribuir para melhor compreendermos aspectos ligados aos nossos recursos, financeiros inclusive, ao grau de valor que nos atribuímos a nós mesmos e aos nossos talentos, à nossa qualidade de vida de uma forma geral. A partir do final da tarde aplica-se uma conjunção a Neptuno; é uma oportunidade para ajudarmos as ondas do Todo a dissolverem aquilo que nos impeça de ter a vida que idealizamos.

Símbolo Sabiano do dia: Dois sapateiros trabalhando numa mesa

Dá-se a oposição exacta entre Vénus em Carneiro e Júpiter em Balança, e o símbolo do dia pode ser um exemplo do que está em causa; cada sapateiro “trabalhando no seu próprio projecto”, partilhando o mesmo espaço, talvez ajudando-se mutuamente aqui e ali, talvez trocando ideias e conversas, mas sendo cada um deles autónomo e independente. Também termina a quadratura do Sol ao nodo norte em Leão; o Sol em Touro quer aplicar os recursos e talentos para adquirir uma vida mais confortável mas há uma tensão com questões de criatividade, confiança, que talvez tirem um pouco de optimismo. Mas porque será? Touro é regido por Vénus que está em Carneiro, e com este posicionamento vem a valorização da pressa em atingirmos objectivos. Carneiro é regido por Marte que está em Gêmeos…. ai, isto é juntar a fome com a vontade de comer… ou seja, muita pressa e múltiplos objectivos. Queremos muitas coisas ao mesmo tempo, e rapidamente se “faxavor”. Não dá! Felizmente a quadratura acontece, vai passar, e espera-se que cada um de nós possa sentir na pele o que nos está a ser mostrado. Felizmente também que Marte está já “preso” por Saturno (este aspecto foi mencionado ontem), e vamos conseguir desacelerar, agir mais pausadamente, escolher melhor as vias para onde canalizar a energia, até com mais inteligência e sabedoria, porque basicamente com a filosofia de “muita coisa, depressa e bem não se faz nada de jeito”! 

E voltando aos sapateiros… é uma actividade “antiquada” onde a vida decorria a ritmos mais naturais, onde a pressa era inimiga de um trabalho bem feito. Não vamos voltar ao passado, mas podemos do passado retirar os aspectos positivos que existiam; isso sim, e urgentemente! Ligado a Vénus e a tudo isto merece a pena relembrar que está a fazer uma quadratura a Plutão; estamos portanto a ser solicitados para transformar a valorização de determinados aspectos da nossa vida. Ora, Vénus e Plutão fizeram conjunção em Capricórnio em Novembro de 2016 e o símbolo Sabiano era: “Rapazes e raparigas em trajes de ginástica”.

Capricórnio encerra em si a ambição de vermos concretizados os nossos objectivos, pede-nos trabalho, maturidade e responsabilidade. Mas aquele símbolo fala de algo muito diferente. Fala de pausas no trabalho; pausas feitas de sociabilização, exercício físico, de dirigir a atenção para o “não trabalho” o “não metas a atingir”. Daqui a uns dias quando a quadratura for exacta o símbolo de Plutão é “Um coro escondido cantando” e o de Vénus é “Uma menina alimentando pássaros no Inverno”. Mais uma vez a ideia de trabalho duro não surge aqui! Para mim é transparente que a mensagem subliminar é a de que está na hora de alterarmos a visão que todos temos de como se alcançam os desejos/metas/objectivos; sim é preciso arregaçar as mangas e agir, trabalhar, mas é preciso também saber quando parar, readquirir energia, balancear trabalho com descanso, talvez trabalhar menos, embora com mais sabedoria e responsabilidade. Concluindo, ainda bem que “alguém” põe Vénus em Carneiro e Marte em Gémeos na ordem. E quem melhor que Saturno, regente de Capricórnio!

 

Consultas/lições/acompanhamento dos desenvolvimentos em cada lunação, tudo num pacote administrado a conta-gotas, de forma personalizada. Se lhe interessa informe-se pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

A imagem é da pintora Harriet Backer

Boa Sexta-feira!

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 18 de Maio

A Lua em Aquário faz sextil a Saturno, a Urano e quadratura ao Sol; há uma tensão emocional e o que sentimos está intrinsecamente ligado à nossa realidade interna, sendo que quanto mais bem estruturados estivermos, melhor podemos aproveitar a energia e maior é a sensação de segurança e bem estar. Mas é muito provável entrarmos em contacto com aspectos menos favoráveis dessa realidade, e sempre que acontecer, a ligação a Urano dá-nos um suplemento extra de objectividade e capacidade de desapegar de tudo o que se mostra em excesso.

Marte em Gémeos faz oposição a Saturno até 29 de Maio; uma possível tendência a dispersarmos energia em várias direcções diferentes, é limitada pela influência de Saturno, e desta forma fica mais fácil concentrarmos o foco das acções naqueles objectivos que de facto se mostram úteis e precisam ganhar solidez.

Símbolo Sabiano do dia: Uma mulher no encalço de um romance maduro

Parece-me que podemos contar com um dia em que as emoções, de uma forma geral, serão suaves, ou pelo menos fruto de uma compreensão e aceitação daquilo que é a vida e os desafios pelos quais todos passamos. A consciência da perfeição do que é imperfeito, alcança-se com o tempo, com maturação, e isso é fonte de um sentimento parecido com um romance maduro.

 

Consultas/lições/acompanhamento dos desenvolvimentos em cada lunação, tudo num pacote administrado a conta-gotas, de forma personalizada. Se lhe interessa informe-se pelo mail acasanafloresta.astrologia@gmail.com

Imagem veio daqui

Boa Quinta-feira!

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 17 de Maio

Com a Lua em Aquário há um futuro que chama por nós, e que pode estar simbolizado por determinados grupos de pessoas que connosco partilham das mesmas opiniões, dos mesmos gostos, das mesmas aspirações. Aplica-se um sextil a Vénus em Carneiro, um trígono a Júpiter em Balança e a Marte em Gémeos; há sem dúvida um clima social mas onde impera a consciência da nossa própria individualidade, em contraponto a uma certa atitude de excessiva condescendência para não contrariar ninguém, que com frequência sucede sempre que Balança marca presença.

Vénus em Carneiro faz dois aspectos que reforçam o que ficou registado acima, um sextil a Marte (até 9 de Junho) e uma oposição a Júpiter (até 19 de Junho). Mas há uma quadratura em aproximação a Plutão (até 25 de Maio) que implicará necessariamente alguma tensão e transformação de valores relacionados à forma como procuramos ser independentes e autónomos naquilo que fazemos.

Júpiter em Balança está retrógrado desde o início de Fevereiro, e nesta condição temos tido condições de crescimento interno, através dos vários relacionamentos que fazem parte da nossa vida. Sendo regente de Sagitário e de Peixes, temas ligados à nossa verdade interna, que estende ramificações ao nosso estilo de vida e à forma como vivemos a circunstância de sermos simultaneamente matéria e espírito, ficam em destaque. Em menos de trinta dias vai voltar ao movimento directo, e neste momento começa a desacelerar. Isto significa que deveremos estar atentos aos temas indicados e aos eventos no dia a dia; vão começando a surgir situações que indirectamente falam de uma verdade nossa inconsciente, que por isso é desconhecida e só quando nos confrontamos com ela percebemos que faz parte de nós. O que sabemos não trazer benefícios, o que nos faz sentir mal ou desconfortáveis é para deitar no lixo mais próximo. O exterior é um reflexo do interior, e cabe-nos descartar o que não queremos.

Símbolo Sabiano do dia: Uma mulher índia vendendo missangas

A mulher usa os recursos da sua tribo, usa talvez talentos e saberes tradicionais na manufactura de peças de uso diverso, e vende-as como forma de adquirir outros recursos, talvez dinheiro que irá circular como moeda de trocas noutras situações semelhantes. O que é que esta cena nos recorda? Estaremos a usar e gerir bem tudo o que sabemos e tudo o que sabemos fazer? Estaremos a valorizar suficientemente todos os nossos dons? Este assunto acaba por se relacionar também com a criatividade associada ao nodo norte em Leão; a verdade é que há uma quadratura entre o nodo e o Sol, portanto há aqui um desafio mas ao qual não podemos fazer vista grossa. Os nossos recursos têm que ser valorizados, temos que ter confiança e para eles canalizar toda a nossa capacidade criativa.

Imagem veio daqui … umas senhoras com um ar muito aquariano…

Consultas disponíveis aqui

Boa Quarta-feira!

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 16 de Maio

O início do dia dá-se com a Lua em Capricórnio e os últimos momentos do trígono ao Sol e quadratura a Urano que começaram de véspera, sendo que a tensão da quadratura é uma oportunidade para a tomada de consciência de padrões a desapegar. Se conseguirmos fazer isto, certamente uma onda de generosidade, optimismo e confiança nos irá inundar uma vez que o nodo norte em Leão está a fazer trígono a Urano. Entretanto vamos ter outra quadratura, desta vez a Mercúrio, que vai reentrar em Touro (já por aqui tinha andado antes de ficar retrógrado); emoções e pensamentos fazem atrito, mais um pouco de tensão, mas especialmente se a ligação a Urano for bem sucedida, esta a Mercúrio será menos intensa, talvez apenas para afinar questões de auto estima. Com mais ou menos sucesso em enfrentar as tensões que se nos apresentam, o final do dia acontece com a Lua a entrar em Aquário, e a sensação de mais leveza, maior capacidade de nos distanciarmos das dificuldades e problemas que temos pela frente; não convém esquecê-los, mas encará-los com mais objectividade e frieza permite mais facilmente encontrar as soluções possíveis.     

Símbolo Sabiano do dia: Um espanhol faz uma serenata

Parece que apesar de tudo o amor anda por aí… Vénus em Carneiro faz sextil a Marte em Gémeos; uma combinação que nos ajuda a ser mais extrovertidos, com uma maior apetência por procurarmos situações sociais em que nos possamos divertir. Mas há também um quintil do Sol em Touro a Neptuno em Peixes; a criatividade no uso dos nossos recursos leva-nos a criar situações em que podemos ser alvo da simpática atenção dos outros e/ou somos nós a dar uma especial atenção a alguém. Eu, cantar não posso, senão ainda espanto o parceiro….. ehehehhehehehe

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

Boa Terça-feira!

 

 

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 15 de Maio

A Lua está agora em Capricórnio; este é um posicionamento que indica como nos sentimos bem numa realidade segura, estável, bem estruturada. Durante a manhã há uma quadratura a Júpiter e um sextil a Neptuno; o primeiro aspecto implica tensão, exacerbada pelo efeito expansor de Júpiter, e a qualidade do que sentimos é o indicador de, até que ponto nos sentimos confortáveis na realidade em que nos movimentamos. Mas mais confortáveis ou menos, há atitudes a tomar, seja porque precisamos repor bem estar, seja porque precisamos solidificar o que já existe nesse sentido. Neptuno fala de uma sensibilidade disponível que ajuda a optarmos ouvindo a “Voz dos Deuses”. De tarde vem uma conjunção a Plutão, e é tempo de nos recuperarmos emocionalmente, de transformarmos em nós aqueles sectores que percebemos nos atrapalham. A necessidade de nos sentirmos parte de uma realidade bem estruturada, como ficou registado acima, pode ser uma forma de nos trancarmos no passado, porque aquilo que percepcionamos como futuro naturalmente ainda não existe, logo ainda não tem uma estrutura sólida. Já com a noite bem instalada, aplicam-se uma quadratura a Urano e um trígono ao Sol em Touro; o que isto significa é que as nossas necessidades emocionais são apoiadas pela vontade consciente que nos dirige para o mundo material, mas simultaneamente somos convidados a desapegar de alguma coisa. No entanto não serão “coisas materiais” aquilo que nos devemos de desapegar, mas sim elementos internos que nos impedem de seguirmos para lá das formas que existem na nossa vida. O regente de Capricórnio é Saturno que está retrógrado em Sagitário; os elementos internos que precisamos largar são os que nos impedem de alcançar novas formas de vida, de horizontes mais largos.

O Sol em Touro faz uma semi quadratura a Vénus (até dia 20 de Maio); este aspecto pode estar relacionado com os desafios do dia, já que a vontade de usufruirmos de uma realidade material de qualidade parece estar “comprometida”. Será um impedimento temporário naturalmente, e a oposição de Vénus a Júpiter em Balança faz notar que talvez possamos estar a relegar para segundo plano aspectos ligados aos outros. Pelo meio a confiança em nós mesmos pode sair beliscada (Sol em quadratura ao nodo norte em Leão até dia 19 de Maio), mas isto não é inevitável; primeiro, já sabemos o que se passa, segundo, há um trígono do nodo norte a Urano que nos adverte que a confiança para brilharmos reside na capacidade de largar o passado, abraçar o novo que quer entrar nas nossas vidas. Mas somos nós que temos que escolher, por mais que nos pareça difícil!

Símbolo Sabiano do dia: Um grande parque público bem cuidado

Qualquer espaço bem cuidado, exige manutenção constante, há permanentemente necessidade de eliminar o que se torna residual; num espaço natural por exemplo faz parte das rotinas diárias deitar lixo fora, apanhar folhas secas, aparar as plantas. O nosso espaço interior não é diferente, mantê-lo bem cuidado implica igualmente “deitar lixo fora, apanhar folhas secas, aparar as plantas”… em suma desapegar do que ficou a mais! Nunca nos livramos de tais tarefas se queremos que a nossa vida se pareça com um parque bem cuidado!

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

Boa Segunda-feira!

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 12 de Maio

A Lua vai entrar em Sagitário, e nós sentimos a vida de um ponto de vista mais optimista,  mais aventureiro, talvez mais filosófico, talvez mais aberto a procurar a verdade última. O trígono a Vénus que começa na véspera termina, e uma possível agradável sensação de que tudo corre sobre rodas, sem necessidade de esforço, pode dar lugar à necessidade de acção… e aventura! Isto porque se aplica uma oposição a Marte em Gémeos, também uma quadratura a Neptuno; mas, ou nos precavemos, ou podemos acabar numa confusão de coisas dispersas que tentamos fazer, como forma de atendermos às nossas necessidades emocionais, ficando o resultado final mais perto da desilusão do que de outra coisa. E enquanto isto, um sextil a Júpiter em Balança, diz-nos que os outros com facilidade estão incluídos na variedade de propostas que se nos irão apresentando.

Vénus em Carneiro faz oposição a Júpiter em Balança (até 19 de Maio) e fica evidente que apesar de darmos importância à nossa independência, à nossa capacidade de agir e liberdade de movimentos há diversas relações que necessitam igualmente atenção, até mesmo porque através delas podemos crescer, experimentar novas formas de estar na vida. E porque Vénus faz também uma semi quadratura ao Sol em Touro (até 20 de Maio) podemos ter a certeza que satisfazer a vontade de aplicarmos e gerirmos os nossos recursos onde e como entendemos, não está exactamente uma tarefa fácil… está emperrada…

Símbolo Sabiano: Uma pomba branca sobre águas tumultuosas

Agitação, mas talvez na construção de maior paz…

Imagem veio daqui

Consultas disponíveis aqui

Boa Sexta-feira!

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 11 de Maio

Depois da Lua cheia de ontem, os aspectos astrológicos não mudaram drasticamente, mas ainda há assim há algumas mensagens que o cosmos nos proporciona. Por enquanto a Lua em Escorpião prepara-se para fazer caretas a Júpiter em Balança, coisa pouco demorada mas que talvez não colabore nas nossas capacidade sociais… sentimo-nos melhor mergulhados nos nossos próprios assuntos. Depois ao fim da tarde um trígono a Vénus em Carneiro pode servir de bálsamo, porque as emoções e a importância que damos à nossa autonomia alinham-se sem dificuldades.

Mercúrio faz trígono exacto a Saturno; como Saturno está retrógrado e faz trígono a Urano, o “inesperado” pode entrar a qualquer momento na nossa realidade interna, a mente capta, e um pensamento, uma ideia surge. Por sua vez esta ideia é um dado a mais na reestruturação da nossa realidade/verdade interior; o nodo norte em Leão é também chamado a este assunto, visto que entre ele e Mercúrio há um trígono em aplicação (até 15 de Maio). A iluminação possível da Lua cheia, pode muito bem estar relacionada com tudo isto …

Marte também faz trígono exacto a Neptuno; agir com passos certeiros em relação aos ideais que nos motivam ganha clareza quanto à direcção em que temos que seguir, ou quanto à natureza dos passos. Como foi dito no post da Lua cheia, pode ser uma questão de menos acção, mais inspiração. Novamente fica a impressão que insights de Lua cheia podem ter sido importantes, ou ainda virem a ser.

Símbolo Sabiano do dia: Um dedo que aponta um livro aberto

É à medida que escrevo que me apercebo de determinados pormenores. Acabo portanto de reparar que livros são temas de Mercúrio e ali em cima é indicado que pensamentos/ideias inesperadas podem fazer luz – iluminar – sobre alguma coisa importante, a tal iluminação de Lua cheia. O dedo aponta o livro, isto é, o dedo aponta a ideia que surgiu! E agora tenho que partilhar que a minha experiência foi essa, sim! Ah…. bem me parecia que a luz tinha sido acesa, e bem me parecia que foi boa ideia ontem, para acalmar a tensão, lembrar-me de ligar o botão nodo norte em Leão! 🙂

Imagem veio daqui … é a máquina onde o livro foi escrito 🙂

Consultas disponíveis aqui

Boa Quinta-feira… iluminada!

 

Share Button

Lua cheia em Escorpião, Maio 2017

Lua cheia em Escorpião, Sol em Touro, 10 de Maio, 22.42h

Início do ciclo lunar foi com a Lua nova de Touro no Símbolo: A mulher de Samaria

“Tudo começou” há cerca de duas semanas quando Sol e Lua formaram uma parceria em Touro no sentido de um desenvolvimento energético que nos pudesse retornar uma melhor qualidade de vida material. Mas o símbolo sublinhava que para tal acontecer no seu máximo potencial, dimensões espirituais deveriam ser consideradas, a tal fonte de vida eterna cujo acesso seria dado por Jesus, embora fosse necessário pedir (livre arbítrio). É interessante verificar agora que esta Lua cheia é acolhida pelos budistas de forma muito especial, dando origem ao festival de Wesak que celebra o nascimento de Siddhartha Gautama, a sua iluminação e também a sua morte. Um dos ensinamentos de Buda foi que a raiz do sofrimento humano radicava no apego, e não deixa de ser interessante verificar que os aspectos astrológicos constantemente sugerem a necessidade de desapegar; desapegar de ideias, de conceitos, de emoções, largar o que não serve, porque se não serve e nós mantemos experimentamos o sofrimento, coisa bem desagradável como sabemos.

Com o Sol em Touro é mais do que legítimo aspirar a uma vida material confortável, com todos os recursos que queremos e necessitamos, mas vale a pena ponderar como procuramos alcançar tal patamar. Com a Lua cheia à porta, poderemos ter algum momento de iluminação, à semelhança de Buda, embora à nossa escala. Ele alcançou tal sabedoria depois de vários dias em meditação, mas muitos de nós, atarefados numa lufa lufa pela sobrevivência…ainda… não podemos esperar o mesmo grau de iluminação; pelo menos podemos parar um pouco e procurar ouvir o que a nossa própria consciência nos diz!  Nós não somos seres materiais, somos seres em que uma parte de nós é matéria e a outra é consciência, que grava tudo o que vive, seja percepcionado como agradável ou não. Herdamos recursos fantásticos, talentos únicos, simbolizados por Touro. São os nossos bens mais valiosos e quando os reconhecemos, valorizamos e usamos não precisamos de nos apegar a nada porque temos sempre como substituir o que desaparece. Mas também herdamos medos, traumas ligados a perdas fundamentais, talvez da própria vida, situações em que a segurança foi gravemente colocada em risco; estas situações estão “gravadas” em Escorpião sob a forma de “padrões emocionais inconscientes”. São padrões naturalmente do passado, que impactam toda a nossa vida, a maneira como reagimos, a forma como pensamos, como agimos, as escolhas que fazemos. Voltando a Touro, se queremos manter ou melhorar as nossas condições de vida material, há padrões emocionais ligados ao passado, e ligados a uma consciência primária de sobrevivência, dos quais nos devemos desapegar; à medida que desapegamos do passado, actualizamos a nossa imagem interna (Lua), eventualmente de forma tão radical que literalmente nos sentimos renascendo das nossas cinzas (Escorpião).

Símbolos  Sabianos

Sol: Um dedo que aponta um livro aberto

Lua: Um soldado negligencia o dever

Já vimos que o Sol em Touro procura a satisfação das necessidades da vida terrena, mas a Lua (as reacções, as emoções) parece não querer cumprir… Porquê é talvez o que cada um de nós individualmente deve procurar sentir, mas genericamente a razão estará algures codificada num padrão emocional que nos impede viver com a qualidade que procuramos ter. Dele, será urgente o desapego…

Não há muitos aspectos em aplicação, o que é bom porque não dispersamos a atenção. O Sol faz uma semi quadratura a Vénus em Carneiro, a Lua uma sesquiquadratura; tensão, frustração, envolvendo a importância que damos à nossa própria capacidade de agir com independência relativamente aos nossos objectivos. Sabemos desta importância (Mercúrio em Carneiro) mas temos dificuldade em fazer vencer a vontade. Vénus faz oposição a Júpiter o que pode esclarecer o assunto; quer Carneiro, quer Touro, são energias muito centradas no individuo isolado – sou livre de empreender as minhas acções para alcançar os meus objectivos e conto com os meus recursos para ter sucesso – algo deste género! Mas a verdade é que os outros existem também, e teremos que os incluir na nossa esfera pessoal, de uma forma ou de outra.

Saturno em Sagitário faz trígono a Urano. Esta ligação assegura que está a ser introduzida inovação na nossa realidade/verdade interna, há desapegos a acontecer (a bem ou a mal), há um futuro que quer entrar. Podemos estar a percepcionar isto como libertador ou não. Se algum sector da nossa vida nos está a provocar algum grau de desconforto ou mesmo sofrimento, já se sabe… há que identificar o que desapegar.

Marte em Gémeos faz quadratura a Neptuno e trígono a Júpiter; agir em harmonia com os outros acontece com fluidez, mas agir para concretizar sonhos e ideais elevados, parece estar mais exigente! Talvez porque podemos estar a agir “demais”, talvez precisemos apenas agir com mais inspiração, com mais sabedoria, talvez precisemos desapegar de agir como se fossemos apenas matéria a tentar moldar matéria…  porque precisamos sobreviver a qualquer custo.

Somos unânimes que o mundo precisa melhorar drástica e tão rapidamente quanto possível; há demasiada destruição, demasiada violência, demasiada carência, demasiado sofrimento. Se criamos a nossa realidade com o que temos dentro, enquanto não desapegarmos do que nos faz sofrer, não saímos deste ciclo. Não precisamos sofrer e não precisamos lutar pela sobrevivência; a única luta que é necessária é contra o que nos prende ao passado. Que esta Lua cheia nos possa iluminar em relação ao que podemos desapegar desde já.

 

Consultas disponíveis aqui

 

Share Button

Nodo norte vai entrar em Leão

Depois de cerca de 18 meses transitando por Virgem, eis que hoje o nodo norte entra em Leão, onde permanecerá até Novembro de 2018. Esta mudança implica necessariamente que o nodo sul vai estar associado a Aquário. Criar condições para nos abrirmos ao nosso potencial máximo passa obrigatoriamente por desenvolvermos, ou reforçarmos, ou aperfeiçoarmos os atributos de Leão e neste processo vamos deixando de lado os traços menos positivos de Aquário.

Quando penso em Leão a primeira característica que me ocorre sempre é alegria. Eu não “herdei” esta característica e sei portanto o quanto ela é importante, sei o quanto ela é fundamental; se criamos a vida segundo o que temos dentro, e se não conhecemos determinados atributos, a nossa vida não vai espelhar esses atributos, para o melhor e para o pior. De certa forma, esta foi uma razão de peso para me envolver cada vez mais seriamente no estudo da Astrologia, bem como uma série de outras temáticas, que me foram ajudando a reestruturar aquela minha realidade interna, carente de alegria, abundante de estados depressivos… ugh… não recomendo! Tem sido exigente sim, mas curiosamente às vezes sinto que de facto tudo não passa de um jogo, uma espécie de auto desafios inventados por dimensões nossas desconhecidas para nos irmos superando, crescendo. Penso sempre nas pessoas que fazem alpinismo… é um desporto duro, pode-se perder a vida, mas quem corre por gosto… A satisfação de ver cada obstáculo transposto é motivo para, cada vez mais alegria… 🙂 O que é bom sinal porque tenho o nodo norte em Leão 🙂

Porém se fizéssemos só mesmo o que nos dá na bolha, talvez também nem tudo corresse às mil maravilhas; é caso para sublinhar que aquilo que temos que largar de Aquário são só alguns exageros inerentes a esta energia. O que é bom é para manter, obviamente! Atributos como, por exemplo, a noção de que fazemos sempre parte de algum grupo específico em que todos devem usufruir de fazerem o que lhes dá alegria inibe algum Leão mais autoritário de impor as suas necessidades aos outros. Ou a tendência para observar objectiva, fria e mesmo cientificamente algumas circunstâncias, ajudam-nos a não “embandeirar em arco” perante teorias superficiais que garantem alcançarmos a felicidade num estalar de dedos… porque a verdade, é que às vezes, nem em dois isso é praticável!

Resumindo e concluindo vamos desenvolver o lado positivo de Leão o que fará encolher o lado negativo de Aquário, e para isso vamos seguir os seguintes tópicos:

Nodo norte em Leão, atributos a desenvolver: optimismo, autoconfiança, liderança, orgulho próprio, por quem somos, pela nossa história, pelo caminho já percorrido, coragem, coragem para nomeadamente assumir o EU interno plenamente, fazer o que o coração pede, generosidade, criatividade; quando conseguimos accionar tudo isto, quando conseguimos exteriorizar quem somos genuinamente, o que sentimos só pode ser alegria e felicidade. É neste estado que conseguimos dirigir a criatividade para a criação de uma vida plena, feliz e alegre. Isto não quer dizer que vamos estar sempre bem dispostos, não me refiro a uma alegria/excitação mas antes uma alegria/paz que ajuda a suavizar e ultrapassar os períodos mais desafiadores. A dedicação a algum tipo de hobby pode ser uma opção a não desperdiçar; treinamos competências criativas, orgulho nos nossos talentos, podemos descobrir partes de nós escondidas e desconhecidas. Leão relaciona-se com o conceito de “criança interior” e todas as crianças são criativas; há que soltá-la, reanimá-la, cuidá-la, trazê-la à luz, fazê-la brilhar. Ela somos nós!

Nodo sul em Aquário, desapego dos seguintes atributos: “lógica científica e matemática” aplicada a tudo e mais alguma coisa, rigidez de ideias/teimosia, excesso de: intolerância, radicalismo, impessoalidade, frieza, distanciamento, responsabilidade perante os grupos a que pertencemos em detrimento dos nossos interesses, valorização indiscriminada de tudo o que é tecnológico… excesso de internet … 🙂

Se quiser rever o que são os nodos da Lua espreite aqui

Imagem veio daqui 

 

Share Button