Céu astrológico para Quinta-feira 17 de Novembro

ceuA Lua está agora em casa, isto é, em Caranguejo; mais sensíveis, com mais necessidade do aconchego que a casa física e a família podem proporcionar, temos também a imaginação e a intuição mais afinadas, o que é incrementado pelo trígono a Neptuno. Bem gostaríamos talvez de aproveitar plenamente um doce e suave estado de espírito, mas vamos ter que fazer face a uma oposição a Vénus agora durante a manhã, uma quadratura a Júpiter, outra oposição a Plutão e bem ao final do dia uma quadratura a Urano. Vénus e Plutão em Capricórnio não se compadecem com sensibilidades, querem trabalho e responsabilidades em dia e em ordem; enquanto vamos tentando encontrar equilíbrio entre o que sentimos e as obrigações do dia, as relações com outros não trazem acalmia, pelo contrário, representam desafios para ultrapassar. É natural que finalmente quando a ligação a Urano se começar a estreitar, estejamos já com os nervos em franja… mas nada disto é inevitável! Podemos começar por procurar entender o que está a provocar uma certa insatisfação logo de manhã, sabendo inclusive a importância de não nos deixarmos engolir por emoções bicudas, que dificultam inclusive estarmos à altura do desempenho necessário para atingirmos as nossas metas; dificultam também quando temos que lidar com os outros, com os seus problemas, opiniões, visões e emoções. Quanto mais dificuldades encontrarmos mais temos que transformar alguma coisa em nós, e Plutão permite essa transformação se lhe dermos aval, se tivermos consciência do que está a pedir transformação. E se conseguirmos isto, o fim do dia traz a possibilidade de uma nova imagem própria, mais livre de limites e condicionamentos exteriores.

A versão mais positiva pode estar completamente dependente da nossa vontade consciente. Há motivos para sorrir porque temos um biquintil do Sol a Urano; temos a possibilidade de estabelecermos vontades especialmente criativas e futuristas, inesperadas talvez, mas com poder de nos ajudar a contornar as situações mais complicadas e aborrecidas. A cada vontade, corresponde a opção de a tentar satisfazer, e estes processos passam pela mente. Mercúrio, como representante da mente, está em conjunção a Saturno, e ambos em Sagitário. Portanto, soluções que surjem e se mostram eficazes, podem permanecer connosco e serem incorporadas na nova estrutura de pensamento e de realidade que estamos permanentemente a construir. Eu diria, que bom!

Tenho referido a conjunção de Neptuno ao nodo sul em publicações anteriores; é hoje o dia em que o aspecto é exacto, Neptuno retrógrado está perto de ficar em movimento directo, e pede-nos para aproveitar este espaço de tempo para deitarmos fora tudo o que nos conduz pelos caminhos da desilusão. São as emoções que nos dão as pistas do que há para largar, e que estão neste momento relacionadas com o nodo sul (passado) em Peixes. Não é seguramente agarrados ao passado que vamos conseguir desfrutar da tranquilidade a que o símbolo da Lua nova de Escorpião fazia alusão!

Duração dos aspectos mais prolongados mencionados nesta publicação: Sol quintil a Urano até 20 de Novembro – Mercúrio conjunção a Saturno até 23 de Novembro

Imagem: de viagem para o nodo norte…. o nodo sul fica para trás. Veio daqui

Boa Quinta-feira!

 

Consultas e análises aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 16 de Novembro

ceuO dia surgiu com as tonalidades de um sextil da Lua a Urano; com a Lua em Gémeos há uma maior adaptabilidade e fluidez em deixarmos entrar em nós aspectos pouco convencionais mas que abrem as portas ao futuro que projectamos. Claro que as portas só abrem às nossas intruções e por isso talvez seja boa ideia optarmos conscientemente por alguma nova atitude, que sabemos ter o potencial de nos trazer alguma vantagem, conforto, benefício.

Urano está também em trígono a Saturno em Sagitário, desde aproximadamente o início de Novembro, aspecto que vai se manter até quase ao final do ano, mas que irá regressar em 2017. De Urano em Carneiro podemos dizer que se relaciona com futuro inovador, novas formas de sermos independentes, donos do nosso próprio nariz. Saturno em Sagitário é a concretização duma realidade para lá daquela que conhecemos, mais livre também, mais ética e verdadeira. Juntam-se os dois e convidam-nos a deixarmos entrar estas influências, optando a cada momento pelas emoções, crenças e atitudes que podem nos posicionar no caminho certo. Se todos os dias isto pode ser uma prioridade, hoje com o toque da Lua a Urano é de certeza um dia ideal para começar por algum lado, se é que ainda não começamos; se já não somos novatos nestas andanças, pois é só continuar com a tarefa.

Mercúrio em Sagitário sintoniza-nos mentalmente para esta proposta; a conjunção a Saturno vai proporcionando a capacidade de disciplina e concentração, de estruturação das ideias que vão surgindo, de objectividade capaz de contrariar a possibilidade de confusão presente na actual quadratura a Neptuno; assim, este último aspecto que está na recta final, pode ser então uma importante fonte de inspiração. Depois destes tópicos volto ao início, à Lua em Gémeos, que é regido precisamente por Mercúrio; o impulso de querer saber mais, de procura de informação pode ser activado para este fim, para irmos planeado como virar costas a uma realidade apodrecida um pouco por todo o lado, e preparando um novo caminho.

Duração dos aspectos mais prolongados mencionados nesta publicação: Mercúrio quadratura a Neptuno até 18 de Novembro – Mercúrio conjunção a Saturno até 23 de Novembro – Saturno sextil a Urano até 24 de Dezembro

Origem da imagem

Boa Quarta-feira!

 

Consultas e análises aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 15 de Novembro

ceuA Lua já está em Gémeos e predispõe-nos a ser mais curiosos, mais comunicadores, talvez tenha chegado o momento para procurar “aquela informação” ou decidir sobre “aquela nova aprendizagem”. Mercúrio em Sagitário, apoia claramente todas as estratégias que nos ponham a caminho de uma expansão dos conhecimentos que detemos actualmente.  Um trígono da Lua a Júpiter conecta este estado de espírito ao crescimento por via dos relacionamentos, tornando-nos potencialmente mais sociáveis e retirando daí talvez as primeiras informações que nos serão úteis. De facto observar o comportamento dos outros, observarmos como nos relacionamos nós com os outros, com aqueles com quem partilhamos as mesmas opiniões, e com aqueles com quem discordamos, é só por si uma fonte de expansão de sabedoria e auto conhecimento! Sobretudo o que sentimos nestes processos, fala bastante de quem somos, e do que haverá para alterar se não gostarmos das emoções que nos envolvem. Vamos estar sob a influência de uma quadratura a Neptuno, e é possível excesso de imaginação, de sensibilidade, de dispersão e confusão emocional; isto pode acarretar dificuldades acrescidas às nossas tarefas habituais, e de facto temos assinalada também uma quadratura ao nodo norte em Virgem. Vale a pena estar alerta, manter os pés assentes no chão, usar a necessidade de querer saber mais para procurar compreendermos o que nos faz distrair do que temos para fazer. Porque se esta ligação a Neptuno nos pode trocar as voltas e baralhar, também tem o poder de dissolver a raiz das dificuldades. Quem escolhe somos nós, e se conseguirmos escolher correctamente, o nosso poder pessoal cresce… 😉

Vénus em Capricórnio faz sextil a Neptuno; estamos num período em que valorizarmos as nossas responsabilidades está sublinhado, e o esforço necessário para concretizarmos os nossos ideais, sobretudo ideais benéficos para tudo e todos, é suavizado e recebe inspiração do Universo. Mentalmente estamos sintonizados também para planificar como atingir esses ideais, embora hajam desafios a ultrapassar; Mercúrio faz quadratura a Neptuno e sinaliza atenção redobrada aos excessos de idealismo, ideias mirabolantes e confusas. Isto poderá ser contrariado pela função de Vénus, reafirmando a importância de assumirmos a realidade concreta com os seus limites e obstáculos naturais, trabalho e maturidade, senso de responsabilidade; desta maneira somos dirigidos automaticamente para desenvolver o actual nodo norte em Virgem, e esse é o apontar do caminho até porto seguro.

Duração dos aspectos mais prolongados mencionados nesta publicação: Mercúrio quadratura a Neptuno até 18 de Novembro – Vénus sextil a Neptuno até 19 de Novembro

Origem da imagem

Boa Terça-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Lua cheia em Touro, Novembro 2016

lua-cheiaLua cheia em Touro, 14 de Novembro, 13.52 h

Mais uma vez chegámos à Lua cheia, meio caminho percorrido depois do ciclo iniciado na Lua nova anterior, que desta vez aconteceu em Escorpião. Escorpião relaciona-se com partilha de energia, partilha de recursos, e em resultado dessa partilha podemos esperar transformarmo-nos em pessoas mais fortes, mais poderosas. Ter poder é necessário! Ter poder é ter a capacidade de escolher de acordo com as convicções, é ter a capacidade de recusar o que consideramos incorrecto, é ter a certeza de que estamos seguros quaisquer que sejam as circunstâncias que vivemos. Agora a Lua chegou a Touro, que se relaciona com consciência de valor, auto estima, auto-suficiência. A oposição entre o Sol e a Lua indica a necessidade de equilibrarmos as duas polaridades se queremos de facto a transformação que ocorre quando partilhamos, quando nos fundimos energeticamente com os outros, quando damos o que somos, o que temos, o que sabemos, e recebemos o que os outros são, têm e sabem. Mas para que isto possa acontecer, precisamos antes de mais sentir, reconhecer o nosso próprio valor, compreender que interiormente temos tudo o que nos permite ser auto-suficientes, temos talentos, recursos, saberes. Só com esta consciência podemos então partilhar de forma autêntica; caso contrário arriscarmo-nos a entrar em situações onde uns podem mais que outros, onde a troco de algumas vantagens renunciamos ao nosso poder, à nossa liberdade, onde podemos mesmo definhar.

Os símbolos envolvidos são os seguintes:

Lua – Uma joalharia

Sol – Um coelhinho metamorfizado numa fada

Depois das considerações iniciais, os símbolos reforçam a ideia de que, com uma auto-imagem (Lua) valorizada, de inocentes e vulneráveis coelhinhos passamos a fadas, que como sabemos têm o poder de trazer à realidade desejos e sonhos. Por esta altura então, vale a pena reflectir nestes temas e perceber se as circunstâncias nos trouxeram mensagens, pistas, insights. Já temos consciência do nosso valor próprio? Sabemos o que temos para partilhar? Se sim, já nos sentimos fadas ou será que há ainda impedimentos e nos mantemos coelhinhos? Vamos ver que condições astrológicas existem para prosseguirmos, atingirmos as metas da Lua nova (partilha com os outros, dar e receber, transformarmo-nos nestas partilhas, entrarmos em contacto com o nosso próprio poder) e a tranquilidade intimista que o símbolo da Lua nova sugeria: O brilho da Lua atravessando um lago.

Mercúrio recém-chegado a Sagitário, propõe-nos dirigirmos a mente para cenários ainda não vividos, horizontes ainda por alcançar, onde estilos de vida mais éticos, verdadeiros e abundantes esperam por quem se disponha a seguir esse caminho. Precisamos expandir a visão de temos do mundo e da vida, procurar o que ainda não sabemos, talvez ir à procura de como nos podemos transformar em fadas. E o sextil a Marte em Aquário conecta a mente directamente às acções, que sob a energia aquariana mais facilmente se tornam acções diferentes das habituais, originais e que procuram relações humanas mais igualitárias, precisamente onde cada um tenha a oportunidade de partilhar com os outros, talvez até no contexto de uma comunidade, ou mesmo de toda a comunidade humana, aquilo que sabe, que tem e que é. No entanto há uma quadratura a Neptuno avisando-nos que precisamos estar alerta para não nos deixarmos iludir por planos fantasiosos, desorganizados e confusos, demasiado idealistas; será útil lembrarmo-nos do nodo norte em Virgem, apontando como é imperioso na construção de um futuro melhor, a capacidade de discriminação e análise, eficácia e organização na forma de agir. Eliminar ou esquecer este detalhe pode trazer-nos insucesso, desilusão, e com isto um sentimento de impotência e vitimização, exactamente o contrário do que está proposto nesta lunação.

Este aspecto entre Mercúrio e Neptuno tem um papel relevante porque Neptuno está em contagem decrescente para passar ao movimento directo. Retrógrado desde meio de Junho, temos tido a oportunidade para transcender, ultrapassar padrões limitadores, castradores das nossas capacidades. Agora na fase final da retrogradação está também em conjunção ao nodo sul (passado a eliminar) e temos um convite para virar costas às velhas atitudes que nos mantêm reféns de circunstâncias que nos impedem de descobrir e activar o nosso poder, o poder de nos relacionarmos mais profundamente com aqueles que escolhemos, o poder de criarmos a realidade como preferimos. Vamos estar atentos pois grande parte do que podemos estar a experienciar de mais negativo é a revelação em plena Lua cheia do que temos para largar, deitar fora; não vamos querer continuar com os nossos novos planos arrastando as velhas atitudes e emoções do passado. O que nunca nos trouxe satisfação, gratificação, poder de realização não é agora que o vai fazer. Este aspecto é tão importante neste momento, que até a Lua “decidiu” ser uma super Lua!

Vénus também uma recém chegada ao signo onde está agora, Capricórnio, indica a importância de assumirmos os papeis públicos de autoridade nas áreas em que temos capacidade para tal, em que temos recursos internos de sabedoria, conhecimentos, técnicas, experiência. Claro que assumir estas responsabilidades, será facilitador de um incremento do nosso poder pessoal, mas é importante vivermos o Touro que há em nós, isto é, termos consciência do nosso próprio valor, o que nos dá auto estima e nos conduz fatalmente à auto suficiência, que fatalmente também nos conduz a relações de partilha genuína, profunda, transformadora para todas as partes.

Duração dos aspectos mais prolongados mencionados nesta publicação: Neptuno conjunção ao nodo sul até 17 de Novembro – Mercúrio quadratura a Neptuno até 18 de Novembro

Podemos ver a super Lua directamente da Nasa aqui

Origem da imagem

 

Boa Segunda-feira, dia de Lua cheia!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para o fim de semana de 12 e 13 de Novembro

ceuA Lua em Carneiro fez conjunção a Urano durante a manhã de Sábado; tivémos oportunidade de renovar a nossa auto imagem interna, desapegando de aspectos que perderam sentido, deixando o caminho livre para que novos atributos nos caracterizem que forma mais actual e benéfica. O fim da tarde trouxe um trígono a Vénus, que entretanto entrou em Capricórnio, e uma quadratura a Marte. Podemos estar irrequietos, impulsivos, há energia, necessidade de acção, e com alguma probabilidade é possível surgirem faíscas entre nós e os outros. Apesar disso a ligação a Vénus, tem potencialidade para servir de antídoto a estados de humor mais exaltados.

Na madrugada de Domingo a Lua entra em Touro, os ânimos refreiam, acalmamos e suavizamos, tornamo-nos mais sensíveis inclusive, através dum sextil a Neptuno que irá durar até meio da tarde; depois é a vez dum trígono a Plutão nos proporcionar poder de transformação e regeneração, força, enquanto cuidamos daquilo que é nosso, gerimos os recurso que temos, nos preparamos para procurar outras fontes de segurança material, eventualmente. Um trígono ao nodo norte em Virgem lembra que sem organização, sem uma metodologia eficaz não conseguiremos tudo o que sentimos necessitar. Só há portanto uma opção válida, toca a organizarmo-nos!

Entretanto Mercúrio entrou  em Sagitário e Vénus entrou em Capricórnio. Este é um período para nos sintonizarmos mentalmente no sentido da procura de novos horizontes, novas filosofias de vida, talvez com um maior sentido de maturidade e responsabilidade, talvez também dando importância a aspectos mais tradicionais de atenção à nossa imagem pública. É tempo de facto para nos assumirmos com autoridade nos sectores que dominamos, trabalhando e estabelecendo com uma das nossas prioridades, darmos à sociedade aquilo que de melhor temos para dar, os nossos saberes, os nossos talentos, a nossa vontade de contribuir para transformarmos a sociedade triste que temos naquela que todos sonhamos. E que não aparece apenas estalando os dedos… por isso há trabalhinho à nossa espera. Ainda bem, porque senão isto era uma pasmaceira, digo eu …

Imagem veio daqui

Bom fim-de-semana!

 

Consultas e análises aqui

 

 

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 11 de Novembro

ceuA Lua entrou em Carneiro, trouxe-nos mais energia, mais necessidade de acção, mais capacidade de seguirmos com os nossos desejos e vontades em frente. Mas faz oposição a Júpiter, e é sensato não nos esquecermos que precisamos uns dos outros e há alturas em que temos mesmo que incluir interesses alheios nos nossos planos. Hoje é seguramente um desses dias! Pelo final da tarde contamos com um trígono a Saturno e uma quadratura a Plutão. Significa isto que, o sentido de responsabilidade deve prevalecer enquanto procuramos criar situações equilibradas entre nós e os outros; pode haver sentimento de irritação, contrariedade, reacções impulsivas, mas usando as energias pelo lado mais positivo, podemos usar a tensão simbolizada pela quadratura para transformarmos em nós o que sentirmos ser necessário, ou simplesmente para fazermos o que deve ser feito a bem de todos.

E o que será que podemos fazer a bem de toda “a tribo” à qual pertencemos, sem stress, sem vencedores nem perdedores? Bem… hoje é o culminar do quintil do Sol a Marte, Marte está em Aquário (inovação, experimentação são assuntos aquarianos) e tudo isto fala duma “atmosfera de acções iluminadas, criativas e originais” que de facto pode ser o que precisamos para resolver os problemas mais bicudos neste final de dia! Só temos que colaborar e expressar o que o Universo sugere.

Imagem veio daqui (é a tribo 🙂 ): https://pt.pinterest.com/pin/575334921124789058/

Boa Sexta-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 10 de Novembro

ceuCom a Lua ainda em Peixes continua presente um estado de espírito mais conectado com a realidade imaterial do que com os afazeres da vida concreta; faz quadratura a Vénus em Sagitário, trígono a Mercúrio em Escorpião e ao fim da tarde sextil a Marte. Uma típica tendência da energia de Peixes é permanecermos envoltos na necessidade de inactividade, mas que vai ser beliscada pela importância de desbravar caminho até outros estilos de vida que não os actuais; o que vamos sentindo e o que vamos pensando não se contradizem e ajudam-nos a fazer escolhas de acordo com motivações só nossas. Quando no fim da tarde se estabelecer a ligação a Marte vamos sentir maior capacidade de agir de facto.

Marte faz sextil a Mercúrio, quintil ao Sol e Mercúrio faz biquintil a Urano. O que estes aspectos todos significam, é que no fim da tarde/início da noite, quando a maior capacidade de acção se estabelecer, há condições para agirmos de acordo com critérios inovadores, inventivos e criativos. Vamos portanto ganhar fôlego e inspiração durante o dia, para logo mais, trazermos algo de novo à nossa experiência da vida!

Duração dos aspectos mais prolongados mencionados nesta publicação: Marte quintil ao Sol até 11 de Novembro – Marte sextil a Mercúrio até 15 de Novembro

Imagem veio daqui: https://pt.pinterest.com/pin/296815431674016544/

Boa Quinta-feira!

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 9 de Novembro

ceuA Lua está em Peixes em conjunção a Neptuno e em quadratura a Saturno. Estamos mais sensíveis, mais imaginativos, mais passivos, e com mais dificuldade em lidar com a realidade concreta; fica fácil sentirmo-nos vítimas, sem sabermos como assumir responsabilidades, confusos. Durante a tarde um trígono ao Sol traz algum alívio porque pelo menos as vontades que surgem não contradizem aquilo que sentimos. Mas vamos lá fugir de tristezas, melancolias e vitimizações… sim, mesmo que tenha sido aquele senhor tão estranho a ganhar as eleições daquela super-potência mundial… A verdade é que a Lua em conjunção a Neptuno está também em conjunção ao nodo sul, a representação de aspectos do passado que não trazem nada de bom. Neptuno está a preparar-se para passar ao movimento directo, o que significa que temos que desistir do que nos desilude, e o que abre espaço à desilusão são expectativas irrealistas. Ao nodo sul opõe-se o node norte, é para aí que temos que dar atenção; capacidade de percebemos o que nos serve e o que não serve, capacidade de organizar o que temos disponível, pôr a mão na massa e dar forma ao que serve.

Marte entrou em Aquário e diz-nos para largarmos as antigas formas de fazermos o que tivermos que fazer. Vamos fazer diferente, vamos inventar e experimentar novas formas de acção, vamos testar e inovar virar as costas ao que está rotulado como o correcto. Temos tanto para desaprender! O quintil do Sol a Marte está aí para nos ajudar a criar e recriar de novo, espreitar o que pode ser o futuro e deitar mãos à obra. Mercúrio, tal como ontem foi referido, em sextil a Marte, dá-nos poder de concentração no que nos motiva; só temos que escolher motivações que nos tragam proveito, a nós e a todos!

Duração dos aspectos mais prolongados mencionados nesta publicação: Sol quintil a Marte até 11 de Novembro – Mercúrio sextil a Marte até 15 de Novembro

Imagem veio daqui: https://pt.pinterest.com/pin/459156124487400353/

Boa Quarta-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 8 de Novembro

ceuA Lua em Aquário faz sextil a Vénus em Sagitário; o dia pode ser aproveitado para inventarmos e experimentarmos novas versões de nós mesmos, novas maneiras de reagirmos, descondicionadas do que tem sido a norma. Há neste aspecto a sugestão de necessidade de espaço e liberdade, honrando no entanto questões éticas e de verdade. Um pouco antes das 22.00 entra em Peixes, e convida-nos a mergulhar no mundo dos sonhos, aqueles que acontecem quando dormimos, mas sobretudo aqueles que nos motivam a construir uma existência mais feliz.

Mercúrio iniciou uma aproximação a um sextil a Marte; isto mostra como os processos mentais estão em contacto muito estreito com as acções. Mercúrio em Escorpião dá-nos uma boa capacidade de foco e concentração, que se aplicarmos directamente ao desejo de atingirmos os nossos objectivos, veremos mais facilmente resultados palpáveis.

O trio Júpiter em Balança, Urano em Carneiro e Plutão em Capricórnio continuam a constituir o cenário global das nossas experiências. Como estamos a expandir-nos através das nossas relações com os outros, como estamos a ser inovadores na forma como nos afirmamos perante nós mesmo e o mundo, como estamos a promover as transformações que a Vida nos está a solicitar devem ser perguntas permanentes. A resposta pode ser obtida olhando que realidade estamos a concretizar a cada momento, e compreendendo-a, ir fazendo acertos aqui e ali.

Duração dos aspectos mais prolongados mencionados nesta publicação: Mercúrio sextil a Marte até 15 de Novembro – Júpiter oposição a Urano até 26 de Dezembro – Júpiter quadratura a Plutão até 24 de Novembro

Imagem veio daqui:  https://pt.pinterest.com/pin/369013763197911670/

Boa Terça-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 7 de Novembro

ceuA Lua segue agora em Aquário, e um estado de espírito de maior desprendimento pode ser aproveitado para nos desapegarmos de atitudes e reacções que não nos trazem benefícios; quanto mais leves e livres de pesos excessivos nos sentirmos, mais conseguiremos aproveitar o trígono de Júpiter em Balança que nos dá abertura aos outros, impulso para socializar, procura do que nos dá equilíbrio. Um sextil a Saturno facilita assumir as responsabilidades e cria as circunstâncias de acordo com a nossa verdade, a verdade consciente e a inconsciente igualmente. Ao longo do dia uma quadratura ao Sol vai-se aproximando e o início da noite dá-se já em quarto crescente. A tensão da quadratura cria o impulso necessário para ajustarmos a vontade, com o que sentimos ser necessário, e depois passarmos à acção. Entramos numa fase do ciclo lunar em que começam a ser necessárias opções claras que nos tragam a possibilidade do que estava simbolizado na Lua nova, uma maior partilha e interligação entre nós e os outros.

Passar à acção é assunto de Marte que está em Capricórnio, e mostra como estamos em modo de construção de objectivos que desejamos. No entanto às vezes fazemos muito, mas pouco acertadamente, apesar das melhores intenções, apesar de fazermos o melhor que sabemos. Mas por agora, o Sol em Escorpião (vontade de partilha) junta-se a Marte por um quintil, e por isso ficamos a saber que há condições únicas de criatividade nestas acções. E não é preciso ficarmos a pensar no assunto, basta continuar como sempre, fazendo o melhor que sabemos, e sabendo que o resultado final tem condições para sair mais de acordo com o que de facto queremos. Que bom, digo eu!

Duração dos aspectos mais prolongados mencionados nesta publicação: Sol quintil a Marte até 11 de Novembro

Imagem veio daqui: https://pt.pinterest.com/pin/149252175121757773/

Boa Segunda-feira!

 

Consultas e análises aqui

 

Share Button