Lua cheia em Balança, Março 2019

Lua cheia em Balança, Sol em Carneirograus 0º8´, 1.42 h        

A Lua nova em Peixes fazia conjunção a Neptuno – Para que os nossos objectivos sejam atingidos é de toda a conveniência que os propósitos estejam alinhados com os sentimentos e reacções emocionais. Em Peixes, talvez o propósito mais importante seja o de desenvolvermos a capacidade de relaxar, abrandar, perceber que há um tempo para fazer muitas coisas e outro tempo para fazer menos, à semelhança daqueles cozinhados que ficam devagarinho a apurar sem lhes tocarmos… a energia que aplicamos ao tacho faz o milagre acontecer sem ser preciso dedicarmos muito mais atenção ao processo de cozedura. De lá para cá conseguimos juntar os ingredientes de algum objectivo, deixando-os tranquilamente “a apurar”? Confesso que me fartei de levantar a tampa apenas para verificar que de facto sou muito impaciente!!!! Claro que não sou só eu, de certa forma todos vivemos muito acelerados convencidos que fazer muito e depressa é ser produtivo! Só a alinhar as ideias sobre esta Lua cheia me dei conta que rapidamente esqueci o que eu própria tinha escrito na altura. Repetindo: Peixes é parar, escutar os sons da alma, é descansar, é relaxar, é sonhar, é ouvir música, ouvir as ondas do mar, ver e fazer arte, é respirar devagar, meditar. Agora… quantos somos capazes de conseguir esse objectivo tranquilamente, sem stresses durante este ciclo?  

Eu andei mais sonolenta, precisava fazer as coisas habituais com mais vagar, mas esquecida do que eu própria escrevi, passei parte do tempo a reclamar por me sentir mais lenta. De qualquer forma, mais uma vez tive a minha lição. Algum dia serei capaz de aceitar mais tranquilamente que está na hora de entrar em modo off, sem queixas. Água mole em pedra dura tanto dá até que fura.

Chegámos à Lua cheia, em pleno início do Novo Ano astrológico, ou seja com o Sol acabadinho de entrar em Carneiro. Agora sim, agora somos envolvidos numa nova energia que nos impulsiona a agir com vigor renovado. Mas por favor, não para usarmos as mesmas estratégias, os mesmos hábitos viciados que absorvemos do actual paradigma de vida! Na Lua nova de Peixes, Urano era um recém chegado a Touro… ainda se pode considerar um “novato” mas é bem natural que de lá para cá já tenha havido a oportunidade para começarmos a revolução de valores que ele representa! Ocorre-me a seguinte pergunta: não será que o actual paradigma de vida valoriza tanto o estarmos permanentemente activos ao máximo, que nós, para nos sentirmos aceites e integrados, fazemos desse um valor nosso também, apesar de contra natura? Porque nada na Natureza está permanente com o mesmo nível de actividade! Aliás, acabámos de sair do Inverno um período de dormência da Vida! Será que associamos uma vida permanentemente activa, e já agora, bastante preenchida de afazeres “muuuuuuuito importantes” para nos sentirmos pessoas de valor?

Os símbolos Sabianos são os seguintes:

Lua em Balança – Uma borboleta tornada bela por um dardo que a perfura

Sol em Carneiro – Uma mulher sai da água, uma foca abraça-a

Com a Lua em Balança os outros tornam-se uma possível fonte de equilíbrio. Mas  … repito, para nos sentirmos aceites e integrados deixamo-nos perfurar por um dardo? Escolhemos  abdicar de vida verdadeira para nos adequarmos a conceitos de beleza e harmonia de outros, para ficarmos em exibição num catálogo de coisas mortas? Relações harmoniosas, uma vida harmoniosa consegue-se construindo sobre valores que nos colocam de costas viradas para os ritmos naturais? Está o nosso amor próprio preso nestes valores?

O Sol está em Carneiro, e quer iniciar, quer novidades, quer novas formas de afirmação pessoal tanto mais fáceis quanto deixámos que o trânsito de Urano em Carneiro nos tornasse mais donos do nosso próprio nariz! O símbolo fala de uma mulher que sai da água…. elemento de Peixes…. e entra no fogo de Carneiro. A foca pertence à água e as duas despedem-se; a mulher prepara-se para deixar o sítio de onde veio e partir para uma nova aventura. Porém, se leva consigo os velhos valores, mais tarde ou mais cedo acaba sem vida, perfurada por um dardo!

Este foi o raciocínio que fiz naturalmente com base nos símbolos. Porém há um aspecto que vem corroborar. É uma quadratura exacta de Vénus em Aquário a Marte em Touro. Há um ajuste necessário entre os nossos valores e a forma como procuramos agir por amor próprio, para conseguirmos mais qualidade de vida, para nos valorizarmos e valorizarmos todos os nossos recursos pessoais, sejam bens próprios sejam os nossos saberes, talentos e gostos pessoais. Há valores dos quais precisamos nos desapegar e assumir outros.

Pertencemos a uma civilização que nos desconectou profundamente dos nossos ritmos próprios, que são os ritmos do próprio planeta aos quais respondem todos os outros seres vivos, animais e plantas. É uma civilização que procura fazer de nós “objectos produtivos” e por isso há muito pouco espaço para aquilo que de melhor Peixes simboliza: o belo, o elevado, a quietude, a harmonia com tudo o que existe, a tranquilidade, a ligação a uma Vida Maior. Numa lunação onde é isto que fundamentalmente está em causa, vem a Lua cheia e diz-nos o quê? Por amor a nós mesmos, que é a mesma coisa que por amor à Vida e ao Universo, pois somos elementos criados por Ela/Ele, larguem valores que vos tiram a Vida e vos perfuram, talvez o coração! Isto não é uma tarefa nem simples nem rápida. Mas… água mole em pedra dura tanto dá até que fura.

Mercúrio retrógrado em Peixes tem sido responsável por irmos tomando consciência de formas igualmente retrógradas de pensamento que se relacionam com valores antigos e desactualizados. Assim vai continuar até dia 28. Colocar um fim numa certa maneira de organizar o pensamento é indispensável para nos abrirmos aos novos valores. Muita atenção portanto às associações de ideias que aparecem, também a memórias de um passado mais recente ou mais distante. O Universo conspira a nosso favor, é tão bom saber isso! Agora só temos que fazer a nossa parte! É preciso coragem para dizermos não a alguns valores, mas isso tem de sobra o Sol em Carneiro! De todas as formas esta é uma civilização que cai a olhos vistos! Quanto mais depressa lhe virarmos as costas, mas depressa a Vida nos acolhe!

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

 

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 20 de Março

Símbolo Sabiano do dia: A grande face de pedra

Este símbolo refere-se à história de um rapaz que vivia num lugar montanhoso onde uma formação rochosa se assemelhava a uma grande cara humana. Uma lenda local dizia que um dia apareceria alguém dotado de grandeza e nobreza de espírito assinaláveis, cujo rosto seria reconhecido pelos moradores locais como semelhante à formação rochosa. Um jovem rapaz desse local, tinha o sonho de vir a encontrar, um dia, essa pessoa. Muitos anos passaram e, quando já tinha perdido a juventude mas ganho um grande carácter,  é ele quem os conterrâneos reconhecem como tendo o rosto semelhante à grande face de pedra. Porque se desenvolveu de acordo com o que idealizava, tornou-se ele próprio a pessoa que a lenda profetizava. Este é o poder de sonharmos! É o último dia em que o Sol está em Peixes, a Lua cheia não demora. Será que vamos encontrar a nossa “grande face de pedra”?

Enquanto sonhamos, alguma coisa vamos tendo que fazer para que a realidade se molde de acordo com a visão interna. Por agora com a Lua em Virgem, é tempo de organização, de trabalho meticuloso e consciencioso, não importa se nos aguardam tarefas pouco glamourosas e isentas de status; discrição, não dar nas vistas e mesmo assim andar para a frente é assunto de Virgem. Aplica-se uma quadratura a Júpiter em Sagitário; se queremos esculpir o estilo de vida com que sonhamos não podemos adiar, há uma qualquer acção para tomar. Não só transformamos a nossa realidade (trígono a Plutão em Capricórnio) como ganhamos qualidade de vida e amor próprio (trígono a Marte em Touro).

E entretanto o Sol vai entrar em Carneiro, pouquinho antes das 22.00 h. Um novo ciclo anual começa, chega a Primavera, é o Ano Novo astrológico. Bom Ano!

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 19 de Março

Símbolo Sabiano do dia: Um prisma

A Lua segue em Virgem, faz oposição a Neptuno em Peixes e trígono a Saturno em Capricórnio. Marte em Touro faz trígono a Plutão em Capricórnio.

Somos chamados a melhorar como pudermos a nossa vida, seja organizando mais eficazmente as nossas rotinas e afazeres habituais, seja através do estudo, implementando hábitos saudáveis, usando da capacidade de análise racional para entender o que nos serve e o que tem como resultado mais do mesmo. Sobretudo se fizermos bom uso de todos os nossos recursos pessoais, sejam bens materiais sejam saberes e conhecimentos, se os gerirmos eficazmente, talvez possamos gerar mais qualidade de vida e ainda ganhamos amor próprio. Com atitudes tão básicas, aparentemente tão triviais e “pouco espirituais”…. atendendo ao Sol que está em Peixes… podemos construir uma realidade que reflecte os nossos “pequenos” sonhos humanos, mas que são tão importantes como os ideais mais elevados!

A existência é um “prisma com várias faces” cada uma virada numa direcção diferente mas todas constituem um só “objecto”. Há uma Vida com muitas facetas diferentes, nenhuma menos importante que a outra. O símbolo refere apenas um prisma, mas é inevitável pensar que se o prisma for de vidro vai ter a capacidade de decompor um raio de luz branca nas sete cores do arco íris. É o mesmo princípio, um todo constituído por muitas partes, todas elas indispensáveis à existência desse todo.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 18 de Março

Símbolo Sabiano do dia: Um jardim fértil à Lua cheia

A Lua entrou em Leão e faz oposição a Vénus em Aquário – Sem perder o contacto com a nossa própria individualidade, sem fazer sombra ao nosso verdadeiro Eu, conseguimos simultaneamente ser suficientemente impessoais de modo a não nos deixarmos influenciar demasiado quer pelas críticas quer pelos aplausos? É a forma mais eficaz de não nos “perdermos”, ou seja…

A Lua faz quadratura a Marte em Touro: … é também a forma mais eficaz de mantermos a auto estima mesmo que os aplausos não se façam ouvir. Importante mesmo é termos consciência do nosso valor sem intervenções exteriores. Isto pode ser um motor eficiente que nos mantém na rota certa, em “velocidade de cruzeiro”.

A Lua faz trígono a Júpiter em Sagitário: Que rota? A seta aponta para o estilo de vida que faz parte das nossas actuais escolhas, se bem que temos sempre que contar com possíveis imprevistos!

Mercúrio retrógrado em Peixes faz sextil a Marte em Touro – Mente e acções engrenam. As revisões mentais que vão acontecendo podem estar associadas a atitudes que melhoram a auto-estima e por consequência a capacidade de melhor aproveitarmos e gerirmos todos os nossos recursos pessoais, com implicações na qualidade da nossa vida.

O tema do dia sugere colheita. Gostando ou não daquilo em que o dia for fértil, temos que nos lembrar que crenças, emoções, sentimentos escondidos (inconscientes) podem estar a gorar expectativas… os tais imprevistos! Constantemente temos que nos lembrar que a verdade de receber o que se quer, sejam coisas, seja atenção e reconhecimento tão ao gosto da Lua em Leão, está no que damos em termos energéticos/emocionais, está no que sentimos, não no plano da matéria.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Sábado 16 de Março

Símbolo Sabiano do dia: Uma Lua nova que divide as suas influências

A Lua em Caranguejo faz sextil a Marte em Touro, trígono ao Sol e a Mercúrio em Peixes, oposição a Plutão. Mercúrio faz sextil a Plutão em Capricórnio.

O símbolo parece apontar para um “começar de novo”, dado referir uma Lua nova. Estivemos sujeitos a uma quadratura entre Mercúrio e Júpiter em Sagitário, que simboliza um ajuste, uma actualização da nossa forma de pensar. Uma actualização interna, na forma de organizar as ideias, causará um impacto importante na realidade externa, transformando-a certamente a curto prazo, pois a missão de Saturno em Capricórnio é de materializar a forma de vida que nos corresponde. Nem sempre porém conseguimos ver as nossas expectativas concretizadas, porque existem crenças inconscientes contraditórias com as nossas convicções conscientes. Daí a importância deste acerto na maneira de pensarmos, de interpretarmos os acontecimentos.

Com a Lua em Caranguejo ficamos mais disponíveis para a vida privada e familiar, mais cuidadores, sensíveis e emotivos também. A estabilidade e segurança emocional que é possível encontrar nos nossos “domínios” pessoais, ajuda-nos também a valorizar e tratar das nossas coisas, do que possuímos. Mas a mesma estabilidade estende a sua influência mais longe, porque permite introduzir transformações importantes na realidade externa, exactamente a par do que se passa com a mente.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Sexta-feira 15 de Março

Símbolo Sabiano do dia: A purga do priorado      

O Sol vai-se aproximando do fim do percurso em Peixes. É urgente expurgar os males que poluem o espírito,.para que a nossa alma, o nosso priorado privado, seja de facto um local onde nos podemos sentir ligados ao Universo. A revisões mentais de Mercúrio retrógrado em Peixes são um dos instrumentos de detecção de formas de pensamento ultrapassado que podem ainda fazer parte da nossa filosofia de vida, dos conceitos sobre os quais assentam as nossas crenças. Há uma quadratura de Mercúrio a Júpiter em Sagitário que tem como cenário provável um “diálogo” entre as nossas crenças actuais e ideias desactualizadas a que devemos pôr fim sobre conceitos como espiritualidade, inspiração, amor incondicional, compaixão, espírito humanitário, dádiva aos outros.  

Com a Lua que entretanto entrou em Caranguejo e com o aumento de sensibilidade, com a necessidade de recolhimento aos nossos espaços privados, internos, e com a emotividade mais acentuada, o que sentimos dá uma indicação precisa sobre onde fazer incidir a purga. Nem sempre sabemos exactamente que “demónios precisamos exorcizar” mas vivendo a realidade concreta, há sempre rasto dos malditos naquelas circunstâncias que tanto gostaríamos de eliminar! Como há uma oposição a Saturno, deparamo-nos com eles! Também há um trígono a Neptuno em Peixes, e se conseguirmos não nos perturbar, a purga pode dar-se, a nossa alma fica mais livre! A chave para derrubarmos todos os “demónios” e “tempestades” é mantermo-nos emocionalmente estáveis! Sim é certo, não se consegue nas primeiras tentativas, mas se persistirmos vamos mesmo conseguir! E com Marte em Touro estamos mais persistentes. Portanto, pode ser dia de uma boa purga mesmo!

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Quinta-feira 14 de Março

Símbolo Sabiano do dia: Uma ilha habitada     

A Lua em Gémeos faz quadratura ao Sol e a Mercúrio em Peixes, oposição a Júpiter em Sagitário.  A objectividade e racionalidade, a necessidade de pensarmos segundo a nossa lógica humana, a procura de informação estão a participar da construção dos nossos sonhos, mas sem que possamos rejeitar o pensamento abstracto e intuitivo. Há coisas que sabemos sem saber onde aprendermos, há coisas que chegam até nós sem sabermos de onde vieram, e isto é tão válido como qualquer outra fonte de informação ou aprendizagem. Com Mercúrio retrógrado em Peixes, a origem do que pensamos pode estar distante nas nossas experiências do passado, ou pode existir no mar energético onde estamos mergulhados. Cada ser humano é de facto uma ilha habitada por muitas memórias individuais, mas partilha com todos os outros humanos, conceitos e memórias impessoais (o chamado inconsciente colectivo), à semelhança duma ilha habitada, que por ser ilha, existe rodeada de mar, habitado por sua vez de seres próprios ao meio. Para a ilha, o peixe pode ser uma fonte importante de subsistência; não só é consumido pelos habitantes locais pessoas que vivem na ilha, como pode ser pescado e vendido para zonas continentais sem acesso aos recursos piscatórios. E connosco o mesmo pode acontecer. Porém, quantos recursos desperdiçamos, quantas ideias poderíamos desenvolver e não o fazemos porque estamos fechados e concentrados apenas na terra da ilha, que o mesmo é dizer estamos focados e concentrados apenas no lado material da nossa vida! Se estivermos insatisfeitos, mais surdos e cegos ficamos em relação ao gigante mar de possibilidades onde vivemos. A quadratura entre a Lua e o Sol sinaliza a entrada em quarto crescente. A Lua nova em conjunção a Neptuno, foi uma oportunidade para nos aproximarmos dos nossos sonhos e em quarto crescente podemos começar a caminhar para “o lançamento da primeira pedra”. Há qualquer coisa para fazer e pode ser tão simples como uma maior disponibilidade para valorizarmos mais integralmente todos os nossos recursos, quer sejam materiais, mentais, intelectuais, habilidades particulares. Nesta área há uma revolução a fazer, está simbolicamente representada por Urano em Touro. Para já, o trígono de Marte em Touro a Saturno em Capricórnio, indica que é a valorização de todos os recursos que possamos ter (fazem parte da nossa verdade) ou que vêm ter connosco a partir do “mar de energia” onde existimos, que está a criar uma realidade material estável e segura, mesmo que a ilha seja pequenina. Eu por exemplo só tenho 1,50 cm.

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Quarta-feira 13 de Março

Símbolo Sabiano do dia: Fenómenos espíritas    

A Lua segue em Gémeos faz trígono a Vénus em Aquário e  quadratura a Neptuno em Peixes. O Sol em Peixes faz quadratura a Júpiter em Sagitário e sextil a Plutão. A sociabilidade, a necessidade de comunicação, de movimento, de adquirir informação são actividades que nos podem dar uma sensação de satisfação, mas simultaneamente podem ser o meio pelo qual procuramos os caminhos mais adequados à concretização dos nossos sonhos. Vénus convida-nos a inovar, a não repetir as fórmulas que usadas invariavelmente não trouxeram resultados; talvez seja a altura para pesquisarmos e testarmos alternativas! Se queremos ver crescimento positivo na nossa vida, se queremos ver transformações reais na nossa realidade não é dia para ficarmos a marcar passo! Os acontecimentos podem nos forçar a agir, mas também é possível sabermos muito bem o que queremos e devemos fazer e aproveitamos a energia que sentimos para fazer acontecer (as duas quadraturas representam energia em movimento). Quanto mais soubermos exactamente que propósitos nos movem, quanto mais conhecermos as nossas potencialidades e a nossa força, mais o que podemos conseguir se assemelha a algum fenómeno estranho vindo do outro lado do véu! E de facto é, porque a força da vontade é invisível mas causa alterações bem visíveis na realidade concreta!

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button

Céu astrológico para Terça-feira 12 de Março

Símbolo Sabiano do dia: Um homem trazendo para baixo do Monte Sinai a nova Lei  

Foi no Monte Sinai que Moisés recebeu as Tábuas da Lei, pilares do cristianismo. Portanto que “Lei” poderá ser revelada? É Júpiter em Sagitário quem se relaciona com as Leis naturais universais. Quanto mais conseguirmos seguir essas Leis mais podemos esperar criar um estilo de vida onde facilmente atraímos sucesso e boa sorte. Do livro de Deepak Chopra “As sete Leis espirituais do sucesso” vou transcrever um pedacinho em sintonia com o Sol em Peixes que não está numa de grandes esforços:

A Lei do Mínimo Esforço

A inteligência da natureza opera pela lei do mínimo esforço… sem ansiedade, com harmonia e amor. E quando utilizamos as forças da harmonia, da alegria, do amor, atraímos sucesso e boa sorte facilmente. O ser integral conhece sem ir, vê sem olhar e realiza sem fazer.

Lao Tzu

Que civilização é a nossa que não nos ensinou nada disto? Viram o vídeo da Christie Marie que publiquei há poucos dias? Vou deixar o link novamente no final. Não só não nos ensinaram, como nos encheram a cabeça com crenças contrárias, ideias distorcidas onde por exemplo a lei do menor esforço será preguiça, e por amor sofre-se! Felizmente há sempre um dia, mais vida menos vida, em que começamos a querer saber mais, queremos outras formas de vida, queremos mais felicidade, mais do que viver… às vezes é tão só sobreviver, e mal… queremos viver com qualidade material, mental, espiritual! Entretanto acumulámos tantos padrões mentais e emocionais que nos impedem de viver de acordo com a “inteligência da natureza”! Nada que seja irreversível, embora possa ser trabalhoso. Mas pelo menos trabalhamos para o nosso bem, que por sua vez vai causar impacto nas pessoas mais próximas, e há Bem Maior que vai crescendo também. Júpiter em Sagitário, o crescimento da nossa verdade pessoal, pode expandir-se mais positivamente através das revisões de Mercúrio retrógrado em Peixes, já que Júpiter é regente de Peixes. Que ideias, crenças, formas de interpretação dos acontecimentos estão já tão ultrapassados que são objectivamente “ilegais”? Que nova Lei deve substituir as leis humanas que nos impuseram injustiça, falta de ética, vitimização, sofrimento?

Logo de manhã a Lua ainda em Touro faz sextil a Mercúrio; a meio da tarde entra em Gémeos. Dizem as más línguas que com a Lua em Touro estamos mais preguiçosos, com a Lua em Gémeos mais cuscas e tagarelas. Esta é talvez uma interpretação obsoleta. A nova Lei lembra-nos do que disse Lao Tzu e talvez simplesmente nos estimule a curiosidade para irmos à procura das Leis que ainda desconhecemos mas que nos podem garantir pés a caminho de novos horizontes, talvez nunca antes sonhados. Aquele livro do Deepak Chopra é um bom começo, pesquisem no google! Também podem ver o tal vídeo aqui 

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

 

Share Button

Céu astrológico para Segunda-feira 11 de Março

Símbolo Sabiano do dia: Um carneirinho branco, uma criança e uma servente chinesa

Uma cena aparentemente doce. Quer a criança quer o carneirinho podem simbolizar inocência e pureza atentamente vigiados. Mas quantos erros se cometem por ingenuidade? Haverá algum aspecto em nós que deve ser sacrificado (o carneiro branco pode ser um símbolo de sacrifício) para que possamos renascer (o carneiro tb simboliza renascimento). Embora a alguma distância ainda, o Sol aproxima-se de uma conjunção a Mercúrio retrógrado em Peixes, e Mercúrio faz uma semi quadratura a Vénus em Aquário. As revisões mentais podem mostrar-nos sim (e o Sol está “vigilante”), que ingenuidades nos podem tornar vítimas, e a única coisa a fazer é valorizar o desapego, o corte, o “sacrifício” da nossa falta de visão. Abstraindo-nos do símbolo, mas mantendo o que Mercúrio retrógrado em Peixes está a representar, podemos também nos defrontar com “ingenuidades” relativamente a amor, compaixão, devoção aos outros, que foram distorcidas e devem igualmente ser “sacrificadas”. Sem discernimento apurado, é tão fácil cairmos em ratoeiras que nos tornam vítimas dos outros e/ou de circunstâncias!

A Lua está em Touro, a segurança emocional prende-se à noção que temos do valor das nossas coisas, dos nossos bens, mas acima de tudo deve prender-se à noção de que o nosso valor intrínseco está para lá de tudo o que possamos ver e tocar. Tudo o que faz parte de nós, tudo o que sabemos e sabemos fazer é importante, muito importante, mesmo que sejam saberes e talentos desvalorizados pelo actual estado civilizacional em que nos encontramos, mesmo que nos sintamos “apenas” como uma servente chinesa! Há uma conjunção a Marte, um trígono a Saturno e a Plutão em Capricórnio, um sextil a Neptuno. Sentirmos que somos importantes, independentemente de todas as circunstâncias, permite imediatamente nos afirmarmos a partir de um patamar de amor próprio que é indispensável para adquirirmos o poder de concretizar uma realidade pessoal cada vez mais próxima do que idealizamos.

A servente do símbolo cuida. E a propósito de cuidar partilho o seguinte artigo (aqui), lembrando que o nodo norte da Lua e de Plutão estão em Caranguejo. De uma forma geral as mulheres têm sido as “cuidadoras de serviço”. O futuro está no facto de que todos, mulheres mas homens também devem assumir este papel de cuidadores. Cuidadores de si próprios, cuidadores das suas crianças, cuidadores uns dos outros, cuidadores de todos os seres que habitam este belo planeta azul! 

Desenvolver auto conhecimento, aprendizagem ou consultas ver aqui

Imagem veio daqui

Share Button