Céu astrológico para Quarta-feira 4 de Janeiro

ceuA Lua vai ainda continuar em Peixes até pouco depois das 16.00 h, e faz quadratura a Mercúrio em Capricórnio. Sentimos para um lado, pensamos para outro! Neptuno está em Peixes, mas são os planetas pessoais que lhe fazem companhia, Lua, Marte e Vénus os responsáveis por não nos conseguirmos mexer com mais energia; talvez os pensamentos girem à volta do que há para fazer, das obrigações, responsabilidades e trabalho que temos para executar mas o corpo pede movimentos lentos, calma. Há uma razão para tudo, e se aproveitarmos este período para preparar cuidadosamente os próximos passos, logo mais com a entrada da Lua em Carneiro e um aumento de vivacidade podemos então passar à acção. Mercúrio retrógrado, pelo final do dia vai reentrar em Sagitário e centrar o pensamento naquilo que são as nossas convicções; um breve período, até 8 de Janeiro, para revermos que verdades pessoais nos servem, quais as que devem cair, quais as que devemos integrar de vez. Com a mente a operar no fogo da energia de Sagitário, o optimismo, a fé na vida e o entusiasmo podem bem passar a ser a verdade de todos.

O Sol lá vai por Capricórnio faz quadratura a Júpiter (até 12 de Janeiro) e a Urano (até 10 de Janeiro), enquanto a conjunção a Plutão se vai estreitando (até 7 de Janeiro). Conciliar os nossos objectivos com as pessoas que fazem parte das nossas relações é um dos desafios do momento bem como introduzir novas atitudes de afirmação pessoal, de assertividade de acção em nome próprio. Estes desafios no entanto iluminam o que precisamos transformar na maneira como os encaramos e como podemos encontrar soluções para eles; as transformações certas irão nos garantir mais poder pessoal, e isto é o suficiente para ultrapassarmos qualquer obstáculo e dificuldade.

Vénus vai-se aproximando de uma conjunção a Neptuno (até 12 de Janeiro); é um aspecto que indica mais uma oportunidade de trabalharmos o nosso sistema de valores no sentido da unidade. Neptuno dissolve tudo o que nos separa e promove tudo o que permite a consciência de que fazemos parte de um grande organismo cósmico, pelo menos de uma grande organismo chamado Planeta Terra. Esta é uma condição energética que está já a impactar-nos e por isso naturalmente vai colaborar na resolução dos desafios ali em cima marcados pelas aspectos do Sol. Quanto mais nos conectarmos às propostas que “lá de cima” nos oferecem, mais teremos condições de criar o céu na Terra, começando pelo céu na nossa vida. Bolas, isto é irrecusável!

Imagem veio daqui

Boa Quarta-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 3 de Janeiro

ceuA Lua continua em Peixes, faz sextil a Plutão, conjunção a Quíron e quadratura a Saturno. Imaginação, sensibilidade e intuição continuam acentuadas, e a agilidade parece que foi de férias com Marte também em Peixes. Mergulhados nesta energia de passividade e quietude, não conseguimos agir com ligeireza, mas podemos talvez permitir novo nível de transformações internas pela mão de Plutão, dando espaço às curas emocionais de Quíron que podem estar relacionadas com a falta de consciência de que estamos conectados a tudo e a todos. Envoltos numa espécie de nevoeiro, ainda assim temos uma realidade física a que atender, obrigações e responsabilidades à nossa espera; como conciliar é o nosso desafio do dia, e se calhar tudo vai passar por ouvirmos a voz interna que terá alguma mensagem a entregar. Talvez seja boa ideia prestar atenção a ideias e pensamentos que surgem espontaneamente, visto que Mercúrio retrógrado está em Capricórnio, regido por Saturno, ambos símbolos da realidade física com a qual temos que lidar, apesar das possíveis dificuldades.

Entretanto Vénus entrou também em Peixes e com esta transição abre-se um período de maior valorização do simbolismo associado, de que tudo é consciência, de que neste universo nada está separado e de que apenas uma pequena parte se mostra como matéria. Não é agindo apenas nesta “pequena parte” que resolvemos seja o que for, é aprendendo a “agir” na consciência, no Todo, no imaterial, no invisível. Estamos pouco activos, a altura perfeita para meditar, ficar em silêncio e “ouvirmo-nos” por dentro.

Imagem veio daqui

Boa Terça-feira!

 

Consultas e análises aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 2 de Janeiro

ceuA Lua entrou já em Peixes e faz sextil a Mercúrio conjunção a Neptuno e a Marte oposição ao nodo norte. A nossa disposição mais natural e espontânea conduz-nos para actividades que não exijam demasiado esforço físico e em contrapartida tudo o que necessite de imaginação e inspiração pode constituir uma boa escolha. A ligação a Mercúrio mostra como esta abertura à inspiração pode ser aproveitada para revermos os planos, as ideias que nos podem conduzir a um culminar positivo dos nossos objectivos. Estes podem ser muito diversos, e alguns deles são autênticos sonhos que às vezes parecem inalcansáveis, ou porque fogem às regras que acreditamos serem invioláveis, ou porque não são dados os passos certos. A ligação a Neptuno deixa-nos mais sensíveis e intuitivos, e talvez possamos sentir o que precisamos esbater, ou ir esbatendo em nós, para que os sonhos se tornem uma realidade palpável. Marte em Peixes ajuda a agir neste sentido, sobretudo se tivermos bem consciência do que é o correcto para nós. Peixes é o universo dos sonhos, dos ideais, da inspiração que permeia todas as formas de arte, é o universo do espírito e do sublime! Mas o nodo norte em Virgem, e em particular a oposição que hoje acontece, lembra-nos que nada do que é daquele universo se materializa na terceira dimensão sem disciplina, trabalho, saúde e organização. Música e dança são áreas tradicionalmente associadas a Peixes. Dá para imaginar uma bailarina que não trabalhe, que não seja organizada, nem tenha cuidados com a sua saúde? Dar até dá, mas não parece sair grande coisa!

Algures durante o fim de semana Marte fez conjunção a Neptuno, e à semelhança de uma Lua nova iniciou um ciclo novo que nos convida a agir em nome de ideais universais, em nome dos nossos próprios sonhos também, que claro devem considerar o bem global. É um convite irrecusável por mais trabalho que nos dê!

Imagem veio daqui

Boa Segunda-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button