Céu astrológico para Sexta-feira 16 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Multidões descendo a montanha para ouvirem um homem

A Lua vai entrar em Peixes, Marte também, o que significa que vamos sentir uma alteração energética significativa; em Peixes, foco, pressa, controlo não encaixam e vamos ter que aliviar a tendência a fazer demais. Marte não se vai sentir confortável, mas vamos ter que nos adaptar durante o próximo mês e meio a esta circunstância, escolhendo com mais critério para onde dirigir a nossa energia, já que ela estará mais limitada. Uma boa imagem para Marte em Peixes seria uma corrida dentro de uma piscina… pois, não funciona! A Lua faz um sextil a Saturno, pelo que deixar a vida desenrolar-se de acordo com a sabedoria própria do Universo, pode ter um impacto mais positivo na nossa realidade do que optarmos por planos e estratégias, lutas e conquistas. Resta saber se não haverão muitas crenças dispostas a contrariar esta necessidade de fluirmos mais, controlarmos menos. Mercúrio em Sagitário está pertíssimo de entrar em movimento retrógrado, vai começar por rever exactamente que crenças nos têm conduzido ao nosso aqui e agora, e uma actualização vai ocorrer; continua uma quadratura a Neptuno em Peixes, e por isso ideias súbitas, fichas a cair, informação que chega até nós das mais variadas formas, pode ser uma consequência bem vinda, já que permitirá uma melhor compreensão do que há para reajustar.

Vénus faz um processo inverso, dá por terminado o processo de revisão de valores, de retrógrada vai passar ao movimento directo; como está em Balança estamos a falar de valores que estão associados a maior equilíbrio entre nós e os outros. Isto naturalmente pode causar uma modificação radical na nossa postura, na maneira como agimos e nos afirmamos e os próximos dias trazem a oportunidade para, das nossas relações começarmos a retirarmos mais harmonia, paz, justiça, amor e bem estar.

O símbolo faz alusão a um sermão de Jesus que ficou conhecido como o sermão da montanha, onde eram abordadas questões ligadas a ética, um dos temas típicos de Sagitário, e que precisa fazer parte das nossas relações. Com Mercúrio em Sagitário preparado para retrogradar, e Vénus em Balança a voltar ao movimento directo, talvez este seja um tema inevitável.

Auto conhecimento, aprendizagem, consultas ver aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 15 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Um coelhinho metamorfoseado numa fada

A Lua ainda em Aquário faz quadratura ao Sol em Escorpião, trígono a Vénus em Balança, conjunção a Marte. Com o Sol em Escorpião o tema são efectivamente metamorfoses, em especial aquelas que transformam as nossas fragilidades em força, de coelhinhos vulneráveis podemos passar a fadas, dominando a arte de causar mudanças na nossa vida mais próximas da nossa vontade. Mas isto exige que se deixem cair determinados padrões emocionais e de comportamento, medos e resistências ao desconhecido, que se pode manifestar inclusive nos nossos relacionamentos; Vénus está próxima de regressar ao movimento directo, houve reavaliação de valores e estaremos mais apetrechados para nos relacionarmos em pé de igualdade seja com quem for. Assumirmo-nos com mais igualdade e poder pessoal nas nossas relações pode ser uma das metamorfoses do dia, e algo tão inovador que serve como corolário para o trânsito de Marte em Aquário… porque bem ao fim da noite, ele vai entrar em Peixes… o universo dos sonhos e das fadas certamente!

Imagem veio daqui

Auto conhecimento, aprendizagem, consultas ver aqui

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 14 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Caçadores preparando-se para ir aos patos

A Lua em Aquário faz sextil a Mercúrio em Sagitário. Marte em Aquário também faz sextil a Urano em Carneiro.

Independentemente da maneira como a nossa vida está estruturada, podemos estar a sentir uma necessidade de maior liberdade, de agirmos numa direcção que nos permita a prazo experimentarmos novas formas de vida. Chegámos aonde estamos, porque fomos fazendo opções diversas, umas mais próximas das nossas reais convicções, outras porque estamos condicionados pelas circunstâncias, pelas crenças transversais ao tempo e à sociedade onde vivemos, umas vezes fomos mais sábios outras bastante menos. A solução para possíveis problemas, obstáculos, pode passar por adquirirmos compreensão do que ainda nos mantém presos ao “politicamente correcto” contradizendo a nossa verdadeira natureza; depois é fazer pontaria e disparar a matar… deixando entretanto os patos sossegados. Há uma quadratura de Mercúrio a Neptuno que indica a possibilidade de tomadas de consciência importantes se queremos alcançar os nossos ideais. Nem sempre é fácil darmos fim a hábitos repetidos ao longo do tempo, mas a capacidade de distanciamento da Lua em Aquário vem em nosso auxílio nestas matérias de colocar pontos finais, parágrafo, mudar de capítulo ou mesmo de livro! Marte está a impelir-nos para acções livres de ideias feitas que podem não se adequar a quem somos; Urano aproveita e faz uma revolução na maneira como nos afirmamos. E assim se faz um futuro à medida de cada qual!

Imagem veio daqui

Auto conhecimento, aprendizagem, consultas ver aqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 13 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Um soldado negligencia as suas obrigações

Com a Lua em Capricórnio as nossas obrigações são território sagrado, e não nos sentimos confortáveis mudando o actual estado de coisas; porém um sextil a Júpiter em Sagitário e uma quadratura a Urano em Carneiro podem simbolizar um “dilema” que nos coloca entre as nossas convicções e um impulso para assumirmos novas posturas que nos permitam mais independência e liberdade de acção. Será que as responsabilidades que um dia aceitámos estão de acordo com as nossa actual filosofia de vida? Teremos alterado o nosso sentido de ética? O papel social que desempenhamos é uma via para os projectos que nos motivam? Segundo o tema do dia, algures nestas questões, e noutras semelhantes, há um desejo de “desertar”. A meio da tarde quando a Lua entrar em Aquário, se houverem ideias muito claras acerca do que são os nossos ideais, podemos negligenciar aquelas tarefas que se tornaram um fardo, porque a necessidade de libertação torna-se mais urgente.

Mercúrio, perto de ficar retrógrado, faz quadratura a Neptuno; os ideais que já temos bem delineados na mente dirigem o pensamento e conseguimos mais facilmente decidir a respeito dos nossos assuntos, ou comunicar mais eficientemente. Se isto não acontece, é possível estarmos mais distraídos e com ideias baralhadas e difusas. Mas como Marte em Aquário está próximo de um sextil a Urano, podemos nos sentir impelidos a agir de forma original, inusitada e até excêntrica se levarmos em consideração o nosso habitual “normal”. Pois então que se abra espaço aos impulsos mais genuínos, sem perder de vista o bom senso. Muitas vezes, quando andamos “perdidos no nevoeiro” são estes impulsos que nos mostram o caminho por onde seguir.

Imagem veio daqui

Auto conhecimento, aprendizagem, consultas ver aqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 12 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Uma mulher afasta duas cortinas escuras

A Lua entrou hoje (Domingo) em Capricórnio, fomos chamados às responsabilidades próprias de adultos logo de manhã, até mesmo porque fez conjunção a Saturno só para reforçar o estado de espírito; a segurança emocional está conectada à matéria e por isso “deitar” mãos ao trabalho, assumir as obrigações é a consequência expectável que se vai prolongar pela Segunda-feira, onde um sextil ao Sol em Escorpião, uma conjunção a Plutão e uma quadratura a Vénus se vão aplicando à medida que o dia decorre. A apetência pela estabilidade material associada à disponibilidade para o trabalho, pode estar a permitir-nos um aumento de poder pessoal, exactamente aquilo que o Sol em Escorpião procura adquirir. No entanto haverá provavelmente um refazer daquilo que valorizamos nas relações com os outros, tarefa que pode exigir um esforço considerável para quebramos padrões habituais de comportamento, que vão depender de transformarmos as nossas reacções emocionais às circunstâncias; e isto é a verdadeira medida do nosso grau de poder pessoal, a capacidade de anularmos aquilo que existe em nós e nos submete ao que não queremos e muitas vezes nem nos deixa evoluir.

Mercúrio em Sagitário está a fazer quadratura a Neptuno em Peixes; há elementos na maneira como organizamos o pensamento que podem ser as cortinas que precisamos afastar, mas há também a possibilidade de repararmos nelas e portanto termos a opção de as afastar. Mercúrio está próximo de entrar em movimento retrógrado, e sempre que isso acontece, a velocidade com que os aspectos se aplicam diminui; por este motivo, a quadratura vai manter-se até ao dia 17, e temos então bastante tempo para abrir todas as cortinas que nos impedem de ver algumas verdades pessoais.

Auto conhecimento, aprendizagem, consultas ver aqui

Share Button

Céu astrológico para Sábado 10 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Um bosque rico em cores outonais

A Lua em Sagitário vai fazer sextil a Vénus em Balança, a Marte em Aquário e trígono a Urano em Carneiro; o estado de espírito é tendencialmente mais optimista, podemos também nos sentir mais atraídos pelos ambientes naturais, pelos seus cheiros, cores e sons, e ficará perfeito se conseguirmos encarar a vida de uma perspectiva mais abrangente, menos centrada nos pormenores, nos nossos umbigos, nas nossas “coisinhas”, sentirmos que tudo faz parte de um sistema muito vasto que responde a leis muito próprias, nem sempre próximas às leis humanas. A boa disposição generalizada será um ingrediente nas relações com os outros e a disponibilidade para levantarmos os olhos e vermos mais longe certamente pode dar-nos uma visão do futuro que gostaríamos de preparar. Marte em Aquário pede a todos nós uma nova forma de nos relacionarmos, com menos estratificação, menos hierarquias, mais igualdade, mas sem esquecer jamais que cada um de nós tem a sua própria individualidade e é para ser assumida. Aquário é também o signo da ciência e da tecnologia, e portanto em causa também pode estar a forma como usamos estas ferramentas, nomeadamente a internet uma via através da qual recolhemos e transmitimos informação com extrema facilidade. Isto também pode ser usado, e até diria abusado, para nos ampliar as perspectivas a partir das quais olhamos a Vida, o Universo e o nosso papel nisto tudo. O seu regente, Urano que regressou mais uns tempinhos a Carneiro, pede uma revolução da nossa postura e a forma como usamos a tecnologia ao nosso alcance não é de todo irrelevante. Que se use também para nos abrir os horizontes de que sentimos necessidade, para acedermos a todas as cores que podemos usar para criarmos o estilo de vida que nos corresponde.

Imagem veio daqui

Aprendizagem, consultas, psicanálise astrológica ver aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 9 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Uma mulher, o pai do seu próprio filho 

A Lua segue agora em Sagitário faz conjunção a Mercúrio e quadratura a Neptuno. Os três planetas que transitam em Sagitário, Lua, Mercúrio e Júpiter colocam a ênfase na necessidade de concentrarmos o foco no estilo de vida que idealizamos; Mercúrio também  está a aproximar-se de uma quadratura a Neptuno, e por isso ou está previamente muito bem definido qual o foco para onde queremos dirigir a atenção e a energia, ou podemos nos perder e dispersar em mil direcções diferentes, com a consequente sensação de um dia confuso e eventualmente desmotivador.

O símbolo parece apontar para a necessidade de desempenharmos uma multiplicidade de papeis diferentes, uns mais femininos outros mais masculinos, talvez não seja fácil manter o tal foco nem o equilíbrio entre as diversas tarefas. Faz lembrar as famílias monoparentais em que um só progenitor tem que ser pai e mãe… não é propriamente uma tarefa fácil! Este tema está representado num trígono de Vénus retrógrada em Balança (o feminino) a Marte em Aquário (o masculino); estamos em processo de reanalisar que valores precisamos manter, ou eliminar, ou integrar para que todos os nossos relacionamentos possam ser fonte de equilíbrio efectivo. Mas este equilíbrio tem que existir primeiramente no interior e por isso a importância desta oportunidade para reajustarmos os nossos valores; disto depende uma nova forma de nos assumirmos que facilitará nos colocarmos uns e outros lado a lado. Talvez o valor mais importante neste caso seja o da assertividade, sermos capazes de dizer sim quando faz sentido, e não quando tal se justifica… é que Balança tem tendência a dizer sim a tudo só para ser simpátic@ e não levantar ondas. E aqui está um bom alvo para apontar durante o dia, evitar dispersões e obter resultados!

Imagem veio daqui

Aprendizagem, consultas, psicanálise astrológica ver aqui

 

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 8 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia:  A cara de uma rapariga rasgando-se num sorriso …. outra vez!

Júpiter vai entrar em Sagitário e só por isso já dá vontade de sorrir. Júpiter em Sagitário relaciona-se com fé e optimismo, algum sentido de aventura, o crescimento possível quando nos abrimos a outras realidades mentais, intelectuais, espirituais e mesmo físicas; viajar por exemplo, é uma forma de adquirirmos um olhar diferente para o mundo em que vivemos, ao ponto de ser possível modificarmos a nossa relação com a Vida e com os outros. Do conceito de Sagitário faz parte também o exercício da ética, a procura da verdade de quem somos, do papel que desempenhamos no mundo, da nossa relação com o Universo, que Leis Universais são as que nos regem. Claro que nós humanos nem sempre expressamos o melhor de cada signo, e por isso podemo-nos preparar para exageros de todos os géneros, fundamentalismo, a certeza de que “a minha verdade/crença é melhor que a dos outros”, optimismo irrealista; será possível ver estes comportamentos ao nosso redor e é provável expressarmos estas tendências também se não estivermos atentos. Em termos individuais vamos ver crescer aquilo que somos neste momento, as nossas crenças, os nossos padrões emocionais e por isso, dependendo do trânsito de Júpiter em Escorpião, e do quanto teremos “largado lastro” emocional, assim a trajectória por Sagitário será mais ou menos recompensadora. Podemos ainda ter que nos confrontar com desafios importantes, mas o lado positivo é que teremos energia para os superar e sobretudo há uma maior onda de optimismo.

A Lua ainda em Escorpião faz quadratura a Marte em Aquário durante a manhã; há a possibilidade de sentirmos que alguma forma de reacção emocional às nossas circunstâncias nos incomoda, ou nos retira bem estar, mas também temos um impulso ao qual devemos dar “ouvidos” no sentido de ousarmos fazer diferente, muito diferente! Como está indicado acima, quanto mais limpos e curados do passado, mais podemos esperar de Júpiter em Sagitário o melhor. Depois pelo final da tarde, a Lua já fora de Escorpião faz conjunção a Júpiter e será interessante observarmos o que sentimos; este aspecto é a primeira tentativa que Júpiter fará, para que as nossas reacções emocionais nos permitam efectivamente começarmos a abrir caminho até horizontes de vida para lá do que conhecemos. E novamente uma vontade de rasgar a cara num sorriso…

Imagem veio daqui

Aprendizagem, consultas, psicanálise astrológica ver aqui

 

Share Button

Lua nova de Escorpião, Novembro de 2018

Lua nova de Escorpião no grau 15º11´, 7 de Novembro, 16.02 h

O que significa realmente Escorpião? Primeiro vamos recuar a Balança, onde as relações com os outros são o que está em causa, mais propriamente a procura de relações equilibradas, onde se recebe o que se dá, de forma harmoniosa. Há de facto sempre alguma coisa que recebemos das nossas interacções com os outros, sejam coisas, sejam atitudes, sejam estados de espirito, e para a vasta maioria de nós esses outros são inevitáveis. São a família, os amigos, os colegas que partilham as nossas actividades profissionais ou de lazer, os vizinhos, as pessoas com quem nos cruzamos por todo o lado. A cada uma destas relações atribuímos graus diferentes de importância. E claro, preferimos receber de todos os envolvidos um retorno positivo, o que pode nem sempre acontecer mas também não representar um grande mal. No entanto algumas destas relações são especialmente fundamentais porque delas depende a nossa capacidade de sobreviver numa primeira instância, e posteriormente de crescer, sermos autónomos, independentes adquirirmos qualidade de vida material e emocional.

Essencialmente estas relações são familiares e profissionais por razões óbvias, podem existir e ser problemáticas, ou nem existir de todo, e ser isso que constitui o problema.

Qualquer que seja a questão envolvida, tendemos a remediar fazendo o melhor que sabemos mas em alguns casos sem sucesso, e sem compreendermos porquê, já que  os nossos comportamentos baseiam-se em raciocínios lógicos, os mesmos que vemos funcionar nos outros. Quando isto acontece, esbarrámos numa qualquer limitação para a qual podemos sentir não ter poder de a ultrapassar. Sabem aquelas situações em que estamos constantemente a “atrair” mais do mesmo, por muito que tentemos o contrário? É um exemplo.

Centremo-nos agora em Escorpião. Poder é uma palavra associada a Escorpião e o significado geral é capacidade de sermos ou termos o que de momento não temos nem somos. Sem surpresas a correlação com o dinheiro é imediata porque no estilo de vida actual o dinheiro é a moeda de troca mais divulgada para adquirimos bens e serviços que nos permitem ter algo que ainda não temos ou ser mais do que somos…. ser mais independentes, ou livres por exemplo, ter mais capacidade de escolha no dia a dia. Mas há bastante mais do que o dinheiro, há por exemplo a qualidade das nossas relações ou da nossa saúde, das actividades profissionais, da vida de uma  forma geral. Em algum sector, todos nos debatemos com uma aparentemente “barreira intransponível”, eventualmente testamos receitas diversas, mas verificamos que quanto mais procuramos solucionar, mais nos enrolamos em insucessos. Em Escorpião existe a possibilidade de transformarmos estas limitações, e não sendo um processo fácil, nem rápido, nem isento de desafios, dores e medos é o que verdadeiramente nos pode “salvar”.

Escorpião é signo do elemento água, associado a emoções, e no caso emoções que surgem do lado mais profundo e inconsciente de nós mesmos, surgem de motivações nada evidentes a um olhar superficial. E no entanto é absolutamente necessário saber interpretar e trabalhar tudo o que sentimos para chegarmos à raiz dessas motivações, pois são elas as causadoras das limitações referidas. A limitação é sempre o resultado de uma reacção emocional, interna, pessoal, que pode parecer vir do exterior, das circunstâncias, das pessoas que nos rodeiam; mas o exterior é simplesmente a simbologia do que existe internamente, é o reflexo do interior, como se diz com frequência.

Bom e então numa Lua nova de Escorpião, e aproveitando o início de um ciclo onde o que está descrito acima é o assunto actual, qual a intenção mais apropriada? Nem que seja pela primeira vez, dispormo-nos a aceitar que precisamos transformar profunda e completamente as nossas reacções emocionais tradicionais e com isso finalmente anular alguma limitação mais resistente. Isto será feito a partir de relações particulares, sejam profissionais, familiares ou outras, aquelas onde se partilham recursos energéticos, isto é, onde a moeda de troca tem um impacto determinante no nosso bem-estar e qualidade de vida; esta “moeda de troca” tem sempre uma componente emocional, e claro, recursos financeiros podem estar em causa, mas não obrigatoriamente. Note-se que partilhar um espaço físico ou mental com outras pessoas, coloca-nos em modo de troca energética que pode ter impactos positivos ou negativos no nosso bem-estar geral. Qualquer tipo de mau estar, gera desperdício de energia, perda de poder pessoal, e sem este poder as limitações não desaparecem.

Bem a propósito, é a recente entrada do nodo norte da Lua em Caranguejo. Se queremos evoluir, crescer, seguir rumo a um futuro mais gratificante vamos ter que desenvolver durante os próximos 18 meses todos os atributos de Caranguejo; cuidar da vida privada, da casa física, da família e acima de tudo cuidar das nossas emoções, trabalhar no sentido de desenvolvermos a capacidade de repor estabilidade emocional sempre que algo nos causa perturbação. Muitas vezes para conseguirmos esta proeza, vamos precisar de colocar em andamento os processos escorpiónicos de eliminação de limitações, como ficou registado acima. É frequente uma crença inconsciente, estar associada a sentimentos e emoções, que pela sua própria existência, dificulta a reposição de bem-estar, segurança emocional, na sequência de algo que nos perturbou.

A Lua nova faz sextil a Plutão em Capricórnio, e fica claro que a regeneração de padrões emocionais, vai facilitar a evolução com efeitos generalizados na imagem pública, na profissão e na nossa vida de uma forma geral. Independentemente até deste aspecto, e porque Plutão é regente de Escorpião, quaisquer desenvolvimentos nesta Lua nova vão ser “captados, absorvidos, aproveitados” por Plutão que está em Capricórnio, dedicado a transformações profundas da realidade de todos nós. Escorpião também é regido por Marte, logo, ele também vai beneficiar de todos os desenvolvimentos ao longo do ciclo; todas as transformações que possamos conseguir na maneira como nos deixamos conduzir pelas emoções, vão implicar uma alteração também na postura que temos perante os outros e perante a Vida Ela própria. Urano retrógrado, que reentrou em Carneiro para terminar a revolução que aquela postura estava a pedir, vai receber de Marte as novidades em termos de afirmação pessoal. Veja-se como tudo está encadeado, veja-se o quão fundamental são as transformações do plano emocional/inconsciente.

A passagem de Júpiter em Escorpião foi uma lupa e uma luz apontada a tudo o que nos retira poder, e por esse motivo haverá quem tenha sentido grandes progressos. Quem não fez, está sempre a tempo de começar. Para todos Júpiter agora vai mudar de estratégia. No dia 8, exactamente às 12.39 h, Júpiter entra no seu próprio território, em Sagitário. Entusiasmo e optimismo, expansão, crescimento do que é justo e ético são expectáveis durante o trânsito por Sagitário; mas igualmente fundamentalismo, a certeza de que a Verdade está do nosso lado, as minhas crenças são melhores que as dos outros, é preciso converter quem pensa diferente e tudo isto pode ser levado ao exagero. Naturalmente, os efeitos deste novo trânsito de Júpiter vão-se estender bastante para lá do ciclo lunar de Escorpião, mas certamente estes primeiros dias podem já revelar que crenças ainda nos condicionam ao ponto de nos manterem prisioneiros de grandes e profundas limitações.

Símbolo Sabiano:  A cara de uma rapariga rasgando-se num sorriso

Será o optimismo de Sagitário a fazer-se sentir só porque sim? Talvez! Será que nos vamos libertar de alguma prisão/limitação sufocante? Se houver trabalho feito nesse sentido, talvez também! Mas seja como for, parece que no final de tudo o balanço será positivo e sorridente!

Imagem veio daqui

Aprendizagem, consultas, psicanálise astrológica ver aqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 6 de Novembro

Símbolo Sabiano do dia: Homens instalando linhas telefónicas

A Lua vai manter-se em Balança até ao fim da manhã, depois entra em Escorpião faz oposição a Urano em Touro e sextil a Saturno. Começamos o dia em tom mais leve e social, continuamos mais reservados e a qualidade do que sentimos está directamente associada à maior ou menor necessidade de transformação de padrões emocionais. A ligação a Urano é uma oportunidade para aferirmos se o que sentimos, e como reagimos às circunstâncias, é fruto da consciência que já temos do nosso valor intrínseco ou se há ainda “prisões emocionais” que insistem em nos desvalorizarmos; relacionamentos onde existam trocas de recursos são um ambiente propício a recolhermos informação sobre este tema. Quanto mais esta for uma “missão cumprida” mais conseguiremos manifestar uma realidade à altura dos nossos objectivos associados a qualidade de vida e realização pessoal.

O símbolo sugere a criação de condições base para a transmissão de informação, e sem dúvida que as nossas experiências à medida que o dia avança vão-nos dar informações importantes, nomeadamente em relação a como nos posicionamos em relação aos outros e a como sabemos ou não regular as nossas emoções e reacções. Isto não é grande novidade porque constantemente podemos nos observar nestas matérias; mas o que é novidade é a reentrada de Urano retrógrado em Carneiro, aonde vai permanecer até 6 de Março, para transitar então definitivamente em Touro. Daqui até lá vamos fazer as últimas adaptações para que possamos de uma vez por todas adoptar uma postura independente, assertiva, com iniciativa própria, com capacidade de levarmos os nossos projectos em frente, sem nunca perdermos de vista os nossos interesses. E há ainda outra novidade, é o nodo norte da Lua que sai de Leão e se instala em Caranguejo até Maio de 2020; durante cerca de 18 meses, se não queremos andar com o passado a reboque, vamos ter que melhorar a perfomance relativamente a como usamos as emoções, o que fazer e como interpretar quando a negatividade se faz presente. Caranguejo é também o ambiente familiar, a vida privada e são para todas esta áreas de vida que a nossa atenção se deve virar. De notar como o curto período que ainda temos de Urano em Carneiro, se vai relacionar também com uma afirmação pessoal em que não podemos menosprezar o plano das emoções nem a vida privada; numa sociedade que sobrevaloriza a profissão e a imagem pública temos aqui um desafio e tanto se queremos nos sintonizar com o céu…. E só esta sintonia nos pode trazer tudo aquilo que todos queremos! Pelo menos os cabos estão a ser instalados…

Imagem veio daqui

Aprendizagem, consultas, psicanálise astrológica ver aqui

Share Button