Lua nova em Virgem, eclipse solar, Setembro 2016

VirgemEste mês de Setembro começa em cheio…. Eclipse solar…  Lua nova em Virgem, 1 de Setembro, 10.03 h

Os eclipses acontecem quando a conjunção (Lua nova) ou oposição (Lua cheia) da Lua e do Sol se verifica em conjunção também com os nodos da Lua. Se a mudança é uma constante na vida de todos nós, os eclipses podem acentuar as alterações necessárias, mais marcadamente se fizerem aspecto a algum planeta natal ou ponto específico do nosso mapa. Este eclipse em particular, faz conjunção ao nodo norte; de uma forma geral podemos esperar que os acontecimentos que se nos apresentem terão a capacidade de abrir portas, trazer novas oportunidades.

Começa mais um ciclo lunar, mas com uma proposta já batida e rebatida: é necessário ordenar a vida, aperfeiçoar cada detalhe, trabalhar para conseguirmos estilos de vida mais saudáveis, eficazes e produtivos. Com a entrada de Júpiter em Virgem em Agosto de 2015, e posteriormente em Novembro com o nodo norte a chegar também ao mesmo signo, estes temas têm sido recorrentes. No entanto, Júpiter vai sair de Virgem e transitar para Balança, antes mesmo de chegarmos à Lua cheia; depois de um pouco mais de um ano a crescermos ao ritmo do nosso próprio aperfeiçoamento, agora é o tempo para consolidarmos as aprendizagens, cuidarmos dos últimos pormenores, bem ao jeito de Virgem.

Só o facto de termos um eclipse solar, e o planeta da expansão e crescimento, Júpiter, a preparar-se para mudar de signo, já faria desta lunação um ciclo menos comum, mas em acréscimo temos tensão geradora de força e dinamismo, suficiente para que desafios e obstáculos sejam ultrapassados. O Universo vai ser exigente, mas estamos à altura, até porque não há nada de novo, fala-se aqui das dificuldades com as quais temos andado à luta neste últimos tempos. No fundo, esta Lua nova vai recair exactamente no término dum período que “começou” em 24 de Agosto (bem… na verdade tudo parece ter começado no Big Bang… ou terá sido antes?) , quando o Sol se começou a aplicar em quadratura a Marte e Saturno, oposição a Neptuno. Especificando, a Lua nova faz quadratura a Marte em Sagitário, um desafio que se irá ainda manter até 13 de Setembro, perto já da Lua cheia; permanentemente é necessário dar atenção aos detalhes da vida do dia-a-dia, mas também manter presente o cenário global, os horizontes que queremos atingir. Faz lembrar um puzzle que se constrói detalhe a detalhe, peça a peça, em que para encontrar o lugar certo de cada uma temos que olhar para a imagem global, procurar depois o posicionamento correcto e dar atenção apenas a esse ponto, enquanto encaixamos a peça com cuidado.

Mas a mais importante tensão gera-se em Saturno, ele que está em quadratura à Lua nova 1 de SetembroLua nova e a Neptuno, que por sua vez fazem uma oposição. Importante é referir que estes aspectos estão todos praticamente exactos, com cerca de 1º de distância. A Lua nova dá-se então muito perto do culminar destas ligações, quando a energia é libertada, e o resultado dos esforços que empreendemos aparece.  Nos dois dias seguintes vamos começar a sentir mais facilidade em expressar a vontade, assim que a quadratura a Saturno se começar a separar; os ideais para os quais temos vindo a trabalhar começam a ser vislumbrados, e sobretudo a partir do dia 10 uma nova realidade começa a emergir. Porquê dia 10?

Desde meio de Setembro de 2015, Saturno começou a aproximar-se de uma quadratura a Neptuno, que atingiu o ponto exacto em Novembro; nova conjunção aconteceu em Junho deste ano, com os dois em movimento retrógrado e finalmente no dia 10 de Setembro a terceira e última quadratura vai aplicar-se. E o que foi proposto com estas sucessões de quadraturas, foi concretizar na matéria – Saturno – os ideais que defendemos – Neptuno – e estavam prontos para descer à Terra. Mas claro, muito tempo, esforço,  persistência,  paciência tem sido necessário. Mas finalmente a partir de dia 10, pelo menos para aqueles a quem chegou o tempo certo, a recompensa vai chegar. E vejam a curiosidade: em numerologia o número 10, reduz-se a 1, que simboliza o princípio, a criação, o começo!

Chegou a hora de sabermos qual o Símbolo Sabiano desta Lua nova

Duas cabeças olhando para fora e para lá das sombras

Depois do que está descrito, esta frase é emblemática; porque muitos de nós, aqueles para quem chegou a hora de começar a ver sonhos realizados, tiveram que permanecer durante algum tempo envoltos em sombras… bem escuras, algumas delas! As “duas cabeças” podem relacionar-se com parcerias, com outros que podem juntar-se aos nossos planos (afinal Júpiter não vai entrar em Balança?…) ou talvez também uma dupla capacidade mental; Mercúrio como símbolo da nossa mente concreta, também da forma como comunicamos, e a comunicação é importante na forma como nos relacionamos (outra vez a entrada de Júpiter em Balança…) parece estar directamente relacionado com o Símbolo. Mas ele é também regente de Virgem, signo onde se dá a Lua nova/eclipse e é o dispositor final de todos os planetas excepto Vénus e Neptuno. Mercúrio em Virgem ficou recentemente retrógrado, e está agora em conjunção pela segunda vez a Júpiter. A mente está então em modo “revisões, reavaliações, reanálise” , e que porque está em Virgem dirige estes processos para detalhes práticos da vida diária, importantes sem dúvida, mas que poderiam fazer esquecer a tal imagem global, não fosse a fusão com a energia jupiteriana que vai infundindo o cenário de horizontes alargados, às humildes tarefas diárias. É de facto como se tivéssemos duas cabeças, e enquanto uma olha os detalhes rotineiros a outra olha o novo estilo de vida que vem aí, e que irá sendo materializado com a energia de Saturno, entretanto livre da tensão com Neptuno. E para colorir ainda mais este céu de Lua nova, tenho que referir que entre Mercúrio e Saturno existe um quintil, aspecto que nos indica uma condição especialmente única e criativa ligando os processos mentais e de comunicação à realidade, e à criação da mesma.

O texto já vai longo mas ainda há que falar de Plutão! Há alturas assim, em que parece que tudo está a acontecer ao mesmo tempo… e está mesmo! Plutão em Capricórnio está em trígono à Lua nova, e portanto os desenvolvimentos positivos vão impactar positivamente transformações na nossa realidade; Plutão está retrógrado também, e temos sido sujeitos a transformações internas, fruto da nossa própria vontade, algumas, impostas pelas circunstâncias, outras. Estas metamorfoses estão a ajudar-nos a ultrapassarmos os obstáculos simbolizados pela já mencionada acima, quadratura do Sol a Saturno, agora na recta final. Com menos peso portanto, perto do fim da presente lunação de Virgem, a 26 de Setembro, Plutão regressa ao movimento directo prometendo-nos transformações na realidade externa directamente proporcionais às que aconteceram internamente.

Para finalizar, o Símbolo Sabiano da última Lua nova, a de Leão, era “Crianças brincam de baloiço, pendurado num enorme carvalho”. Alguns, teremos encontrado um carvalho suficientemente forte e protector, e neste momento, o baloiço está montado. Podemos estar cansados, talvez faltem os últimos retoques, ficam para agora, Virgem gosta de retocar. Mas vamos começar a baloiçar, e a visão, quando estivermos no ponto mais alto, vai ser longínqua. E essa visão é a que nos vai guiar, caminho fora, à procura de mais aventuras! Outro, terão ainda que encontrar a árvore certa, o tempo indicado. O que interessa, é que estamos sempre a tempo!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Lista de objectivos para a Lua nova de Virgem

ListaDicas para quem quiser fazer uma lista de objectivos para a Lua nova:
A próxima Lua nova é na Quinta-feira, em Virgem, às 10.03, de manhã portanto. Para criar uma lista de desejos/objectivos, algumas palavras-chave que se relacionam com Virgem:

Saúde física, hábitos alimentares correctos, hábitos saudáveis, organização, eficiência, discernimento, ser prestável, disponibilidade para ajudar, técnicas e metodologias de trabalho, atenção a detalhes, rotinas eficazes, ordem, análise racional, pensamento crítico, foco, pureza de intenções, procura de aperfeiçoamento

E para ultrapassar: preocupações constantes, criticismo, sentimentos de culpa, julgar facilmente, perfeccionismo, acumular excesso de trabalho

A Lua nova calha no grau 10 de Virgem. Se souber identificar a casa astrológica no seu mapa onde calha a Lua nova é para aí que deve orientar as metas a atingir. Pode também levar em conta, as áreas tocadas para o seu signo solar, que estão indicadas abaixo. Se não conhecer o seu mapa, use só a informação para o signo solar ou peça ajuda (neste caso envie mensagem privada com a hora a data e o local de nascimento).

Para Carneiro – casa 6

Para Touro – casa 5

Para Gémeos – casa 4

Para Caranguejo – casa 3

Para Leão – casa 2

Para Virgem – casa 1

Para Balança – casa 12

Para Escorpião – casa 11

Para Sagitário – casa 10

Para Capricórnio – casa 9

Para Aquário – casa 8

Para Peixes – casa 7

casa 1: o eu, o corpo físico, a identidade, a aparência, capacidade de agir e afirmar-se, entusiasmo, energia, coragem, independência

casa 2: recursos pessoais (materiais, mentais, intelectuais, espirituais); segurança material; auto-estima

casa 3: informação e aprendizagem que retiramos do ambiente, comunicação, aprendizagens básicas, transportes, pequenas viagens, vizinhança, irmãos

casa 4: família, raízes familiares, casa, emoções, sentimento de segurança, passado, auto imagem interna

casa 5: Criatividade, lazer, hobbies, filhos, relações amorosas, o que fazemos por amor

casa 6: Trabalho, saúde, alimentação e dieta, métodos e técnicas, ajuda, servir, eficiência, rotinas domésticas

casa 7: todas as relações a dois (relações familiares, amigos, profissionais etc)

casa 8: transformações, tudo o que partilhamos com outros, nomeadamente a intimidade, sexo portanto, dinheiro também, impostos, desapego, fins, poder

casa 9: estudos superiores, ensino do que se sabe, viagens, contactos com o exterior, crenças (religiosas ou outras), filosofias, leis, procura da verdade, compreensão da vida e do Universo, o que está para lá do ambiente conhecido, estrangeiro

casa 10: status social, carreira, profissão, imagem pública, ambição, assumir de responsabilidades, realidade

casa 11: grupos com quem se partilha as mesma opiniões, projectos de vida, futuro, tecnologia

casa 12: assuntos escondidos, isolamento, meditação, fim de ciclo, reflexão, espiritualidade, amor incondicional, compaixão, inspiração, o Todo

Com a informação acima determine os seus objectivos para o próximo mês. Há objectivos necessariamente a longo prazo; nesse caso é boa ideia a intenção centrar-se em pequenos passos direccionados ao objectivo. Idealmente até oito horas depois da Lua nova, escreva entre três e dez frases com os seus desejos. Se estes incluírem outras pessoas é necessário ter em conta que o que desejamos deverá ser sempre desenvolvido em nós mesmos. Por exemplo, se quero que me apoiem, devo trabalhar em mim a compreensão do que impede que facilmente obtenha apoio.
Estabelecer uma meta deve ser expresso de forma clara, objectiva e os tempos verbais devem estar no presente, e afirmando: Eu quero, eu aceito, eu prefiro, eu abro-me à possibilidade de, etc.
Exemplos do que não se deve escrever: eu gostaria de, eu não quero, eu poderia, eu não aceito….
É importante determinar com clareza e sentido prático o que se pretende. Este é um processo que pede treino, auto conhecimento é fundamental (pode recorrer à astrologia), observação e reflexão das circunstâncias que irão depois ocorrem durante o ciclo lunar. Podem acontecer circunstâncias que dêem pistas relacionadas com as razões pelas quais ainda não conseguimos atingir o que queremos. Entendendo o que nos impede, temos dados do que desapegar. É um bom exercício de reflexão pessoal, que não se compadece com pressas mas que pode ajudar a dar passos seguros. É no mínimo uma maneira de ficarmos a sós connosco mesmo, enquanto reflectimos sobre o que queremos alterar na nossa vida, para que possamos retirar dela tudo o que tem para nos proporcionar.

 

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 30 de Agosto

TerçaVirar as costas ao passado, seguir livres por caminhos nunca antes caminhados, exteriorizar sem timidez quem somos de facto, criar a vida segundo os nossos próprios moldes, sermos os únicos líders da nossa própria vida, são propostas da Lua em Leão que faz trígono a Urano.

Se pela mão de Urano nos podemos sentir mais livres, já as vontades que surgem encontram menos fluidez na concretização; para além das quadraturas a Saturno e Marte, oposição a Neptuno, surge uma sesquiquadratura do Sol a Urano obrigando-nos a insistir para conseguirmos introduzir alguma inovação nas nossas rotinas diárias. Mas como também se começou a aplicar um trígono a Plutão, nada contraria a intensidade com que queremos atingir as nossas metas. O Sol em Virgem quer ver melhorias no dia-a-dia, quer que usemos da capacidade intelectual para encontrarmos as técnicas que permitem mais eficiência e organização, mais resultados com menos esforço; e isto vai ajudar a que significativas transformações ocorram na nossa realidade.

E Mercúrio hoje vai ficar retrógrado! Não, não é castigo, nem contrariedade… apesar de puderem existir algumas contrariedades, que de qualquer forma existem sempre de uma forma ou de outra. A retrogradação de Mercúrio dá-se em Virgem, exactamente onde precisamos que ele se dedique a reavaliar as tais técnicas que nos ajudam a fazer mais, melhor e com mais facilidade! Perante tal oportunidade, o que interessa se os computadores avariam, se os telemóveis desaparecem, se o carro vai para o oficina ou ficamos presos no tráfego? Este foi um momento de puro humor…. negro 🙂 🙂 🙂

Para adoçar e tornar o dia mais leve Vénus entrou em Balança! Dar importância a como nos relacionamos uns com os outros, está incluído nos assuntos que nos devem ocupar de momento. O conceito de Balança não se relaciona com equilíbrio, mas com a procura de equilíbrio; como fazer para que numa parceria ambas as partes saiam a ganhar? Esta pode ser a pergunta que nos acompanha sempre que em causa estiverem os nossos interesses em contraponto com os interesses dos outros.

Imagem daqui: http://www.southafricanartists.com/showartist.asp?WorkID=43460

Boa Terça-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 29 de Agosto

Segunda feiraDepois das transformações e mudança de atitudes que ficaram sugeridas no fim-de-semana, a Lua agora acabou de entrar em Leão, trazendo um reforço de energia e confiança nas nossas próprias capacidades, vontade de as pôr ao serviço dos outros também. Os trígonos a Saturno e a Marte impelem-nos a agir de acordo com as nossas próprias convicções e com uma clara noção noção das responsabilidade que devemos assumir.

O Sol em Virgem estabelece a vontade de ver ordem ao nosso redor. Continuam as quadraturas a Saturno e a Marte e a oposição a Neptuno. Se os nossos objectivos forem claros e bem definidos, a motivação para agir é intensa, mas é necessário compreender que não é tempo de pressas; cada passo em frente deve ser bem consolidado antes do próximo, e querer ver resultados rápidos tem apenas como certeza a frustração. Temos que dar ouvidos a Neptuno que vai segredando, “com calma, transcendendo cada obstáculos, vamos longe”.

A imagem é de Holly Sierra

Boa Segunda-feira

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para o fim-de-semana de 27 e 28 de Agosto

FDSDurante todo o fim-de-semana a Lua vai permanecer em Caranguejo, aumentando a sensibilidade e a necessidade de recolhimento, de nos mantermos por ambientes conhecidos e familiares. Cuidar de nós, de quem nos é próximo, da família, da casa são o tema principal e no Sábado de manhã o sextil ao Sol em Virgem reforça este impulso. Durante o dia há um trígono a Neptuno e a partir da tarde uma oposição a Plutão; este último aspecto pede atenção obrigatória à necessidade de transformação interna (Plutão retrógrado) que acontece em contacto com alguma área específica da nossa vida… que necessita precisamente ser alterada. A alteração precisa ser interna primeiro, para posteriormente dar lugar à transformação externa; a ligação a Neptuno ajuda pela capacidade em transcender as dificuldades, e como está retrógrado também, é um processo todo ele interno.

No Domingo os t.p.c. internos continuam mas desta vez agilizados por Urano, também retrógrado; agora o que é necessário é uma nova atitude na maneira como vamos atrás dos objectivos, mais independente, mais corajosa, mais activa! A quadratura agita a passividade e tranquilidade tão acarinhada por Caranguejo, e podemos escolher a tensão gerada como força motriz para pormos em marcha novas forma de agir. No final da tarde um sextil a Júpiter aumenta tudo o que sentimos, e dirige-nos para tarefas e obrigações diárias; sobretudo se conseguirmos aproveitar de forma construtiva as sugestões energéticas do dia, vamos terminá-lo de forma positiva.

O Sol em Virgem continua em quadratura a Marte e a Saturno e oposição a Neptuno; os propósitos são de construção de uma realidade sólida, bem estruturada, segura! O foco está no trabalho, nas rotinas diárias, nos cuidados com a nossa saúde, no melhoramento do nosso dia-a-dia. É necessário esforço, não conseguimos facilmente o que queremos, mas a vontade de ver no concreto e palpável os nossos desejos é de ferro! Pelo caminho podemos batalhar esquecendo-nos que há um tempo para tudo, para trabalhar e para descansar, para criar na matéria e para ficar quieto dando asas à imaginação. Este equilíbrio é tão fundamental quanto é arregaçar as mangas e pôr as mãos na massa.

Por falar em pôr as mãos na massa… Marte esteve em quadratura a Neptuno desde aproximadamente 10 de Agosto. Durante este período as acções foram refreadas, agir sim, mas com passos lentos; esta quadratura já está em dissipação desde ontem, Sexta-feira, e apesar do elemento terra continuar preponderante nos mapas actuais, vamos sentir mais agilidade, mais leveza no agir. Felizmente… tenho-me sentido feita de chumbo e já estava farta! 🙂

A imagem sugeriu-me o que está marcado para o céu do fim-de-semana, casa, recolhimento; e o convite de Urano para inovar está no roxo da porta… não é todos os dias que se vê portas roxas! Veio daqui: https://pt.pinterest.com/pin/567242515536812101/

Bom fim-de-semana!

 

Consultas e análises aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 26 de Agosto

SextaCom a Lua em Gémeos há uma marcada necessidade de arejar, circular, conversar, comunicar. Mas com quatro planetas em Virgem, há também uma chamada importante ao trabalho que não passa despercebida; visto que a Lua faz quadratura a Vénus, Mercúrio e Júpiter é de esperar um certo grau de tensão enquanto procuramos conciliar todos os impulsos, necessidades e responsabilidades. O Sol também está em Virgem e faz quadratura a Saturno e a Marte. A vontade de agir segundo o que consideramos correcto é forte o bastante para ignorarmos aquilo que mais nos apetece. Não sendo fácil passarmos o dia com a ligeireza associada a Gémeos, talvez a solução venha pela via de um sextil da Lua a Urano; este aspecto pode proporcionar-nos a capacidade de introduzir alguma coisa de novo, uma nova atitude, uma nova abordagem às responsabilidades, uma novas forma de reagir às circunstâncias que facilite assumirmos as nossas obrigações sem as sentirmos como limites à nossa liberdade de escolha. Talvez algum do trabalho que nos aguarda seja a via para nos libertarmos de circunstâncias menos agradáveis!

Apesar de tanta ênfase na necessidade de trabalho e organização, a oposição do Sol a Neptuno, recorda também que há mais outras dimensões da vida que devem ser vividas. Planos e objectivos idealizados surgem pelo agir na matéria e igualmente por períodos de pura entrega à imaginação, à inspiração, ao descanso. Como sempre, o caminho do meio é o que deve ser percorrido.

Boa Sexta-feira!

 

Consultas e análises aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 25 de Agosto

QuintaA Lua em Gémeos atingiu de madrugada o ponto exacto da quadratura que se iniciou ontem, marcando a entrada em quarto minguante. A lunação de Leão vai-se aproximando do fim, e nesta fase final, tal como a Lua parece minguar, que o mesmo aconteça àquilo que nos tira a alegria, a confiança em nós próprios e a vontade de nos abrirmos à vida só porque sim, porque estamos aqui para isso! Podemos usar o livre arbítrio para escolher o que queremos ver pelas costas e o quarto minguante é a altura perfeita.

Há uma maior facilidade em comunicarmos, e o estado de espírito habitual associado a Gémeos relaciona-se com ligeireza, curiosidade que impele para a procura de informação, alguma dispersão pelo universo de tudo o que há para saber. Uma quadratura a Neptuno pode acentuar esta tendência à dispersão, pode também indicar um excesso de imaginação, fragilidade emocional, confusão de sentimentos. Só que uma oposição a Saturno e a Marte chamam à realidade, onde nos esperam trabalho e responsabilidades a cumprir, que se forem negligenciadas arranjarão forma de se imporem desagradavelmente. É caso para usar a agilidade da energia Gémeos, a adaptabilidade também e encontrarmos formas sábias de equilibrar tudo o que faz parte do nosso dia. Aliás, aproveitando o quarto minguante, tudo o que sentirmos de menos agradável pode ser encarado como uma oportunidade para identificar o que há para eliminar.

Imagem veio daqui: https://pt.pinterest.com/pin/259871840974378208/

Boa Quinta-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 24 de Agosto

Mandala 23 de AgostoA Lua em Touro faz trígono a Vénus, a Júpiter e a Mercúrio; o estado de espírito é de perseverança, paciência e procura de bem-estar material enquanto as rotinas habituais absorvem uma boa parte da nossa atenção. A partir do início da tarde, uma quadratura ao Sol é uma fonte de desarmonia, que se por um lado pode transtornar as emoções, por outro pode ser um impulso bem vindo; o elemento terra é predominante nos mapas actuais, a Lua em Touro predispõe-nos a uma certa lentidão, a conjunção de Saturno a Marte retira-lhe “as pressas” e com tudo isto junto, é difícil sentirmo-nos leves e ágeis.

Entretanto o Sol em Virgem, faz quadratura a Marte e a Saturno e oposição a Neptuno. Os propósitos concentram-se no que há para fazer, nas melhorias que a vida nos pede, mas seguir em frente com a vontade faz-se sob tensão, temos desafios a superar nos próximos dias. Os objectivos relacionam-se com estabilidade e segurança, mas a realidade impõe a necessidade de permanentemente encontrarmos formas consistentes e sustentáveis de irmos estruturando o caminho até à meta final, ponderadamente, sem urgências, eliminando ou contornando barreiras que surgem aqui e ali; a oposição dá-nos a certeza que passos em falso não são permitidos, a concretização dos planos passa por uma clara definição do que queremos, com a necessidade também de considerarmos o bem comum universal e com a capacidade de vermos para além das aparências.

Vão ser dias exigentes, em que só a competência pode sair premiada. Júpiter entrou em Virgem há pouco mais de um ano e desde então o nosso crescimento tem sido feito à custa da implementação de rotinas eficazes de trabalho, organização, hábitos saudáveis. O nodo norte em Virgem desde final de 2015 tem apontado como o futuro se constrói desta mesma maneira. Agora chegou um período em que estas aprendizagens vão ser testadas; percebe-se que Vénus só podia estar em Virgem neste momento, sublinhando a importância de tudo isto, e Mercúrio também, a dotar-nos de capacidade de raciocínio discriminativo, pensamento objectivo e pragmático.

E num cenário desta natureza Marte e Saturno atingem a conjunção exacta dando início a um novo ciclo de estruturação na forma como agimos em prol da nossa própria afirmação pessoal, da nossa independência. À semelhança do que acontece numa Lua nova, abrem-se de novo oportunidades para quem escolher agir com maturidade, sentido de responsabilidade e ambição.

Boa Quarta-feira

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 23 de Agosto

Terça3A Lua entrou em Touro e importa agora cuidar dos nossos bens, aproveitar ao máximo os nossos recursos, externos e internos, procurar conforto e prazer, dar consistência a objectivos que podem ter surgido. Faz sextil a Neptuno, trígono a Plutão e ao nodo norte; imaginação e inspiração vai chegando enquanto atendemos aos afazeres próprios do lado material da vida, alguns dos quais visam estabelecer transformações estruturais em alguma área mais carente de regeneração. De uma forma ou de outra, teremos que estudar e optar por formas de fazer determinadas tarefas, e naturalmente procurar encontrar aquela que melhor garanta os resultados; isto mais não é que alinhar com as propostas do nodo norte em Virgem, e o trígono mostra como não há resistências.

O Sol recém chegado a Virgem, dirige a vontade para o aperfeiçoamento pessoal e da realidade que nos cerca. Junta-se a Vénus que valoriza este sector, a Mercúrio que concentra aqui a mente e a Júpiter que nos tem feito crescer pelas experiências de trabalho, organização e atenção ao que é saudável. O sentido crítico e a atenção a detalhes intensificam-se marcadamente, porque de facto é necessário encontrar o que está errado, o que é incorrecto, o que é doentio, para de seguida corrigir. A racionalidade impera, já que estamos nos domínios da tridimensionalidade, mas precisamos não exagerar; com um predomínio do elemento terra nos mapas actuais podemos-nos focar exageradamente na realidade física, esquecer que há muito mais para além do que os cinco sentidos estão preparados para captar. Temos no entanto uma quadratura entre Saturno e Neptuno; Saturno representante da realidade material, Neptuno representante do Todo, material e imaterial. Com mais ou menos dificuldades, a verdade é que as duas energias precisam ser expressas, e quanto mais tivermos consciência do que é a Vida e das dimensões que suporta mais facilmente conseguimos lidar com a nossa própria realidade e com os objectivos que nela queremos materializar.

Imagem veio daqui: https://pt.pinterest.com/pin/440438038541189605/

Boa Terça-feira!

 

Consultas e análises aqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 22 de Agosto

SegundaA Lua em Carneiro faz conjunção a Urano de manhã e mantém um trígono ao Sol durante todo o dia; há uma sensação de bem-estar e a oportunidade de renovarmos a imagem que fazemos de nós próprios no sentido de nos libertarmos de apegos desnecessários. Energia, entusiasmo, confiança, foco nos objectivos fazem-nos avançar, dar passos em frente. Marte continua em conjunção a Saturno garantindo que não corremos precipitadamente, não damos passos maiores do que as pernas; pelo contrário, a quadratura a Neptuno, mostra como agimos para concretizar sonhos e ideais, mas constantemente são precisos ajustes aqui, acertos acolá, e naturalmente esta circunstância não permite pressas e urgências.

Em Virgem está Vénus que faz conjunção a Júpiter e Mercúrio; o crescimento pessoal acontece com a valorização da objectividade, da capacidade discriminativa que deve prevalecer na forma como nos relacionamos e como nos organizamos. Virgem relaciona-se com a procura de aperfeiçoamento; regida por Mercúrio, a capacidade da mente concreta é usada para encontrar processos e técnicas que nos ajudem a efectivar o necessário e mencionado aperfeiçoamento. Com Vénus, Mercúrio e Júpiter neste signo, necessariamente estamos num período onde se pede atenção a este tema. Acresce que o Sol vai entrar hoje também em Virgem pelo que a ênfase em tudo o que foi dito vai aumentar consideravelmente. Vale a pena também referir que no final do mês Mercúrio vai chegar ao final de Virgem e vai ficar retrógrado, pelo que todas as técnicas e processos passiveis de serem vias de aperfeiçoamento vão estar sob revisões. Como se todos estes posicionamentos fossem pouco, o nodo norte em Virgem é a cereja no topo do bolo, é o dedo apontado ao futuro, que de facto diz, melhorar, aperfeiçoar é mesmo o que está a dar!

Imagem veio daqui: https://pt.pinterest.com/pin/244742560975591584/

Boa Segunda-feira!

 

Consultas e análises aqui

 

Share Button